Autor Tópico: Exercício de ajuste dos valores ISO, obturador e diafragma  (Lida 8131 vezes)

RenatoPC

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 2
Online: 07 de Abril de 2014, 14:47:14
Olá pessoal, sou novo no fórum, tenho uma dúvida a respeito de um exercício e seu entendimento, andei pesquisando bastante mas não achei uma solução, compreendi que os valores desses componentes são inversamente proporcionais, mas neste exercício está usando os três elementos, espero que alguém possa me ajudar. Segue o exercício:

Uma câmera ajustada com obturador em 125, diafragma em 11 e ISO em 400 recebe a mesma quantidade de luz se tivesse ajustada em :

A - v500 / f16 / ISO3200
B - v60 / f2.8 / ISO800
C - v250 / f16 / ISO200
D - v125 / f5.6 / ISO1600
E - v30 / f5.6 / ISO400

Segundo o gabarito a resposta é a A, muito grato se alguém puder me ajudar nele e puder explanar a resolução do mesmo. Obrigado pessoal, forte abraço !


sulleiman

  • Trade Count: (4)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 241
  • Sexo: Masculino
  • Acredite!! NELE você pode!
Resposta #1 Online: 07 de Abril de 2014, 14:58:23
seja  bem vindo!!

Tenho a mesma duvida...
acompanhando  :snack:


angus

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 291
Resposta #2 Online: 07 de Abril de 2014, 15:02:18
o ISO e o shutter são lineares, basta multiplicar.

já o F-stop é mais enjoado, tem que linearizar ele... tipo 1/2.8 é o dobro de 1/4 pra fazer a conta.

no caso, 1/11 é o dobro de 1/16

1/125 * 400 = 3,2 * 2 (f11) = 6,4
1/500 * 3200 = 6,4 * 1 (f16) = 6,4

att
« Última modificação: 07 de Abril de 2014, 15:05:53 por angus »


AlexandreS

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.250
Resposta #3 Online: 07 de Abril de 2014, 15:02:41
Fácil de entender e difícil de explicar.. rsrss.. Vamos lá...

Na situação base vc tem 1/125, f/11 e ISO 400.

Na opção A vc tem 1/500, f/16 e ISO 3200.

Considerando que a situação base representa X EV.

Analisando a velocidade, cada vez que vc dobra a velocidade, perde um ponto de luz. Ou seja, passando de 1/125 para 1/250 vc perde um ponto. Passando de 1/250 para 1/500, vc perde outro ponto. Até aí nós já temos (X - 2) EV.

Analisando a abertura, a cada (1/raiz quadrada de 2) a mais vc perde um ponto de luz. Pense na situação base, de f/1 para f/1.4 vc perde um ponto de luz. De f/1.4 para  f/2 (que é o dobro de f/1) vc perde um ponto de luz. De f/2 para f/2.8 (que é o dobro de f/1.4) vc perde um ponto de luz. E assim sucessivamente. De f/11 para f/16, vc perde um ponto de luz. Assim, até aqui nós já temos (X -3) em relação à situação base.

Agora analisando o ISO, é tão simples quando a velocidade. A cada vez que o ISO dobra, vc ganha  um ponto de luz. Ou seja, de 400 para 800, um ponto. De 800 para 1600, outro ponto. De 1600 para 3200, outro ponto, totalizando 3 pontos. Vc tinha perdido 3 pontos, 2 pontos em função da velocidade e mais 1 ponto em função da abertura. Agora ganhou 3 pontos em função do ISO, ou seja, ficou a mesma coisa :)  :ok:

Só uma correção, a câmera não recebeu a mesma quantidade de luz. Na realidade, ela recebeu 3x menos luz em virtude do tempo de exposição menor e da abertura menor. O que ocorreu é que foi aplicado um ganho no sensor através do aumento do ISO para que no final, a exposição fosse a mesma.
« Última modificação: 07 de Abril de 2014, 15:03:58 por AlexandreS »

Canon 60D - Canon 450D XSi
Tamron 17-50 f/2.8 VC - EF 50mm f/1.8 - EF 28-135 USM IS - EF-S 55-250 IS
SMC Takumar 50mm f/1.4 - S-M-C Takumar 135mm f/2.5 e mais alguns vidrinhos M42
Speedlite 430EX II - YongNuo YN460


AFShalders

  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.729
  • Sexo: Masculino
  • "Bela câmera, mas mostre as fotos..."
    • Old Good Light
Resposta #4 Online: 07 de Abril de 2014, 15:22:11
Alexandre,

Correta a explicação. Gostaria apenas de complementar com uma explicação sobre a física da coisa, é uma explicação simplificada sobre fluxo luminoso.

A quantidade de luz que passa no total é dada multiplicando a sensibilidade do meio, pelo tempo de exposição, mas é proporcional a área da abertura da iris.

E = k x T x (Pi x R2)

Onde k é o ISO, T é o tempo e R , o raio da íris (assumindo circular)

« Última modificação: 07 de Abril de 2014, 15:22:55 por AFShalders »
Ética não é negociável.

Viciado em Fotografia desde 1980
www.oldgoodlight.blogspot.com
www.flickr.com/groorj


angus

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 291
Resposta #5 Online: 07 de Abril de 2014, 15:27:37
raio da iris? complicou rsss.

escala de f/stop já é complicado pro povo que fugiu da aula de matémática  :D


RenatoPC

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 2
Resposta #6 Online: 07 de Abril de 2014, 15:31:40
Haha sensacional  :D, adorei as respostas, ambas as respostas foram totalmente satisfatórias !!  :clap:

Vlw pela força pessoal, brigadão mesmo !! Abraços !! :D


AFShalders

  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.729
  • Sexo: Masculino
  • "Bela câmera, mas mostre as fotos..."
    • Old Good Light
Resposta #7 Online: 07 de Abril de 2014, 15:36:14
raio da iris? complicou rsss.

escala de f/stop já é complicado pro povo que fugiu da aula de matémática  :D

Problema deles haha !
Ética não é negociável.

Viciado em Fotografia desde 1980
www.oldgoodlight.blogspot.com
www.flickr.com/groorj


rafael ferreira

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 386
  • Sexo: Masculino
  • quando tudo estar perdido sempre existe uma luz
Resposta #8 Online: 08 de Abril de 2014, 18:39:02
é vivendo e aprendendo, poxa
nunca tinha observado isso.
muito boa a pergunta me serviu muito! :ok:


taunus

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 674
Resposta #9 Online: 08 de Abril de 2014, 19:07:06
Tópico muito elucidativo


cesarakg

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 1
Resposta #10 Online: 23 de Abril de 2014, 09:58:29
(...)
Uma câmera ajustada com obturador em 125, diafragma em 11 e ISO em 400 recebe a mesma quantidade de luz se tivesse ajustada em :

Respondi pergunta idêntica no Yahoo respostas:

https://br.answers.yahoo.com/question/index?qid=20140410101211AAJa61s

Citar
Quando você altera alguma coisa na regulagem da câmera para uma mesma foto, você tem que manter a mesma exposição ou mesmo valor de exposição. Eu resolveria esta questão assim, usando uma tabela como a Tabela B da página do "Ultimate Exposure Computer", do Fred Parker, você vai primeiro na tabela de abertura de lente vs. velocidade, procurando na coluna do f/11 a velocidade de 1/125s. Encontrando isto, você vê na mesma linha qual o valor de EV no lado esquerdo, correspondendo ao ISO 400, e encontra o valor 12.

Ou seja, sua foto tem EV 12.

Agora fica fácil, você tem o EV 12, e para cada uma das respostas possíveis, você vai no ISO e procura o valor de EV 12, e então veja se aquela combinação de velocidade e abertura está na mesma linha do EV 12.

A – v500 / f16 / ISO3200

Para EV12, a combinação é de 1/500 s e f16, ou seja, esta é a resposta correta.

B – v60 / f2.8 / ISO800

para EV12, com a abertura de f/2.8 a velocidade é de 1/4000. Para a velocidade de 1/60, a abertura é de f/22. A combinação acima vai dar uma foto superexposta em 6 EV...

C – v250 / f16 / ISO200

Para EV12, com a abertura de f16 o tempo é de 1/60, a fotografia com 1/250 vai ficar subexposta.

D – v125 / f5.6 / ISO1600

Para EV12, com este ISO e abertura de f/5.6, a velocidade é de 1/2000. Com velocidade de 1/125 a foto sairá superexposta.

E – v30 / f5.6 / ISO400.

Para EV12, e ISO 400, a abertura de f5.6 dá velocidade de 1/500, com a velocidade de 1/30 a foto sairá superexposta.

-oOo-

Eu acho mais simples de usar a tabela do Fred Parker, mas a ideia é fazer o que o Flávio fez, ver quantos pontos de EV você aumenta ou diminui ao passar de uma velocidade para outra, de uma abertura para outra, e então de um ISO para outro. Se o total líquido for zero, então o valor de EV é o mesmo, e a combinação é equivalente.

Só atenção que esta brincadeira dará a mesma exposição, mas a foto não sairá igual. Por exemplo, ao aumentar a velocidade, congelamos o movimento, e vice-versa. Ao aumentar a abertura, você diminui a profundidade de campo, e vice-versa. E o ISO maior tem mais ruído que o ISO menor.

-oOo-

Achei uma "régua de cálculo" para exposições, que vai te ajudar a encontrar estes valores equivalentes de exposição bem fáceis, está em http://expomat.tripod.com/
Fonte(s):
Ultimate Exposure Computer
http://www.fredparker.com/ultexp1.htm


taunus

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 674
Resposta #11 Online: 23 de Abril de 2014, 10:19:20
Já imprimi essa régua. Muito útil para os iniciantes


RafaZ

  • Trade Count: (4)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.330
  • Sexo: Masculino
  • Devagar e quase sempre.
Resposta #12 Online: 23 de Abril de 2014, 10:22:09
Complementando, só faltou explicar que EV significa "exposure value", ou "valor de exposição", e a cada EV há uma mudança na quantidade de luz de ordem 2. Ou seja, aumentado 1 EV temos o dobro da luz. Diminuindo 1 EV temos metade.

Um "ponto de luz" equivale a uma variação de 1 EV.
Kodak Ektra 100 | Flash Magicube


C R O I X

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.509
  • Sexo: Masculino
  • Fotografo Multiformato
    • Marcio Faustino
Resposta #13 Online: 23 de Abril de 2014, 10:51:42
Parece que estao complicando o que nao eh complicado. Na verdade eh muito facil d+.

O tempo de exposicao diminui em 2stops e o diafragma fecha 1stop. Ou seja, a imagem esta 3 stops subexposta, logo obviamente tera que aumentar a sensibilidade do filme/sensor em 3 stops para compensar.

Nao tem misterio, quando diminui ou aumenta de um lado eh so compensar do outro na mesma proporcao. Lembrando disso e lembrando do Sunny16 vc ja pode esquecer seu fotometro em casa que ja nao fara mais falta

Easybusy...



Eu ainda nao sei pq ainda tem gente que nao consegue acertar exposicao sem o auxilio do fotometro.
« Última modificação: 23 de Abril de 2014, 10:53:51 por C R O I X »


taunus

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 674
Resposta #14 Online: 23 de Abril de 2014, 11:05:57
Essa tabela da luminosidade considera que DOF's? Tudo depende daquilo que se pretende, correcto? Eu por exemplo fotografo muito com prioridade à abertura, dependendo do efeito que pretendo. Não olho muito às condições de luminosidade. Deixo que compense com a velocidade.