Autor Tópico: Fotografia Urbana: ética e vergonha na cara!  (Lida 11141 vezes)

felelo

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 268
  • Sexo: Masculino
  • Click!
Online: 09 de Agosto de 2014, 01:12:19

   Olá galera... sempre gostei de fazer fotografia urbana, sair andando com a câmera na rua e tirando fotos do que parecer interessante, evitando perder muito tempo com uma coisa só, mas nessas caminhadas sempre evitei tirar fotos de pessoas em primeiro plano, por que sempre quis evitar ofender alguém ou ouvir merda... Mas nessas de ser cuidadoso tenho certeza que já perdi muita foto boa!

   Como se comportam nesses casos e qual a opinião de vocês sobre isso? Da pra praticar esse tipo de fotografia sem ser um babaca e sem se meter em encrenca? Alguém sabe sobre algum tipo de legislação que me tire ou dê o direito de fotografar alguém na rua? Valeu e boas fotos!
Canon T4i / EF-S 18-55mm 3.5-5.6
Nikon FM / Nikkor E 50mm 1.8
Nikon P500


C R O I X

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.882
  • Sexo: Masculino
  • Fotografo Multiformato
    • Marcio Faustino
Resposta #1 Online: 09 de Agosto de 2014, 04:06:41
Primeiro, vc deve ter em mente wue nao importa o que vc faca, sempre vai ter alguem acahndo que vc esta sendo babaca ou ofensivo, ate mesmo coisas que nao envolve mais ninguem, como por exemplo passar o domingo dentro de casa e nao tomar banho por 1 dia. Ou usar um estilo de roupa nao muito comum, ou ir na padaria de pijama. Muitas vezes os babacas sao justamente aqueles que estao chamando os demais de babacas, e nao os que sao chamados de babacas.



Sobre a foto de rua, existem diversas opnioes dependendo da pessoa. A mesmamcousa para qualquer outra atividade e assunto. E as pessoas vao reagir diferente dependendo da cultura e regiao.

Entao vc tem que ver como eh ai onde vc mora. As pessoas ficam atentas e preocupadas quando uma lente seaproxima delas? Ou elas nao dao bola ou ate sorriem? As pessoas sao do tipo de responder com agressao verbal e fisica? De conversar civilisadamente? Ou elas nao costumam dizer nada mesmo que claramente embaracadas e incomodadas?

E a melhor maneira de descobrir isso eh primeiro tentando fazer retratos de rua, que diferente da foto de rua em geral, vc para estranhos qualquer e pede para tirar um retrato deles, e ve qual eh a reacao em geral.

Terao pessoas que vao reagir da mais variadas formas, mas vc ve qual eh a reacao mais comum. E mesmo que a reacao positiva for a menos comum, vc ve se o resultado que vc obtem eh sarisfatorio o sufuciente oara continuar inda atras dessa minoria.

Quando vc se sentir confiante e seguro o suficiente, entao vc tenta fotografar as pessoas sem avisar nada. Mas apesar de nao haver a comunicacao verbal, ainda ha a comnicacao corporal, que vc pode usar para indicar as pessoas que vc nao esta perseguindo ninguem em particular, que vc nao estao fotografando alguem por ser um pervertido ou por ridicularizacao da pessoa, e principalmente, que vc nao esta tentando fazer algo que nao deveria. E assim, as pessoas mesmo que desconfiadas tendem a pensar duas vezes antes de chegarem a conclusoes negativas.




Eu nao sei o que diz a lei na sua regiao. Eu ja fotografei onde a lei me protegia na maioria das circunstancias fotografando pessoas nas ruas e onde foto de rua onde aparecem estranhos sem avisalas eh proibida.

O fato eh que as leis nem sempre condizem comma situacao e realidade de cada caso. Mesmo a lei garantindo que vc possa fotografar qualquer m na rua sem permissao e usar a imagem como quiser desde wue nao associada a produtos e marcas, nao significa que vc nao deva respeitar as pessoas. Como dizem por ao "nao eh pq vc pode que significa que vc deva fazer".

O mesmo vale para onde foto de rua eh proibido. Se vc nao esta ofendendo, ameacando ou colocando alguem ou a imagem da pessoa em risco, pq nao fazer?

Independente do que a lei diz, se vc resolver praticar, entender cada caso e situacao eh o caminho certo. Tem beirros onde tem pessoas mais idosas onde eles nao gostam de ter a atencao de estranhos, esses idosos eu costumi evitar. Tem pessoas que andam com a cara de quem esta tendo ummdia ruim... Eu na vou brincar commo humor delas. Orientais tem panico de serem fotografados, com eles eu nem perco tempo.mja turistas americanos, canadenses, ingleses, Irlandeses, Australianos, etc, vao ficar felizes em posarem para ansua foto. Mas tem muitas pessoas wue estao passeando de boa, estudantes ndo para a faculdade, trabalhadores fazendo a digestao do almoco, familias passeand no parque, etc. A grande maioria das pessoas nao fazem ideia sobre o que a lei diz. Onde eh liberado tem gente wue pensa que eh errado. Onde eh proibido a maioria acha que nao tem nada de mau.




entao eh mais entender como sao as pessoas e se adaptar a acao delas e julgamento que elas possam ter.

Eu vim de um lugar onde a maioria das pessoas nao estavam nem ai emmserem fotografadas, a maioria ignorava, mas muitas sorriam e outras ate posavam, mesmo vc nao dizendo nenhumapalavra. E quando eu pedia um retrato, ninguem perguntava nada, apenas diziam que sim e algumasnraras pessoas diziam que nao.

Entao eu vim parar em outra cidade onde as pessoas sao muito desconfiadas umas das outras e nao muito chegadas a interagirem com estranhos. Meu metodo teve wue ser mudado e eu continuo mesmo com os olhares desconfiados, mesmo com as mulheres me olhando e fugindo pensando que eu sou ummpervertido sexual e mesmo com as pessoas fazendo variad indagacoes e ficarem m tempao na duvida quando eu pergunto se posso fazer um retrato. E ate mesmo sendo de certa forma proibido. Nao colocando a integridade fisica e moral de ninguem em risco, nem a minha, nao ha nada de errado. Quem procurar pelas minhas fotos vao ver que o que eu faco nao eh pessoal contra, sobre ou a favor aquele que esta na foto. Mas sao sim pessoas como qualquer outra em ambiente publico.


Por isso, fotografia de rua naoneh diferente das demais formas de fotografia, existe uma certa interacao e dislogo nao verbal com aquilo ou aquele que aparece na foto.


Rick99

  • Trade Count: (4)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.936
  • Sexo: Masculino
  • Amador
Resposta #2 Online: 09 de Agosto de 2014, 11:15:19
Eu não tiro mais fotos de pessoas nas ruas.
Atualmente, a maioria não conhece nem as leis, mas decorou e leva algumas frases ao "pé da letra", como os famosos "Está olhando o quê?" ou "Se vai faturar com a foto, tem que pagar os direitos autorizais por usar a minha imagem"...ou te confundirem com um pedófilo, como ocorreu ano passado numa cidade do interior.

Outro dia, uma garota reclamou no Facebook sobre as pessoas desconhecidas que ficavam olhando suas fotos. O simples fato de olhar fotos públicas, abertas a todos, reclamava. No pensamento dela, a rede social é privada.

Por outro lado, conhecemos o país em que vivemos. Talvez acreditamos que se um desconhecido tirar uma foto nossa, pode utilizar a imagem para fazer coisas erradas e sobrar para nós.

Então baseado nisso tudo, eu não tiro. Se eu estivesse com um crachá, identificando que trabalho para algum jornal ou emissora de TV, a história mudaria.


RafaZ

  • Trade Count: (4)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.330
  • Sexo: Masculino
  • Devagar e quase sempre.
Resposta #3 Online: 09 de Agosto de 2014, 13:26:35
Fora quem acha que é foto pra macumba.
Kodak Ektra 100 | Flash Magicube


Simão J.G. Alpino

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 15
  • Sexo: Masculino
Resposta #4 Online: 09 de Agosto de 2014, 19:30:15
Hoje levei um "VAI TIRAR FOTO MINHA PORQUE???" na cara.

Na verdade, não estava muito interessado na cena, então nem insisti. Disse que era para o meu portfólio, mas o sujeito não entendeu.

Fui embora sem foto. Mas não liguei. Quando eu perguntei se podia fotografar já meio que sabia a reação do cara.

Tem gente que só de ver a gente com a câmera na rua já fecha a cara e fica irritado. Vai entender esse povo...


C R O I X

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.882
  • Sexo: Masculino
  • Fotografo Multiformato
    • Marcio Faustino
Resposta #5 Online: 09 de Agosto de 2014, 19:55:08
Hoje levei um "VAI TIRAR FOTO MINHA PORQUE???" na cara.

Na verdade, não estava muito interessado na cena, então nem insisti. Disse que era para o meu portfólio, mas o sujeito não entendeu.

Fui embora sem foto. Mas não liguei. Quando eu perguntei se podia fotografar já meio que sabia a reação do cara.

Tem gente que só de ver a gente com a câmera na rua já fecha a cara e fica irritado. Vai entender esse povo...

Mas em uma atividade que envolve interacao com as pessoas, proncipalmente estranhos, eh preciso estar preparado com o questionamento e ate mesmo incompreencao alheia. Vc nao deve se deixar abalar por isso.

Quando elguem questiona, nao importa o tom, eu respondo com um sorriso, abertura de espirito e animo. Ate mesmo quando a pessoa se mostra zangada. Com um sorriso, sendo aberto e mostrando tendo controle da situacao e do que esta fazendo, a sua linguagem corporal diz a pessoa que vc nao tem ma intencoes, q o que vc esta acostumado a fazer o que faz e que vc nao esta disputando nada ou tentando arrancar nada de ninguem a forca.

Em seguida, explica de maneira que seja compreensivel e possa fazer sentido as pessoas em geral. Eu por exemplo, digo que eu gosto de fazercretrato das das pessoas em ambiente publico. Quando eh por causa donestilo da pessoa, eu explico que eu gostei do estilo dela e gostaria de fotografar. As vezes explico que eu gosto da cena em que a pessoa se encontra, descrevendo de maneira curta e rapida o que vejo da cena.

Se a pessoa continua irritada e diz que nao eh so nao insistir, desejar um bom dia e partir para a proxima. Se a pessoa comecar a mostrar sinais de duvidas eu logo digo "obviamente se vc nao quiser eu entenderei, eh so dizer nao" (sao rarissimas as pessoas que dizem nao quando eu digo isso). E muitas outras vezes a pessoa que amprincipio parecia irritada diz "ok, o que eu devo fazer?".

Alem de tudo, antes de abordar alguem sempre observe se elamparece estar tendo um dia ruim, evite interromper o camnho de pessoas que parecem estar commpressa, evite interromper pessoas que estao comendo. Com o tempo vc comeca a criar um olhar que identifica as pessoas mais e menos amigaveis e passa a selecionar melhor as pessoas que aborda, tendo assim menos problemas de rejeicao.

E explorando a cidade vc tambem descobre regioes onde as pessoas sao mais aberta a serem fotografadas e amigaveis emmserem abordadas por estranhos, e onde as pessoas sao mais fechadas e mal humoradas.

Nao leve nada para o lado pessoal,mafinal de contas as pessoas nao fazem a menor ideia do que vc esta fazendo, e dependendo da pessoa ela pode achar algo mais normal e aceitavel ou mais estranha e abominabel, isso gai depender da cultura e costume de cada um que vc aprende a reconhecer observando e interagindoncom as pessoas.

Se vc for do tipo que se preocupa com o que as pessoas em volta estao pensando, ou se fica intimidado ou abalado com rejeicoes, eh melhor procurar outra atividade entao...
« Última modificação: 09 de Agosto de 2014, 19:57:26 por C R O I X »


Humberto Yoji

  • Trade Count: (23)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.392
  • Sexo: Masculino
    • Humberto Yoji - fotógrafo
Resposta #6 Online: 09 de Agosto de 2014, 21:56:57

Marcio, muito legal seus depoimentos, achei bem bacana! Gostei particularmente desse trecho:

E a melhor maneira de descobrir isso eh primeiro tentando fazer retratos de rua, que diferente da foto de rua em geral, vc para estranhos qualquer e pede para tirar um retrato deles, e ve qual eh a reacao em geral.

Terao pessoas que vao reagir da mais variadas formas, mas vc ve qual eh a reacao mais comum. E mesmo que a reacao positiva for a menos comum, vc ve se o resultado que vc obtem eh sarisfatorio o sufuciente oara continuar inda atras dessa minoria.


Abraços


amador47sc

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (16)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.158
  • Sexo: Masculino
  • Aperfeiçoando o olhar em busca da melhor imagem
Resposta #7 Online: 09 de Agosto de 2014, 22:05:42
Esse assunto já pipocou por aqui há algum tempo.
EU (Eu) não curto fazer fotos na rua com pessoas em primeiro plano PRINCIPALMENTE quando envolvem crianças. Também não gosto (nem de ver) fotos que exploram a degradação humana (mendigos, cenas ridículas, cenas vulgares, etc). Uma panorâmica mostrando uma região da cidade com as pessoas inclusas nessa imagem, até vai.. mas exclusivamente para retratar as pessoas no seu cotidiano, não gosto e não faço. Sem contar que alguém pode se encrespar e também a questão legal de um desses transeuntes ver uma foto deles numa revista, ou outro local e se sentir lesado, prejudicado e meter um processo (ai já entra em outra seara alguns dizendo que pode outros que não pode e bla bla bla), então melhor não arriscar.
 :ok:


Fabio Azzo

  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.199
Resposta #8 Online: 09 de Agosto de 2014, 23:41:22
Nossa, já ouvi tanta coisa perguntando se podia tirar fotos de pessoas. Interessante que parece variar dependendo do dia. Tem dia que todo mundo esta de mau humor.

Uma vez fui conversar com o cara, perguntei da foto e ele começou a gritar "SAI FORA! SAI FORA DAQUI". Outro, na frente de um bar me chamou de gay por querer fotografá-lo. Um caminhoneiro me virou, puxando meu ombro querendo saber por que eu teria fotografado o caminhão dele. Quando soube que na verdade eu tinha fotografado ele, pediu pra eu apagar a foto.

Mas tem dias que tudo sai bem. Já consegui trabalhos porque, toda vez que compro equipamento novo eu não consigo me segurar e saio no mesmo instante pra rua testar. Me aproximo da pessoa, explico que acabei de receber o material e estou experimentando. Pego o facebook ou o contato da pessoa e depois mando a foto pra ela.

Ficar acomodado em casa por medo de ouvir "não" é pior, eu penso. Se fosse assim, não teria conseguido fotos como essas:

https://www.flickr.com/photos/fabioansolin/11163615144/
https://www.flickr.com/photos/fabioansolin/11198382306/
https://www.flickr.com/photos/fabioansolin/13707539774/
https://www.flickr.com/photos/fabioansolin/12663084983/


affalcao

  • Trade Count: (5)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 938
  • Sexo: Masculino
Resposta #9 Online: 09 de Agosto de 2014, 23:53:18
Não faço, não tenho coragem. A primeira pessoa que me perguntar POR QUE na ignorância vai ouvir no mesmo tom e vai dar problema. Por isso prefiro não fazer.
Já bastam os problemas que não posso evitar, não vou sair procurando por outros.
EU não faço, mas acho legal esse tipo de trabalho, de fotografia. Acho legal quem faz.
« Última modificação: 09 de Agosto de 2014, 23:53:47 por affalcao »
Canon T3 (1100 D) + 10-18mm + 55-250mm
Nikon D3300 + 18-55 + 35mm 1.8


C R O I X

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.882
  • Sexo: Masculino
  • Fotografo Multiformato
    • Marcio Faustino
Resposta #10 Online: 10 de Agosto de 2014, 02:06:33
Esse assunto já pipocou por aqui há algum tempo.
EU (Eu) não curto fazer fotos na rua com pessoas em primeiro plano PRINCIPALMENTE quando envolvem crianças. Também não gosto (nem de ver) fotos que exploram a degradação humana (mendigos, cenas ridículas, cenas vulgares, etc). Uma panorâmica mostrando uma região da cidade com as pessoas inclusas nessa imagem, até vai.. mas exclusivamente para retratar as pessoas no seu cotidiano, não gosto e não faço. Sem contar que alguém pode se encrespar e também a questão legal de um desses transeuntes ver uma foto deles numa revista, ou outro local e se sentir lesado, prejudicado e meter um processo (ai já entra em outra seara alguns dizendo que pode outros que não pode e bla bla bla), então melhor não arriscar.
 :ok:
fotos de criancas sem o concentimento dos pais, em qualquer situacao, parece ser ilegal em qualquer pais. Tirando casos muito, mas muito isolados de eventos publicos.

Retrtatsr pessoas em situacoes ridiculas ou vulgares sem o concentimento delas tambem parece ser ilegal em qualquer pais.

Fotografos que mais retratam a degradacao humana, como mendigos em situacoes precarias, guerras, etc, sao feitas em geral por fotojornalistas e nao por fotografos de rua normalmente.

Vc pode fotografar pessoas em primeiro plano, fechadas nelas, e ate mendigos, sem ser dessa maneira negativa que vc descreve, assim como sao feitas as fotos de rua pela maioria dos fotografos de rua.

Se alguma publicacao usar imagens sem permissao do fotografo e sem averiguar a permissao dada pelo fotografado (release) eh a publicacao que eh processada e nao o fotografo. O fotografo pode ser processado nesse caso se a foto de rua for ilegal, o que nao significa que omfotografo nao deva ou nao possa fotografar pessoas de acordo com circustancias particulares. Significa apenas que o fotografo deva evitar ou se precaver ao mostrar tais imagens em midias onde qualquer um pode coletar e reproduzir.

Eh dificil empresas com ma intencoes ter acesso a imagens mostradas em perfils de midia social que sao compartilhadas apenas para amigos e conhecidos, ou ir ao um forom de fotografia procurar imagens para roubar.


felelo

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 268
  • Sexo: Masculino
  • Click!
Resposta #11 Online: 10 de Agosto de 2014, 04:58:40
   Nossa... recebi muito mais respostas do que esperava, valeu pessoal! Gostei muitos dos pontos de vista apresentados, sobre pedir antes de fotografar, isso acaba matando a espontaniedade da foto na maioria dos casos! Afinal, o comportamento das pessoas se torna outro, e como não tenho muito interesse em retratos, e sim em momentos interessantes, acaba não funcionando pra mim!
Canon T4i / EF-S 18-55mm 3.5-5.6
Nikon FM / Nikkor E 50mm 1.8
Nikon P500


C R O I X

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.882
  • Sexo: Masculino
  • Fotografo Multiformato
    • Marcio Faustino
Resposta #12 Online: 10 de Agosto de 2014, 08:33:09
   Nossa... recebi muito mais respostas do que esperava, valeu pessoal! Gostei muitos dos pontos de vista apresentados, sobre pedir antes de fotografar, isso acaba matando a espontaniedade da foto na maioria dos casos! Afinal, o comportamento das pessoas se torna outro, e como não tenho muito interesse em retratos, e sim em momentos interessantes, acaba não funcionando pra mim!

Comecar com  retratos de rua eh apenas uma forma de introducao, aquecimento, reconhecimnto e aprendizado sobre a possivel reacao encomportamento das pessoas.

Claro que vc pode comecar a correr sem se aquecer. Mas se quiser evitar uma caimbra ou contursao para uma corrida seria, eh bom naompular a parte chata do aquecimento.


Em resumo o que eu estou tentando dizer aqui eh que fotografia de rua nao envolve apenas apontar a lente para alguem e clicar. Mas sim envolve interacao e comunicacao verbal, corporal e visual com as pessoas no ambiente publico, e a qualidade dos resultados das fotos esta relacionada commo quanto essa interatividade e comunicacao esta sendo efetiva ou nao, e para isso eh preciso conhecer as variadas formas de sotaque e regionalismos dessa linguagem.

A compreencao do espaco e atividade publica em determinados locais eh importante. Eh importante entender e se envolver nesse espaco e interacao para transmitir isso nas fotos.

A nao ser que vc coloque uma tele lente na camera e se esconda atras de um arbusto. Ai sim eh so esperar, apontar e clicar e eh isso.
« Última modificação: 10 de Agosto de 2014, 08:40:37 por C R O I X »


l.augusto.est

  • Trade Count: (2)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 365
  • Sexo: Masculino
    • Flickr
Resposta #13 Online: 10 de Agosto de 2014, 20:59:54
não tenho muito o que acrescentar, só gostaria de dizer para você ter cuidado caso resolva fotografar na rua a noite e com flash. essa semana quase apanhei de um taxista por fazer isso, foi mais ou menos como o que aconteceu com o Fábio Azzo.


   Nossa... recebi muito mais respostas do que esperava, valeu pessoal! Gostei muitos dos pontos de vista apresentados, sobre pedir antes de fotografar, isso acaba matando a espontaneidade da foto na maioria dos casos! Afinal, o comportamento das pessoas se torna outro, e como não tenho muito interesse em retratos, e sim em momentos interessantes, acaba não funcionando pra mim!

não costumo pedir para fazer a fotografia, procuro fazer a coisa sem ser notado ou ser notado depois.

mas nas vezes que pedi não senti que perdi a espontaneidade da "cena", nessas vezes sempre me pareceu que as pessoas ficam momentaneamente "chocadas" por alguém com uma ""câmera profissional"" estar ali querendo fotografa-las e aí não sabem muito bem o que fazer e acabam não fazendo nada.
Nikon D600 | Nikon F100 | Nikkor 1.4AF-D | Nikkor AI-S 105 2.5 | https://www.flickr.com/photos/luizaugustoest/


Pope

  • SysOp
  • Trade Count: (31)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.194
  • Sexo: Masculino
    • Renato Pope
Resposta #14 Online: 10 de Agosto de 2014, 21:53:30
Eu nunca tive problema, mas fotografo em cidades que isso é normal: NYC, Londres, Paris...
Mas, se alguém vier com ignorância vai levar uma Nikon D3s na cara!
"If you wanted a cheap profession to get into you picked the wrong one."Zack Arias
Flickr