Autor Tópico: Redescobrindo as analógicas...  (Lida 5765 vezes)

lucash_br

  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 666
Resposta #15 Online: 16 de Dezembro de 2008, 13:55:28
Oi Francisco!
Eu tb revelo os PBs em casa, mas uso diversos ISO, não tenho uma única receita! Nunca revelei TriX, mas parece ser uma boa, já q é um filme bem versátil! Eu gosto bastante do grão do ISO 100, por isso nunca comprei!
Uso o D76 no mesmo esquema, mas tempos diferentes pra cada filme. Geralmente revelo em pares (obviamente de mesmo iso). Uso acido acético ou mesmo vinagre. Vc não citou o fixador, esqueceu ou não faz fixação? Na hora de lavar, não deixo tanto tempo, e costumo deixar vários rolos de uma vez!
Tb uso papel pra tirar o pó! Já usei uma estufa, mas sei la, muito gasto elétrico....
To criando coragem pra usar reveladores caseiros (café, vitamina c...). Já usou?

Os tons estão muito bons... é uma experiência que eu tenho que fazer com digital. Por enquanto, estou trilhando um caminho com filme PB, ao menos para fazer jus aos vários rolos de Tri-X que ainda me restam.

lucash_br, para revelar o TriX 400, coloco o tanque, os vidros de revelador e fixador numa bacia com água e gelo (tentando manter a temperatura em torno dos 20 graus). A revelação eu faço com tanque de plástico, 10min, agitações de 30s e pausas por 1min. A interrupção é com água mesmo, não parei para comprar ácido acético glacial e experimentar. Já ouvi falar sobre usar vinagre, mas parece que pela fraqueza do vinagre, ele funciona mais como um placebo do que como interruptor mesmo.

A interrupção também dura 10min, agitações com duração de 1 min a cada 2 min de pausa. Ao final, "plugo" o chuveirinho do banheiro no tanque de revelação (água fria, é claro) e lavo o filme por meia hora. A seguir, Photo-Flo por 1min e levo para o box do banheiro para secar por umas 8h (normalmente faço isso antes de dormir).

Um problema que me assombrava era o excesso de pó sobre o filme. Já queria comprar uma secadora para os filmes, até que eu descobri o papel higiênico extramacio. É só dar uma passada de leve sobre a mídia e praticamente toda a poeira vai embora.

Sugestões para melhorias no processo são bem-vindas.

Obs.:
O Greenpeace que não leia esse meu post. Mas tenho minhas dúvidas sobre o que é mais poluente: a fotografia digital, que estimula a troca de equipamento todos os anos (mais produção de plásticos, gasto de energia elétrica, exploração do trabalho na China, etc) ou a revelação de filme PB em casa...


Francisco

  • Trade Count: (5)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.550
Resposta #16 Online: 16 de Dezembro de 2008, 14:24:34
Oi Francisco!
Eu tb revelo os PBs em casa, mas uso diversos ISO, não tenho uma única receita! Nunca revelei TriX, mas parece ser uma boa, já q é um filme bem versátil! Eu gosto bastante do grão do ISO 100, por isso nunca comprei!
Uso o D76 no mesmo esquema, mas tempos diferentes pra cada filme. Geralmente revelo em pares (obviamente de mesmo iso). Uso acido acético ou mesmo vinagre. Vc não citou o fixador, esqueceu ou não faz fixação? Na hora de lavar, não deixo tanto tempo, e costumo deixar vários rolos de uma vez!
Tb uso papel pra tirar o pó! Já usei uma estufa, mas sei la, muito gasto elétrico....
To criando coragem pra usar reveladores caseiros (café, vitamina c...). Já usou?

Os tons estão muito bons... é uma experiência que eu tenho que fazer com digital. Por enquanto, estou trilhando um caminho com filme PB, ao menos para fazer jus aos vários rolos de Tri-X que ainda me restam.

lucash_br, para revelar o TriX 400, coloco o tanque, os vidros de revelador e fixador numa bacia com água e gelo (tentando manter a temperatura em torno dos 20 graus). A revelação eu faço com tanque de plástico, 10min, agitações de 30s e pausas por 1min. A interrupção é com água mesmo, não parei para comprar ácido acético glacial e experimentar. Já ouvi falar sobre usar vinagre, mas parece que pela fraqueza do vinagre, ele funciona mais como um placebo do que como interruptor mesmo.

A fixação também dura 10min, agitações com duração de 1 min a cada 2 min de pausa. Ao final, "plugo" o chuveirinho do banheiro no tanque de revelação (água fria, é claro) e lavo o filme por meia hora. A seguir, Photo-Flo por 1min e levo para o box do banheiro para secar por umas 8h (normalmente faço isso antes de dormir).

Um problema que me assombrava era o excesso de pó sobre o filme. Já queria comprar uma secadora para os filmes, até que eu descobri o papel higiênico extramacio. É só dar uma passada de leve sobre a mídia e praticamente toda a poeira vai embora.

Sugestões para melhorias no processo são bem-vindas.

Obs.:
O Greenpeace que não leia esse meu post. Mas tenho minhas dúvidas sobre o que é mais poluente: a fotografia digital, que estimula a troca de equipamento todos os anos (mais produção de plásticos, gasto de energia elétrica, exploração do trabalho na China, etc) ou a revelação de filme PB em casa...

Lucash_br, deixei destacado aí em cima a parte sobre a fixação. Eu havia digitado interrupção sem querer, agora está corrigido. Talvez na próxima vez que eu precisar comprar químicos, vou comprar um tanque maior para revelar dois rolos por vez. Sobre os reveladores alternativos, nunca experimentei. Ainda estou no meu primeiro kit de revelação, para 3,8L. Já li sobre o café, mas parece que o processamento demora muito. Deve ser difícil estabelecer os tempos certos. O que você acha da interrupção com vinagre? Poupa o fixador mesmo?

Você usa vinagre puro ou mistura com água? Acho que para o vinagre funcionar de verdade, talvez só enchendo o tanque com vinagre puro, mas tenho medo de estragar o filme... será que poderia causar algum problema? Acho que consigo encontrar garrafas de 5L de vinagre de álcool a um preço atraente, pode valer a pena...

« Última modificação: 16 de Dezembro de 2008, 14:26:58 por Francisco »
Francisco Amorim
Porto Alegre - RS
2x Canon F1 Old, AE1; Pentax MX, K100D; Fuji Finepix f10; Panasonic LX3


MateusZF

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.418
  • Sexo: Masculino
  • Você vê o mundo com a sua lente interior.
Resposta #17 Online: 16 de Dezembro de 2008, 14:36:20
Achei a minha trip 35, em breve vou faezr umas fotos para ver como eu era..Quando criança ou se cotinuo sendo. rsss
Vamos propor um desafio por aqui mesmo de fotos feitas com Trip 35 Olympus.

 :snack:
Minha máquina fotográfica e prolongamento natural do meu braço.
Foto é algo que depende de uma certa visão... De quem fotografa, de quem vê e de quem interpreta...

www.ribeiraopreto.sp.gov.br
http://www.meadiciona.com/mateuszf


lucash_br

  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 666
Resposta #18 Online: 16 de Dezembro de 2008, 14:39:50
Então, eu uso duas colherzinhas de vinagre... Talvez seja placebo mesmo, e uso o fixador da kodak mesmo.
Qdo acabarem meus filmes, vou experimentar usar o trix nesse esquema. Eu tenho ficado bem satisfeito. Ah, e não tenho um controle muito grande da temperatura. No fundo, os resultados não são tão diferentes (opinião pessoal). Na real, como eu amplio, é lá q dá pra fazer bonito.
Abraços

Oi Francisco!
Eu tb revelo os PBs em casa, mas uso diversos ISO, não tenho uma única receita! Nunca revelei TriX, mas parece ser uma boa, já q é um filme bem versátil! Eu gosto bastante do grão do ISO 100, por isso nunca comprei!
Uso o D76 no mesmo esquema, mas tempos diferentes pra cada filme. Geralmente revelo em pares (obviamente de mesmo iso). Uso acido acético ou mesmo vinagre. Vc não citou o fixador, esqueceu ou não faz fixação? Na hora de lavar, não deixo tanto tempo, e costumo deixar vários rolos de uma vez!
Tb uso papel pra tirar o pó! Já usei uma estufa, mas sei la, muito gasto elétrico....
To criando coragem pra usar reveladores caseiros (café, vitamina c...). Já usou?

Os tons estão muito bons... é uma experiência que eu tenho que fazer com digital. Por enquanto, estou trilhando um caminho com filme PB, ao menos para fazer jus aos vários rolos de Tri-X que ainda me restam.

lucash_br, para revelar o TriX 400, coloco o tanque, os vidros de revelador e fixador numa bacia com água e gelo (tentando manter a temperatura em torno dos 20 graus). A revelação eu faço com tanque de plástico, 10min, agitações de 30s e pausas por 1min. A interrupção é com água mesmo, não parei para comprar ácido acético glacial e experimentar. Já ouvi falar sobre usar vinagre, mas parece que pela fraqueza do vinagre, ele funciona mais como um placebo do que como interruptor mesmo.

A fixação também dura 10min, agitações com duração de 1 min a cada 2 min de pausa. Ao final, "plugo" o chuveirinho do banheiro no tanque de revelação (água fria, é claro) e lavo o filme por meia hora. A seguir, Photo-Flo por 1min e levo para o box do banheiro para secar por umas 8h (normalmente faço isso antes de dormir).

Um problema que me assombrava era o excesso de pó sobre o filme. Já queria comprar uma secadora para os filmes, até que eu descobri o papel higiênico extramacio. É só dar uma passada de leve sobre a mídia e praticamente toda a poeira vai embora.

Sugestões para melhorias no processo são bem-vindas.

Obs.:
O Greenpeace que não leia esse meu post. Mas tenho minhas dúvidas sobre o que é mais poluente: a fotografia digital, que estimula a troca de equipamento todos os anos (mais produção de plásticos, gasto de energia elétrica, exploração do trabalho na China, etc) ou a revelação de filme PB em casa...

Lucash_br, deixei destacado aí em cima a parte sobre a fixação. Eu havia digitado interrupção sem querer, agora está corrigido. Talvez na próxima vez que eu precisar comprar químicos, vou comprar um tanque maior para revelar dois rolos por vez. Sobre os reveladores alternativos, nunca experimentei. Ainda estou no meu primeiro kit de revelação, para 3,8L. Já li sobre o café, mas parece que o processamento demora muito. Deve ser difícil estabelecer os tempos certos. O que você acha da interrupção com vinagre? Poupa o fixador mesmo?

Você usa vinagre puro ou mistura com água? Acho que para o vinagre funcionar de verdade, talvez só enchendo o tanque com vinagre puro, mas tenho medo de estragar o filme... será que poderia causar algum problema? Acho que consigo encontrar garrafas de 5L de vinagre de álcool a um preço atraente, pode valer a pena...




Elmo

  • Trade Count: (5)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.458
Resposta #19 Online: 16 de Dezembro de 2008, 15:01:11
Pô, Elmo, que beleza esses P&B. O dia em que eu conseguir esses tons de cinza, não quero mais nada :P Será que eu chego perto com filme 135? Que scanner foi usado?

Eu estou meio insatisfeito com o grão das minhas fotos com Tri-X 400. Talvez seja super-revelação, sei lá, mas ainda não acertei a mão. Carregar no grão é fácil e até divertido no início, mas agora tenho vontade de fazer umas fotos com grão mais fino e gostaria de evoluir nisso usando o que eu tenho em casa, que é Tri-X 400 e revelador D76.

Estou pensando em baixar o iso do Tri-X para 200 e revelar em uns 8 min (20°C, D76). Será que produz um grão mais fino?

Abraço


Francisco,

Olha só: 8 minutos em 20°C com D-76 é o normal para o Tri-X Pan (de acordo com a tabela da Kodak). Pra conseguir o que está querendo vejo essa possibilidade:

Para 200 baixar de 8 minutos pra 7 minutos, em 20°C (se na bobina estiver a marca "TX" - alguns filmes podem vir com "400'", esse danado do apóstrofo indica que é fabricado pela Kodak francesa e que não tenho a tabela). Caso na borda do filme esteja escrito "400 TX", ou seja, ou seja o PROFESSIONAL TRI-X 400, a revelação é feita em 6 minutos e 45 segundos. Para 200 baixar para 5 minutos e 30 segundos.

O mesmo ocorre se revelar diluído em 1:1 (mais lento) com tempos acrescidos, ou seja, para o TRI-X Pan - 10 minutos. Para o PROFESSIONAL TRI-X 400 - 9 minutos e 45 segundos.





Francisco

  • Trade Count: (5)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.550
Resposta #20 Online: 16 de Dezembro de 2008, 15:04:20
Então, eu uso duas colherzinhas de vinagre... Talvez seja placebo mesmo, e uso o fixador da kodak mesmo.
Qdo acabarem meus filmes, vou experimentar usar o trix nesse esquema. Eu tenho ficado bem satisfeito. Ah, e não tenho um controle muito grande da temperatura. No fundo, os resultados não são tão diferentes (opinião pessoal). Na real, como eu amplio, é lá q dá pra fazer bonito.
Abraço

Pois é, eu só escaneio. Nunca ampliei pb direto do negativo. O que tem me incomodado é durante a edição mesmo. Os contrastes ficam muito acentuados e, apesar de ser fácil recuperar detalhes nas baixas e altas luzes, esses detalhes vêm com muito ruído. A latitude do PB é impressionante, mesmo quando o filme não tem uma revelação ótima. No entanto, nesses casos, as regiões que demandaram maior recuperação (sombras, céu), ficam mais granuladas. Por ironia do destino, o melhor negativo que eu revelei foi o primeiro, em um curso. Era um negativo bem equilibrado, pouco contrastado. Em casa eu não consegui reproduzir o mesmo resultado ainda. Se bem que no curso foi com tanque de metal. Talvez com o de plástico eu esteja agitando muito. Falta coragem para reduzir a agitação, mas me parece ser um bom ponto de partida para chegar lá, o que acha?


Francisco Amorim
Porto Alegre - RS
2x Canon F1 Old, AE1; Pentax MX, K100D; Fuji Finepix f10; Panasonic LX3


Francisco

  • Trade Count: (5)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.550
Resposta #21 Online: 16 de Dezembro de 2008, 15:08:36
Elmo, faltou esse dado na hora de eu descrever o meu processo: a solução é 1:1, 125ml de água e 125ml de revelador no tanquinho de plástico para 1 filme. Na bobina diz 400TX mesmo.

O que você sugere então para revelar o 400TX em:
- ISO400;
- ISO200;

E o que você acha de diminuir a agitação para reduzir o contraste? É uma boa?

Francisco Amorim
Porto Alegre - RS
2x Canon F1 Old, AE1; Pentax MX, K100D; Fuji Finepix f10; Panasonic LX3


Francisco

  • Trade Count: (5)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.550
Resposta #22 Online: 16 de Dezembro de 2008, 15:12:22
Vai a foto da caixinha do filme :P
Francisco Amorim
Porto Alegre - RS
2x Canon F1 Old, AE1; Pentax MX, K100D; Fuji Finepix f10; Panasonic LX3


Elmo

  • Trade Count: (5)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.458
Resposta #23 Online: 16 de Dezembro de 2008, 15:18:16
Pois é,

É o 400 TX mesmo. Eu já ia perguntar se você estava agitando demais. Faz uma experiência.  :ponder:


lucash_br

  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 666
Resposta #24 Online: 16 de Dezembro de 2008, 15:24:02
Então, eu não agito tanto. Fiz diversos testes com o neopan da fuji, q era o mais em conta, e toda vez q agitava demais, o filme ficava meio "lavado" de tons. Só dou pancadinhas e viro. Nem sei se tem algo a ver. Já percebi que a revelação é uma arte, mais complexa q a própria fotografia. Passei a ampliar justamente para ganhar mais controle sobre o resultado... contrastes, luzes, etc ficam bem legais.

Abraços,
Elmo, faltou esse dado na hora de eu descrever o meu processo: a solução é 1:1, 125ml de água e 125ml de revelador no tanquinho de plástico para 1 filme. Na bobina diz 400TX mesmo.

O que você sugere então para revelar o 400TX em:
- ISO400;
- ISO200;

E o que você acha de diminuir a agitação para reduzir o contraste? É uma boa?




lucash_br

  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 666
Resposta #25 Online: 16 de Dezembro de 2008, 15:25:42
Aliás, Francisco e demais q revelam; pra gente não ficar frustrado, as revelações PB que eu fiz em laboratório sempre ficam insatisfatórias... Por isso optei por fazer em casa.