Autor Tópico: Concursos fotográficos e o mercado da fotografia de casamento  (Lida 691 vezes)

The Punisher

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 71
  • Sexo: Masculino
Online: 12 de Fevereiro de 2015, 13:29:17
Analisando o que vejo e vivencio no mercado fotográfico, os concursos do tipo Fearless  tem sido uma ótima maneira dos fotógrafos de casamento se promoverem, valorizando seu nome / marca, tenho colegas obcecados por isso, como se fossem ganhar na loteria, também já vi outros criando um grande nome no mercado com seu trabalho, a rotina acaba sendo:

Boas fotos – prêmios –  WS - $$$

Pelo lado negativo vi que tem muito peixe grande engolindo os pequenos, já participei de WS com grandes nomes que só ressaltaram coisas óbvias, tudo aquilo que já sabia falado de um modo diferente, mais motivacional do que técnico,  final das contas o cara sai com 2 macetes novos só e uma motivação de 3 dias e o “mestre” com  20 mil a mais na conta.

Pior de tudo é ver alguns colegas deslumbrados, chegando quase ao plágio, colocando os fotógrafos em um pedestal, não vão lá para ter um ponto de vista diferente, ampliar a visão, vão nos WS para saber como serem iguais ao ídolo, o showman e também qual a abertura foi usada nas fotos rss e assim o mercado vai se robotizando, criando fotógrafos em série, genéricos, e esses muitas vezes seguem o mesmo caminho, ciclo vicioso.

Vejo fotos lindas em concursos já outras de gosto duvidoso, criatividade beirando ao ridículo e algumas sem o básico de qualidade de imagem, pior ainda são as tentativas que se vê em alguns grupos do Facebook, assim como muitos trabalhos excelentes e originais  de nomes desconhecidos.

Eu comecei na fotografia em 2004, sou auto-didata mas nos últimos anos adquiri livros, dvds, fiz Workshops e acabei ficando frustrado com estas experiencias, com a sensação que paguei  mais do que valia, não que eu seja um mestre, Expert e tal, muito pelo contrário, sei que tenho muito o que aprender e corro atrás, assim achei o fórum MF  :clap:, busco sempre a criatividade mas sabendo que o que o cliente escolhe para o álbum e te faz ser recomendado são fotos padrão com convidados, estilo porta retrato, decoração, sem muito apelo artístico e etc.

Mas a questão é a seguinte, o que vocês acham dessas associações? Desses concursos? Desse sistema que se formou dentro do mercado da fotografia de casamento? Abraço.


Lizandro Júnior

  • Trade Count: (18)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.497
  • Sexo: Masculino
  • "Com Deus, todas as coisas são possíveis."
    • Lizandro Júnior Fotografias
Resposta #1 Online: 12 de Fevereiro de 2015, 17:40:08
Tenho uma opinião parecida com a sua. Também percebi que os concurso tipo Fearless criam figuras que buscam incessantemente fotos que ganhem concurso. E vão seguindo assim até começar a ministrar WS e pronto.

Admiro demais os mestres da fotografia que fazem fotos impressionantes. E também fico perplexo ao ver determinadas fotos sendo idolatradas. Algumas eu aceito, outras, não entendo.

Eu mesmo já passei por isso. Uma foto que considerava linda não teve boa aceitação em um grupo. Já uma foto que eu considerei ruim estava recebendo diversos comentários e muitas curtidas. Não dá pra entender.

Mas sigo em frente, baseando meus conhecimentos em alguns profissionais e mantendo meu estilo próprio.

E assim eu vou, aprendendo muito aqui no fórum e aperfeiçoando minhas técnicas sempre.
Nikon D750 | Nikon D700 | Flash SB900| Nikkor 24mm f/1.8G ED | Sigma 85mm f/1.4 EX DG HSM | Tokina AT-X 16-28mm f/2.8 Pro FX |  Yongnuo 622N | Yongnuo TX

www.lizandrojunior.com  | "Com Deus, todas as coisas são possíveis."


agalons

  • Trade Count: (10)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.868
Resposta #2 Online: 12 de Fevereiro de 2015, 18:55:12
Tenho uma opinião parecida com a sua. Também percebi que os concurso tipo Fearless criam figuras que buscam incessantemente fotos que ganhem concurso. E vão seguindo assim até começar a ministrar WS e pronto.

Admiro demais os mestres da fotografia que fazem fotos impressionantes. E também fico perplexo ao ver determinadas fotos sendo idolatradas. Algumas eu aceito, outras, não entendo.

Eu mesmo já passei por isso. Uma foto que considerava linda não teve boa aceitação em um grupo. Já uma foto que eu considerei ruim estava recebendo diversos comentários e muitas curtidas. Não dá pra entender.

Mas sigo em frente, baseando meus conhecimentos em alguns profissionais e mantendo meu estilo próprio.

E assim eu vou, aprendendo muito aqui no fórum e aperfeiçoando minhas técnicas sempre.

Eu sou profissional do ramo faz 20 anos, ja fiz varios casamentos,muitos mesmo.
Acompanho o desenvolvimento da atividade desde antes que a internet fosse popular.
sempre me fiz uma pergunta , em que album vao essas fotos dos concursos???????.
Algumas otimas (poucas),outras "vai entender".
Porque foto de casoreo e para por no album/livro.
tal vez seja uma variavel de mercado asociada com certo tipo de pedagogia (WS),
que vira o negocio do ensino,Sres com mercado restrito, partem para as palestras cursos, etc.
tal vez seja isso.
abs.
« Última modificação: 12 de Fevereiro de 2015, 18:56:38 por agalons »


The Punisher

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 71
  • Sexo: Masculino
Resposta #3 Online: 12 de Fevereiro de 2015, 20:18:37
Eu sou profissional do ramo faz 20 anos, ja fiz varios casamentos,muitos mesmo.
Acompanho o desenvolvimento da atividade desde antes que a internet fosse popular.
sempre me fiz uma pergunta , em que album vao essas fotos dos concursos???????.
Algumas otimas (poucas),outras "vai entender".
Porque foto de casoreo e para por no album/livro.
tal vez seja uma variavel de mercado asociada com certo tipo de pedagogia (WS),
que vira o negocio do ensino,Sres com mercado restrito, partem para as palestras cursos, etc.
tal vez seja isso.
abs.

Isso é que me refiro, a maioria fotografa só para concursos ou para outros fotógrafos, o cliente parece ser secundário, só uma oportunidade de conseguir mais um selinho em foto. Sinceramente, pra mim o maior prêmio é ver o sorriso ou uma lagrima do cliente ao ver o trabalho e sei que isso me trará mais clientes do que qualquer competição.


agalons

  • Trade Count: (10)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.868
Resposta #4 Online: 12 de Fevereiro de 2015, 22:00:25
Isso é que me refiro, a maioria fotografa só para concursos ou para outros fotógrafos, o cliente parece ser secundário, só uma oportunidade de conseguir mais um selinho em foto. Sinceramente, pra mim o maior prêmio é ver o sorriso ou uma lagrima do cliente ao ver o trabalho e sei que isso me trará mais clientes do que qualquer competição.
entao deve ser um submercado do casamento
o primeiro e original-finalidade -o cliente
o segundo, concursos-premios- certo status para os fotografos,
que nao vivem do casamento.
Conheço excelentes profissionais,com um vasto leque de clientes,otimas produtoras
que jamais participaram de concurso nenhum, eu inclusive.
abs.


Luciano.Queiroz

  • Trade Count: (30)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.397
  • Sexo: Masculino
    • Luciano Queiroz
Resposta #5 Online: 13 de Fevereiro de 2015, 07:42:46
Já tinhe percebido exatamente a mesma coisa. ..
Luciano Queiroz
www.lucianoqueiroz.com
Facebook: @caminhotracado - https://goo.gl/pNRgQX
Instagram: @caminhotrtacado - https://goo.gl/Gou1E2
Youtube: www.youtube.com/c/caminhotracado


agalons

  • Trade Count: (10)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.868
Resposta #6 Online: 13 de Fevereiro de 2015, 10:46:53
Já tinhe percebido exatamente a mesma coisa. ..
provavelmente, surgiu essa ideia  de se pendurar no mercado de casamentos,
para ganhar $$$ de alguma forma.
Acho que e valido, nao muda em nada o funcionamento do mercado original.
Nunca participei de concurso algum,mesmo com centenas e centenas de centenas de casamentos realizados,
sem jamais ter uma reclamaçao de um cliente, esse e meu melhor portfolio profissional, modestamente.
abs.


spiderman

  • Trade Count: (4)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.410
Resposta #7 Online: 13 de Fevereiro de 2015, 11:16:41
Isso não é exclusivo do mercado fotográfico. Faz parte do sistema. Como estamos inseridos dentro do mercado fotográfico, nos atentamos mais a ele e, assim, fica parecendo que não existe em outros lugares. É só olhar a sua volta e perceber uma legião de "robôs" traçando o mesmo caminho até chegar ao suce$$o. Fica até parecendo que não existem outros caminhos, outras possibilidades. Eu não acredito nisso. Acho que existem sim outras escolhas e possibilidades, onde o $$ não determina o rumo de nossas ações. Talvez seja um caminho mais dificil, mais pessoal, mas é um caminho possível. A fotografia se tornou apenas um subproduto do marketing. Ela é secundária. Ela tem que se adequar a uma marca, a um conceito mercadológico. Veja bem, não estou fazendo juízo de valor algum. Trata-se da escolha de cada um. Apenas admito que gostaria de perceber um mercado mais diverso.
Campanha de crowdfunding pra lançamento do livro - Retratos pra Yayá

Acesse e apoie: www.catarse.me/retratosprayaya


Luciano.Queiroz

  • Trade Count: (30)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.397
  • Sexo: Masculino
    • Luciano Queiroz
Resposta #8 Online: 13 de Fevereiro de 2015, 12:11:01
Isso não é exclusivo do mercado fotográfico. Faz parte do sistema. Como estamos inseridos dentro do mercado fotográfico, nos atentamos mais a ele e, assim, fica parecendo que não existe em outros lugares. É só olhar a sua volta e perceber uma legião de "robôs" traçando o mesmo caminho até chegar ao suce$$o. Fica até parecendo que não existem outros caminhos, outras possibilidades. Eu não acredito nisso. Acho que existem sim outras escolhas e possibilidades, onde o $$ não determina o rumo de nossas ações. Talvez seja um caminho mais dificil, mais pessoal, mas é um caminho possível. A fotografia se tornou apenas um subproduto do marketing. Ela é secundária. Ela tem que se adequar a uma marca, a um conceito mercadológico. Veja bem, não estou fazendo juízo de valor algum. Trata-se da escolha de cada um. Apenas admito que gostaria de perceber um mercado mais diverso.


valeu Spider.... isso foi de grande valia pra um projeto de fotografia que estou pleiteando verba pra realizar, com o "fazedores" de viola pelo Brasil afora... Que vai tratar mais ou menos disso, dessa robotização do modo de fazer, onde muitas técnicas individuais vão se perdendo com o passar do tempo.

Uma prova que aqui no forum realmente parece que isso é só na fotografia, mas é generalizado..
« Última modificação: 13 de Fevereiro de 2015, 12:13:31 por Luciano.Queiroz »
Luciano Queiroz
www.lucianoqueiroz.com
Facebook: @caminhotracado - https://goo.gl/pNRgQX
Instagram: @caminhotrtacado - https://goo.gl/Gou1E2
Youtube: www.youtube.com/c/caminhotracado


agalons

  • Trade Count: (10)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.868
Resposta #9 Online: 13 de Fevereiro de 2015, 15:28:15
valeu Spider.... isso foi de grande valia pra um projeto de fotografia que estou pleiteando verba pra realizar, com o "fazedores" de viola pelo Brasil afora... Que vai tratar mais ou menos disso, dessa robotização do modo de fazer, onde muitas técnicas individuais vão se perdendo com o passar do tempo.

Uma prova que aqui no forum realmente parece que isso é só na fotografia, mas é generalizado..
Claro que e Globalizado,
mas como aqui falamos de fotografia,
so contamos historinhas de fotografia, :hysterical: :hysterical:


Luciano.Queiroz

  • Trade Count: (30)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.397
  • Sexo: Masculino
    • Luciano Queiroz
Resposta #10 Online: 13 de Fevereiro de 2015, 16:09:19
Claro que e Globalizado,
mas como aqui falamos de fotografia,
so contamos historinhas de fotografia, :hysterical: :hysterical:

heheheh...

É igual a historinha que o mercado tá prostituído, que tem gente sem experiência cobrando barato demais, etc, etc, etc...  me fala onde que não existe isso???
Luciano Queiroz
www.lucianoqueiroz.com
Facebook: @caminhotracado - https://goo.gl/pNRgQX
Instagram: @caminhotrtacado - https://goo.gl/Gou1E2
Youtube: www.youtube.com/c/caminhotracado


agalons

  • Trade Count: (10)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.868
Resposta #11 Online: 13 de Fevereiro de 2015, 18:44:45
heheheh...

É igual a historinha que o mercado tá prostituído, que tem gente sem experiência cobrando barato demais, etc, etc, etc...  me fala onde que não existe isso???
so nos resta ser prostitutos caros, :hysterical: :hysterical: :hysterical:


Claudio Rombauer

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.945
  • Sexo: Masculino
Resposta #12 Online: 13 de Fevereiro de 2015, 19:34:42
O mercado é quase informal. Muita gente trabalha sem emitir nota, usando softwares piratas, funcionários sem registro, por isso conseguem praticar um preço ridículo e a concorrência é injusta com os outros que trabalham corretamente.

Sobre os cursos, não é só na área de casamentos não, durante uns 3 anos fiz 6 cursos em São Paulo, com gente renomada, só enganacao, apenas um valeu a pena.


Marcelo Rezende

  • Trade Count: (16)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.373
  • Sexo: Masculino
    • Marcelo Rezende Fotografia
Resposta #13 Online: 13 de Fevereiro de 2015, 19:56:21
Sobre concursos acho um modo do fotografo conseguir destaque, convenhamos que quase todos que trabalham bucam ou gostariam de alguma forma, obter destaque no segmento que atua. Esse destaque provavelmente se transforma em renda, seja por clientes que buscam status quando compram um serviço, seja por fotógrafos que querem seguir o mesmo caminho e compram o WS dos caras.
Ai é que devemos ficar atentos, principalmente quem é novo no mercado, como eu.  Hoje há uma febre WS, uma busca imensa pelo conhecimento, há WS de todos os segmentos da fotografia...é o que já disseram....vc paga MILAO por duas ou três dicas e um show de auto ajuda e motivação rsrs.

Tem um fotografo famosinho ai que mostra a casa que ele cresceu, simples sem acabamento, num morro pobrinha...e diz: Eu vim de lá! Se cheguei aqui, vc tb pode ! Hj eu tenho um carro que muitos querem ter, vcs tb podem! (o cara tem um carro de R$ 40K com e anos de uso) Hahahaha ridículo!!!! Auto ajuda para fotógrafos!!!

Abraço,
M Rezende



« Última modificação: 13 de Fevereiro de 2015, 19:58:30 por Rezende_SP »


Renato Cavalcante

  • Trade Count: (5)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 586
  • Sexo: Masculino
    • Website
Resposta #14 Online: 13 de Fevereiro de 2015, 20:25:46
Ai é que devemos ficar atentos, principalmente quem é novo no mercado, como eu.  Hoje há uma febre WS, uma busca imensa pelo conhecimento, há WS de todos os segmentos da fotografia...é o que já disseram....vc paga MILAO por duas ou três dicas e um show de auto ajuda e motivação rsrs.

Tem um fotografo famosinho ai que mostra a casa que ele cresceu, simples sem acabamento, num morro pobrinha...e diz: Eu vim de lá! Se cheguei aqui, vc tb pode ! Hj eu tenho um carro que muitos querem ter, vcs tb podem! (o cara tem um carro de R$ 40K com e anos de uso) Hahahaha ridículo!!!! Auto ajuda para fotógrafos!!!

Abraço,
M Rezende

Sim, WS virou febre e é isso mesmo, poucos valem a pena.
Fiz poucos cursos na vida, alguns que não me acrescentaram nada, mas tive a sorte de fazer um que realmente mudou minha maneira de fotografar. Melhorei muito depois dele, mesmo sendo 70% no estilo auto-ajuda kkkkkkk. Foi na sorte, fui sem referência alguma, foi bem barato, e valeu cada centavo.
Penso também que poucos valem a pena porque o cara tem que falar o que você precisa saber. Cada um está num momento diferente na fotografia. Cada um sabe algumas coisas e desconhece outras. Você tem que dar a "sorte" do cara te mostrar algo que você ainda não sabe.

Ah, eu sei quem é o carinha da casa no meio do nada e do carro que muitos gostariam de ter kkkkkkkkk Já vi ele contando a historinha.
Canon 5DMk3 + 6D | 28mm f/2.8 | 35mm f/1.4 | 50mm f/1.4 | 85mm f/1.8 | 100mm f/2 USM | 24-105 f/4L
Site: www.renatocavalcante.com
Face: www.facebook.com/renatocavalcantefotografia
Instagram: www.instagram.com/renatocavalcantefoto
Flickr: www.flickr.com/renatocavalcante