Autor Tópico: Dúvida sobre F/Stop + fator de crop nas M4/3  (Lida 1348 vezes)

jadersons

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 11
  • Sexo: Masculino
Online: 05 de Junho de 2014, 15:57:47
Bom dia pessoal,

Estou lendo bastante sobre fotografia, pois acabei comprando um Pana G6, porém lendo sobre F/Stop surgiram algumas dúvidas que ainda não consegui sanar, que são:

Li sobre os F/Stops (1.0,1.4,2.0,2.8,4.0,etc...) encontrei que é uma relação entre a distância focal, diâmetro de abertura e área da abertura, que na verdade a diferença é que de f/1.0 para f/1.4 e de f/1.4 para f/2.0 a área de abertura reduz pela "metade", por isso incide sobre o sensor (ou filme) a metade da luz, tirando a parte da física óptica, que gosto, mas não sei nada...rs, a dúvida ficou na seguinte parte:

   1 - Como o F/Stop é uma razão da distância focal e o diâmetro de abertura, se eu só variar a distância focal e manter o F/Stop eu obtenho uma lente mais ou menos luminosa?
   Ou seja, através dos exemplos das lentes abaixo, é verdade afirmar que, normalmente uma lente zoom mesmo com o fator F sendo maior quando está no máximo comprimento focal da lente, na maioria dos casos, ela é mais luminosa nesta situação? como o exemplo das duas abaixo.
   Nos casos abaixo, a lente 40-200mm f/3,5-5,6 quando estiver em 200mm f/5.6, será mais luminosa que a lente 25mm f/1,4?
   
   Entendi certo o que li?
   Fiquei com dúvida, pois aparentemente o diafragma aumenta a abertura quando você muda o zoom, pois as áreas de abertura são diferentes, ficando até 4x maior, como na 1a lente.
   
   Lente: 14-45mm f/3,5-5,6 (é a minha do pacote, infelizmente ainda é a única  :()
      14mm f/3,5
      Diâmetro abertura: 4mm
      Área abertura: 12,57mm2
      
      45mm f/5,6
      Diâmetro abertura: 8,04mm
      Área abertura: 50,72mm2
      
   Lente: 25mm f/1,4
      Diâmetro abertura: 17,86mm
      Área abertura: 250,45mm2
      
   Lente: 40-200mm f/3,5-5,6
      40mm f/3,5
      Diâmetro abertura: 11,25mm
      Área abertura: 99,4mm2
      
      200mm f/5,6
      Diâmetro abertura: 35,71mm
      Área abertura: 1001,78mm2
   
   2 - A outra dúvida é que para esses cálculos devo considerar somente o distância focal da lente? Ignorando o fator de crop?
   
Desculpe o despejo :eek:, e se falei muita bobeira, mas é só para ver se estou no caminho certo...rs

At.te.
Jáderson
Kodak DC3400 -> Pana LZ7 -> Pana FZ35 -> Pana G6.


ordenalfabetix

  • Trade Count: (1)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 88
  • Sexo: Masculino
Resposta #1 Online: 05 de Junho de 2014, 16:52:06
Jadersons,

A abertura de uma lente, expressa em f/stop, é uma grandeza relativa, mas que expressa a quantidade de luz que atingirá o sensor/filme numa unidade de tempo (ignorando aqui, para fins explicativos as perdas na lente).

Assim, lentes f/2 terão a mesma "claridade", mesmo tendo distâncias focais diferentes.

Por exemplo:

Uma lente 200mm f/2.8 e uma lente 400mm f/2.8 permitem a passagem da mesma quantidade de luz, a despeito de a segunda ter uma abertura "absoluta" maior. Isso pode ser verificado: Em prioridade de abertura (modo A ou Av), colocando ambas as lentes em f/2.8 e deixando o ISO fixo, fotometrando pontualmente um mesmo ponto, a velocidade do obturador sugerida será a mesma para as duas lentes.

A abertura "absoluta", que é a efetiva divisão da distância focal pela abertura (relativa) em f/stop, é importante pois influi inversamente na profundidade de campo.

Então, no exemplo acima, mantidas as outras variáveis iguais, a lente 400 em f/2.8 terá uma menor profundidade de campo que uma 200 em f/2.8.


No seu exemplo da 14-45 f/3.5-f/5.6:

Em 14 milímetros a lente será mais clara pois tem maior abertura relativa (f/3.5) e terá mais profundidade de campo pois tem menor abertura absoluta (4mm );
Em 45mm a lente será mais escura pois tem menor abertura relativa (f/5.6) e terá menor profundidade de campo pois tem maior abertura absoluta (8,04mm);

Espero ter ajudado.

Abraço,









« Última modificação: 05 de Junho de 2014, 16:54:02 por ordenalfabetix »
Ordenalfabetix
____________________________
Nikon D800, D7000, Nikkor AF-S 24-70mm f/2.8G ED, AF-S VR 70-300mm f/4.5-5.6G IF-ED, AF-S 85mm f/1.8G, Sigma 17-50mm f/2.8 EX DC OS HSM, Metz Mecablitz 52 AF-1
Pentax K100D Super, SMCP-FA 50mm f/1.4, DA 18-55mm 1:3.5-5.6 AL
Panasonic Lumix DMC-LX2


ordenalfabetix

  • Trade Count: (1)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 88
  • Sexo: Masculino
Resposta #2 Online: 05 de Junho de 2014, 17:01:33
Complementando:

Imagine você no meio de um longo túnel. Está bem escuro. Conforme você anda em direção à entrada, vai ficando mais claro, certo ?
Mas se o tamanho da entrada (abertura absoluta) não mudou, porque é mais claro na entrada do que lá no meio ?

Porque a relação entre o tamanho da entrada e a tua distância até ela, diminuiu. Por isso, o que determina a quantidade de luz é a abertura relativa, não a absoluta.

Ta aí porque, ao calcular a exposição, o que importa é a abertura em f/stops e não em milímetros.

Abraço
Ordenalfabetix
____________________________
Nikon D800, D7000, Nikkor AF-S 24-70mm f/2.8G ED, AF-S VR 70-300mm f/4.5-5.6G IF-ED, AF-S 85mm f/1.8G, Sigma 17-50mm f/2.8 EX DC OS HSM, Metz Mecablitz 52 AF-1
Pentax K100D Super, SMCP-FA 50mm f/1.4, DA 18-55mm 1:3.5-5.6 AL
Panasonic Lumix DMC-LX2


Hoogle

  • Trade Count: (4)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 970
  • Sexo: Masculino
  • Hello. It's me.
    • Alexander Hugo - Fotografia
Resposta #3 Online: 06 de Junho de 2014, 09:30:59
Imagine você no meio de um longo túnel. Está bem escuro. Conforme você anda em direção à entrada, vai ficando mais claro, certo ?
Analogia bem bacana.

Agora imagine uma parede dentro desse túnel, iluminada por essa luz.
E então imagine que a parede sumiu, e só ficou o tijolo do centro, no mesmo lugar.
A intensidade da luz que ilumina esse tijolo mudou? Não né.

É por isso que não se considera o fator de crop na exposição.


ordenalfabetix

  • Trade Count: (1)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 88
  • Sexo: Masculino
Resposta #4 Online: 06 de Junho de 2014, 12:24:04
Analogia bem bacana.

Agora imagine uma parede dentro desse túnel, iluminada por essa luz.
E então imagine que a parede sumiu, e só ficou o tijolo do centro, no mesmo lugar.
A intensidade da luz que ilumina esse tijolo mudou? Não né.

É por isso que não se considera o fator de crop na exposição.

Ótimo complemento :-)

Abraço
Ordenalfabetix
____________________________
Nikon D800, D7000, Nikkor AF-S 24-70mm f/2.8G ED, AF-S VR 70-300mm f/4.5-5.6G IF-ED, AF-S 85mm f/1.8G, Sigma 17-50mm f/2.8 EX DC OS HSM, Metz Mecablitz 52 AF-1
Pentax K100D Super, SMCP-FA 50mm f/1.4, DA 18-55mm 1:3.5-5.6 AL
Panasonic Lumix DMC-LX2


jadersons

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 11
  • Sexo: Masculino
Resposta #5 Online: 09 de Junho de 2014, 10:04:23
ordenalfabetix  :ok:, matou a pau. Tive que reaver o conhecimento perdido na época que via um pouco de estrelas  :shock: (astronomia amadora  :D), este conceito óptico também é "utilizado" lá (se o f for o que entendi agora... :ponder:). Quanto maior o comprimento focal da lente principal mais escura a mesma é (as perdas com qualidade, são minimizadas utilizando espelhos no lugar de lentes), com isso é necessário uma lente maior para manter a luminosidade, e neste caso não existe diafragma, é uma abertura só, até porque o interesse é obter o máximo de luz possível já que são objetos muito distantes e com isso bem escuros.

Na fotografia a medição do tamanho da abertura não é informada diretamente, só a distância focal, mas como o cálculo da luminosidade já é feito pelo fabricante acaba ficando mais fácil.  :clap:

Agora tem muito fotografo com conceitos errados, principalmente na net, explicando os f/stops, ou pelo menos não conseguem passar o mensagem direito..rs. Falam inclusive que uma lente teleobjetiva (ex.: 300mm) f4 é clara, se entendi direito agora, ela pode até ser a mais clara das teles, mas continua sendo "escura". Certo?

Hoogle esta parte eu já sabia, tá bom imaginava :assobi:, era mais para confirmação mesmo, e você confirmou muito bem.  :clap:

Obrigado aos 2 e se falei mais besteira, por favor corrijam.
Jáderson
Kodak DC3400 -> Pana LZ7 -> Pana FZ35 -> Pana G6.


pedromartins021

  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 882
  • Sexo: Masculino
Resposta #6 Online: 10 de Junho de 2014, 09:04:04
Luminosidade nao é claridade.

Se voce espetar uma 35mm f1.8 DX numa D5100 ela vai banhar todo sensor e fara a fotometria corretaporque é feita pra sensor DX, mas se voce colocar numa D610 ela so vai banhar uma area. A quantidade de luz que vai chegar no sensor da D610 é MENOR e será MENOS LUMINOSA mesmo estando em f1.8 porque o sensor precisa ser TOTALMENTE BANHADO pra fazer a fotometria certa em FX, sabendo disso a camera reconhece e chaveia para o modo DX.

O que quero dizer é que o que chega no sensor é uma coisa, o que ele precisa é outra. A lente pode ate ser f1.8 mas nao chegara luz suficiente como chega num DX.

Uma  lente 300mm f4 é considerada escura porque existe lente 300 f2.8 mas uma 500mm f4 é clara, mesmo porque a quantidade e espessura do vidro usado na fabricação nao permite stops abaixo desse de maneira assim tao facil, possivel ate que é mas a que custo?
« Última modificação: 10 de Junho de 2014, 09:04:28 por pedromartins021 »


Hoogle

  • Trade Count: (4)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 970
  • Sexo: Masculino
  • Hello. It's me.
    • Alexander Hugo - Fotografia
Resposta #7 Online: 10 de Junho de 2014, 09:34:15
A quantidade de luz que vai chegar no sensor da D610 é MENOR
O sensor não influencia na transmissão de luz da lente.
A quantidade de luz que vai chegar em qualquer sensor é a mesma, desde que estejam no mesmo sistema (mount, flange distance, etc...).
Se o sensor é maior ou menor, a lente não sabe.

e será MENOS LUMINOSA mesmo estando em f1.8 porque o sensor precisa ser TOTALMENTE BANHADO pra fazer a fotometria certa em FX, sabendo disso a camera reconhece e chaveia para o modo DX.
A exposição continua a mesma.
A única diferença é a vinheta, por isso o crop.
« Última modificação: 10 de Junho de 2014, 09:36:55 por Hoogle »


rapha042385

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 41
Resposta #8 Online: 01 de Julho de 2014, 17:34:04
Ótimas explicações


waage

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 179
  • Sexo: Masculino
    • Flickr
Resposta #9 Online: 01 de Julho de 2014, 22:38:49
Ótimo tópico.

Apenas complementando, este vídeo (em inglês) é muito bom, comparando a abertura de lentes em sensores full-frames e cropados: http://youtu.be/DtDotqLx6nA

Uma coisa que este vídeo me esclareceu muito foi na hora de saber a equivalência das lentes. Muito frequentemente se lê que uma lente 50mm se comporta como uma 75mm em uma câmera com sensor crop. Isso está correto em termos de ângulo de visão, mas não quanto à abertura.

No vídeo ele cita alguns fabricantes que enganosamente estampam em suas câmeras a distância focal equivalente, mas a abertura nativa, como faz a Panasonic com sua Lumix FZ200, enganando o consumidor, dizendo que possui uma lente 25-600mm f/2.8. Link para a imagem.. Na verdade a lente é uma 4,5-108mm f/2.8. A equivalência correta seria 25-600 f/16 (!!!).







Kokimoto

  • Trade Count: (30)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.091
    • Mototuristas
Resposta #10 Online: 01 de Julho de 2014, 22:57:53
waage, não é bem assim. f/2.8 é f/2.8 sempre, independentemente do tamanho do sensor, pois é uma medida de abertura da lente. Para fotometrar, f/2.8 de médio formato é igual f/2.8 de compacta.

Essa equivalência de aberturas serve somente para comparar profundidade de campo. :ok:

Em resumo, o número f serve para indicar abertura - quanta luz entra - sendo que a profundidade de campo é um efeito secundário.
D600 - E-M10


waage

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 179
  • Sexo: Masculino
    • Flickr
Resposta #11 Online: 01 de Julho de 2014, 23:06:51
Exato, talvez eu não tenha me expressado direito.

No caso da equivalência de lentes, temos a impressão da 50mm virar uma 75mm por conta do crop, mas a lente é a mesma e a sua abertura também. Ocorre que no exemplo da Panasonic, ela anuncia a distância focal equivalente e abertura 2.8 referente às distancias focais reais, mostrando o que seria bom de cada lado da conta.  Para ser realmente uma  600mm / 2.8 ela precisaria de uma abertura de 214mm, maior que a própria câmera.


Kokimoto

  • Trade Count: (30)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.091
    • Mototuristas
Resposta #12 Online: 01 de Julho de 2014, 23:13:19
Ah, entendi quando vi o que está escrito no corpo da máquina.

É que o link não funciona. Só dá pra ver se copiar o atalho e colar direto no endereço do navegador. :ok:
D600 - E-M10