Autor Tópico: Óptica para macro - Teoria sobre lentes invertidas e tubos de extensão.  (Lida 4222 vezes)

rogerio_prazeres

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.171
  • Sexo: Masculino
Pessoal,

Estou fazendo experiências com macro usando uma lente 50mm, tubos de extensão etc.

Gostaria de saber o que muda em termos de óptica entre tubos extensores e lentes invertidas para macro principalmente em termos de distãncia focal, qualidade, definição etc.

Por favor pessoal, não vamos entrar no mérito do que fica automático ou não, preço, praticidade etc.   :ok: :ok:

Gostaria de discutir especificamente sobre:

* Lente com tubo de extensão.
* Lente invertida.
* Lente invertida + tubo.

Já estou fazendo experimentos, lendo etc. mas uma boa base teórica vai me permitir economizar cliques e conseguir uma evolução mais rápida.

Desde já agradeço qualquer contribuição.
Abraços!

PS: Já pesquisei no fórum e achei muita coisa. Mas tem pouca discussão sobre como funciona a óptica em si nesses casos.
Agora dirigindo um fusquinha das DLSR... Canon D30  :wub:

rogerio_prazeres@yahoo.com.br


Bucephalus

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.089
  • Sexo: Masculino
Resposta #1 Online: 15 de Agosto de 2008, 12:35:44
Bom, o que eu sei e o pouco que posso contribuir:

Em alguns casos a lente invertida causa distorções e outras aberrações, principalmente quando se segura  alente na frente da câmera sem nenhum adaptador, pois a objetiva pode ficar descentralizada.

Tubos de extensão diminuem o capacidade da lente focar no infinito, portanto só é mais utilizada em macro mesmo. Os tubos também reduzem a intensidade da luz que atinge o sensor. No lado positivo eles aumentam a ampliação e permitem uma distância de foco mais próxima do objeto.

Já vi fotos feitas com tubos de extensão, uma lente 100mm macro e uma 50mm invertida na frente. Não lembro exatamente como ficou a qualidade, mas acredito que quanto mais vidro na frente do sensor, menor a nitidez.

É mais ou menos isso o que você está buscando?

Valeu


Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.766
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Resposta #2 Online: 15 de Agosto de 2008, 13:15:07
Sem dúvida a lente com o tubo de extensão.
A inversão da lente provoca alguns problemas de distorção e os closeups provocam algumas perdas de nitidez. Se não for para ter uma macro (que é otimizada para trabalhar com pequenas aberturas) o menos pior é o tubo de extensão mesmo.
« Última modificação: 15 de Agosto de 2008, 13:16:34 por Leo Terra »
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.


Ivan de Almeida

  • Trade Count: (1)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.297
  • Sexo: Masculino
  • . F o t o g r a f i a .
    • Fotografia em Palavras
Resposta #3 Online: 15 de Agosto de 2008, 13:23:14
Na verdade há mais uma opção: lente invertida na frente de outra lente colocada de forma normal. Usando um anel de inversão para acopçar as duas lentes.

No caso do uso de lente única com tubo de extensão é preciso notar que as aberturas relativas não serão mais aquelas indicadas na lente. A mesma abertura absoluta se transformará em uma abertura relativa menor devido ao aumento da distância focal (numerador do f/. Assim, facilmente a lente começará a ter perdas por difração.


Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.766
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Resposta #4 Online: 15 de Agosto de 2008, 13:53:38
Ivan a distância focal não muda, ela é simétrica dos dois lados da lente e constante nas lentes fixas. O que muda é a distância em relação ao plano em foco, que vai mudar em qualquer lente macro. Como a distância entre o centro ótico da lente em relação à mídia aumenta de forma bastante significativa nas fotos macro ocorre uma forte redução da luz que chega à mídia (seguindo a lei do quadrado inverso).
A abertura relativa é apenas uma aproximação da manutenção da quantidade de luz que chega à mídia, baseada em um foco no infinito e uma distância do plano de foco imagem igual à distância focal. Com grande aproximações do objeto a distância aumenta e a quantidade de luz que chega diminui, sendo necessária a indicação via t-stop (e não mais pela abertura relativa, pois ela não é compatível com esse tipo de indicação). Algumas lentes macro (como a Nikkor 60mm) indicam em t-stop a abertura, dando o equivalente à abertura relativa no infinito, que daria a quantidade de luz que chega na mídia para o foco naquela distância próxima. :) Só para ter uma idéia a distância entre a mídia e o centro ótico no 1:1 é o dobro da distância da mídia para o centro ótico com a lente focada no infinito, pela lei do quadrado inverso chegaria 4 vezes menos luz nestas condições. ;)
O tubo não modifica a distância focal, ele gera miopia na lente, ele faz com que ela consiga focar mais próximo (afastando o centro ótico da mídia), mas não consiga mais focar no infinito. :)
« Última modificação: 15 de Agosto de 2008, 13:58:31 por Leo Terra »
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.


rogerio_prazeres

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.171
  • Sexo: Masculino
Resposta #5 Online: 15 de Agosto de 2008, 14:47:22
É mais ou menos isso o que você está buscando?

Olá Bucefalus!
Não é bem isso que procuro não mas obrigado pela ajuda. Tô querendo entender as diferenças na ótica das lentes e o porque de cada uso. Queia tb entender qual são as características construtivas de uma lente macro etc.

Na teoria de ótica geométrica normal é fácil entender o macro e os tubos etc. Porém esses problemas de nitidez, difração etc só aparecem em teoria mais avançada e isso que eu queria estudar.

Ivan e Léo.

Obrigado pelas respostas. Já estão ajudando muito e da discussão de vcs eu aprendo algo.

Mas preciso mesmo é entender melhor o que causa cada efeito. Preciso saber o que causa as distorções e quais as palavras-chave pra achar informação sobre isso.

É uma curiosidade mas eu costumo levar à sérios minhas curiosidades hehe.

Abraços!
Agora dirigindo um fusquinha das DLSR... Canon D30  :wub:

rogerio_prazeres@yahoo.com.br


Ivan de Almeida

  • Trade Count: (1)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.297
  • Sexo: Masculino
  • . F o t o g r a f i a .
    • Fotografia em Palavras
Resposta #6 Online: 15 de Agosto de 2008, 17:21:42
Ivan a distância focal não muda, ela é simétrica dos dois lados da lente e constante nas lentes fixas. O que muda é a distância em relação ao plano em foco, que vai mudar em qualquer lente macro. Como a distância entre o centro ótico da lente em relação à mídia aumenta de forma bastante significativa nas fotos macro ocorre uma forte redução da luz que chega à mídia (seguindo a lei do quadrado inverso).
A abertura relativa é apenas uma aproximação da manutenção da quantidade de luz que chega à mídia, baseada em um foco no infinito e uma distância do plano de foco imagem igual à distância focal. Com grande aproximações do objeto a distância aumenta e a quantidade de luz que chega diminui, sendo necessária a indicação via t-stop (e não mais pela abertura relativa, pois ela não é compatível com esse tipo de indicação). Algumas lentes macro (como a Nikkor 60mm) indicam em t-stop a abertura, dando o equivalente à abertura relativa no infinito, que daria a quantidade de luz que chega na mídia para o foco naquela distância próxima. :) Só para ter uma idéia a distância entre a mídia e o centro ótico no 1:1 é o dobro da distância da mídia para o centro ótico com a lente focada no infinito, pela lei do quadrado inverso chegaria 4 vezes menos luz nestas condições. ;)
O tubo não modifica a distância focal, ele gera miopia na lente, ele faz com que ela consiga focar mais próximo (afastando o centro ótico da mídia), mas não consiga mais focar no infinito. :)

Valeu, Leo. Tem razão.
Grande abraço,
Ivan


cacaw

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 55
Resposta #7 Online: 07 de Outubro de 2008, 21:41:52
Muito interessante.
Estava pesquisando sobre filtros close up , mas não sabia desta possibilidade dos tubos de extensão serem melhores que o filtro.
Vou pesquisar mais sobre o assunto.


PDA

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 495
  • Sexo: Masculino
    • Meu Flickr
Resposta #8 Online: 05 de Dezembro de 2008, 08:55:57
to querendo conhecer mais sobre isso...

e pedi um kit totalmente vagabundo ( mas por 40 dolares , acho que da pra relevar...) pra ver como ficam os resultados

anel reversor de lente 67mm
kit closeup +1 +2 +4
extension tube

concerteza a qualidade vai pra casa do caramba, mas quero ver qual o ganho em ampliacao ou facilidade de uso e tal


www.flickr.com/photos/pdandrade

Se você pudesse voltar pro passado , o que vc mudaria ? as coisas que fez ou as que não fez ?


rogerio_prazeres

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.171
  • Sexo: Masculino
Resposta #9 Online: 05 de Dezembro de 2008, 09:30:39
Ôpa! Tópico recussitado é tópico vivo....

Eu tenho dúvidas se a inversão é realmente pior do que o tudo de extensão. No meus testes dá no mesmo ou fica até melhor.
Pra lentes mecânicas com anel de abertura é bom também pois dá pra pressionar o pino do diafragma com o dedo pra fazer o foco com ela toda aberta e clicar com a abertura correta.

Já pra lentes eletrônicas sem os tubos de extensão com os contatos é uma mão na roda. Funcionam bem e a abertura fica automática.
O foco nem tanto pois quando amplia muito o foco na prática fica manual mesmo.

Mas uma coisa é fato. Uma espécie de "parasol" pra macro é fundamental. As lentes formam muito "ghost" se não usar algo parecido.
« Última modificação: 05 de Dezembro de 2008, 09:32:48 por rogerio_prazeres »
Agora dirigindo um fusquinha das DLSR... Canon D30  :wub:

rogerio_prazeres@yahoo.com.br


PDA

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 495
  • Sexo: Masculino
    • Meu Flickr
Resposta #10 Online: 05 de Dezembro de 2008, 13:34:52
alguem conhece os filtros macro/close-up MASSA ?

eu comprei esse kit...


www.flickr.com/photos/pdandrade

Se você pudesse voltar pro passado , o que vc mudaria ? as coisas que fez ou as que não fez ?


cscorretor

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 50
  • Sexo: Masculino
    • Carlito de Souza - Corretor de Imóveis
Resposta #11 Online: 03 de Junho de 2019, 00:55:43
Acompanhando o tópico, não se vou contribuir mas encontrei um acessório da meike https://rover.ebay.com/rover/0/0/0?mpre=https%3A%2F%2Fwww.ebay.com%2Fulk%2Fitm%2F321858336064  que pode ajudar muito que está querendo aprimorar foto macro com inversão de lente ...Achei muito top este acessório bem como barato tb !
Cscorretor
EOS 6D, Canon 70-200 2.8L IS II,  24-105L F/4, Canon 17-40L F/4, 35mm f/1.4 Sigma, , 50mL  1.2,Canon 85mm f/1.8, Flash Canon 600EX-RT


nandoespinosa

  • Solidário
  • Trade Count: (3)
  • Colaborador(a)
  • *
  • Mensagens: 2.552
  • Sexo: Masculino
    • Nando Espinosa Fotografia
Resposta #12 Online: 03 de Junho de 2019, 10:33:50
Acompanhando o tópico, não se vou contribuir mas encontrei um acessório da meike https://rover.ebay.com/rover/0/0/0?mpre=https%3A%2F%2Fwww.ebay.com%2Fulk%2Fitm%2F321858336064  que pode ajudar muito que está querendo aprimorar foto macro com inversão de lente ...Achei muito top este acessório bem como barato tb !
Desenterrada monstro essa.. Esse tópico teve festa de aniversário de 10 anos, no ano passado..
Teve bolo e tudo...  :assobi: :hysterical:


bjp77

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 764
  • Sexo: Masculino
Resposta #13 Online: 10 de Junho de 2019, 17:52:39
Eu tenho uma daquelas lentes pequenas de "ampliação +10",  que mais se parecem filtros. Ela é de diâmetro 58mm para Canon, sendo que usei ela na Helios 44M-4 que tem diâmetro de 52mm. Segurei com a mão e fiz as fotos. É dificultoso fazer foto assim porque uma mão está segurando a câmera e a lente em uma posição que não é firme e a outra tem que disparar o obturador. Acho que como resultado aparecem distorções por não estar o acessório preso da forma adequada.
Canon Rebel T5
EF-S 18-55mm + EF-S 75-300mm
Valdai Helios 44M-4 58mm + KMZ Tair-3S 300mm
Canon T50 Lente 50 mm f1.8 1985 inoperante


lasg

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 444
Resposta #14 Online: 10 de Junho de 2019, 21:06:39
Eu tenho uma daquelas lentes pequenas de "ampliação +10",  que mais se parecem filtros. Ela é de diâmetro 58mm para Canon, sendo que usei ela na Helios 44M-4 que tem diâmetro de 52mm. Segurei com a mão e fiz as fotos. É dificultoso fazer foto assim porque uma mão está segurando a câmera e a lente em uma posição que não é firme e a outra tem que disparar o obturador. Acho que como resultado aparecem distorções por não estar o acessório preso da forma adequada.

bjp77: compra um adaptador Step-Up de 52mm para 58mm.

É um adaptador que tem de um lado uma rosca macho de 52mm (que você rosqueia na lente) e do outro lado uma rosca fêmea de 58mm (onde você rosqueia seu filtro). Por isso o nome "Step-Up".

No EBay consegue por menos de R$ 10,00. Também tem no Mercado Livre mas aí vai pagar mais.
LASG
Nikon D5300 & Nikon D90 & Sony ILCE-3000