Autor Tópico: Governo Brasileiro facilitando a vida do turista!  (Lida 1771 vezes)

Luciano.Queiroz

  • Trade Count: (30)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.414
  • Sexo: Masculino
    • Luciano Queiroz
Online: 22 de Julho de 2014, 09:48:36
Só que não!!!  >:( >:( >:( >:( >:( >:( >:( >:( >:( >:( >:( >:( >:( >:(




"Foi publicado nesta segunda-feira, no Diário Oficial da União, seção 1, página 25, Portaria do Ministro da Fazenda nº 307, de 17 de julho de 2014, a redução da cota de isenção para viajantes que ingressam no país via terrestre, fluvial ou lacustre de US$ 300 para US$ 150.

Sendo assim, os compristas ou turistas que podiam entrar no Brasil com produtos adquiridos no Paraguai ou em outros países em até 300 dólares (em media 700 reais), a partir de agora não podem ultrapassar o limite de 150 dólares (ou 350 reais).

Caso o valor ultrapasse o limite, o turista deverá pagar 50% do valor excedente em impostos. Isso equivale apenas aos produtos que são permitidos adentrar no Brasil, os demais continuam sendo apreendidos.

Para o ingresso de mercadorias no país por meio de transporte aéreo, porém, a cota foi mantida inalterada em US$ 500 por pessoa, informou a Receita Federal."


fonte: http://www.douradosagora.com.br/brasil-mundo/economia/cota-de-compras-na-fronteira-cai-de-300-para-150-dolares
« Última modificação: 22 de Julho de 2014, 09:48:56 por Luciano.Queiroz »
Luciano Queiroz
www.lucianoqueiroz.com
Facebook: @caminhotracado - https://goo.gl/pNRgQX
Instagram: @caminhotrtacado - https://goo.gl/Gou1E2
Youtube: www.youtube.com/c/caminhotracado


Mike Castro

  • Trade Count: (4)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.941
  • Sexo: Masculino
Resposta #1 Online: 22 de Julho de 2014, 09:51:26
Eu vim pra postar isso aqui, achei uma safadeza descabida isso.

O que será que pode ser feito pra revogar isso?


Mike Castro

  • Trade Count: (4)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.941
  • Sexo: Masculino
Resposta #2 Online: 22 de Julho de 2014, 09:54:45
Sabe o que é pior? Essa medida só vai afetar as famílias de bem, que vão passear em Foze aproveitam pra gastar um pouco...
Os grandes contrabandistas vão continuar atravessando com suas balsas abarrotadas, de cigarro, arma e droga....
Esses caras são muito loucos, só pode.


Aê povão que adorou a copa do mundo no Brasil. Agora eles vão ter que dar um jeito de arrumar dinheiro pra pagar as contas...
Primeiro foi o seguro obrigatório vencendo no começo do ano, agora isso...
E o povo só se lasca.


dimigobbo

  • Trade Count: (10)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.698
  • Sexo: Masculino
    • Meu Flickr
Resposta #3 Online: 22 de Julho de 2014, 09:56:10
São os R$12,00 dos Correios, é a cota que diminui, é Joaquim Barbosa cansado de combater sozinho no judiciário.

E tem gente que achou mesmo que era pelos R$0,20.

Cada vez mais minha vontade de sair desse país aumenta.

Abcs
"If your pictures aren't good enough, you're not close enough"

RTFM


Luciano.Queiroz

  • Trade Count: (30)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.414
  • Sexo: Masculino
    • Luciano Queiroz
Resposta #4 Online: 22 de Julho de 2014, 09:59:21
alguém tem que pagar a conta da Copa!

Na boa! mas é o governo mais FDP que eu já vi desde que tive condição mínima pra julgar e interpretar as coisas!
« Última modificação: 22 de Julho de 2014, 10:01:16 por Luciano.Queiroz »
Luciano Queiroz
www.lucianoqueiroz.com
Facebook: @caminhotracado - https://goo.gl/pNRgQX
Instagram: @caminhotrtacado - https://goo.gl/Gou1E2
Youtube: www.youtube.com/c/caminhotracado


Thales Souto

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (29)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 12.132
  • Sexo: Masculino
  • "Fotografia é um hobby viciante"
    • thalessouto.com
Resposta #5 Online: 22 de Julho de 2014, 10:21:34
Cada vez pior...... Que mercadoria.
D610 + AF-S 50 1.8 G + YN685
"Polímeros, aulas, família e fotografia. Não necessariamente nessa mesma ordem...."
Meu canal no YouTube sobre fotografia: http://www.youtube.com/channel/UCCS35q7G_BRE6aVdXXEOKNg
Instagram: @souto_thales
www.flickr.com/photos/tsouto


Renan.Paiva

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 551
  • Sexo: Masculino
Resposta #6 Online: 22 de Julho de 2014, 10:25:58
O governo esta em déficit não sei quem viu mas deu no uol que o governo não tinha recurso para restituir o IR 2014, uma coisa que já foi pago antecipado. Fora isso eles acabam defendendo a grande margem de lucro praticada no Brasil, aqui tudo mata o consumidor tanto os impostos altíssimos quanto a margem de lucro muito acima do resto do mundo.
Nikon D7100 - 35mm DX 1.8G - 50 mm AF-S 1.8G - 55 200 VR - Tamron 17-50 2.8 VC DX II


AlexandreS

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.251
Resposta #7 Online: 22 de Julho de 2014, 10:32:53
Ficou mais difícil ir até o uruguay buscar os vinhos para o inverno :(

Mas esta lei tem o seu porquê. Primeiro limitar ainda mais a saída de dinheiro para o exterior, que é um problema sério já fazem alguns anos. Segundo, existe já um projeto de instalação de free-shops em determinadas cidades vizinhas a freeshops internacionais, como Foz no Paraná ou Santana do Livramento e o Chuí no Rio Grande do Sul. Estes freeshops localizados em território nacional teriam, em tese, condições de praticar os mesmos preços das lojas do outro lado da fronteira já que funcionariam como uma espécie zona-franca. Segundo os entendidos, na mesma portaria consta que para compras realizadas nestes freeshops o limite de isenção continuará $300.

Nada contra, uma maneira de gerar empregos em solo brasileiro. Só que prá variar, o timing está errado. A portaria deveria ser publicada após os freeshops estarem em pleno funcionamento, e não quando não existe nem previsão disso acontecer.

Canon 60D - Canon 450D XSi
Tamron 17-50 f/2.8 VC - EF 50mm f/1.8 - EF 28-135 USM IS - EF-S 55-250 IS
SMC Takumar 50mm f/1.4 - S-M-C Takumar 135mm f/2.5 e mais alguns vidrinhos M42
Speedlite 430EX II - YongNuo YN460


sri_canesh

  • Trade Count: (11)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.640
  • Sexo: Masculino
Resposta #8 Online: 22 de Julho de 2014, 10:36:14

Aê povão que adorou a copa do mundo no Brasil. Agora eles vão ter que dar um jeito de arrumar dinheiro pra pagar as contas...
Primeiro foi o seguro obrigatório vencendo no começo do ano, agora isso...
E o povo só se lasca.

Também acho que o governo anda meio falido, mas o que o Seguro Obrigatório tem a ver com isso? Esse dinheiro não vai "para o governo" e além disso deve ter sido uma decisão do Detran do seu estado pois aqui em SC continua no mesmo esquema, ou seja, depende do final da placa.  :ponder:
Cássio R. Eskelsen - Blumenau/SC


Mike Castro

  • Trade Count: (4)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.941
  • Sexo: Masculino
Resposta #9 Online: 22 de Julho de 2014, 11:00:52
Também acho que o governo anda meio falido, mas o que o Seguro Obrigatório tem a ver com isso? Esse dinheiro não vai "para o governo" e além disso deve ter sido uma decisão do Detran do seu estado pois aqui em SC continua no mesmo esquema, ou seja, depende do final da placa.  :ponder:

Quem tem carro tem que pagar tres coisas:

-IPVA, que varia conforme o modelo e o ano do carro, e pode ser parcelado.
-Seguro obrigatório(DPVAT), que só varia conforme o tipo de veículo.
-Licenciamento, que também só varia conforme o tipo de veículo. Esse é pago no segundo semestre, e a data de vencimento varia de acordo com a placa.

Geralmente, o IPVA era pago no começo do ano, e o licenciamento no segundo semestre. O DPVAT era pago meio que "atrelado" ao licenciamento.
Esse ano, sem mais nem menos, mudaram tudo.
O DPVAT foi pro começo do ano, junto do IPVA. Ah, claro, como é costume dos nossos queridos llíderes, não avisaram direito.
E não foi só no Paraná.
http://revistaautoesporte.globo.com/Noticias/noticia/2014/01/pagamentos-do-ipva-e-dpvat-2014-comecam-vencer-nesta-semana.html
http://www.rbj.com.br/geral/pagamento-do-seguro-obrigatorio-do-seu-carro-foi-antecipado-311-0040.html
http://www.gazetadopovo.com.br/economia/conteudo.phtml?id=1440224

Ou seja, mais uma linda mazela pra juntar dinheiro pros figurões brincarem de copa do mundo... às custas do povo.
« Última modificação: 22 de Julho de 2014, 11:03:06 por Mike Castro »


jauvane

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (4)
  • Membro Ativo
  • *****
  • Mensagens: 1.987
  • Sexo: Masculino
Resposta #10 Online: 22 de Julho de 2014, 11:01:12
Para vocês verem como estes websites de notícias são parcialistas... O fato é mesmo este citado pelo AlexandreS. Criam-se lojas francas com o limite de $300 e reduz-se o limite de entrada por terra para $150. Isso tanto cria/mantem empregos no país como diminui a sangria de dólares para o exterior. Os contrabandistas precisam ser enquadrados por outros meios.

Se as lojas frfancas funcionarem a contento, i.e. de fato tiverem variedade e preços equivalentes ás lojas do outro lado, não jevo tanto problema na mudança.

A quem interessar possa, coloquei as duas páginas do DOU relevantes em:
https://dl.dropboxusercontent.com/u/12909423/mf/dou140721_1_p25.pdf
https://dl.dropboxusercontent.com/u/12909423/mf/dou140721_1_p26.pdf
JVc.


Mike Castro

  • Trade Count: (4)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.941
  • Sexo: Masculino
Resposta #11 Online: 22 de Julho de 2014, 11:04:12
Para vocês verem como estes websites de notícias são parcialistas... O fato é mesmo este citado pelo AlexandreS. Criam-se lojas francas com o limite de $300 e reduz-se o limite de entrada por terra para $150. Isso tanto cria/mantem empregos no país como diminui a sangria de dólares para o exterior. Os contrabandistas precisam ser enquadrados por outros meios.

Se as lojas frfancas funcionarem a contento, i.e. de fato tiverem variedade e preços equivalentes ás lojas do outro lado, não jevo tanto problema na mudança.

A quem interessar possa, coloquei as duas páginas do DOU relevantes em:
https://dl.dropboxusercontent.com/u/12909423/mf/dou140721_1_p25.pdf
https://dl.dropboxusercontent.com/u/12909423/mf/dou140721_1_p26.pdf

Será que essas lojas vão funcionar mesmo?
Será que vão existir de fato?

Isso tá com muita cara de que vai ficar só no "projeto".


jauvane

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (4)
  • Membro Ativo
  • *****
  • Mensagens: 1.987
  • Sexo: Masculino
Resposta #12 Online: 22 de Julho de 2014, 11:17:21
Alguém que hoje tem como atividade atravessar a fronteira repetidamente para adquirir itens para revenda no país (a propósito, itens trazidos sob isenção não poderiam ser vendidos), poderiam se organizar a criar tais lojas. Desde que existam pessoas interessadas em criar tais lojas, não vejo porque não funcionaria. Devo acrescentar que sou otimista por natureza!
JVc.


AlexandreS

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.251
Resposta #13 Online: 22 de Julho de 2014, 11:30:00
Não querendo ser otimista demais, acho até que essa portaria é um incentivo a criação das lojas franqueadas.

Com a cota fixa em $300, provavelmente o turista continuaria atravessando a fronteira para fazer suas compras. Eu pelo menos não dispenso a oportunidade de atravessar e comer uma boa parrija acompanhado de uma Patricia (a cerveja...) no Uruguay. E como já estou lá, não existindo diferenças entre os dois lados, acabaria fazendo as compras por lá mesmo. Ou seja, sem alguma vantagem expressa, não teria porque alguém investir em lojas franqueadas já que o investimento é alto e o retorno, incerto.

Já com este limite, e existindo as lojas franqueadas, com certeza continuarei atravessando para comer e beber minha cerveja. Mas as compras serão feitas no lado brasileiro, em lojas brasileiras.

Agora é esperar e torcer para que estas lojas apareçam o quanto antes.

Canon 60D - Canon 450D XSi
Tamron 17-50 f/2.8 VC - EF 50mm f/1.8 - EF 28-135 USM IS - EF-S 55-250 IS
SMC Takumar 50mm f/1.4 - S-M-C Takumar 135mm f/2.5 e mais alguns vidrinhos M42
Speedlite 430EX II - YongNuo YN460


sri_canesh

  • Trade Count: (11)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.640
  • Sexo: Masculino
Resposta #14 Online: 22 de Julho de 2014, 12:29:09
Quem tem carro tem que pagar tres coisas:

-IPVA, que varia conforme o modelo e o ano do carro, e pode ser parcelado.
-Seguro obrigatório(DPVAT), que só varia conforme o tipo de veículo.
-Licenciamento, que também só varia conforme o tipo de veículo. Esse é pago no segundo semestre, e a data de vencimento varia de acordo com a placa.

Geralmente, o IPVA era pago no começo do ano, e o licenciamento no segundo semestre. O DPVAT era pago meio que "atrelado" ao licenciamento.
Esse ano, sem mais nem menos, mudaram tudo.
O DPVAT foi pro começo do ano, junto do IPVA. Ah, claro, como é costume dos nossos queridos llíderes, não avisaram direito.
E não foi só no Paraná.
http://revistaautoesporte.globo.com/Noticias/noticia/2014/01/pagamentos-do-ipva-e-dpvat-2014-comecam-vencer-nesta-semana.html
http://www.rbj.com.br/geral/pagamento-do-seguro-obrigatorio-do-seu-carro-foi-antecipado-311-0040.html
http://www.gazetadopovo.com.br/economia/conteudo.phtml?id=1440224

Ou seja, mais uma linda mazela pra juntar dinheiro pros figurões brincarem de copa do mundo... às custas do povo.

Novamente, o que tem o DPVAT a ver com a Copa? O dinheiro do DPVAT vai para um consórcio de seguradoras, não vai para "o governo" ( http://www.dpvatsegurodotransito.com.br/conheca-o-DPVAT-e-a-seguradora-lider.aspx )

Novamente 2: o calendário de cobrança do DPVAT (e IPVA e taxa de licenciamento) é uma decisão de cada estado da união. Aqui em SC e em outros estados continua tudo a mesma coisa.
Cássio R. Eskelsen - Blumenau/SC