Autor Tópico: Fur: An imaginary portrait of Diane Arbus  (Lida 610 vezes)

talesp

  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.659
  • Sexo: Masculino
    • http://www.talesp.inf.br
Online: 19 de Outubro de 2006, 12:20:35
Fur: An imaginary portrait of Diane Arbus

Pessoal, acabeu de ler num jornalzinho distribuido gratuitamente no metro de SP que a Nicole Kidman estreia em Roam, amanha, o filme acima, que é uma "biografia ficticia" da fotografa Diane Arbus.

A fotografa se suicidou em 71, cortando os pulsos e tomando uma dose alta de antidepressivos. Quem não conhece o trabalho dela deveria pesquisar um pouco, ela fez um trabalho chocante e muito bom.

Não lembro de ter visto nenhum filme sobre algum fotografo famoso. Vamos ver no que dá.
Tales Pinheiro de Andrade
São Bernardo do Campo/SP/Brasil
I think computer viruses should count as life. I think it says something about human nature that the only form of life we have created so far is purely destructive. We've created life in our own image.
Stephen Hawking


eliverto

  • Trade Count: (1)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 316
  • Sexo: Masculino
    • FLICKR
Resposta #1 Online: 19 de Outubro de 2006, 12:49:28
Interessante. Só não consigo imaginar N Kidman como a Diane Arbus, mas sabe lá... existe outro filme baseado nas andanças do Artur Felig (aka Weegee), "The Public Eye" com o Joe Pesci, excelente. No Brasil "A testemunha ocular".

WEEGEE
Eliverto Scherer<br /><br />


fabio_yamauti

  • Trade Count: (17)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.576
  • Sexo: Masculino
  • Santo André - SP
Resposta #2 Online: 19 de Outubro de 2006, 13:02:20
"Nascida nos Estados Unidos, Diane trabalhou como fotógrafa de moda, mas se fez notar por
sua fotografia de pessoas estranhas. Sujeitos sempre à margem da normalidade, absolutamente distantes
do mundo idealizado pelos elementos da moda. Personagens carregados de traumas vividos por sua
própria condição social. Arbus é uma prova concreta de que a técnica fotográfica não funciona apenas
como o rastro luminoso de um referente, mas, como algo muito sutil no território das emoções.
Um índice da atitude de quem utiliza a fotografia para obter mais que uma imagem memorial."

Fonte: http://www.studium.iar.unicamp.br/13/4.htm...dium=index.html

Fiquei curioso para assistir o filme.
Fotografia Karatê Ecoturismo Geocaching