Autor Tópico: Como deixar a modelo mais solta?  (Lida 5661 vezes)

Adam-ES

  • Trade Count: (37)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.356
    • SCHMITZ FOTOGRAFIA
Resposta #30 Online: 31 de Janeiro de 2013, 23:27:09
Música: coloca um celular tocando umas músicas legais. Ajuda muito.
XH2S x2/ 12 2.0 /18 1.4 / 33 1.4 /56 1.2 WR
24-70 II / 85 1.4 L  / 135L
EOS R / EOS R6 / RF 16 2.8 / RF 35 1.8 / RF 50 1.8
www.schmitzfotografia.com.br
www.instagram.com/schmitz.fotografia


Mike Castro

  • Trade Count: (4)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.861
  • Sexo: Masculino
Resposta #31 Online: 31 de Janeiro de 2013, 23:58:58

Agora, esse negócio de colocar birita no meio... eu já fui muito assim, muito além da birita inclusive, e é o seguinte: Dá zebra isso daí, hein!



Cigarrinho sem marca detected, asiueasheiaeuahsieuasehiasuehieh

Brincadeira,

abraço


thiagolara123

  • Trade Count: (2)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 331
Resposta #32 Online: 01 de Fevereiro de 2013, 11:12:32
Cigarrinho sem marca detected, asiueasheiaeuahsieuasehiasuehieh

Brincadeira,

abraço

Ih o cara é polícia, aí! :D

Não, mas sério mesmo. Isso queima, nego faz fofoca que vc é doidão irresponsável... atrapalha mesmo.

E outra que isso de birita, intimidade demais... Nêgo vê essas coisas e se sente perdendo tempo, os outros profissionais do set. Sei lá. O cara tá lá trabalhando 100% e as outras pessoas bebendo? Aí quem não tá bebendo já se sente no direito de afrouxar tb...

É isso... aqui já rolou de tudo e hj só coca-cola, agua de côco e gatorade, e hj rola melhor. :ok:
http://www.thiagolara.com <<<Não me odeie, não me inveje, TRABALHE!

O Brasil somos eu e vc, não é só os outros não. Então samba aí: "Se gritar pega ladrão / não fica um meu irmão / se gritar pega ladrão / não fica um..." http://www.youtube.com/watch?v=2WQtQwRHD6k


leonobox

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.704
  • Sexo: Masculino
    • Instagram.com/leopacheco
Resposta #33 Online: 01 de Fevereiro de 2013, 11:38:24
Tb acho, brinquei no post que fiz querendo dizer que bebida só se for dar uma festa e não pra fazer um ensaio, particularmente acho a maior roubada tb... nos ensaios que faço só rola agua, suco, refrigerante, gatorade... nada de bebidas alcoólicas, nunca...
WORKSHOP DE ILUMINAÇÃO E ESTÚDIO www.leonardopacheco.com.br/workshop
INSTAGRAM: instagram.com/leopacheco
Contatos e dúvidas pelo Instagram (direct).


Carcarah

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.303
  • Sexo: Masculino
Resposta #34 Online: 01 de Fevereiro de 2013, 11:48:52
Não há nada pior para um profissional que ver sua imagem associada a gente drogada e bêbada em um estúdio.


AlexandreS

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.250
Resposta #35 Online: 01 de Fevereiro de 2013, 11:52:49
Saiu a alguns dias um tópico no Digital Photo School que tem a ver com o assunto do tópico.

Compartilhando

http://digital-photography-school.com/10-ways-to-direct-a-portrait-shoot-like-a-pro


Canon 60D - Canon 450D XSi
Tamron 17-50 f/2.8 VC - EF 50mm f/1.8 - EF 28-135 USM IS - EF-S 55-250 IS
SMC Takumar 50mm f/1.4 - S-M-C Takumar 135mm f/2.5 e mais alguns vidrinhos M42
Speedlite 430EX II - YongNuo YN460


Leandro Rodrigues

  • Trade Count: (35)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.185
  • Sexo: Masculino
Resposta #36 Online: 01 de Fevereiro de 2013, 12:05:46
Rita, essa história de bebida é desnecessário pra books e ensaios "normais". Funciona se for ensaio sensual, mas nada de tequila! Só uma tacinha de champagne já dá um efeito psicológico e é muito utilizado por muitos fotógrafos.

Se a modelo também é profissional é um pouco mais fácil pq ela tem que fazer a parte dela também. Quando a modelo não é profissional ai vc tem que dirigir tudo. Já deram boas dicas, música, tablet com poses, mas pra tudo isso acontecer vc tem que estar afiada com o técnica e ter total controle do ambiente, luzes, seja em estúdio ou externa. Assim fica "livre" pra dirigir, orientar, ver qual perfil da pessoa é mais bonita (acredite, as pessoas ficam bem diferentes dependendo do perfil que vc fotografa). Assim que vc ve a pessoa tente procurar oq a pessoa tem de melhor e pior pra destacar ou evitar. Se vc não está tão afiada com as técnicas e está ainda treinando e estudando tente ter alguém junto com vc, um maquiador, figurinista e peça pra essas pessoas dirigirem a modelo. Assim vc se concentra na foto e aprende com eles.


RochaMichael

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.492
    • Michael Rocha Fotografia
Resposta #37 Online: 01 de Fevereiro de 2013, 12:25:22
No começo enfrentei essa questão também!

Mas com vários ensaios você vai aprendendo a quebrar o gelo e ir descontraindo o modelo.

Como a maioria que fotografo são mulheres, a gente faz assim:
Minha socia vai maquiando a modelo, essa é a hora de você fazer o contato, conversar sobre besteiras, geralmente maqueia no meu carro ai eu coloco um dvd e a pessoa vai se soltando. Depois chega a hora de escolher qual figurino usar, ai começo a tentar quebrar o gelo, fazendo piadinhas essas coisas. Depois durante as fotos é só aproveitar, tento arrancar sempre o sorriso sincero do assunto, como por exemplo: A gente ta indo tirar foto e tá um solzão, ai eu tiro e digo: Proooooooonto, agora só mais 30 aqui e a gente repete! Essa é a hora que, geralmente kkk, as modelos riem, ai eu sento o dedo e consigo belos sorrisos.

A idéia é descontrair mesmo...
Corpo: 2 x Sony A7III
Objetivas:  Rokinon 35 f/1.4 | Sigma Art 135mm f/1.8 | Sony 50mm f/1.8


Francisco

  • Trade Count: (5)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.556
Resposta #38 Online: 01 de Fevereiro de 2013, 17:58:38
Modelo boa é modelo que já vem solta. :D

Oha essa mina, por exemplo:



Agora, esse negócio de colocar birita no meio... eu já fui muito assim, muito além da birita inclusive, e é o seguinte: Dá zebra isso daí, hein!

E te queima! Ser doidão queima, aqui não é Hollywood não, até as bichas são católicas, nêgo fica falando mal de vc.

Do jeito que tá o mundo hj em dia... as pessoas levam tudo a mal... todo mundo é "classe média sofre" cheio de "direitos"... gente que eu não conheço que vêm aqui eu tenho medo até de dar beijinho de oi no rosto, o que dirá de oferecer bebida alcoólica.

Mas enfim, cada doido com a sua maluquice.  :D

Sobre o negócio de soltar... se vc souber o que vc quer não precisa soltar nada não, a moça pode fazer presa mesmo. O que eu faço é já de antemão dar uma pesquisada e ter umas fotos que eu acho eu se encaixam no estilo e padrão de corpo da menina, e imprimo e colo na parede, e falo "ó, olha isso aí... vamo fazer isso aí, vai!". Se vc dá alguma direção a pessoa vai fazendo.

Agora deixar ela lá largada no meio das luzes, apontar o canhaozão na cara dela e "se vira nos 30!"... aí não há cachaça que salve a coitada!  :D

É, o problema é que ser "doidão" é ser você mesmo (todo mundo é doidão de alguma forma). O mercado exige serviços-commodity e resultados-commodity - e certamente preços padronizados. Quando alguém procura um fotógrafo para o seu casamento, procura um "fotógrafo de casamento". Quando é a formatura, procura um "fotógrafo de formaturas". E assim vai, com still, arquitetura, etc. Eu acho que as pessoas deveriam contratar um fotógrafo. Cada um tem o seu olhar. O cliente olha o portfólio do profissional e, se for do seu agrado, beleza.

O cliente ainda poderia contratar baseado na conversa com o fotógrafo: se ambos têm visões políticas, filosóficas, artísticas e técnicas afins, provavelmente sairá algo gratificante para ambos daí. Chega de pasteurização do trabalho... vejo uma gurizada de 20 anos aqui no fórum falando como se fosse baby boomer. Galera, vocês são da geração Y, Z, Z+, Z++... vocês possuem vontade e estilo próprios, façam isso valer!

« Última modificação: 01 de Fevereiro de 2013, 18:00:58 por Francisco »
Francisco Amorim
Porto Alegre - RS