Autor Tópico: Zona Criativa x Zona Básica (modo manual x modo automático)  (Lida 4601 vezes)

Claudio Rombauer

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.806
  • Sexo: Masculino
Resposta #45 Online: 13 de Janeiro de 2014, 10:28:33
Não precisa ser sempre no cartão cinza. Pode ser em qualquer parte da cena que você julgue ser próxima do cinza médio, ou que você queira que fique próximo do cinza médio na imagem. Aliás, não precisa nem mesmo ser cinza, pode ser numa parte branca ou numa parte preta da foto, desde que você saiba o quanto precisa compensar. Por exemplo, posso travar a exposição em uma parte branca da foto, e aí sei que na minha câmera eu preciso compensar entre +1 2/3EV e +2EV.

Enfim, tem várias técnicas pra tirar a fotometria correta nos modos de prioridade, mas pra mim sempre foi mais rápido e mais prático usar a compensação da exposição.

Mesmo porque referência exatamente média quase nunca vai existir. Compensação teoricamente sempre deveria ser feita, ainda que decimal.

Sinto falta de poder calibrar internamente o fotômetro da 5D, assim como a OMD permite, acho a antiga um pouco sub, um pouco diferente da 5D3 e um pouco diferente da OMD, ou seja, ainda por cima, temos que conhecer as diferenças de sensibilidade de cada fotômetro de cada uma das nossas câmeras.

Com a calibração poderíamos igualar todas.


C R O I X

  • Trade Count: (0)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.524
  • Sexo: Masculino
  • Fotografo Multiformato
    • Marcio Faustino
Resposta #46 Online: 13 de Janeiro de 2014, 11:16:20
Eu tbm gosto de usar a compensação de exposição, acho pratico, inclusive isso existe desde a época do filme, e em muitas situações tem suas vantagens.

Isso até daria um belo assunto para um novo tópico, "qual a diferença entre fotografar no manual e no automático usando a compensação de exposição?". Sim porque em ambos os casos, quem esta no comando é o piloto da câmera!!!
Eu acho que a principal diferenca (para mim) eh que no manual vc indiretamente comeca a perceber (aprender) a fotometrar no "olhometro". O que nao eh muito preciso mas em muitas situacoes quebra um bom galho. Se por algum acaso a cena tiver uma situacao de luz mais disafiadora para fotometrar as vezes acaba sendo mais rapido e mais preciso usar a experiencia visual do que tentar calcular o quanto tem que compensar. Se por algum acaso a fotometria da camera perder a "curacidade" ou seja la o que for.

Quando eu comecei eu usava a prioridade de abertura e compensava ajustando o shutter speed, e isso me deixou mal acostumado a nem reparar mais nas informacoes de exposicao, ja que a camera fazia para mim. Ate que um dia eu peguei uma camera sem fotometro e percebi o quanto eu estava dependente de um fotometro por causa do mal costume em fotografar no automatico. Isso me fez sentir vulneravel, incompleto, etc.

Obviamente usar o automatico em muitos casos quebra um baita galho, principalmente em situacoes que eh preciso fazer muitas fotos com constante mudanca de luz. Mas casos como esse eh a minoria.


Mike Castro

  • Trade Count: (4)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.326
  • Sexo: Masculino
Resposta #47 Online: 13 de Janeiro de 2014, 11:59:52
Eu acho que a principal diferenca (para mim) eh que no manual vc indiretamente comeca a perceber (aprender) a fotometrar no "olhometro". O que nao eh muito preciso mas em muitas situacoes quebra um bom galho. Se por algum acaso a cena tiver uma situacao de luz mais disafiadora para fotometrar as vezes acaba sendo mais rapido e mais preciso usar a experiencia visual do que tentar calcular o quanto tem que compensar. Se por algum acaso a fotometria da camera perder a "curacidade" ou seja la o que for.

Cara, eu faços todos os meus eventos, em modo manual, com o flash tbm em modo manual.

Desde sempre usei muito pouco o fotómetro da camera... Comecei a trabalhar com uma K 1000 sem fotometro, no começo ia copiando os outros, aí comprava um filme simples, fazia uma foto em cada regulagem, sempre anotando a exposição e condições de luz... Aí, revelava um copião e tentava estudar as diferenças de iluminação, dof, etc...
kepoas


C R O I X

  • Trade Count: (0)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.524
  • Sexo: Masculino
  • Fotografo Multiformato
    • Marcio Faustino
Resposta #48 Online: 13 de Janeiro de 2014, 12:13:58
Cara, eu faços todos os meus eventos, em modo manual, com o flash tbm em modo manual.

Desde sempre usei muito pouco o fotómetro da camera... Comecei a trabalhar com uma K 1000 sem fotometro, no começo ia copiando os outros, aí comprava um filme simples, fazia uma foto em cada regulagem, sempre anotando a exposição e condições de luz... Aí, revelava um copião e tentava estudar as diferenças de iluminação, dof, etc...
kepoas
Como eu comecei com digital eu comecei aprendendo usando as funcoes automatica da camera e aos poucos indo completamente para o manual. Eu acho que quem se acostuma com manual nao consegue largar, pq ao usar alguma funcao automatica vc sente que esta faltando alguma coisa, ou que algo nao esta completamente ao seu controle. Pelo menos eh assim que me sinto.

As funcoes automaticas das cameras digitais fizeram ate mesmo que as pessoas nao facam mais esse exercicio de anotar as informacoes e estudar os resultados em diferentes condicoes de luz. Eu mesmo nunca fiz esse exercicio. Mas de tanto fotografar manualmente eu ja fui percebendo, guardando informacoes e experiencias na memoria e peguando o jeito.

Por isso, para mim, faz uma grande diferenca usar a camera manualmente.


affalcao

  • Trade Count: (5)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 938
  • Sexo: Masculino
Resposta #49 Online: 13 de Janeiro de 2014, 20:21:21
Putz, não sei nada  :D

Só uso compensação de exposição em situações muitíssimo específicas.

Fotografo muito em prioridade de velocidade ou no manual mesmo, mas como faço muitas vezes fotos em ambientes internos e mal iluminados,  preciso sempre da maior luminosidade possível (grande abertura, velocidade mínima e ISO alto) ou abusar do flash.

Aliás flash no manual é uma utopia pra mim. TTL sempre.

Só esclarecendo que fotografo muito festa infantil e é onde entra meu relato acima. Fotografando uma paisagem por exemplo, acho que consigo usar um pouco melhor os ajustes manuais e até mesmo o flash no modo manual.  :clap:

 :ok:

Canon T3 (1100 D) + 10-18mm + 55-250mm
Nikon D3300 + 18-55 + 35mm 1.8