Autor Tópico: Habilidades de um grande fotógrafo  (Lida 4368 vezes)

neocosmo

  • Trade Count: (10)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.055
    • http://neocosmo.deviantart.com/
Resposta #15 Online: 15 de Novembro de 2005, 17:33:14
Pois é...
Pois se fosse apenas pelo lado sensorial, a pessoa não precisaria de ler nada sobre fotografia...
Apenas vê a cena "a foto", pega qualquer cÂmera e bate sem critério nenhum... corre o grande risco de sair aquela foto tremida, mas que seria "bonita"/boa, mas não saiu... ficará com aquele sentimento: ai, se eu tivesse uma câmera tal, ai se eu soubesse que podia usar o flash hehehe

Por isto que acho que os fotógrafos, tem que ter uma preocupação e já tem que saber o mínimo de como tirar uma foto, antes de desenvolver seu lado sensorial.

Mas tecnica x técnica não vai distiguí-lo de ninguém.

Abraços,


Renato
Renato Ventura - Mococa e Ribeirão Preto/SP[/size]
email: renatoventura@uol.com.br



Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.741
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Resposta #16 Online: 15 de Novembro de 2005, 18:02:16
Sem dúvida, como eu disse o diferencial mesmo está na mão do bem versado e bem sensorial, esse ninguém segura.
 
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.


neocosmo

  • Trade Count: (10)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.055
    • http://neocosmo.deviantart.com/
Resposta #17 Online: 15 de Novembro de 2005, 18:17:31
Citar
Sem dúvida, como eu disse o diferencial mesmo está na mão do bem versado e bem sensorial, esse ninguém segura.

 :thmbup:

Estávamos falando a mesma coisa... heheh :laughing:  
Renato Ventura - Mococa e Ribeirão Preto/SP[/size]
email: renatoventura@uol.com.br



willemacht

  • Visitante
  • Trade Count: (0)
Resposta #18 Online: 15 de Novembro de 2005, 18:31:22
Leo,

Depois de ler o seu "pequeno" texto :) , você conseguiu me convencer. É verdadeiro... a combinação perfeita dos 2 perfis ou até dos 4 formam um grande fotógrafo.


Danilo

  • Trade Count: (5)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 858
  • Sexo: Masculino
    • Portfólio
Resposta #19 Online: 15 de Novembro de 2005, 21:08:46
Citar
Eu tbm acho a D70 complicada mas quando tratamos de versado não quer dizer que a pessoa sabe ler manual dos equipamentos (porque a D70 nem com manual dá pra entender o negócio) quer dizer que a pessoa domina a técnica fotográfica e convenhamos, alguém que sabe usar uma FM2 certamente domina muito melhor a ténica fotográfica do que 99% dos usuários de D70. ;)
Sim, eu acho que você entendeu o que eu disse. ;)
« Última modificação: 15 de Novembro de 2005, 21:08:54 por Danilo »


Roberto O. Almeida

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.431
Resposta #20 Online: 16 de Novembro de 2005, 12:49:39
Citar
Pois é...
Pois se fosse apenas pelo lado sensorial, a pessoa não precisaria de ler nada sobre fotografia...
Apenas vê a cena "a foto", pega qualquer cÂmera e bate sem critério nenhum... corre o grande risco de sair aquela foto tremida, mas que seria "bonita"/boa, mas não saiu... ficará com aquele sentimento: ai, se eu tivesse uma câmera tal, ai se eu soubesse que podia usar o flash hehehe

Por isto que acho que os fotógrafos, tem que ter uma preocupação e já tem que saber o mínimo de como tirar uma foto, antes de desenvolver seu lado sensorial.

Mas tecnica x técnica não vai distiguí-lo de ninguém.

Abraços,


Renato
Eu tenho amigas que nunca sequer leram sobre abertura do diafragma ou velocidade de obturador e fazem fotos maravilhosas..

Quando indico sites ou artigos a resposta que eu recebo é: "Ja te disse que meu negócio é o feeling, e não a técnica."

Pra mim é possível sim um bom fotógrafo no tipo sensorial...


domene

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 87
    • http://www.estudionext.com.br
Resposta #21 Online: 16 de Novembro de 2005, 18:40:05
Um cara que precisa dar 100 cliques pra sair uma foto boa é fruto da geração "fotografia digital" :-)

Com filme e revelação qualquer um desistiria...

Quanto ao sensorial, acho que existe uma certa mistica em torno desse assunto (tanto é que muitos escolheram esse perfil se tivessem que escolher um só). Mistica porque os outros aspectos dá pra se aprender. Sensorial, sentimento, feeling não tem como aprender ou ensinar.
 
Mauricio Domene
Músico/compositor
Estúdio Next

Flickr:
Flickr


willemacht

  • Visitante
  • Trade Count: (0)
Resposta #22 Online: 16 de Novembro de 2005, 22:24:05
Citar
...porque os outros aspectos dá pra se aprender. Sensorial, sentimento, feeling não tem como aprender ou ensinar.

Domene,

Concordo. E sem dúvida foi o fator que mais definiu os maiores gênios da fotografia da história.


Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.741
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Resposta #23 Online: 16 de Novembro de 2005, 22:29:18
willemacht n verdade o que definiu os maiores gênios foi a soma de sensorial com níveis elevadíssimos de conhecimento, nenhum deles conhecia pouco não, muito pelo contrário, fotógrafos como Adams eram mais técnicos do que sensoriais ;)
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.


willemacht

  • Visitante
  • Trade Count: (0)
Resposta #24 Online: 18 de Novembro de 2005, 12:29:20
Eu costumo comparar fotografia com música, você pode ser um bom instrumentista, ter habilidade, conhecer a teoria, ter ouvido, ser um bom performista, mas em se tratando de COMPOSIÇÃO necessariamente precisa ter talento, o feeling mesmo... criar harmonias, letras e etc. E o músico perfeito é esse que além de compor ainda é um bom instrumentista. E do mesmo modo, é  isso que consolida um grande gênio na música: A imaginação e a criatividade.


Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.741
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Resposta #25 Online: 18 de Novembro de 2005, 13:29:29
Não encare a composição como um fator de sensibilidade porque não é, na verdade o que chamamos de sensibilidade são facilidade que indivíduos tem de procurar ângulos, mas a composição é totalmente previsível e estudável, o comportamento da percepção humana quando bem dominado faz de você um grande compositor e tudo isso é bastante científico.
Eu ainda gosto de frases como a de Einstein que os gênios se fazem em 90% dos casos por transpiração e 10% por sorte.
Infelizmente não sou do tipo que acredito em talento nato, sou muito adepto do método científico para acreditar nisso, mesmo o que chamamos de sensorial nada mais é do que fruto de estudos não percebidos da percepção humana, o senso estético pode ser praticado, se for feito desde a infância alguns vão chamar de talento nato, mas essa é na minha opinião um dos maiores problemas do brasileiro, o brasileiro acredita em talento nato enquanto os povos Orientais e Saxões acreditam que o que chamamos de talento não nasce conosco e é fruto de ambiente e trabalho. :)
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.


willemacht

  • Visitante
  • Trade Count: (0)
Resposta #26 Online: 18 de Novembro de 2005, 15:16:38
Leo,

Concordo que imaginação e criatividade é transpiração (ou digamos queima de neurônios) e se adquire com o tempo e a experiência mesmo. Conhecimento e sensibilidade são coisas bem distintas, que podem ser adquiridas ao logo da vida sim. O conhecimento na maioria vem primeiro, e depois que eles vão ganhando esse "feeling" e passam a fazer fotos bem distintas. Outros já começam com essa "aptidão" porque sempre observaram o mundo com outra visão, ou como você disse: já vem com um senso estético desde a infância porque nela teve a oportunidade de exercitar, e já entram na fotografia com uma vantagem, e com passar do tempo vão aumentando seus conhecimentos, se aperfeiçoando e conseguindo capturar ou colocar em prática suas idéias. Na verdade a sensibilidade (senso do belo, aspectos da realidade sensorial) é uma atividade cognitiva que também deriva da razão e do raciocínio lógico, e é mais complexa, a meu ver (e até para ciência, eu acredito), e mais difícil de observar nas pessoas, embora possível a todos. Por esse motivo eu acredito mais na imaginação e criatividade como um fator mais raro, já que saber reproduzir é mais fácil que criar.
 


Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.741
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Resposta #27 Online: 18 de Novembro de 2005, 16:34:13
Sem dúvida, no final o exercício da composição passa a ser apenas mais um tipo de coisa que pode ser praticada e bem estudada, mas continuo julgando que a imaginação sem a habilidade de reprodução não serve de nada.
Falo isso porque eu penso em desenhos lindos, se formam como fotos na minha cabeça, porém não consigo rproduzir esses desenhos de forma alguma, não tenho o conhecimento técnico e a prática necessária para esta reprodução, o mesmo vale para a música, para a fotografia, muitas vezes vi pessoas cm ótimas idéias e uma visão de mundo fantástica, mas que não conseguiam passar isso sem ser pelas palavras, porque não detinham o conhecimento técnico para tal.
 
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.