Autor Tópico: Como fotografar acidentes?  (Lida 5804 vezes)

Ruben

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 24
Resposta #30 Online: 05 de Setembro de 2008, 21:24:47
Estas imagens abaixo, ilustram minha noção do que é "fotografável" em um acidente, neste caso uma verdadeira tragédia.

O acidente ocorreu ontém, 04/09 e por obra de uma parada de 10 minutos, desnecessária,em um posto, me safei de talvez estar envolvido diretamente neste acidente.
Ainda sobre o acidente em sí, um caminhão tanque perdeu os freios na descida da serra, entre Tijucas do Sul e Garuva, divisa do Paraná e Sta. Catarina.
O caminhão desceu sem controle, por vários Km até que próximo ao fim da serra bateu na mureta de concreto, perdeu a carreta e seguiram capotando e batendo em outros caminhões, fazendo voar pela estrada uma carga de chapas de aço de um deles.
Imediatamente iniciou-se um incêndio de grandes proporções e alguns minutos depois a explosão do tanque.
O motorista morreu na hora e me parece, outros 3 estão internados em estado grave.
Sim, obter o consentimento é necessário e para não atrapalhar, não toque em nada, veja muito bem onde esta pisando, principalmente nestes casos, o chão que você está pisando é mais que asfalto sujo de óleo e sangue, é a história da vida e da morte de alguém. Seja respeitoso e demonstre o seu pesar pelo ocorrido.

Heroismo perigoso. O caminhão dos Bombeiros segue pela contramão, a mais de 100 Km/h, sem nenhuma escolta e por muito pouco a tragédia não ganhou proporções maiores ainda.



Solidariedade. Os motoqueiros parados no congestionamento dando carona as equipes de socorristas, ao mesmo tempo que civis que estavam nas primeiras filas ajudam abrindo caminho para passagem das ambulâncias.



Pesar. Este é o sentimento que domina o cenário e toma a todos que o testemunham.



Este foi o primeiro caminhão atingido e teve muita sorte.





Esta carreta estava carregada de chapas de aço, que foram atiradas longe.







Mais de duas horas depois as unidades de resgate conseguiram chegar ao local.



O congestionamento formado nestes casos pode render algumas cenas interessantes, muito embora eu estivesse abalado demais pelo susto para conseguir compor alguma coisa








« Última modificação: 05 de Setembro de 2008, 21:30:00 por Ruben »


Marcel MM

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.205
    • http://mmartinez.multiply.com
Resposta #31 Online: 06 de Setembro de 2008, 23:14:43
Eu já consegui uma boa foto de uma tragédia que foi publicada, segue o link do post aqui no forum:

http://www.mundofotografico.com.br/forum/index.php?topic=14254.0

No caso desta não tive problemas, pois estava no prédio em frente.

Uma outra vez teve um tiroteio aqui perto de casa onde policiais militares "metralharam" bandidos que estava assaltando um ônibus, o motorista entrou pela contra-mão para chamar a atenção dos policiais e pulou pela janela com o ônibus em movimento, o ônibus desgovernado com os passageiros e os bandidos sendo metralhados acabou batendo em um carro estacionado.

Ouvindo os tiros eu coloquei a minha esposa e meus filhos no quarto afastado da rua, peguei a minha 30D com uma 28-105 e corri de havaianas para o local.

Chegando lá veio um policial com uma AR15 pra cima de mim saber o que eu queria, saí dizendo "sou do Globo, sou do Globo" (sou nada rrsss...), fiz varias fotos, inclusive do motorista que, pulou do ônibus, chorando dentro do carro da policia. Depois cheguei em casa, liguei pra redação do Globo (sempre tem que ter os telefones dos jornais e nomes das pessoas do Dep. de Fotografia e Redação a mão, porque tentar descobrir na hora é F...).
Mandei as fotos por e_mail e fiquei aguardando uma resposta.
Primeiro a mulher da redação me ligou e disse que só pagaria R$ 100,00 por foto que aproveitasse (fiquei P. mas fazer o que? Aquela hora da noite...), depois recebi um e_mail dizendo que ficariam com as fotos dos bandidos na delegacia que o fotografo deles havia tirado.

Depois disso parei de levar maquina fotográfica boa pra tudo que é lugar, pois as Televisões pagam MUITO melhor por vídeos destas situações que os jornais por fotos.
Hoje uso uma maquina fajutinha que a minha esposa ganhou num sorteio no cabeleireiro, que faz fotos horríveis, mas vídeos numa qualidade aceitável e caso me depare com alguma situação farei só videos. 
Detalhe, cobri a maquina com uma fita isolante preta assim deixei ela com cara de celular ao invés de maquina fotográfica, evitando assim maiores problemas.
Marcel Martinez - Rio/RJ
br]http://mmartinez.multiply.com