Autor Tópico: Alguem ja usou ou tem o sistema wireless,Nikon ou Canon como funciona?.....  (Lida 1126 vezes)

Damdam

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 7
o sistema wireless parece ser muito interessante mas tb muito caro alguem conhece algum reviews sobre wireless.....alguem ja usou e sabem como funciona ...a D200 nikon tem o sitema......muito obrigado .......


rafanubi

  • Trade Count: (6)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.874
  • Sexo: Masculino
    • Lentedorafa
Há uma boa discussão sobre isso aqui no fórum e o melhor lugar na internet para se aprender sobre os sistemas wireless (e muito sobre iluminação!!) é no strobist.com.

Divirta-se!

e-mail: r.a.s.santos@globo.com
skype: rafanubi
Rio de Janeiro/RJ


LeandroFabricio

  • Trade Count: (9)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.684
  • Sexo: Masculino
Eu uso o sitema Canon e tenho o DVD da Nikon sobre o sistema deles.

O que eu tenho a dizer é que não há dúvidas que o sistema Nikon é mais simples e fácil de usar.

Eu particularmente não acho muito caro pelo que o sistema oferece. Ter medição E-TTL ou i-TTL no caso das Nikon em vários flashes é muito útil e prático.
É possivel montar vários flashes mais baratos interligados por cabos, fotocélulas ou sistema de disparo via rádio. E controlar a exposição com um fotômetro de mão.

Acredito que isso só fique mais barato se for usar mais de 4 ou 5 flashes, pois contando o sistema de  disparo e fotômetro de mão o preço será praticamente igual.

Mas o que eu realmente acho que vale a pena é poder controlar o ratio ou compensação de exposição dos grupos através do flash master... Mesmo a distância você pode mudar a potência deles. O que é impossível fazer com outros sistemas.
Exceto usando flashes de estúdio com controle remoto... Que são absurdamente caros aqui no Brasil.

Uma grande desvantagem é o alcance do sistema quando se trabalha no Sol... então se você pensa em fazer fotos externas e utilizar o sistema para fazer fill-light é melhor testar bem antes. No caso da Canon você pode adquirir o ST-E2 que funciona como controlador das unidades de flash e tem um alcance maior do que se usar um flash com opçao MASTER. A desvantagem dele é que ele trabalha com apenas 2 grupos e só faz a compensação de exposição via RATIO e não EV + ou - como acontece com as unidades de flash master que além de controlar o grupos A e B via RATIO controlam o grupo C via compensação de expo tomando por base o grupo A.


 Eu acredito que uso o sistema mais básico que se pode ter. Que é um Flahs Sigma EF 500 Super comandando 1 unidade de Canon Speedlight 420Ex. E estou satisfeito, mesmo sabendo os pontos fracos do sistema.
São Paulo - SP


Luiz

  • Trade Count: (9)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 359
Um rapido resumo do sistema da Nikon:

- Você sempre precisa de um dispositivo que atue em "commander mode", que poderá controlar até 3 grupos de flashes, podendo especificar a compensação (+/-3EV) para cada grupo.
- Esse dispositivo que atua em "commander mode" pode ser uma camera com built-in flash (ex:D200,D300, não sei quais outras podem ser usadas), ou um flash SB-800 ou um controlador SU-800. Se for usado um flash como controlador(SB-800 ou o built-in) é possivel especificar se ele irá disparar também ou não.
- Se utilizar uma camera com built-in para controlar os flashes, somente 2 grupos podem ser usados.
- Como escravos podem atuar os flashes SB-800, SB-600, SB-400.
- Os flashes para macro SB-R200 tambem podem funcionar como escravos no sistema.
- O sistema todo é muito flexível, preciso e fácil de usar. Entretanto como ele usa IR, é preciso cuidado no posicionamento dos flashes.
- Não acho que seja caro. Depende do tamanho do que você quer montar. Com uma camera que tenha built-in e commander mode, mais um flash SB-600 (USD180 nos EUA ou R$600 aqui) você já pode começar a usar.