Autor Tópico: Dúvidas na milimetragem das Lentes :-)  (Lida 5299 vezes)

thiagotoaki

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 35
  • Sexo: Masculino
Resposta #15 Online: 13 de Julho de 2005, 01:01:19
Ivan, jamais entenderia como um desestímulo!! Muito pelo Contrário, fico extremamente agradecido a todos vocês por me orientarem como estão orientando!!!!

Citar
O certo é trocar de cãmera quando entendemos perfeitamente o porquê precisamos de outra.

Essa foi A frase... :D vou usar e abusar da minha CP8800!!!

Bom pessoal, muito obrigado mesmo e desculpe a grosseria do termo que usei no primeiro post para me referir sobre a distancia focal das lentes!!  :blink:

Abraços, e muito obrigado mais uma vez!!!
Thiago Abreu
Canon EOS 40D + Lente Canon 24-70mm f/2.8 + Lente Canon 70-200mm f/2.8 + Canon Speedlight 580EX II

Flickr: thiagotoaki


Roberto O. Almeida

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.431
Resposta #16 Online: 13 de Julho de 2005, 05:08:48
Sensacional, Ivan.


Ivan de Almeida

  • Trade Count: (1)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.297
  • Sexo: Masculino
  • . F o t o g r a f i a .
    • Fotografia em Palavras
Resposta #17 Online: 13 de Julho de 2005, 07:54:31
Thiago:

Creio ser esse o melhor caminho. Sua câmera, a CP8800 é uma câmera ótima, capaz de produzir imagens de ótima qualidade, com uma ótica que seguramente é das duas melhores entre as prosumers (acho que ela e a Olympus 8080 são as melhores). Uma câmera como ela permite enorme progresso antes de ser um empecilho a ele, e falando a verdade, nunca será, mesmo que você queria depois outra. A câmera digital que uso, uma Fuji s7000, é considerada inferior a ela, e eu só fotografo há pouquinho tempo, só há 37 anos -risos. Se vejo limites na s7000? É claro. mas a essa altura todas têm limites, e filosoficamente vou jogando com eles, aceitando um aqui, outro ali mas aproveitando o amplo espaço que permitem de uso. Todo equipamento tem limites, essa é uma verdade. Toda cãmera fotográfica tem apenas três controles verdadeiros, velocidade, abertura e foco, essa é outra. Finalmente: quem fotografa é o fotógrafo e não a cãmera, esta é a terceira.

Use bem sua câmera, procure entender os controles manuais (se não entendê-los não está preparado para outra câmera), entenda também que nem todo contexto permite fotografia, e que há uma arte de escolher o contexto para fotografar o que se quer.

Grande abraço,
Ivan


FernandoPaes

  • Trade Count: (17)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.522
  • Sexo: Masculino
  • Fernando Paes - Fotógrafo
    • Fernando Paes - Fotógrafo de Casamentos
Resposta #18 Online: 13 de Julho de 2005, 12:07:02
Boa Ivan!

Excelente argumentação!

Thiago, na realidade, eu acho que voce tem nas mãos um excelente equipamento e que vai te dar muitas alegrias se voce souber extrair o máximo dele. Acho que compreeender os conceitos de fotografia pode mudar sua visão e seu entendimento sobre o seu equipamento.

A afirmação do Léo é verdade também: Uma SLR exige muito mais do fotógrafo... Trocar, só por necessidade.

E um detalhe que também foi comentado: Para voce ter a qualidade de lente que voce tem na 8800 voce vai precisar investir um bom dinheiro com lentes de qualidade.

Por isso, aproveite o máximo seu equipamento, que ainda vai te trazer muita satisfação!

Abraço,
Fernando
 
Fernando Paes - Fotógrafo de Casamentos - SP
Visite meu Website: http://www.fernandopaes.com.br

Conheça nosso podcast para fotógrafos sociais!


Ivan de Almeida

  • Trade Count: (1)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.297
  • Sexo: Masculino
  • . F o t o g r a f i a .
    • Fotografia em Palavras
Resposta #19 Online: 13 de Julho de 2005, 13:35:14
Fernando:

Obrigado.

Essa história de ser complexo usar uma SLR/DSLR, discordo um pouco. Câmera é tudo a mesma coisa, desde que tenha à disposição regulagens manuais. Tenho 1 prosumer digital, 1 SLR mecânica, 1 rangefinder mecânica, 1 cãmera de fole mecânica, e lhe digo com sinceridade, nenhuma é muito diferente da outra. Sabe regular uma câmera? Saberá regular todas. Olha que algumas são bem esquisitas, como a rangefinder e a de fole, mas no fundo é abertura-velocidade-foco. Numa DSLR não creio haver nem um controle a mais que na CP8080, e a única coisa diferente na fotografia com a DSLR é o controle da profundidade de campo, mais plástico e portanto mais sujeito às decisões que na com sensor 2/3. Outro dia fotografei com uma 350XT do Luciano. Muito legal, muito legal mesmo, adorei, pequenininha, estava com uma 50mm bacana, mas tirando o fato de ser uma ótima digital, é uma câmera como as outras.

Veja bem, perfumaria automática isso as cãmeras modernas têm de sobra, mas isso não faz fotografia nem são perfumarias diferentes entre as DSLRs e as prosumers, com exceção, talvez, da fotometria de flash através das lentes. Fotografei aonteontem com  uma câmera que nem trava para filme tem, isto é, você avança o filme e tem de parar pela visualização do múnero na janelinha vermelha, se não parar vai o filme todo. Também não tem fotômetro e a distãncia é na avaliação. Mas no que interessa,  ela é igualzinha a qualquer outra câmera, sem diferença alguma, e as fotos feitas com ela não são nem um pouco piores do que as feitas com outras câmeras 50 anos mais novas. Particularmente, acho que um dos grandes obstáculos ao desenvolvimento da linguagem fotográfica é a pessoa ficar tentando aprender a lidar com os automatismos diversos, de foco, de braketing, de modos de exposição, prioridades, ao invés de ir direto ao assunto.

Abraços,
Ivan

 


thiagotoaki

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 35
  • Sexo: Masculino
Resposta #20 Online: 13 de Julho de 2005, 14:03:14
É galera, vou aproveitar bastante a CP8800. Vocês realmente clarearam minhas idéias!!! :D

Bom, eu sou fã de fotografia noturna, gostaria até que vocês dessem a opinião de vocês nessas fotos que eu postei na outra sala de discussão!!
Eu particularmente adoro mexer no manual da camera, "brincar" com o tempo de exposição, a abertura (o tal F ) e etc...!!

Minhas fotos Noturnas


Abraços!!


P.S. Ivan, o que seria uma rangefinder ???
Thiago Abreu
Canon EOS 40D + Lente Canon 24-70mm f/2.8 + Lente Canon 70-200mm f/2.8 + Canon Speedlight 580EX II

Flickr: thiagotoaki


Ivan de Almeida

  • Trade Count: (1)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.297
  • Sexo: Masculino
  • . F o t o g r a f i a .
    • Fotografia em Palavras
Resposta #21 Online: 13 de Julho de 2005, 14:19:15
Rangefinder é uma câmera em que o visro não é através da lente, mas por uma janela lateral e a avaliação do foco não se dá por observação direta da imagem, mas por um telêmetro com sistema de imagem dupla. Quando a imagem coincide, está no foco. Esse foi o modelo predominante de cãmera até a década de 60, e a famosa Leica (ou pelo menos os modelos mais famosos dela) é rangefinder.

É um modelo de câmera que entrou em desuso com o advento da SLR 35mm, mas sempre teve seus adeptos, e recentemente vem tendo uma espécie de ressurreição.

São câmeras que permitem projetos óticos mais simples que os das SLRs devido à distância menor do filme para a lente, especialmente para grande angulares. Daí as GA das rangefinders serem em geral melhores comparativamente que uma GA do mesmo preço para SLR. Como não têm espelho, o dispar o é mais silencioso e mais suave, permitindo o uso de velocidades menores.

Em compensação, não servem direito para tele, podem provocar erros de paralaxe, e em geral não têm fotômetro através da lente (as recentes Voigtlanders t~em).

Ivan


Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.745
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Resposta #22 Online: 13 de Julho de 2005, 14:53:43
Ivan quando eu disse que a SLR exige mais não falei sem pensar, as SLR (principalmente as digitais) são bem mais sensíveis a erros e apresentam setups bem mais complexos em temos de gerenciamento de cores, é geral que no salto de uma prossumer para uma SLR as pessoas se choquem no princípio achando que a câmera piorou a qualidade de suas fotos, a grande maioria das pessoas passam por isso, vc está tratando fotografia como se fosse exclusivamente a equação de fotometria, e o foco, onde você tem liberdade de manipular 4 fatores ou permitir que a câmera o faça, mas no mundo digital a realidade é bem outra, existem uma infinidade de fatores a serem manipulados e setados em uma câmera além das enormes variações na profundidade de campo, que tornam as SLR muito mais exigentes que uma prossumer no quesito foco por exemplo (é mais fácil fazer uma foto em foco com uma prossumer do que com uma SLR), além de muitas outras coisas referentes ao hábito de fotografar. Pensar em fotografia como nos tempos das câmeras manuais de filme pode ser um grande erro no mundo das digitais.
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.


Ivan de Almeida

  • Trade Count: (1)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.297
  • Sexo: Masculino
  • . F o t o g r a f i a .
    • Fotografia em Palavras
Resposta #23 Online: 13 de Julho de 2005, 15:27:18
Leo:

Certamente os fabricantes detestariam ouvir o que eu disse -risos.

Deixa prá lá, Leo. Esta é uma discussão filosófica, e perderíamos tempo se a levássemos.

Abraços,
Ivan