Autor Tópico: Nao fazemos mais arte mas somente a ideia dela, em tornando as coisas inuteis.  (Lida 2593 vezes)

C R O I X

  • Trade Count: (0)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.107
  • Sexo: Masculino
  • Fotografo Multiformato
    • Marcio Faustino
Marshall McLuhan: "Nos tornamos conciente da possibilidade de organizar todo o ambiente de nossa sociedade como uma obra de arte."

<a href="http://www.youtube.com/v/CkQ1H8gLExQ" target="_blank" class="new_win">http://www.youtube.com/v/CkQ1H8gLExQ</a>

Em um mundo onde tudo eh arte como alguem pode transformar um objeto em obra de arte? A solucao encontrada foi transformar a obra de arte em um objeto. Sem mais ilusao ou transcedencia mas sim puro conceito.

Em um mundo estetizado o objeto nao se apresenta mais mas somente a ideia sobre o objeto. Em outras palavras, o objeto se torna sem sentido e vazio. Isso tambem significa que ja nao temos mais prazer em arte mas somente na ideia da arte sobre as coisas. Arte pela arte eh apenas um sinal de ausencia em um mundo materialista, e onde tudo se torna uma mercadoria. O que pode ser a solucao para a arte em um mundo esteticado em vazio e sem sentido eh se unir a banalidade.

Jean Baudrillard: "Desde do seculo 19, art tenta ser inutil. Ela se tornou nessa unitilidade pela razao da premiacao (o que nao aconteceu nas artes classicas onde, em um mundo que ainda nao era real ou objetivo, a inutilidade nao era nem considerada)."

Por esse principio, para se fazer qualquer objeto uma obra de arte tudo que devemos fazer eh tornar o objeto inutil, igual Dulchamp fez com o mictorio assinado.


Texto original/fonte:
http://www.marciofaustino.com/news/you-dont-make-any-more-art-but-just-the-idea-of-it-by-turning-things-useless
http://www.marciofaustino.com/
https://www.instagram.com/marcio_faustino_photographer/

Regras sao para reproducao, e para criadores que nao ouvem ou confiam em sua voz interna [ainda]. Uma foto sincera eh a que tem sua propria voz e ritmo.


Raphael Sombrio

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.909
  • O RAW é um diamante...bruto
Humm...... :ponder:.......pois é, posso estar falando abobrinha, mas li em uma revista sobre fotografia que justamente um foto para ser considerada ou fazer parte do mercado "fine art" ela não deve ter qualquer utilidade, ou não deve se enquadrar em nenhuma categoria, em suma, ser algo abstrato ( ainda que a imagem em si não seja uma abstrata ) ou aparentemente sem sentido, somente com uma boa estética.



C R O I X

  • Trade Count: (0)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.107
  • Sexo: Masculino
  • Fotografo Multiformato
    • Marcio Faustino
Nem boa estetica eh preciso. Basta ter um conceito:

John Bodessaire criou uma serie de fotos chamada "wrong" em que consiste em fotos feitas com composicoes e enquadramentos ruims:
« Última modificação: 03 de Julho de 2014, 16:58:08 por C R O I X »
http://www.marciofaustino.com/
https://www.instagram.com/marcio_faustino_photographer/

Regras sao para reproducao, e para criadores que nao ouvem ou confiam em sua voz interna [ainda]. Uma foto sincera eh a que tem sua propria voz e ritmo.


RafaZ

  • Trade Count: (4)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.330
  • Sexo: Masculino
  • Devagar e quase sempre.
Prometi que ia participar das discussões iniciadas pelo CROIX, mas pra falar de arte como conceito não tenho bagagem suficiente. Vou acompanhando e estudando.
Kodak Ektra 100 | Flash Magicube


Vitor Hugo

  • Trade Count: (6)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 238
  • Sexo: Masculino
[...] aparentemente sem sentido, somente com uma boa estética.

Mas a estética não implica em seguir regras, padrões, etc? "aparentemente sem sentido, somente com uma boa estética" me confundiu  :ponder:
“A ignorância gera confiança com mais frequência do que o conhecimento”
Flickr - Canon T1i | 18-55 | 28-135 USM | 28 f/1.8 USM | 50mm Pentacon f/1.8 (A venda -> MP) | 580EXII


spositom

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.464
Não consigo pensar em arte sem estar vinculado com o mercado e conceitualmente (talvez seja uma limitação minha) e não consigo raciocinar com ausência de regra, nem que a regra seja não seguir regra já definidas

Acompanhando... :snack:


Luciano.Queiroz

  • Trade Count: (30)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.436
  • Sexo: Masculino
    • Luciano Queiroz
putz... meio complicado essa discussão hein. Meu inglês só é razoável pra ler.. pra ouvir e falar é uma lástima.. não entendi nada do vídeo...

e talvez por isso (ou não) não tenha entendido a ideia que o Marcio quer passar.

Só fiz questão de participar aqui porque são discussões assim que fazem falta no forum..
« Última modificação: 03 de Julho de 2014, 20:46:38 por Luciano.Queiroz »
Luciano Queiroz
www.lucianoqueiroz.com
Facebook: @caminhotracado - https://goo.gl/pNRgQX
Instagram: @caminhotrtacado - https://goo.gl/Gou1E2
Youtube: www.youtube.com/c/caminhotracado


Raphael Sombrio

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.909
  • O RAW é um diamante...bruto
Mas a estética não implica em seguir regras, padrões, etc? "aparentemente sem sentido, somente com uma boa estética" me confundiu  :ponder:

Não necessariamente. Ter estética não significa que será algo dentro de padrões ou regras estabelecidas.

Quando digo sem sentido é algo que não entende-se de imediato ou que não se enquadra em nenhuma categoria: não é paisagem, não é retrato, não é street, fotojornalismo, etc - como alguem que movimenta a camera sem parar durante a exposição e cria uma imagem toda disforme, não identificavel mas ao mesmo tempo interessante pela textura e cores, por exemplo.

E é aí que está o grande enigma da falta de critério da arte ( pelo menos pra mim ). As vezes as coisas mais sem sentido ou propósito viram grandes obras de arte ( bobear nem quem criou sabe qual foi o motivo ou o que é ). 

É muita subjetividade.... :ponder:


Alexandre Ricci

  • Trade Count: (31)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.070
    • Flickr Alexandre
Cenas do filme Blow Up, eu assisti por recomendação do do Márcio em algum outro tópico e não entendi quase nada. Mas gostei da "estética" do filme.

A questão da arte é bem complexa mesmo e cabe muitos questionamentos, ponderações, diálogos como foi proposto com esse tópico. Uma coisa que comecei, apenas comecei, a absorver desse conceito é o fato de que não se deve tentar entender ou ver um sentido em uma obra (seja ela qual for). A arte é muito mais uma expressão de sentimento. Sentimento não tem forma, não tem cor, não tem padrão, não tem estética e não tem moral (no sentido de amoral e não de imoral).

Estamos acostumados a captar expressões (e impressões) de sentimento nas pessoas. Através de um olhar, um sorriso, uma atitude ou a falta desses. Quando conseguimos fazer isso com coisas (ou obras) acho que estamos nos aproximando do sentido e do conceito de arte.

Não sei se isso é um absurdo, se estou falando besteira, mas é como vejo. Ou seria como sinto?


edugandolfe

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.290
  • Sexo: Masculino
Citar
Não consigo pensar em arte sem estar vinculado com o mercado e conceitualmente (talvez seja uma limitação minha) e não consigo raciocinar com ausência de regra, nem que a regra seja não seguir regra já definidas

Acho que essa garota faz algo assim...sem se preocupar com regras, valor comercial, etc...
https://www.flickr.com/photos/honeyuck

Croix...dá sua OPINION!
« Última modificação: 03 de Julho de 2014, 21:54:28 por edugandolfe »


C R O I X

  • Trade Count: (0)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.107
  • Sexo: Masculino
  • Fotografo Multiformato
    • Marcio Faustino
A cena do video mostra como um objeto  descontextualizado de sua funcionalidade/utilidade passa a se tornar uma obra de arte, ou de apreciacao, mesmo nao contendo nenhum significado, importancia, etc.

A garota que edugandolfe apresentou, acredito que ela segue uma regra sim, a da experiencia.
Ha um meses atras eu aprendi que as pessoas hoje nao procuram mais consumir objetos propriamente ditos, mas somente a experiencia que objetos trazem a elas. A experiencia de se conectar, de ser visto, de sentir prazer sexual, material, etc.

Entao esse eh o caminho que as artes tem tomado, por isso que instalacoes tem sido a tendencia no mundo da arte, pq quanto mais multimidia mais possibilidade de oferecer experiencias. Fotos com som, objetos que se movem, etc.

No ambito da fotografia propriamente dito, eu penso que a tendencia das pessoas em buscar efeitos de pos edicao esta nessa busca em oferecer mais experiencia para que o observador da imagem sinta e aprecie. Ao invez da foto, sua intencao e seu sentido, ela oferece a experiencia do ambiente, do momento, do lugar, etc.



A grande questao eh que o mundo da arte sempre refletiu a metalidade, costumes e crencas de seu povo. Se a cultura hoje eh a busca da ideia do material (nao do material propriamente dito mas a experiencia materialistica), sem sentido. Como experar que as pessoas voltem a apreciar beleza pela beleza somente. Ou como fazer uma obra de arte onde tudo ja eh estetico, e por isso possivel de se tornar obra de arte apenas descontextualizando e tirando o sentido delas?

O que filosofos e artistas como Dulchamp, Baudelaire, Beaudrillard, Andy Warhol, John Baldessari, entre outros concluiram, eh que a solucao eh atacar o inutil, vaziu, sem sentido, mercadologico e materialista com sua propria arma, tornando o inutil mais que inutil, o vaziu mais que o proprio vazio, o sem sentido mais do que sem sentido, o mercadologico e materialista ao seu apice. No sentido de que ja que nao tem como salvar a arte, a solucao entao eh matar ela pela exaustao. O que para muitos a arte em si ja esta morta, ja eh inexistente no dia de hoje.


Andy Warhol materializou a arte ao seu apice em seu tempo. Aqui Piero Manzoni's vende o proprio coco enlatado:



Mas um dos que eu mais gosto eh John Baldessari Aqui um video onde ele fica repetindo "Estou fazendo arte":
<a href="http://www.youtube.com/v/MOF3qhM6vIA" target="_blank" class="new_win">http://www.youtube.com/v/MOF3qhM6vIA</a>

Eu ia postar uns trabalhos dele para ajudar a entender e ilustrar, mas o google parece que esta tendo problemas e eu estou sem tempo de esperar. Mas esse video ajuda:

<a href="http://www.youtube.com/v/eU7V4GyEuXA" target="_blank" class="new_win">http://www.youtube.com/v/eU7V4GyEuXA</a>
http://www.marciofaustino.com/
https://www.instagram.com/marcio_faustino_photographer/

Regras sao para reproducao, e para criadores que nao ouvem ou confiam em sua voz interna [ainda]. Uma foto sincera eh a que tem sua propria voz e ritmo.


Hasda

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 49
Marcando pra acompanhar uma eventual discussão  :assobi:

Lembrei desse tópico que fugiu um pouco do assunto principal mas gerou uma discussão interessante sobre o conceito de arte http://forum.mundofotografico.com.br/index.php?topic=65690.15


Raphael Sombrio

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.909
  • O RAW é um diamante...bruto
Lembrei desse tópico que fugiu um pouco do assunto principal mas gerou uma discussão interessante sobre o conceito de arte http://forum.mundofotografico.com.br/index.php?topic=65690.15

Pois é, nesse tópico deu pra ver o quão "delicado" é esse assunto com opiniões diversas e tal.

Não quero causar brigas e discussões sem propósitos, a ideia é trocar opiniões mesmo, então relendo algumas colocações desse tópico que o Hasda menciona aqui, reabro a discussão, por ser
um questionamento meu mesmo.

Quanto aos critérios do conceito "arte", algo para mim quase incompreensível: Quem determina o que é, ou o que não é? Quando é ?
Qual o critério necessário ou o que está por traz de uma obra a ponto de ela ser tão conceitual, tão destacada nesse mundo? As vezes as coisas mais sem graça ou desinteressantes são considerados
grandes trabalhos artísticos, e assumem um alto valor, não só financeiro.

O que determina isso?


Hasda

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 49
[..]
Quanto aos critérios do conceito "arte", algo para mim quase incompreensível: Quem determina o que é, ou o que não é? Quando é ?
Qual o critério necessário ou o que está por traz de uma obra a ponto de ela ser tão conceitual, tão destacada nesse mundo? As vezes as coisas mais sem graça ou desinteressantes são considerados
grandes trabalhos artísticos, e assumem um alto valor, não só financeiro.

O que determina isso?
Fui fisgado pela opinião do Natão, no que diz respeito à arte sendo um discurso autoritário, pois sendo alguem que não entende absolutamente nada de arte tenho essa impressão geral de que uma determinada obra só pode ter o valor de milhões se um determinado grupo de "entendedores" do assunto quiser que seja assim, mesmo tendo outra obra quase igualmente espetacular.

O que faz uma obra ser artisticamente mais valiosa que outra? O que faz uma obra ser mais valiosa (agora se referindo ao preço, se é que há distinção) que outra?


Luciano.Queiroz

  • Trade Count: (30)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.436
  • Sexo: Masculino
    • Luciano Queiroz
A cena do video mostra como um objeto  descontextualizado de sua funcionalidade/utilidade passa a se tornar uma obra de arte, ou de apreciacao, mesmo nao contendo nenhum significado, importancia, etc.

A garota que edugandolfe apresentou, acredito que ela segue uma regra sim, a da experiencia.
Ha um meses atras eu aprendi que as pessoas hoje nao procuram mais consumir objetos propriamente ditos, mas somente a experiencia que objetos trazem a elas. A experiencia de se conectar, de ser visto, de sentir prazer sexual, material, etc.

Entao esse eh o caminho que as artes tem tomado, por isso que instalacoes tem sido a tendencia no mundo da arte, pq quanto mais multimidia mais possibilidade de oferecer experiencias. Fotos com som, objetos que se movem, etc.

No ambito da fotografia propriamente dito, eu penso que a tendencia das pessoas em buscar efeitos de pos edicao esta nessa busca em oferecer mais experiencia para que o observador da imagem sinta e aprecie. Ao invez da foto, sua intencao e seu sentido, ela oferece a experiencia do ambiente, do momento, do lugar, etc.



A grande questao eh que o mundo da arte sempre refletiu a metalidade, costumes e crencas de seu povo. Se a cultura hoje eh a busca da ideia do material (nao do material propriamente dito mas a experiencia materialistica), sem sentido. Como experar que as pessoas voltem a apreciar beleza pela beleza somente. Ou como fazer uma obra de arte onde tudo ja eh estetico, e por isso possivel de se tornar obra de arte apenas descontextualizando e tirando o sentido delas?

O que filosofos e artistas como Dulchamp, Baudelaire, Beaudrillard, Andy Warhol, John Baldessari, entre outros concluiram, eh que a solucao eh atacar o inutil, vaziu, sem sentido, mercadologico e materialista com sua propria arma, tornando o inutil mais que inutil, o vaziu mais que o proprio vazio, o sem sentido mais do que sem sentido, o mercadologico e materialista ao seu apice. No sentido de que ja que nao tem como salvar a arte, a solucao entao eh matar ela pela exaustao. O que para muitos a arte em si ja esta morta, ja eh inexistente no dia de hoje.

Agora eu entendi o que você queria dizer... seu primeiro texto tava muito confuso pra mim..

Concordo em parte com isso sim, apesar de morar no interior e não acompanhar muita coisa de arte em geral a não ser pela internet.

Vejo também que, no caso da fotografia, muitas vezes a foto mais comentada e elogiada é a que tem excessos de tratamento e manipulação. Uma foto "pura", bem composta, bem enquadrada, com um sentido claro ou um pouco mais escondido, que faz pensar, cada vez menos é apreciada pela população em geral.. Taí talvez o grande sucesso do Gênesis do Sebastião Salgado... acho que é onde tá mais presente esse tratamento mais pesado..

Isso até talvez porque a fotografia está presente na vida de todo mundo hoje, e a fotografia numa forma mais "pura"como comentei não chame a atenção... fica mais ou menos como "isso eu sei fazer também".

Mas não posso afirmar que estou certo disso. Minha história com a fotografia não é tão longa assim, e por isso não sei o quanto minhas impressões são verdadeiras ou não.
« Última modificação: 04 de Julho de 2014, 11:29:52 por Luciano.Queiroz »
Luciano Queiroz
www.lucianoqueiroz.com
Facebook: @caminhotracado - https://goo.gl/pNRgQX
Instagram: @caminhotrtacado - https://goo.gl/Gou1E2
Youtube: www.youtube.com/c/caminhotracado