Autor Tópico: IBOV - Bolsa de Valores - Petrobrás - PETR4  (Lida 7758 vezes)

jesieltrevisan

  • Trade Count: (3)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.655
  • Sexo: Masculino
  • Harmonize-se
Online: 12 de Dezembro de 2014, 10:51:13
E ae galera,

Alguém é investidor aqui que acompanha os papéis da PETR4 ?

Esta triste de ver o desenrolar da coisa.

Hoje a tarde depois do pregão saem o resultado.

Algum palpite?

Na minha opinião o papel está muito barato... praticamente de graça... valendo cerca de 40% do patrimônio da empresa.

« Última modificação: 12 de Dezembro de 2014, 10:51:52 por jesieltrevisan »
Canon EOS 5D + BG-E4 + Canon EOS Kiss (300D) 
Canon EF 50mm f/1.8 mk I + Canon EF 100mm f/2 + Canon EF 28-70mm  f/3.5~4.5 II + Sigma 18-50mm f/2.8 DC EX  + 430EX II
--
Dúvida sobre as regras do fórum? --> REGRAS GERAIS
Dúvidas gerais? -->FAQ


Diogenes

  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.561
  • Sexo: Masculino
Resposta #1 Online: 12 de Dezembro de 2014, 11:38:52
Há quem diga que agora é a hora pra comprar!

O problema é que tenho um amigo que vem dizendo isto há uns 7 anos, mais ou menos. Ele já perdeu neste período, só com a Petrobrás, 1 milhãozinho de dólares. Isso mesmo, 1 milhão. Ou se preferirem, ele deixou de ganhar.

Eu tô fora. Prefiro minha renda fixa, com taxa de administração de 0,4% a.a., rendendo até hoje, 10,4% em 2014.
« Última modificação: 12 de Dezembro de 2014, 11:40:42 por Diogenes »
Se você acha que pode, você tem razão. Se acha que não pode, também tem razão. Você é quem sabe!


mvro_2001

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 1
Resposta #2 Online: 12 de Dezembro de 2014, 11:40:29
Momento de Comprar....


tarcisioal

  • Trade Count: (1)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 401
  • Sexo: Masculino
    • Flickr
Resposta #3 Online: 12 de Dezembro de 2014, 11:58:07
Querem opinião de um funcionário da empresa?
Espere mais um ano para comprar...
Sony ILCE-6000 e NEX 3N
SELP1650 + SEL55210 + SEL35F18 + SEL50F18 + SEL16F28 + VCL-ECF1 (Fisheye) + VCL-ECU1 (Grande Angular)

flickr/tarcisioal


jauvane

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (4)
  • Membro Ativo
  • *****
  • Mensagens: 1.987
  • Sexo: Masculino
Resposta #4 Online: 12 de Dezembro de 2014, 17:53:09
Tenho uma certa quantia em ações da Petrobras. Minha posição é a seguinte. Só me interessa que o valor das ações esteja alto quando eu quiser vender. Como eu não planejo vender nos próximos 20 anos, pelo menos, quanto mais cair, para mim melhor, pois posso comprar mais barato. Daqui a 20 anos sim, se o valor estiver baixo vou resmungar. Agora acho ótimo... Por mim pode cair para R$0,01...

Se o valor que desejas investir é um valor que precisarás em menos de 2 anos, recomendo buscar outra opção de investimento, independente do papel desejado. Não se bota na bolsa dinheiro necessário para comprar leite dos filhos no mês que vem... É receita para perdas significativas. Enquanto não vender nada foi perdido. Quando cai o valor algumas pessoas dizem: perdi tanto hoje... Só se perdeu se a pessoa de fato vendeu. Se não vendeu não perdeu nada... As ações continuam lá. Ao preço atual minha propensão é de comprar mais para diminuir o custo médio (média paga por ação).
« Última modificação: 12 de Dezembro de 2014, 17:56:45 por jauvane »
JVc.


fuca66

  • Trade Count: (1)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.467
  • Sexo: Masculino
Resposta #5 Online: 12 de Dezembro de 2014, 18:43:29
....preço médio é uma das estratégias que mais quebram as pessoas... tome cuidado. Pensa na pessoa que fez preço médio com as empresas X.
Lentes Antigas + Sony E-Mount


jauvane

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (4)
  • Membro Ativo
  • *****
  • Mensagens: 1.987
  • Sexo: Masculino
Resposta #6 Online: 12 de Dezembro de 2014, 21:59:55
So quebram as pessoas que colocam na bolsa dinheiro que precisam em curto prazo. O que coloco pode ficar lá por vinte anos se necessário e se por um acaso evaporar, paciência... Quebrar por isso eu não vou (nem vou pular uma janela por causa de dinheiro, seja lá qual for o montante). Diversificação é também a chave para um investimento sólido. Parte em opções garantidas e parte no mercado mais volátil. Grupo X não é bom exemplo. O que nasce e incha da noite para o dia não é exatamente confiável... Nunca comprei nem me interessei pelo grupo X... Algumas empresas tem maior probabilidade de quebrar, outras bem menos...Enquanto não tenho interesse em vender, quanto mais cair melhor...
« Última modificação: 12 de Dezembro de 2014, 22:00:18 por jauvane »
JVc.


AFShalders

  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.371
  • Sexo: Masculino
  • "Bela câmera, mas mostre as fotos..."
    • Old Good Light
Resposta #7 Online: 13 de Dezembro de 2014, 02:34:13
Não é bem assim que a coisa funciona. O problema da Petrobrás é que ela a muito tempo não é uma empresa com o funcionamento sadio. Toda vez que o governo, que tem poder final de decisão sobre tudo da empresa, precisa de dinheiro ele mete a mão na empresa, direta ou indiretamente.

O maior fator complicante são as ações vindas do exterior. Quando o órgão dos EUA equivalente da CVM entrar finalmente com a ação contra o não seguimento das normas para atuar no mercado americano e a multa e eventuais sanções forem aplicadas, ai o bicho vai pegar. E sabem o pior ? É que eles estão 100% certos, pois para atuar no mercado americano, uma empresa tem que seguir normas muito rigorosas. Grandes empresas lá já levaram ferro, como por exemplo a Emron. Lá, escreveu não leu, o pau comeu, não é que nem aqui que fica por isso mesmo e o bonde segue andando. Dependendo do resultado dessas ações a coisa pode piorar, e muito.

Quem quiser arriscar comprar, pode optar por micro operações para diluir o risco, operar com várias transações, de pequeno valor. Quem sair comprando um monte de ações achando que vai se dar bem, vai é quebrar a cara.

Outra coisa, só investe em bolsa em curto prazo quem sabe muito bem o que está fazendo. Investimento normal em bolsa é de 2 anos para cima.

A empresa vai ficar moribunda por um BOM tempo.
« Última modificação: 13 de Dezembro de 2014, 02:35:42 por AFShalders »
Ética não é negociável.

Viciado em Fotografia desde 1980
www.oldgoodlight.blogspot.com
www.flickr.com/groorj


Vitor Hugo

  • Trade Count: (6)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 238
  • Sexo: Masculino
Resposta #8 Online: 16 de Dezembro de 2014, 10:04:12
So quebram as pessoas que colocam na bolsa dinheiro que precisam em curto prazo. O que coloco pode ficar lá por vinte anos se necessário e se por um acaso evaporar, paciência... Quebrar por isso eu não vou (nem vou pular uma janela por causa de dinheiro, seja lá qual for o montante). Diversificação é também a chave para um investimento sólido. Parte em opções garantidas e parte no mercado mais volátil. Grupo X não é bom exemplo. O que nasce e incha da noite para o dia não é exatamente confiável... Nunca comprei nem me interessei pelo grupo X... Algumas empresas tem maior probabilidade de quebrar, outras bem menos...Enquanto não tenho interesse em vender, quanto mais cair melhor...
Ai quando você quiser vender vai de R$1 pra R$80 de uma hora pra outra né?
“A ignorância gera confiança com mais frequência do que o conhecimento”
Flickr - Canon T1i | 18-55 | 28-135 USM | 28 f/1.8 USM | 50mm Pentacon f/1.8 (A venda -> MP) | 580EXII


fuca66

  • Trade Count: (1)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.467
  • Sexo: Masculino
Resposta #9 Online: 16 de Dezembro de 2014, 14:30:56
Investir em empresas grandes e solidas a longo prazo não é uma dica errada.
Ocorre que a petrobras sofreu muita intervenção do governo.
Um amigo essa semana comentou que está com ações da petrobras a 10 anos e nesse periodo rendeu zero, o que ele faz agora?
Lentes Antigas + Sony E-Mount


Vitor Hugo

  • Trade Count: (6)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 238
  • Sexo: Masculino
Resposta #10 Online: 16 de Dezembro de 2014, 14:44:15
Investir em empresas grandes e solidas a longo prazo não é uma dica errada.
Ocorre que a petrobras sofreu muita intervenção do governo.
Um amigo essa semana comentou que está com ações da petrobras a 10 anos e nesse periodo rendeu zero, o que ele faz agora?

Avalia os resultados da empresa e ve se quer continuar sendo sócio. Caso queira continuar sendo sócio, ele decide se vai continuar comprando ou se vai esperar um pouco e ficar só observando. Ou se não, faz um plano de saída...

Mas se ele é sócio da empresa a 10 anos, já deve fazer isso periodicamente.

Outra coisa: Todo sócio da Petrobras, Banco do Brasil ou qualquer outra estatal já deveria saber que por ser estatal, o governo estará sempre intervindo nas operações.
« Última modificação: 16 de Dezembro de 2014, 14:46:31 por Vitor Hugo »
“A ignorância gera confiança com mais frequência do que o conhecimento”
Flickr - Canon T1i | 18-55 | 28-135 USM | 28 f/1.8 USM | 50mm Pentacon f/1.8 (A venda -> MP) | 580EXII


Tupiniquim

  • Trade Count: (5)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.256
  • Sexo: Masculino
    • Flickr
Resposta #11 Online: 16 de Dezembro de 2014, 16:11:58
4 setores, IMHO, são estratégicos na vida que levamos:


Finanças (bancos e seguradoras, sobretudo);
Energia (Petróleo e Elétrica, sobretudo);
Intra-estrutura (transportes e comunicações, sobretudo);
Tecnologia (Informática, sobretudo).

Procuro deixar os investimentos diversificados em boas e sólidas empresas dessas áreas.
Faz tempo que não coloco a Petrobrás no rol das empresas boas (com boas estratégias, direção bem conceituada, essas coisas antigas). Agora ta parecendo que ela não é, tampouco, sólida.
T3i + Sigma 10-20; Sigma 17-50 f 2.8; Canon 55-250; 50 F 1.8
5D Mark II + 24-105; YN 35; 85 F 1.8; 70-200 f4 USM
580EX II x 2


AFShalders

  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.371
  • Sexo: Masculino
  • "Bela câmera, mas mostre as fotos..."
    • Old Good Light
Resposta #12 Online: 16 de Dezembro de 2014, 23:56:29
Não é exatamente  isso. O problema é ela ser uma empresa de economia mista onde um governo populista é o acionista majoritário. 
Ética não é negociável.

Viciado em Fotografia desde 1980
www.oldgoodlight.blogspot.com
www.flickr.com/groorj


Tupiniquim

  • Trade Count: (5)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.256
  • Sexo: Masculino
    • Flickr
Resposta #13 Online: 17 de Dezembro de 2014, 00:20:04
Acho que você falou das causas (governo populista como acionista majoritário) e eu das consequências (não ser uma empresa boa há tempos. E agora já não ser sólida).
Sempre em minha humilde opinião, é claro!

Seja como for, meu suado dinheiro faz tempos que não vai pra lá; eque de lá saiu - não pensei em retornar nem mesmo quando teve a "farra do pré-sal".
Do jeito que a coisa está, eu só investiria se fosse na rubrica "risco", não na "capitalização de longo prazo".

Problema é que às vésperas de completar 52 a aversão ao risco vai aumentando, não apenas pela crescente frouxidão que a idade nos traz, mas como implementação da política de aposentadoria queé tracei racionalmente antes dos 30.
Guiado por ela, tenho, obviamente, cada vez menos possibilidade de recuperação de prejuízos, por ter menos tempo de reverter danos.
Assim, a aversão ao risco aumenta.
T3i + Sigma 10-20; Sigma 17-50 f 2.8; Canon 55-250; 50 F 1.8
5D Mark II + 24-105; YN 35; 85 F 1.8; 70-200 f4 USM
580EX II x 2


FFFBI

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 209
  • Fotógrafo; estudante.
Resposta #14 Online: 18 de Dezembro de 2014, 13:57:40

Acho que você falou das causas (governo populista como acionista majoritário) e eu das consequências (não ser uma empresa boa há tempos. E agora já não ser sólida).
Sempre em minha humilde opinião, é claro!

Seja como for, meu suado dinheiro faz tempos que não vai pra lá; eque de lá saiu - não pensei em retornar nem mesmo quando teve a "farra do pré-sal".
Do jeito que a coisa está, eu só investiria se fosse na rubrica "risco", não na "capitalização de longo prazo".

Problema é que às vésperas de completar 52 a aversão ao risco vai aumentando, não apenas pela crescente frouxidão que a idade nos traz, mas como implementação da política de aposentadoria queé tracei racionalmente antes dos 30.
Guiado por ela, tenho, obviamente, cada vez menos possibilidade de recuperação de prejuízos, por ter menos tempo de reverter danos.
Assim, a aversão ao risco aumenta.

Muito bom sua linha de pensamento, poderia dar dicas de livros que falem sobre plano de aposentadoria e assuntos ligados ?