Autor Tópico: Equipamentos com defeito - o que fazer?  (Lida 591 vezes)

gimimimi

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 2
Online: 16 de Fevereiro de 2015, 17:34:59
Olá à todos!

Sou uma entusiasta por fotografia das mais azaradas. Minha primeira tentativa de ter uma DSLR foi frustrada por um golpe duma loja do ML (os caras tinham boas qualificações, loja física no Rio, atendiam telefone e o escambau, até sumirem do dia pra noite, levando a grana de muita gente) - na época, havia escolhido uma T3i. Minha segunda tentativa, um bom tempo depois, foi uma T4i comprada na Paulista com a 50tinha, com a qual fui feliz por quase dois anos, até o momento em que, também do dia pra noite, ela não ligou mais. Mandei pra Portssar, tentaram o reparo do circuito, sem sucesso, e a Namba me informou por e-mail que a substituição da placa mãe ficaria em R$1200, o que me levou a começar a pesquisar um novo corpo - vou me apertar e pegar uma 60D com o Nelson, porque tô meio decepcionada com o meu histórico com Rebels, mesmo sabendo que foi puro azar. Enfim, devo levá-la pra benzer? HAHAHA

A verdadeira pergunta do tópico é mais simples: o que fazer com um corpo de T4i com cerca de 18mil cliques cuja placa-mãe morreu? Não é muito difícil de substituir o circuito, que custa uns $130+frete no ebay, mas até a placa chegar+possíveis taxas+chance de extravios devido ao meu histórico azarado (e também não dá mais pra ficar sem câmera - ela se suicidou no começo de dezembro)... Existe alguma loja/pessoa que compra equipamentos nessas condições, pra que eu me endivide menos pelo novo equipamento? ;/


Ricardo Ghion

  • Trade Count: (28)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.919
  • Sexo: Masculino
Resposta #1 Online: 16 de Fevereiro de 2015, 18:11:49
O problema não é tão simples assim.

A Placa mãe da T4i é facil comprar mas instalar vc precisa de um software que so as Autorizadas tem.

Vende quebrada não vale muita coisa, Uns R$ 300,00 acho que vc consegue.
Ricardo Ghion


jauvane

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (4)
  • Membro Ativo
  • *****
  • Mensagens: 1.968
  • Sexo: Masculino
Resposta #2 Online: 16 de Fevereiro de 2015, 21:34:17
Certa vez eu adquiri uma filmadora Sony por pouco mais de CDN$1000 (1998 mais ou menos). Em uma visita às Cataratas do Niágara, levei uma chuveirada quando chegamos perto das cataratas (em um barco). Imediatamente guardei a cãmera embaixo da capa de chuva que eles nos dão. Pois bem, depois de tudo ter se acalmado eu virei a cãmera para ver o quato ela havia se molhado e para enxugá-la. Eis que uma gotinha que estava na lente escorreu cãmera adentro, matando a cãmera... Levei-a na assistência técnica da Sony e o relatório era que tinha queimado uma placa e que o conserto era quase o preço de um modelo mais novo que eu estava de olho... Anunciei a cãmera do modo que estava (em uma lista de discussão da área), incluindo o relatório da assistência Sony, e indicando que caso alguém tivesse cãmera similar com problema em qualquer componente que não fosse aquela placa, que a câmera seria provavelmente mais barata que o componente em si (cabeças de gravação, lentes, etc.). Pois bem, um canadense que tinha como hobby mexer em eletrônicos comprou a câmera de mim por CDN$500 (se lembro bem), que completei com mais CDN$250 e comprei um modelo mais recente no eBay por US$500 (US$500 equivalia a cerca de CDN$750 à época). Até hoje, cerca de 16 anos depois, ainda tenho aquela câmera de vídeo Hi8 em algum lugar por aqui...

Eu obviamente fiquei satisfeito com a venda, pois por CDN$250 fiz um bom upgrade de câmera (bem menos que o conserto custaria) e quem comprou a câmera de mim também estava feliz, pois tinha novo brinquedo para mexer. Não sei no final se ele conseguiu usar parte dela, mas provavelmente ele já procurava algum componente específico dela. É questão de encontrar o comprador certo. Quem conserta câmeras pode ter interesse em adquirir tua câmera para extrair outros componentes igualmente caros...

Bom, conto esta história só para que saibas que sempre existe alguém que pode ter interesse no que desejas descartar (e também para não ir á Niagara Falls sem uma cãmera que seja a prova D'água. No barco é como se estivesses em uma chuva torrencial quando chegas perto das cataratas...).
JVc.


Silvio Takahata

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.129
Resposta #3 Online: 16 de Fevereiro de 2015, 21:44:47
alguem postou em algum topico daqui,um japones(acho)que conserta eletronicos,nw eh careiro..da uma pesquisada,vai q arruma sem enfiar a faca como nas autorizadas?
5D MK3
Canon 24-70 2.8L II
Canon 600ex-rt
YN568ex II


Silvio Takahata

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.129
Resposta #4 Online: 16 de Fevereiro de 2015, 21:51:26
eh esse japones kkkk
 


REPAIR PENTAX - SIGMA
Sr. Sérgio (Kazio)
Rua Sete de Abril, 261, 9º andar, sala 909
São Paulo, SP
Fone (11) 3159-8850
repairpentax@uol.com.br

Esse é o cara em Sigma. Honesto.


opaa,eu nw lembrava que o japones mexia apenas com sigma...desconsiderem tudo q escrevi rsrsrs
« Última modificação: 16 de Fevereiro de 2015, 21:55:19 por Silvio Takahata »
5D MK3
Canon 24-70 2.8L II
Canon 600ex-rt
YN568ex II


gimimimi

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 2
Resposta #5 Online: 17 de Fevereiro de 2015, 01:11:48
O problema não é tão simples assim.

A Placa mãe da T4i é facil comprar mas instalar vc precisa de um software que so as Autorizadas tem.

Vende quebrada não vale muita coisa, Uns R$ 300,00 acho que vc consegue.
Ricardo, foi você que recentemente teve um problema semelhante com uma SL1 e comprou a placa pelo ebay para substituir, não? Que fim teve tua história, esperou a placa chegar e levou numa autorizada? Se a minha realmente valer só R$300, arrisco pedir a placa e substituir, e se não conseguir, vendo e recupero o valor da tentativa, que pelo anúncio e por uns tutoriais, parece ser possível de substituí-la você mesmo.

Certa vez eu adquiri uma filmadora Sony por pouco mais de CDN$1000 (1998 mais ou menos). Em uma visita às Cataratas do Niágara, levei uma chuveirada quando chegamos perto das cataratas (em um barco). Imediatamente guardei a cãmera embaixo da capa de chuva que eles nos dão. Pois bem, depois de tudo ter se acalmado eu virei a cãmera para ver o quato ela havia se molhado e para enxugá-la. Eis que uma gotinha que estava na lente escorreu cãmera adentro, matando a cãmera... Levei-a na assistência técnica da Sony e o relatório era que tinha queimado uma placa e que o conserto era quase o preço de um modelo mais novo que eu estava de olho... Anunciei a cãmera do modo que estava (em uma lista de discussão da área), incluindo o relatório da assistência Sony, e indicando que caso alguém tivesse cãmera similar com problema em qualquer componente que não fosse aquela placa, que a câmera seria provavelmente mais barata que o componente em si (cabeças de gravação, lentes, etc.). Pois bem, um canadense que tinha como hobby mexer em eletrônicos comprou a câmera de mim por CDN$500 (se lembro bem), que completei com mais CDN$250 e comprei um modelo mais recente no eBay por US$500 (US$500 equivalia a cerca de CDN$750 à época). Até hoje, cerca de 16 anos depois, ainda tenho aquela câmera de vídeo Hi8 em algum lugar por aqui...

Eu obviamente fiquei satisfeito com a venda, pois por CDN$250 fiz um bom upgrade de câmera (bem menos que o conserto custaria) e quem comprou a câmera de mim também estava feliz, pois tinha novo brinquedo para mexer. Não sei no final se ele conseguiu usar parte dela, mas provavelmente ele já procurava algum componente específico dela. É questão de encontrar o comprador certo. Quem conserta câmeras pode ter interesse em adquirir tua câmera para extrair outros componentes igualmente caros...

Bom, conto esta história só para que saibas que sempre existe alguém que pode ter interesse no que desejas descartar (e também para não ir á Niagara Falls sem uma cãmera que seja a prova D'água. No barco é como se estivesses em uma chuva torrencial quando chegas perto das cataratas...).

Jauvane, foi exatamente isso que concluí - sobre encontrar o comprador certo, embora também endosse o coro de 'não visitar cataratas com eletrônicos sensíveis à água', que recentemente tomei um banho nas cataratas do Iguaçu hahaha... O que me chateia na minha história é que não houve aparente causa para o mau funcionamento da T4i - nesses dois anos, conto nos dedos das mãos as vezes em que a câmera saiu pra passear, já que a grande maioria das minhas fotos são internas, e minha cidade passa longe de ser úmida. Mas obrigada pela tua história - é bom sabermos que não somos os únicos azarados com eletrônicos da face da terra, né... E olha, tô numa fase em que tudo pifou - watercooler do pc, câmera, um hd externo novinho que não funcionou, até meus pendrives se revoltaram! ;/

eh esse japones kkkk
 


REPAIR PENTAX - SIGMA
Sr. Sérgio (Kazio)
Rua Sete de Abril, 261, 9º andar, sala 909
São Paulo, SP
Fone (11) 3159-8850
repairpentax@uol.com.br

Esse é o cara em Sigma. Honesto.


opaa,eu nw lembrava que o japones mexia apenas com sigma...desconsiderem tudo q escrevi rsrsrs

Silvio, também já tinha visto essa assistência citada por aqui... Mesmo esta tendo sido minha primeira postagem, ando revirando o fórum... Pena mesmo que ele só trabalha com Sigma ;/ A Portssar, primeira assistência na qual tentei mandar, não é autorizada, mas me foi recomendada por um amigo fotógrafo da minha cidade que usa Canon, e também encontrei boas referências dela por aqui. Acho que o circuito não tem conserto mesmo ;/


Ricardo Ghion

  • Trade Count: (28)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.919
  • Sexo: Masculino
Resposta #6 Online: 17 de Fevereiro de 2015, 09:54:04
Então Gimini, estou com a placa aqui, pq no final troquei essa SL1 por alguns cartões de memoria.

Levei no Sergio da Repair, mas nao vale a pena pq precisa além da placa um software que so a autorizada tem, ou seja... a maquina agora não vale muita coisa, e comprar a placa mae so vai gastar dim dim e seu tempo.

Abraços,
Ricardo Ghion