Autor Tópico: Direitos autorais/Lei  (Lida 2255 vezes)

Guto Marc

  • Trade Count: (14)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.574
    • http://www.gutomarcondes.com.br
Resposta #15 Online: 24 de Novembro de 2008, 16:43:19
Exif não é aceito juridicamente justamente pelo fato de ser facilmente editado. Inclusive preservando a data da foto e da suposta alteração.
A melhor técnica, usada inclusive em quadros e arte é crop mesmo, eliminando um pedaço da foto. Todos os quadros de pintores famosos estão com a moldura em cima de um pedaço do quadro, justamente para esconder parte da pintura e dificultar falsificações. Com a foto pode ser a mesma coisa. eu tbm só publico na net fotos em baixa qualidade e com uma marca d´água bem feia...
** NÃO TRABALHO MAIS COM SEGURO DE EQUIPAMENTOS **

Visitem meu blog sobre fotografia : https://www.gutomarcondes.com.br
E meu site sobre dicas de viagem :
https://www.reviewdeviagem.com.br


Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.744
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Resposta #16 Online: 25 de Novembro de 2008, 09:38:34
Guto quando propuz a estratégia do crop (a alguns anos atrás), como ferramenta de preservação de direitos autorais para fotografia digital, foi baseado exatamente na autenticação de pinturas. ;)
Quando eu fiz essa proposta a moda era dizer que só RAW podia servir para autenticar. ;)
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.


Guto Marc

  • Trade Count: (14)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.574
    • http://www.gutomarcondes.com.br
Resposta #17 Online: 25 de Novembro de 2008, 09:42:12
Guto quando propuz a estratégia do crop (a alguns anos atrás), como ferramenta de preservação de direitos autorais para fotografia digital, foi baseado exatamente na autenticação de pinturas. ;)
Quando eu fiz essa proposta a moda era dizer que só RAW podia servir para autenticar. ;)
Legal Leo. Eu acho que quanto mais simples mais eficiente. A técnoca do crop é extremamente simples e totalmente eficiente. eu cropo mais do que 10px, porque sou neurótico......rs
E esse negócio de que só RAW prova também é relativo. Eu uso JPG 99% do tempo. Aí só o crop prova mesmo.  :ok:
** NÃO TRABALHO MAIS COM SEGURO DE EQUIPAMENTOS **

Visitem meu blog sobre fotografia : https://www.gutomarcondes.com.br
E meu site sobre dicas de viagem :
https://www.reviewdeviagem.com.br


Renato Dentello

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 21
Resposta #18 Online: 25 de Novembro de 2008, 10:51:44
Já que estamos no assunto, deixa eu tirar uma dúvida:
Eu tenho uma foto minha que foi tirada ainda na época de filme e tenho o negativo, e essa foto foi digitalizada para ser utilizada em um site de um amigo meu, com o devido crédito na foto, ai me aparece um espertinho e pega essa foto e utiliza em um jornal como se a foto fosse o logotipo do jornal dele, e não colocou o meu crédito, o que eu posso fazer com essa pessoa??


Guto Marc

  • Trade Count: (14)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.574
    • http://www.gutomarcondes.com.br
Resposta #19 Online: 25 de Novembro de 2008, 11:18:47
Já que estamos no assunto, deixa eu tirar uma dúvida:
Eu tenho uma foto minha que foi tirada ainda na época de filme e tenho o negativo, e essa foto foi digitalizada para ser utilizada em um site de um amigo meu, com o devido crédito na foto, ai me aparece um espertinho e pega essa foto e utiliza em um jornal como se a foto fosse o logotipo do jornal dele, e não colocou o meu crédito, o que eu posso fazer com essa pessoa??
Pode contratar um advogado especializado em direitos autorais para propor um acordo antes de entrar na justiça pedindo indenização.
** NÃO TRABALHO MAIS COM SEGURO DE EQUIPAMENTOS **

Visitem meu blog sobre fotografia : https://www.gutomarcondes.com.br
E meu site sobre dicas de viagem :
https://www.reviewdeviagem.com.br


Chello

  • Trade Count: (15)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.638
  • Sexo: Masculino
    • CJPress Foto e Jornalismo
Resposta #20 Online: 25 de Novembro de 2008, 11:21:54
Já que estamos no assunto, deixa eu tirar uma dúvida:
Eu tenho uma foto minha que foi tirada ainda na época de filme e tenho o negativo, e essa foto foi digitalizada para ser utilizada em um site de um amigo meu, com o devido crédito na foto, ai me aparece um espertinho e pega essa foto e utiliza em um jornal como se a foto fosse o logotipo do jornal dele, e não colocou o meu crédito, o que eu posso fazer com essa pessoa??
Pode contratar um advogado especializado em direitos autorais para propor um acordo antes de entrar na justiça pedindo indenização.

Sempre é bom tentar uma saída pacífica antes de partir para os meios legais. E, no seu caso ainda é mais simples provar que no digital, pois tem o negativo.

Chello
Fotojornalista
Canon Professional

Instagram: @chellofotografo


Renato B.

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 102
Resposta #21 Online: 25 de Novembro de 2008, 12:03:32
Se estivesse nesta situação, e conseguisse comprovar a autoria da foto...primeiramente processaria (ou entraria em acordo)a revista. Você pode pedir  danos materiais e morais .A revista, por ser uma empresa tem mais recursos e deveria se certificar da verdadeira autoria da imagem antes de publicá-la e dificilmente poderá alegar que não ganhou dinheiro com a sua foto, pois a sua fonte de receita está diretamente ligada ao conteúdo (diferente do gabirú que surrupiou sua foto, que pode alegar que não vendeu a foto para a revista)
Danos morais é um pouco mais complicado, mas vc. pode alegar que não gostou daquela imagem e que nunca autorizaria a sua publicação, uma vez que poderia imacular a sua imagem de artista (dramatico né?)... agora isso só vai funcionar se você não publicou anteriormnte a sua foto.

abraços