Autor Tópico: [OPINIÃO] Como se começa a trabalhar com fotografia?  (Lida 16359 vezes)

LeandroFabricio

  • Trade Count: (9)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.686
  • Sexo: Masculino
Resposta #30 Online: 27 de Fevereiro de 2009, 16:26:02
Mercado não é guerra. Enxergar dessa forma é começar de forma negativa.

Não se trata de guarda, território, nada disso. Quem tem mercado está trabalhando, simples assim.

Que péssima maneira de enxergar as coisas, acho realmente lamentável.  Bom relacionamento é parte de qualquer case de sucesso, e isso não tem nada a ver com puxar saco. Ampliar sua rede de contatos significa ampliar a sua área de atuação. E não conheço "babacas com bons contatos".

 Lostart,
 Te mandei uma PM, dá uma olhadinha lá.

 Eu acho que o que está acontecendo nesse diálogo é que estamos "em mundos diferentes" e obviamente eu estou no lado errado/pior lado.
 O que eu escrevi foi por contas das experiências que tive, com as experiências com pessoas que conheci. Talvés esse tipo de experiência se deu por conta da FATIA de mercado que essas pessoas atuam. Nunca conheci um fotógrafo do seu porte por exemplo que obviamente tem uma mente bem diferente por pegar trabalhos bem diferentes. Os que eu cheguei a conhecer nem sonham num dia fazer um catálogo como o que vc fez pra Chilli Beans.

 Por isso eu posso afirmar com todas as letras, que existem muito fotógrafo ruim em todos sentidos, mas com bons contatos. Se quisesse estaria "enturmado" com ele e conhecendo os contatos, mas para isso iria ter que fica de assistente puxa-saco. É triste esse tipo de atitude? Sim, mas não estou inventando, já aconteceu.

Citar
Eu considero a afirmação acima ofensiva a todos, amadores ou profissionais, que cederam seu tempo livre para responder a perguntas de pessoas que muitas vezes nem conhecem. Respondo a dezenas de e-mails diariamente de estranhos que nunca encontrei antes, enviando críticas, contatos, e indicações. Considero isso um insulto.

 Obviamente não estou falando dessas pessoas. Estou falando de pessoas que só chegam pra fazer uma pergunta e depois nunca mais voltam. Pessoas que se cadastram só pra oferecer produtos, cursos e não participam.
 Enfim dos milhares de usuários, são poucos os que participam, perguntam, respondem, dão opinião, trazem algum bom assunto para discussão.

Citar
No momento, para mim, fica bem claro que o maior obstáculo para o seu crescimento profissional é a sua péssima atitude, a sua expectativa de que alguém vai fazer algo por você além de lhe doar conhecimento e alguma oportunidade.

 Não acredito que você me conheça o bastante para poder fazer tal afirmação. Sempre fui e sou grato aos me me ajudam ou ajudaram. E acredito muito na idéia de que na vida tudo é uma troca. E acredito que ela sempre tenha que ser justa. Se eu for ajudar alguém, gostaria de reconhecimento e ajuda caso precisasse. Se for ter ajuda de alguém, gostaria de poder recompensar de uma forma útil para essa pessoa.
 Acho que você entendeu o fato de eu ser radicalmente contra exploração de forma errada.

Citar
Costumo usar assistentes diferentes para jobs diferentes, e já consigo ver de longe quando alguém está realmente interessado em aprender e tem curiosidade em perguntar, em ver como se faz um job profissional, e em ouvir mais do que demonstrar o que já aprendeu.

 Não entendi onde isso entra no contexto.
 Mas as vezes eu percebo como são as pessoas com poucos minutos de conversa, já ajudei em seleções e aprendi muito com um ex-patrão.


Até mais,
Leandro
São Paulo - SP


jacqueline-reis

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 6
  • Sexo: Feminino
Resposta #31 Online: 27 de Fevereiro de 2009, 16:26:35
Excelente tópico Kika!
Sou iniciante também na area e passei por exatamente essa situação. Me ofereci por ai...comunidades e fóruns para trabalhar de graça. Foi um fiasco total. rss
Nenhum retorno.
Em uma das comunidades que faço parte conheci uma fotógrafa que atuava exatamente no que eu me interessava: fotos infantis e eventos.
Começamos a conversar..trocando ideias,ela vendo minhas fotos...trocamos telefone...e um dia ela em convidou para acompanha-la num evento.
Amei. Descobri ali que realmente era o que eu queria.
E com isso....nossa amizade se estreitou.E hoje temos uma bela parceria.
Ainda faço alguns eventos com ela....e hoje somos amigas.

Concordo com quem disse que networking nessa area é muito importante, mas as coisas acontecem naturalmente.Nada de sair por ai querendo "forçar" uma amizade apenas para ter contatos! rs

E concordo mais ainda com o Guto.
Não podemos ter medo! Obvio que temos que ter bom senso e cuidado com o que vamos apresentar...o 1 trabalho dá muito medo.Muito mesmo! Mas depois dos 10 primeiros cliques...as coisas vão acontecendo.
Acho que quem tá começando deve sim se arriscar!

Abços,

Jacqueline Reis

Jacqueline Reis
Fotógrafa


lostart

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 158
    • http://www.lost.art.br
Resposta #32 Online: 27 de Fevereiro de 2009, 17:15:34
Advice for Young Photographers (leiam e aprendam):

http://www.lightstalkers.org/advice_for_young_photographers

Lessons I Didn’t Learn In Photo School

http://www.scottkelby.com/blog/2009/archives/3475

Temos um programa de trainees em Lost Art. Mais informações em nosso FAQ e via e-mail.

http://www.lost.art.br/faq.htm
« Última modificação: 27 de Fevereiro de 2009, 17:18:16 por lostart »


LeandroFabricio

  • Trade Count: (9)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.686
  • Sexo: Masculino
Resposta #33 Online: 27 de Fevereiro de 2009, 18:34:31
Advice for Young Photographers (leiam e aprendam):

http://www.lightstalkers.org/advice_for_young_photographers

Lessons I Didn’t Learn In Photo School

http://www.scottkelby.com/blog/2009/archives/3475

Temos um programa de trainees em Lost Art. Mais informações em nosso FAQ e via e-mail.

http://www.lost.art.br/faq.htm

 Vou ler depois os em inglês.

 Mas o F.A.Q tá bem legal, com algumas partes engraçadas.
 Todas são realmente "F.A.Q"?
 Pergunto pq é estranho acreditar que pessoas fazem esse tipo de pergunta para um fotógrafo!
"Coloquei um piercing e não cicatrizou totalmente. O que eu devo fazer?"
"Quero começar a saltar de B.A.S.E. Jump. Como proceder?"
"Como faço para ser ator/atriz pornô? "
 
 Mas, como tem louco pra tudo nesse mundo...

São Paulo - SP


lostart

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 158
    • http://www.lost.art.br
Resposta #34 Online: 27 de Fevereiro de 2009, 20:05:08
Citar
Mas o F.A.Q tá bem legal, com algumas partes engraçadas.
 Todas são realmente "F.A.Q"?

Sim. E mesmo com o FAQ, ninguém lê, e chegam msgs todos os dias com essas (e outras) perguntas.

Citar
Pergunto pq é estranho acreditar que pessoas fazem esse tipo de pergunta para um fotógrafo!

É que o nosso site é atípico, diferente dos usuais, onde há 1 portfolio, 1 bio, 1 página de contato. Tem 6000 páginas...

 
Citar
"Coloquei um piercing e não cicatrizou totalmente. O que eu devo fazer?"

Essa rola por causa dessa página:

http://www.lost.art.br/piercing.htm

Citar
"Quero começar a saltar de B.A.S.E. Jump. Como proceder?"

Essa por causa desa página:

http://www.lost.art.br/base.htm

Citar
"Como faço para ser ator/atriz pornô? "

essa p/ causa deste link:

http://www.lost.art.br/yasmint.htm

entre outras...

[  ]s

ig






jotabonfim

  • Trade Count: (7)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 107
  • Sexo: Masculino
Resposta #35 Online: 21 de Março de 2010, 11:29:27
Parabens Kika pelo excelente tópico a discussão ficou bem focada na pergunta e com certeza ajudou muita gente aqui do forum.

Só tenho uma coisa a falar sobre os grande fotografos, existe muito estrelismo mais na verdade eles tem é muito medo da concorrência e da safra de novos que vem nascendo por este Brasil afora.

Quando comecei tive uma ajuda de um cara que considero ele para mim um idolo (Drauzio Tuzzolo), uma pessoa correta e muito prestativa.

Hoje em dia temos uma quantidade tão grande de informações na web que assusta muitos fotografos das antigas e isto faz com que eles se fechem no mundo deles.

Com certeza se eu estivesse começando hoje e tivesse a minha disposição um forum como este, teria quebrado menos a cabeça.

Abraços e boas fotos


wdantas

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.187
  • Sexo: Masculino
    • WDantas Fotogaleria
Resposta #36 Online: 24 de Março de 2010, 13:23:42
Oi Kika!

Vou tentar ajudar com meu caso.

Na segunda metade da década de 70 eu já brincava com uma Pentax SPF, mas abandonei o hobby.
Voltei em 2005 com a aquisição de uma D70s e começei a experimentar o digital que apesar de usar os mesmos conceitos que tinha aprendido, exigia muitos conhecimentos adicionais. Lí muito (livros e fóruns), perguntei muito nos fóruns - principalmente aqui, rsrs. Fiz um monte de Workshops, e ainda os faço regularmente. A medida que ia aprendendo, também sentia necessidade de equipamentos adicionais, etc., ou seja, comecei a investir bastante tempo e dinheiro na busca de uma fotografia de qualidade.

Em outubro de 2007 um amigo meu, dono de uma produtora de vídeos que tinha visto minhas fotos, me convidou pra fazer a cobertura de um evento. Era uma homenagem a Edson Mororó Moura - dono das baterias Moura, feita pela Assembléia Legislativa do Recife. Fiquei gelado e recusei porque achava que não tinha cacife pra isso. Mas o amigo insistiu e disse que sabia que iria dar certo, então fui. Deu certo e no outro dia fui pra Campina Grande na Paraíba registrar o discurso do mesmo Moura numa convenção.

Pois é, comecei a ganhar dindin assim.
O estímulo que recebi e ainda recebo desse meu amigo foi fundamental pra sair do Vzero, como se fala em física.
Digo que ainda recebo esse estímulo porque ele já me colocou em situações que jamais pensei em estar, como fazer foto de estúdio itinerante.

A fotografia de eventos empresariais não é o que me dá tesão, mas faço.
Nesse ínterim, surgiu a oprotunidade de fotografar teatro porque tenho outro amigo que é produtor teatral. Comecei por curtição, fazendo fotos pra mim sem nenhum caché. No entanto, no ano passado produzi, pra mim, um livro via Digipix sobre um festival de dança que agradou muito a esse produtor. A partir disso, estou como fotógrafo dessa produtora pra fotografar e editar books dos festivais, agora com "caché". Estou adorando esse trabalho, que acho muito gratificante embora a grana não seja grande.

Hoje estou tentando me inserir na FineArt da fotografia e smepre que há oportunidade, mostro aos curadores dessa área. Espero chegar lá.

Com meu longo texto quero mostrar que fazer conhecimentos e mostrar seu trabalho sem forçar barra é fundamental para se profisionalizar, além de gostar do que se está fazendo. O caminho é longo e tem que se ir devagar, até porque, a cada dia se aprende coisas novas.

Também é interessante participar de alguma agremiação (eu participo da Fototech) com fotógrafos profissionais de longa data. Eles podem te ajudar a melhorar seu trabalho, e nesse caso, as críticas são de grande valia no aperfeiçoamento.

Bom, é isso.
Espero ter ajudado.
Abraços

« Última modificação: 24 de Março de 2010, 13:24:49 por wdantas »