Autor Tópico: Dúvida - Uma lente 2.8 será sempre 2.8?  (Lida 5563 vezes)

Versiano

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.354
  • Sexo: Masculino
Resposta #30 Online: 25 de Setembro de 2013, 09:06:34
Outro dia postei 3 fotos da mesma cena com 3 lentes distintas 135mm todas em 4.0 (voigtlander, takumar, meyer preset), 3 lentes de primeira linha, cada uma fotometrava de uma forma... são vidros distintos rsrsr...

OK, São vidros distintos... mas esse FATOR terá influência no resultado? Sim e não: Dependendo da situação ela ocorre em maior e menor grau. A distinção da 'vidraria' tem maior ação em outros efeitos mais significativos (nitidez, aberrações, desvios cromáticos, etc...)

Em relação ao 'componente ABERTURA', pelo que li elas são projetadas para compensar os fatores que influem na quantidade de luz de uma determinado sistema ótico. Acredito que é justamente para garantir que todos as lentes, em uma determinada abertura, forneçam a mesma quantidade de luz para o sensor.

Se houvessem variações significativas nesse aspecto (ABERTURA), não teria qualquer sentido aprendermos sobre esses conceitos básicos (abertura, velocidade, ISO etc..... Seria um caos!!!  Teríamos que ter fotômetros 'calibrados' para cada lente.
''Equipamentos': o necessário para fazer 'boas fotos'...

Sempre me falta conhecimento e prática.


fuca66

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.467
  • Sexo: Masculino
Resposta #31 Online: 25 de Setembro de 2013, 09:23:10
OK, São vidros distintos... mas esse FATOR terá influência no resultado? Sim e não: Dependendo da situação ela ocorre em maior e menor grau. A distinção da 'vidraria' tem maior ação em outros efeitos mais significativos (nitidez, aberrações, desvios cromáticos, etc...)

Em relação ao 'componente ABERTURA', pelo que li elas são projetadas para compensar os fatores que influem na quantidade de luz de uma determinado sistema ótico. Acredito que é justamente para garantir que todos as lentes, em uma determinada abertura, forneçam a mesma quantidade de luz para o sensor.

Se houvessem variações significativas nesse aspecto (ABERTURA), não teria qualquer sentido aprendermos sobre esses conceitos básicos (abertura, velocidade, ISO etc..... Seria um caos!!!  Teríamos que ter fotômetros 'calibrados' para cada lente.

O Alexandre já comentou.. o que mede a luz de fato é o T e não o F, existe uma lógica entre elas que faz com que seja possível nos adaptarmos sem ficarmos malucos para fotometrar ... em 1920 talvez não fosse possível medir o T, mesmo assim a abertura da lente era conhecida.
A diferença não é gritante, mas eh o suficiente para fotos no limite errarmos a fotometria caso eu troque a lente sem ajustar.... portanto gogogo fotografar para não ficarmos na teoria rsrsrsr
Lentes Antigas + Sony E-Mount


Diego Gin

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 365
  • Sexo: Masculino
Resposta #32 Online: 25 de Setembro de 2013, 13:26:26
Então galera, só pra entender uma coisa que não entendi:

INDEPENDENTE se a abertura for f/0.5 ou f/4, o fator T vai transmitir uma certeira quantidade X de luz devido aos elementos ópticos?

Então, se eu uso uma Canon EF 50mm f/1.2 em um Sensor m4/3 que é exatamente a metade do tamanho do full frame, não importa, se tem uma cratera banhando o sensor de luz, o que importa é se comportará exatamente como especificado ?  Isso não tem coerência pra mim, pela física do negócio.  :aua:

PS: Desculpem a ignorância, não batam em mim por favor  :wub:
« Última modificação: 25 de Setembro de 2013, 13:26:38 por Diego Gin »


ralgarve

  • Trade Count: (2)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 222
  • Sexo: Masculino
Resposta #33 Online: 25 de Setembro de 2013, 13:49:10
Acho que a confusão é o que é o valor "f"

o valor "f" é uma medida RELATIVA da passagem e da quantidade de luz que chega ao sensor, e depende da abertura do diafragma e da distancia que a luz percorre até chegar no foco, ou seja ... a distancia focal
f=abertura/distancia focal

exemplo:
uma lente de 50mm (Dist focal) que tem um f de 2.0, tem uma abertura da lente máxima de 25mm. Por esses 25 mm passa uma quantidade de luz que vai chegar ao sensor da camera.
Se essa mesma lente for uma lente zoom, 50-100mm, quando estiver utilizando a distancia focal de 100mm, e a abertura máxima CONTINUAR sendo de 25mm, porém como eu aumentei a distancia focal, aumento também a distancia que a luz percorre ate chegar no sensor, entao meu valor f passa a ser 4.0, ou seja, chega a metade da luz  com a mesma abertura máxima da lente (25 mm)
OMD EM1


ralgarve

  • Trade Count: (2)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 222
  • Sexo: Masculino
Resposta #34 Online: 25 de Setembro de 2013, 13:53:06
Continuando...
se voce pegar uma lente feita para camera cropada e coloca-la em uma lente full frame, voce precisara de um adaptador para aumentar a distancia entre a lente e o sensor, esse aumento da distancia focal vai aumentar o "f" (como tá no manual do adaptador que o f aumenta 1 ponto). Mas esse aumento do f vai ocorrer por um aumento da distancia focal, não por o diafragma abrir menos.

Portanto:
uma lente f 2.8 vai deixar de ser f 2.8 mas vai continuar abrindo o seu diafragma na mesma amplitude.


 
« Última modificação: 25 de Setembro de 2013, 13:53:53 por ralgarve »
OMD EM1


fuca66

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.467
  • Sexo: Masculino
Resposta #35 Online: 25 de Setembro de 2013, 14:18:07
Continuando...
se voce pegar uma lente feita para camera cropada e coloca-la em uma lente full frame, voce precisara de um adaptador para aumentar a distancia entre a lente e o sensor, esse aumento da distancia focal vai aumentar o "f" (como tá no manual do adaptador que o f aumenta 1 ponto). Mas esse aumento do f vai ocorrer por um aumento da distancia focal, não por o diafragma abrir menos.

Portanto:
uma lente f 2.8 vai deixar de ser f 2.8 mas vai continuar abrindo o seu diafragma na mesma amplitude.

O engano está ai, a distancia de registro é caracteristica da camera + lente.
A adaptação entre um mount e outro corrigi essa distância, nem por isso uma lente mount nikon tem abertura distinta de uma com mount canon, o adaptador serve para equalizar essa distancia para o projeto original da lente + camera.
Lentes Antigas + Sony E-Mount


pedromartins021

  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 882
  • Sexo: Masculino
Resposta #36 Online: 25 de Setembro de 2013, 14:27:14
Continuando...
se voce pegar uma lente feita para camera cropada e coloca-la em uma lente full frame, voce precisara de um adaptador para aumentar a distancia entre a lente e o sensor, esse aumento da distancia focal vai aumentar o "f" (como tá no manual do adaptador que o f aumenta 1 ponto). Mas esse aumento do f vai ocorrer por um aumento da distancia focal, não por o diafragma abrir menos.

Na bioneta das Nikon voce pode por lentes FX ou DX sem precisar de adaptadores.

Portanto:
uma lente f 2.8 vai deixar de ser f 2.8 mas vai continuar abrindo o seu diafragma na mesma amplitude.

É ai que quero chegar: Se com o uso de adaptadores ela perde 1 ou 2 stops deixando de ser 2.8, entao porque com uma 2.8 full muito mais aberta continua sendo 2.8 num sensor cropado (APS-C)? Ele nao teria que  ganhar um f stop mesmo que a camera por programação do chip registrasse 2.8? A camera so sabe que é 2.8 por causa do chip quando na verdade o diafragma estaria muito mais aberto que o necessário pra chegar em 2.8 num APS-C nao é isso?


ralgarve

  • Trade Count: (2)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 222
  • Sexo: Masculino
Resposta #37 Online: 25 de Setembro de 2013, 15:33:43
O engano está ai, a distancia de registro é caracteristica da camera + lente.
A adaptação entre um mount e outro corrigi essa distância, nem por isso uma lente mount nikon tem abertura distinta de uma com mount canon, o adaptador serve para equalizar essa distancia para o projeto original da lente + camera.

Falamos a mesma coisa.
OMD EM1


Humberto Yoji

  • Trade Count: (23)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 8.148
  • Sexo: Masculino
    • Humberto Yoji - fotógrafo
Resposta #38 Online: 25 de Setembro de 2013, 15:38:42
É ai que quero chegar: Se com o uso de adaptadores ela perde 1 ou 2 stops deixando de ser 2.8, entao porque com uma 2.8 full muito mais aberta continua sendo 2.8 num sensor cropado (APS-C)? Ele nao teria que  ganhar um f stop mesmo que a camera por programação do chip registrasse 2.8? A camera so sabe que é 2.8 por causa do chip quando na verdade o diafragma estaria muito mais aberto que o necessário pra chegar em 2.8 num APS-C nao é isso?


Cara, dá uma lida melhor nos posts anteriores, a resposta está lá. Um adaptador que alter a distância focal (tele-conversor) vai alterar o número f, mas não o diâmetro do diafragma. Isso porque o número f é comprimento focal/diâmetro do diafragma. Então, aumentando o comprimento focal, aumenta-se o número f (ou seja, diminui-se a abertura).


Ao usar uma objetiva de FF em uma câmera APS-C, você não está alterando nem o comprimento focal e nem o diâmetro do diafragma, então o número f continua o mesmo.


Vai continuar sendo f/2.8, independente de estar em uma médio formato, uma FF, uma cropada ou uma micro 4/3. Leia novamente com atenção todos os posts anteriores, o pessoal deu um duro danado para deixar tudo explicadinho.


dimigobbo

  • Trade Count: (10)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.698
  • Sexo: Masculino
    • Meu Flickr
Resposta #39 Online: 25 de Setembro de 2013, 15:51:12
Não adianta, Humberto.

Quem não quer entender, não entende.

Abcs
"If your pictures aren't good enough, you're not close enough"

RTFM


ralgarve

  • Trade Count: (2)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 222
  • Sexo: Masculino
Resposta #40 Online: 25 de Setembro de 2013, 15:54:42
Na bioneta das Nikon voce pode por lentes FX ou DX sem precisar de adaptadores.

É ai que quero chegar: Se com o uso de adaptadores ela perde 1 ou 2 stops deixando de ser 2.8, entao porque com uma 2.8 full muito mais aberta continua sendo 2.8 num sensor cropado (APS-C)? Ele nao teria que  ganhar um f stop mesmo que a camera por programação do chip registrasse 2.8? A camera so sabe que é 2.8 por causa do chip quando na verdade o diafragma estaria muito mais aberto que o necessário pra chegar em 2.8 num APS-C nao é isso?

Imagine um furo em sua janela, de maneira que passe um facho de luz que projeta 2cm de diametro no chao. Se voce colocar uma moeda de 1 real (2 cm de diametro) no facho vai iluminar toda ela (FF). Se vc colocar uma moeda de 5 centavos (1cm - cropada)  vai "sobrar luz" nos lados e as duas moedas vao "captar" a mesma quantidade de luz por mm quadrado (pixel)

Massssss .... não tenho nem ideia se funciona assim na engenharia de uma maquina fotografica. Talvez o formato e caracteristicas das lentes e comprimento das cameras alterem isso. Voce sabe dizer nesse teu exemplo qual a distancia da abertura de cada camera até o sensor? Talvez isso influencie.

Outra coisa ... quando coloca uma lente cropada numa camera FF, ela altera a luminosiudade ou só faz um crop da imagem?
OMD EM1


fernandomaues

  • Trade Count: (16)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.438
  • Fernando Maués
    • Fernando Maués
Resposta #41 Online: 25 de Setembro de 2013, 15:56:04
Então, se eu uso uma Canon EF 50mm f/1.2 em um Sensor m4/3 que é exatamente a metade do tamanho do full frame, não importa, se tem uma cratera banhando o sensor de luz, o que importa é se comportará exatamente como especificado ?  Isso não tem coerência pra mim, pela física do negócio.  :aua:
Tem que lembrar que parte da luz que a "cratera" deixa passar cai fora da área do sensor APS-C ou M4/3, ou seja, se perde. É essa luz "perdida" que os speedbooster da vida redirecionam para o sensor e, por isso, com eles, ganha-se luminosidade, não?


ralgarve

  • Trade Count: (2)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 222
  • Sexo: Masculino
Resposta #42 Online: 25 de Setembro de 2013, 16:31:00
Tem que lembrar que parte da luz que a "cratera" deixa passar cai fora da área do sensor APS-C ou M4/3, ou seja, se perde. É essa luz "perdida" que os speedbooster da vida redirecionam para o sensor e, por isso, com eles, ganha-se luminosidade, não?

Não esqueça que luz é imagem. Se redirecionar a luz vai ter algum grau (ou muitos) de artefatos.

O Speedbooster diminui a distancia focal - comprimento de lente  (não sei como) e  diminuindo a lente e mantendo-se a abertura do diafragma, voce aumenta o "f"
OMD EM1


Diego Gin

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 365
  • Sexo: Masculino
Resposta #43 Online: 25 de Setembro de 2013, 16:33:49
Então, a única função da abertura, seria abranger a área do sensor?

Na questão de claridade da lente, os únicos fator que a deixaria mais luminosa seria um "vidro mais transparente" ou o "comprimento" ?  :ponder:
« Última modificação: 25 de Setembro de 2013, 16:37:19 por Diego Gin »


Portela 2011

  • Trade Count: (3)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 8.542
  • Sexo: Masculino
Resposta #44 Online: 25 de Setembro de 2013, 18:07:09
Então, a única função da abertura, seria abranger a área do sensor?

Na questão de claridade da lente, os únicos fator que a deixaria mais luminosa seria um "vidro mais transparente" ou o "comprimento" ?  :ponder:

Diego, a abertura influencia na claridade da lente, porém a mesma abertura tem a mesma claridade nos diversos formatos DX, FX, M4/3, Médio formato.

Se pegar duas lentes com aberturas diferentes, uma 1.8 e uma 2.8, a 1.8 é mais clara.