Autor Tópico: Brincando com o Kodak ProImage  (Lida 2154 vezes)

l.augusto.est

  • Trade Count: (2)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 365
  • Sexo: Masculino
    • Flickr
Online: 29 de Setembro de 2014, 20:14:15
Bom... vendo algumas fotos por aí resolvi fazer um teste bem simples com o filme que, para mim, possui o melhor custo x benefício hoje em dia: o Kodak ProImage.

A idéia foi bem simples: fotometrar uma mesma cena em diferentes ISOs e revelar o filme em seu "ISO de fábrica".

O "método" foi o seguinte:

1- Ajuste de cada ISO na câmera;
2- Fotometria pontual feita na sombra da "onda" das folhas do livro;
3- Abertura fixa em 5.6 utilizando a Nikkor 50mm 1.4 AIS com uma Nikon F100;
4- Filme revelado em minilab comum em ISO-100.

Todas as fotos foram digitalizadas por mim em 3200dpi usando um Epson V550, o qual ainda estou aprendendo a usar (então comentários sobre a digitalização serão bem vindos, embora não seja esse o foco do tópico). Pensei em tentar corrigir as fotos no PS, mas acabei deixando-as da forma que saíram do scan.

No momento que estava fazendo as fotos a sombra da "onda" das folhas me pareceu ser o melhor local para fotometrar, mas ao ver o resultado percebi que talvez não deveria ter fotometrado ali. Enfim... mesmo assim acho que o experimento é válido e interessante.

Vamos às fotos então:


@ISO-16
Kodak ProImage @ISO-16 by L.Augusto Estacheski, on Flickr



@ISO-25
Kodak ProImage @ISO-25 by L.Augusto Estacheski, on Flickr



@ISO-50
Kodak ProImage @ISO-50 by L.Augusto Estacheski, on Flickr



@ISO-100
Kodak ProImage @ISO-100 by L.Augusto Estacheski, on Flickr



@ISO-200
Kodak ProImage @ISO-200 by L.Augusto Estacheski, on Flickr



@ISO-400
Kodak ProImage @ISO-400 by L.Augusto Estacheski, on Flickr



@ISO-800
Kodak ProImage @ISO-800 by L.Augusto Estacheski, on Flickr



@ISO-1600
Kodak ProImage @ISO-1600 by L.Augusto Estacheski, on Flickr



@ISO-3200
Kodak ProImage @ISO-3200 by L.Augusto Estacheski, on Flickr



É isso!
Abraços!
Nikon D600 | Nikon F100 | Nikkor 1.4AF-D | Nikkor AI-S 105 2.5 | https://www.flickr.com/photos/luizaugustoest/


flaviliosp

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 1
Resposta #1 Online: 30 de Setembro de 2014, 09:30:14
Então quer dizer que a história de puxar o filme e informar ao laboratorista que ele tem que revelar com o ISO puxado é história para boi dormir? Fiquei confuso.


l.augusto.est

  • Trade Count: (2)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 365
  • Sexo: Masculino
    • Flickr
Resposta #2 Online: 30 de Setembro de 2014, 10:05:51
Então quer dizer que a história de puxar o filme e informar ao laboratorista que ele tem que revelar com o ISO puxado é história para boi dormir? Fiquei confuso.

não acho que seja uma história pra boi dormir. você vai ter um resultado diferente a cada exposição e a cada "modo" de revelação.

o que eu fiz foi basicamente um teste de latitude (ou faixa dinâmica? sempre me confundo....) para ver o quanto se pode "errar" com o ProImage.
Nikon D600 | Nikon F100 | Nikkor 1.4AF-D | Nikkor AI-S 105 2.5 | https://www.flickr.com/photos/luizaugustoest/


Tiago C.

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 165
Resposta #3 Online: 30 de Setembro de 2014, 15:11:01
Então quer dizer que a história de puxar o filme e informar ao laboratorista que ele tem que revelar com o ISO puxado é história para boi dormir? Fiquei confuso.

Se você não informar que o filme foi puxado, será como se você tivesse fotografado com a fotometria errada (subexposta ou superexposta). Você não terá o resultado que pretendia ter quando puxou o filme. A revelação é a mesma para o filme inteiro, e não para cada foto, então o laboratório tem que revelar de acordo com a ISO do filme ou com a "puxada". Por isso deve-se fotografar com a mesma ISO para todo o filme.


Alexandre Ranieri

  • Trade Count: (4)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.097
  • Sexo: Masculino
  • Sempre aprendendo
    • Flickr
Resposta #4 Online: 30 de Setembro de 2014, 15:15:13
Uma curiosidade técnica:
Como a câmera analógica ajusta o ISO?

- Cara, que foto bacana, que equipamento vc usa?
- Um dedo, olhos e um cérebro.
______________________________________________________________


Tiago C.

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 165
Resposta #5 Online: 30 de Setembro de 2014, 15:23:15
Uma curiosidade técnica:
Como a câmera analógica ajusta o ISO?

As eletrônicas geralmente ajustam sozinhas; as mecânicas (com fotômetro, claro) têm um anel para você ajustar.


Alexandre Ranieri

  • Trade Count: (4)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.097
  • Sexo: Masculino
  • Sempre aprendendo
    • Flickr
Resposta #6 Online: 30 de Setembro de 2014, 15:29:20
As eletrônicas geralmente ajustam sozinhas; as mecânicas (com fotômetro, claro) têm um anel para você ajustar.

Mas internamente? A minha dúvida é o que a câmera faz quando mexemos no ISO numa câmera analógica.

- Cara, que foto bacana, que equipamento vc usa?
- Um dedo, olhos e um cérebro.
______________________________________________________________


Tiago C.

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 165
Resposta #7 Online: 30 de Setembro de 2014, 15:35:37
Isso vale pra qualquer câmera, digital ou analógica: você (ou a câmera) ajusta o ISO e o fotômetro vai funcionar de acordo com esse ajuste. É isso ou eu não entendi sua pergunta?  :)


Alexandre Ranieri

  • Trade Count: (4)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.097
  • Sexo: Masculino
  • Sempre aprendendo
    • Flickr
Resposta #8 Online: 30 de Setembro de 2014, 16:07:58
Lendo tua resposta, ficou claro.

Mudando o ISO para um valor menor, por exemplo, o fotômetro indicará subexposição e vice-versa, e aí ajustaremos os outros parâmetros (velocidade e/ou abertura).

Entendi agora  :ok:

- Cara, que foto bacana, que equipamento vc usa?
- Um dedo, olhos e um cérebro.
______________________________________________________________


Luciano.Queiroz

  • Trade Count: (30)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.436
  • Sexo: Masculino
    • Luciano Queiroz
Resposta #9 Online: 30 de Setembro de 2014, 16:43:54
Não sei se entendi a ideia exatamente..
Porque alterando o ISO, mantendo fixa a abertura, a câmera teoricamente muda a velocidade pra compensar a mudança no ISO.. não foi isso que vc fez?
« Última modificação: 30 de Setembro de 2014, 16:45:56 por Luciano.Queiroz »
Luciano Queiroz
www.lucianoqueiroz.com
Facebook: @caminhotracado - https://goo.gl/pNRgQX
Instagram: @caminhotrtacado - https://goo.gl/Gou1E2
Youtube: www.youtube.com/c/caminhotracado


Luciano.Queiroz

  • Trade Count: (30)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.436
  • Sexo: Masculino
    • Luciano Queiroz
Resposta #10 Online: 30 de Setembro de 2014, 18:41:21
Não sei se entendi a ideia exatamente..
Porque alterando o ISO, mantendo fixa a abertura, a câmera teoricamente muda a velocidade pra compensar a mudança no ISO.. não foi isso que vc fez?

Já entendi.. tava fazendo confusão na hora que escrevi.

Cara, achei impressionante um negativo subexposto 5 pontos ainda sair desse jeito.

Recentemente coloquei um filme (Kodak Coloplus) em uma camerazinha de brinquedo, abertura e velocidade fixa (f/8 e 1/100 se não me engano). Foi subexposto uns 3 pontos pelas minhas contas porque em vez de sol o tempo fechou e ficou nublado.. não saiu nada no negativo..
Luciano Queiroz
www.lucianoqueiroz.com
Facebook: @caminhotracado - https://goo.gl/pNRgQX
Instagram: @caminhotrtacado - https://goo.gl/Gou1E2
Youtube: www.youtube.com/c/caminhotracado


l.augusto.est

  • Trade Count: (2)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 365
  • Sexo: Masculino
    • Flickr
Resposta #11 Online: 30 de Setembro de 2014, 19:10:19


Cara, achei impressionante um negativo subexposto 5 pontos ainda sair desse jeito.


É justamente por esse possível erro de interpretação que achei que não deveria ter fotometrado na sombra das folhas.

Primeiro por que ali não tem quase nada de detalhe para avaliar algo diretamente.

E segundo por que, obviamente, a maior parte da cena está com pelo menos +1.0 ponto de luz, talvez até +2.0.

Mas ainda assim, com esse "erro metodológico", se tem uma cena fixa com uma condição de luz fixa e com uma grande variação de exposição.
Nikon D600 | Nikon F100 | Nikkor 1.4AF-D | Nikkor AI-S 105 2.5 | https://www.flickr.com/photos/luizaugustoest/


xwillia

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 1
Resposta #12 Online: 01 de Outubro de 2014, 02:40:12
Pirei, muito loco. a característica do 3200 ficou bem legal!
Uma dúvida, você mudou velocidade e aberturas à cada nova configuração de "iso"? E você usou essas variações de ISO no mesmo filme ou usou um filme pra cada?



dimigobbo

  • Trade Count: (10)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.698
  • Sexo: Masculino
    • Meu Flickr
Resposta #13 Online: 01 de Outubro de 2014, 09:41:28
Eu não entendi o que vc fez!

Isso tudo é o mesmo filme?

Só mudou a fotometria baseado na variação de ISO fotometrado pela camera?

Se fotometrou na sombra, qual era sua intenção? Deixar ela totalmente escura, deixar meio escura, deixar cinza (as famosas zonas de Ansel Adams)?

Abcs
"If your pictures aren't good enough, you're not close enough"

RTFM


Luciano.Queiroz

  • Trade Count: (30)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.436
  • Sexo: Masculino
    • Luciano Queiroz
Resposta #14 Online: 01 de Outubro de 2014, 13:34:48
É justamente por esse possível erro de interpretação que achei que não deveria ter fotometrado na sombra das folhas.

Primeiro por que ali não tem quase nada de detalhe para avaliar algo diretamente.

E segundo por que, obviamente, a maior parte da cena está com pelo menos +1.0 ponto de luz, talvez até +2.0.

Mas ainda assim, com esse "erro metodológico", se tem uma cena fixa com uma condição de luz fixa e com uma grande variação de exposição.

Agora já não entedi mais.. e nem o porquê de fazer esse teste...
Luciano Queiroz
www.lucianoqueiroz.com
Facebook: @caminhotracado - https://goo.gl/pNRgQX
Instagram: @caminhotrtacado - https://goo.gl/Gou1E2
Youtube: www.youtube.com/c/caminhotracado