Autor Tópico: Still de comida Japonesa  (Lida 2637 vezes)

Rafael Lima

  • Trade Count: (28)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.696
  • Sexo: Masculino
  • Fotógrafo de natureza e observador de aves
Resposta #15 Online: 26 de Abril de 2013, 18:54:02
Rebatedor não é desculpa. Dá pra fazer um em 15 mins.
Basta comprar uma placa de isopor e colocar lâminas douradas ou prateadas de papel laminado. Super simples e fácil de fazer. Pode ter  rebatimento branco (isopor), prata, dourado ou mescla de prata e dourado.
Eu usei isopor uma vez como rebatedor só pra fazer uns estes aqui e o resultado é bem satisfatório mesmo, mas hoje eu descobri um material que é melhor ainda, é uma folha de papelão fina com a espessura de uma cartolina porém mais firme que de um lado é marrom e do outro é branco esmaltado.

Uma folha de 1.3m x 90cm custou R$1,90 aqui na minha cidade e o resultado é bem melhor.
Ornitólogo e fotógrafo de natureza.
Canon 7D Mark II - EF 300mm f/4 L IS USM - TC 1.4x II
Meu WikiAves
Meu Flickr
Meu 500px


thipac

  • Trade Count: (8)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.130
Resposta #16 Online: 26 de Abril de 2013, 18:59:15
Eu usei isopor uma vez como rebatedor só pra fazer uns estes aqui e o resultado é bem satisfatório mesmo, mas hoje eu descobri um material que é melhor ainda, é uma folha de papelão fina com a espessura de uma cartolina porém mais firme que de um lado é marrom e do outro é branco esmaltado.

Uma folha de 1.3m x 90cm custou R$1,90 aqui na minha cidade e o resultado é bem melhor.

Valeu a dica Rafael! vou procurar aqui


Claudio Rombauer

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.314
  • Sexo: Masculino
Resposta #17 Online: 26 de Abril de 2013, 19:06:23
Eu tava pensando em luz de janela com rebatedor do outro lado do motivo para preenchimento e, eventualmente, pequenos rebatedores brancos e pretos localizados para pequenos pontos de brilho ou escurecimento. Acho que é a forma mais simples possível de iluminação de qualidade que se possa fazer em still.  :ponder:

O que acha, Claudio?

Concordo que a luz de janela costuma ser a solução mais fácil, na posição certa e com um isopor você resolve.

O papel vegetal é necessário pra alguma filtragem que se faça necessária em todo ou em parte. Mas gastronomia é assim, cada um ilumina de uma forma, não existe regra mesmo.
O que importa é o resultado.

O meus esquemas de luz acabam sendo os mais simples que existem, na maioria esmagadora das minhas fotos existe apenas uma fonte de luz.

Ele tem que ver antes de tudo o clima do restaurante, se fosse uma casa de frutos do mar, seria legal u má janela, com vazamentos de céu azul e tons de areia, sol, mar. O sushi pode ter um argumento de venda diferente, pode precisar de uma luz mais aconchegante, noturna, sofisticada (não necessariamente complicada) para contextualizar mais.

Em fotografia de publicidade, a luz não serve apenas para iluminar o sujeito de forma a revelar toda sua forma, volume e textura, sete também para trazer informação adicional, inserir ela em um contexto que deve concordar totalmente com o destino que a foto vai ter, no caso um cardápio, por exemplo.

Então vai no restaurante, veja se o forte é o jantar ou o almoço, procure elementos que possa usar as fotos e decida se aí fazer um visual "dia ensolarado" ou "noite sofisticada", por exemplo.







Claudio Rombauer

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.314
  • Sexo: Masculino
Resposta #18 Online: 26 de Abril de 2013, 19:09:50
Luz relativamente simples, uma fonte semi-suave em contra luz e espelhinhos.



Aqui tem um painel fronta-lateral direito junto.


« Última modificação: 26 de Abril de 2013, 19:12:11 por Claudio Rombauer »


thipac

  • Trade Count: (8)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.130
Resposta #19 Online: 26 de Abril de 2013, 19:09:55
Concordo que a luz de janela costuma ser a solução mais fácil, na posição certa e com um isopor você resolve.

O papel vegetal é necessário pra alguma filtragem que se faça necessária em todo ou em parte. Mas gastronomia é assim, cada um ilumina de uma forma, não existe regra mesmo.
O que importa é o resultado.

O meus esquemas de luz acabam sendo os mais simples que existem, na maioria esmagadora das minhas fotos existe apenas uma fonte de luz.

Ele tem que ver antes de tudo o clima do restaurante, se fosse uma casa de frutos do mar, seria legal u má janela, com vazamentos de céu azul e tons de areia, sol, mar. O sushi pode ter um argumento de venda diferente, pode precisar de uma luz mais aconchegante, noturna, sofisticada (não necessariamente complicada) para contextualizar mais.

Em fotografia de publicidade, a luz não serve apenas para iluminar o sujeito de forma a revelar toda sua forma, volume e textura, sete também para trazer informação adicional, inserir ela em um contexto que deve concordar totalmente com o destino que a foto vai ter, no caso um cardápio, por exemplo.

Então vai no restaurante, veja se o forte é o jantar ou o almoço, procure elementos que possa usar as fotos e decida se aí fazer um visual "dia ensolarado" ou "noite sofisticada", por exemplo.

então ele vai fazer somente delivery etão no caso é entrega a domicilio e a noite o que vc acha do esquema de luz?

estou pensando em algo assim da um tom calmo

« Última modificação: 26 de Abril de 2013, 19:11:56 por thipac »


thipac

  • Trade Count: (8)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.130
Resposta #20 Online: 26 de Abril de 2013, 19:13:07
Luz relativamente simples, uma fonte semi-suave em contra luz e espelhinhos.



Aqui tem um painel fronta-lateral direito junto.



depois me mande o esqueminha desta? gostei


Claudio Rombauer

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.314
  • Sexo: Masculino
Resposta #21 Online: 26 de Abril de 2013, 19:13:49
então ele vai fazer somente delivery etão no caso é entrega a domicilio e a noite o que vc acha do esquema de luz?

estou pensando em algo assim da um tom calmo



Então veja, aí é uma abordagem noturna, romântica, é o que o publico pede, é o que vende.

Vamos pensar em um esquema.


thipac

  • Trade Count: (8)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.130
Resposta #22 Online: 26 de Abril de 2013, 19:15:49
Então veja, aí é uma abordagem noturna, romântica, é o que o publico pede, é o que vende.

Vamos pensar em um esquema.

fico no aguardo então Claudio pensei em algumas velas pra causar o bokeh amarelado ao fundo


Claudio Rombauer

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.314
  • Sexo: Masculino
Resposta #23 Online: 26 de Abril de 2013, 19:18:57
Repare que essa foto que vc usou de exemplo é uma montagem grosseira, um recorte horroroso no vegetal. Mas a luz é simples.

A luz parece um hazy grande bem de cima, poderia estar mais pra trás, percebemos isso pela diferença de reflexo entre a borda do barquinho que esta mais próxima a câmera e a outra. Os niguiris também precisariam de mais reflexo, estão pouco volumétricos.
« Última modificação: 26 de Abril de 2013, 19:21:16 por Claudio Rombauer »


thipac

  • Trade Count: (8)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.130
Resposta #24 Online: 26 de Abril de 2013, 19:20:20
Repare que essa foto que vc usou de exemplo é uma montagem grosseira, um recorte horroroso no vegetal. Mas a luz é simples.

sim eu gostei da luz somente do clima que ela da, a foto em si esta mto ruim


Claudio Rombauer

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.314
  • Sexo: Masculino
Resposta #25 Online: 26 de Abril de 2013, 19:23:03
Você lê bem em inglês? Posso te indicar um livro digital pra vc comprar no Amazon e ler imediatamente no kindle pra pc, ipad, android, etc.


thipac

  • Trade Count: (8)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.130
Resposta #26 Online: 26 de Abril de 2013, 19:24:06
Você lê bem em inglês? Posso te indicar um livro digital pra vc comprar no Amazon e ler imediatamente no kindle pra pc, ipad, android, etc.
pode me indicar sim não leio tão bem mas consigo me virar