Autor Tópico: CÂMERA RESERVA - Você já usou?  (Lida 3199 vezes)

Francisco

  • Trade Count: (5)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.556
Resposta #15 Online: 28 de Janeiro de 2008, 12:54:26
Nunca precisei usar, mas tenho câmera, flash, baterias e filmes backup.
Francisco Amorim
Porto Alegre - RS


BACAMARTE

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 430
Resposta #16 Online: 28 de Janeiro de 2008, 23:14:38
Também nunca precisei usar. Como hobista, talvez o fato de usar pouco o meu equipamento — no sentido de que um profissional utiliza-o à exaustão — deve contribuir para uma maior durabilidade. Tenho uma Canon Elan há três anos, e nunca deu problema. Ouço aí o pessoal dizer que as mecânicas necessitam de calibragem a cada dez anos. Pergunto: para as automáticas ocorre isso?  :ponder:


nelson161

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 318
Resposta #17 Online: 29 de Janeiro de 2008, 03:20:53
Não sei no meu caso o termo correto é CÂMERA RESERVA. Eu acho que está mais para CÂMERA DE SACRIFÍCIO.
Eu uso uma compacta Olympus quando preciso fotografar em um local com muita poeira, areia/maresia ou respingos de água. Se estragar, está obsoleta e é baratinha.
Nelson161
NIKON D50
OLYMPUS D540
KODAK XERETA


carfael

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 115
    • http://olharphotogarphico.blogspot.com
Resposta #18 Online: 09 de Fevereiro de 2008, 12:06:48
nunca precisei usar! Mas se não tivesse a reserva....
Rafael Moraes
Equipamento? Apenas o olhar


joseazevedo

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 591
  • Sexo: Masculino
    • http://www.flickr.com/photos/jerazevedo/
Resposta #19 Online: 09 de Fevereiro de 2008, 22:15:24
Ouço aí o pessoal dizer que as mecânicas necessitam de calibragem a cada dez anos. Pergunto: para as automáticas ocorre isso?  :ponder:

Sim pois mesmo a velocidade sendo controlada eletronicamente, o obturador é mecânico. E ao contrário das mecânicas, as eletrônicas não dão avisos de que precisam de manutençnao. Quando elas pifam, pifam de vez.

Eu, por exemplo, tenho três Nikon F2, mecânicas. Quando comprei as 2 primeiras, fiz uma revisão pois nunca se sabe como o dono anterior realmente as tratou. Se elas não foram usadas muito tempo (uma delas é a típica "máquina de armário", está nova, parece que nunca foi usada e é preta, sem marca nenhuma) o óleo das engrenagens pode secar, o que desregula as velocidades. Após uma revisão para lubrificação, calibragem e limpeza, basta usá-las, mesmo sem filme, uma vez a cada 15 dias para que tudo fique reguladinho por pelo menos uns 10 anos, desde que oserviço tenha sido bem feito, claro.

Já minha terceira F2, comprei numa lojinha de um velhinho picaretinha na mesma galeria da Angel Foto (loja corretíssima, por sinal) no centro. O malandrinho me garantiu que a máquina havia sido revisada recentemente, que a lente que vinha com ela estava livre de fungos - aparentemente estava... É minha pior F2, nem vou investir nela. Vai ficar para eventual retirada de peças - se é que os "ténicus" açogueiros amigos do velhote *#!@% deixaram alguma coisa intacta. Depois de 2 filmes ela se revelou: o óleo está duro, o marcador parou de funcionar, vários pontos de fungos apareceram na lente... A máquina é a minha mais nova - de 1979, as outras são de 1977 - mas é a em piores condições. Apesar disso, as velocidades estão OK. Sinto que um dia ela deve travar. Mas está funcionando, inclusive estou com um filme nela. Que velhinho mais FDP!!! Evidentemente, a "garantia" já havia expirado... Essa máquina é um tanque, realmente uma das melhores máquinas já produzidas até hoje.

Porque não me arrependo? Comprei-a por causa do viewfinder - é o eyelevel, está em muito bom estado, sem nenhuma marca e chega a valer um bom bocado de doletas no eBay. É uma delícia fotografar com ele. Com ele, minha "Família F2" ficou completa.

Minha única máquina com eletrônica é uma F3. Certamente suas velocidades são mais precisas que qualquer uma das F2, mas como a eletrônica regula elas, não dá pra saber quando está chegando a hora de uma revisão básica. Numa máquina mecânica as velocidades lentas são as primeiras a ficarem desreguladas. Como nem sempre as usamos, fica fácil saber a hora - basta checar se 1 segundo é 1 segundo. Se começar a variar, está na hora de regular. Já numa eletrônica isso não acontece pois a eletrônica compensa para controlar e manter a velocidade. A única dica que me vem à cabeça é: se o consumo de bateria aumentar, é hora de revisar. Mas, se a bateria é daquelas recarregáveis, o problema pode ser com a bateria, não necessariamente com a máquina. Outra coisa é: uma máquina mais usada deve pifar menos do que uma usada apenas em "ocasiões especiais" - a falta de usao contribui para o endurecimento do óleo, corrosão de circuitos e conectores e outros males do ócio e da vida sedentária. Por isso, exercitem suas máquinas!

Por isso, pra quem usa máquinas baseadas em eletrônica, uma reserva é fundamental em ocasiões especiais - uma viagem bacana, um ensaio com uma modelo especial, um workshop com um mestre da fotografia e por aí vai. Quando elas pifam, não dão o menor aviso prévio, você fica com a cara daquela cerveja preta - Caracú -, sem ter o que fazer. E é brochante olhar o visor e ver aquela coleção de EEEEEE. Só faltava ser HAHAHAHAHA...

Abraços,

José Azevedo
« Última modificação: 09 de Fevereiro de 2008, 22:26:35 por joseazevedo »


Marcel MM

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.209
    • http://mmartinez.multiply.com
Resposta #20 Online: 04 de Abril de 2008, 15:22:11
Em eventos uso uma 30D e tenho uma 20D de reserva, mas normalmente uso as duas cameras penduradas no pescoço, uma com GA e a outra com uma Zoom. Por essas e por outras sonho com a canon 28-300 L, é pesada mas pesa menos que as 2 cameras ao mesmo tempo :shock:
Marcel Martinez - Rio/RJ
br]http://mmartinez.multiply.com


Ricardo Foto

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 102
  • Sexo: Masculino
    • Ricardo de Sá
Resposta #21 Online: 08 de Abril de 2008, 11:18:27
Citar
normalmente uso as duas cameras penduradas no pescoço, uma com GA e a outra com uma Zoom

 :ok: :ok: :ok:

  Eu também, principalmente para evitar trocas de lentes e sujeiras no sensor, além da agilidade para não perder momentos importantes e inesperados.
« Última modificação: 08 de Abril de 2008, 11:19:28 por Ricardo Foto »


Marcelo Favero

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 770
  • Sexo: Masculino
    • Marcelo dos Santos
Resposta #22 Online: 09 de Abril de 2008, 08:18:39
Em eventos levo uma analógica do "outro time" (uma EOS 300),rs, mas estou me preparando para adquirir outro corpo digital urgentemente (também pela questão da troca de lentes). De qualquer forma, dificilmente vou sem um segundo fotógrafo.
E digo mais: Há um bom tempo que não combino com o cliente quantos fotógrafos vão. Ele precisa que seu evento seja inteiramente registrado, com qualidade, sem perder nada importante e com tranqüilidade. E é isso o que vendo. Agora, se vai um (difícilmente), 2 ou 3 fotógrafos, é uma questão operacional minha. Ele contrata os meus serviços e espera a qualidade deles seja como for. Eu dimensiono a equipe necessária. Se você anuncia que vão tantos fotógrafos, ou pões isso em contrato, o que acontece se um falha? Dá "pau"? Tem pedra nos rins (como aconteceu comigo num casamento, eu fiquei com cólicas renais)? Vai ter de ter câmeras e fotógrafos backups sempre...

Abraços
Marcelo dos Santos

Associado Fototech


valdemas

  • Trade Count: (1)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 106
Resposta #23 Online: 10 de Abril de 2008, 09:26:41
como sou apenas entusiasta, se eu comprar ourtra cam pra reserva, minha mulher pede divórcio!!!
:D