Autor Tópico: Uma Foto pode não ficar mais clara que outra com menor exposição.  (Lida 2162 vezes)

Andrelfs

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 3
Consideremos uma mesma imagem clicada duas vezes:

          - na primeira vez com velocidade 1/1600.
          - na segunda vez com velocidade 1/1300.
          - sem nenhuma alteração de contexto e luminosidade nos dois casos.
          - mantendo-se todos os demais atributos nos dois casos.

A fotografia resultante NÃO será SEMPRE mais clara no primeiro caso e mais escura no segundo.

Qual a sua opinião ?
« Última modificação: 27 de Abril de 2015, 19:00:04 por Andrelfs »


Alexandre Ranieri

  • Trade Count: (4)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.097
  • Sexo: Masculino
  • Sempre aprendendo
    • Flickr
Resposta #1 Online: 27 de Abril de 2015, 19:59:58
Ao contrário, a foto em velocidade maior, SEMPRE mais escura, mantidos TODOS os parãmetros, ISO, abertura e contexto da foto.

Sua dúvida surgiu de um exemplo prático?  :ponder:

- Cara, que foto bacana, que equipamento vc usa?
- Um dedo, olhos e um cérebro.
______________________________________________________________
Olympus M4/3


Andrelfs

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 3
Resposta #2 Online: 27 de Abril de 2015, 21:39:12
Alexandre Ranieri, errei na formulação da questão. Peço sua opinião sobre a questão correta e meu objetivo com este post, abaixo descritos.

Consideremos uma mesma imagem clicada duas vezes:

          - na primeira vez com velocidade 1/1300.
          - na segunda vez com velocidade 1/1600.
          - sem nenhuma alteração de contexto e luminosidade nos dois casos.
          - mantendo-se todos os demais atributos nos dois casos.

A fotografia resultante NÃO será SEMPRE mais clara no primeiro caso e mais escura no segundo.

Perfeito Alexandre, o que você descreveu é o conceito de captura da imagem desde a época em que a foto era vista somente em uma mídia, o papel fotográfico. Neste post eu coloco em discussão, o efeito de visualização de imagens após capturadas, nas diferentes mídias atuais, que proporcionam diferentes luminosidades. A mesma imagem capturada a 1/1600 pode ter a mesma perspectiva de visualização que uma a 1/1300, se visualizada em um notebook com maior luminosidade que o papel onde foi impressa a segunda.

Qual a sua opinião ?


felipemendes

  • Benfeitor
  • Trade Count: (7)
  • Colaborador(a)
  • ***
  • Mensagens: 2.695
  • Sexo: Masculino
  • Fotógrafo, não. Fotografador.
    • Meu Flickr
Resposta #3 Online: 27 de Abril de 2015, 22:06:58
Consideremos uma mesma imagem clicada duas vezes:
(...)
          - mantendo-se todos os demais atributos nos dois casos.
(...)
 A mesma imagem capturada a 1/1600 pode ter a mesma perspectiva de visualização que uma a 1/1300, se visualizada em um notebook com maior luminosidade que o papel onde foi impressa a segunda.

Não sei se entendi bem onde o amigo quer chegar, mas vamos lá. Quando se diz "mantendo todos os atributos" a rigor, o meio de exibição também conta. Hipoteticamente se vc imprimir as duas fotos no mesmo papel pela mesma impressora usando o mesmo cartucho e uma imediatamente seguida da outra, se vc visualizar ambas fotos na mesma luz, uma vai ficar mais clara que a outra. Porém se vc visualizar uma foto em ambiente escuro e outra em ambiente claro, as situações podem se inverter. Posso parecer irônico mas, se entendi a questão, é isso que vc está perguntando? Caso positivo, lembre também que o monitor deve ser calibrado corretamente, justamente pra evitar que o que deve ser escuro fique claro ou vice-versa. Se vc olhar uma foto escura com o brilho do monitor "no talo", ela vai parecer muito mais clara do que deveria ser.
« Última modificação: 27 de Abril de 2015, 22:07:26 por felipemendes »
Felipe


Andrelfs

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 3
Resposta #4 Online: 27 de Abril de 2015, 23:22:09
Felipe , obrigado !

Você abordou exatamente o ponto: Ao fotografar é preciso pensar no objetivo da foto para definir os parâmetros corretos.


Lucas M. Dias

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.198
  • Sexo: Masculino
Resposta #5 Online: 27 de Abril de 2015, 23:33:24
Essa duvida é meio sem pé nem cabeça... É o mesmo que pegar uma foto em papel e olhar ela no escuro e comparar com ela vista no Sol...


Alexandre Ranieri

  • Trade Count: (4)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.097
  • Sexo: Masculino
  • Sempre aprendendo
    • Flickr
Resposta #6 Online: 27 de Abril de 2015, 23:52:51
Essa duvida é meio sem pé nem cabeça... É o mesmo que pegar uma foto em papel e olhar ela no escuro e comparar com ela vista no Sol...

2x  :ok:

E nesse caso, o contexto da exibição da foto muda, então claro que mudará a nossa visualização da foto. E a diferença entre 1/1600 e 1/1300 será muito pequena que dependendo do ambiente, pode mudar.

- Cara, que foto bacana, que equipamento vc usa?
- Um dedo, olhos e um cérebro.
______________________________________________________________
Olympus M4/3


spositom

  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.420
Resposta #7 Online: 28 de Abril de 2015, 01:18:13
Isto é físico amigão, não tem lógica alguma a sua conclusão

Quando fizer um experimento, ainda mais perceptivo, opte por um maior range de valores e comece pelos extremos para comprovar sua teoria (seja qual for), vai gerar uma tendencia e da pra perceber os pontos fora de curva.

Abs



agalons

  • Trade Count: (10)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.868
Resposta #8 Online: 28 de Abril de 2015, 07:57:37
2x  :ok:

E nesse caso, o contexto da exibição da foto muda, então claro que mudará a nossa visualização da foto. E a diferença entre 1/1600 e 1/1300 será muito pequena que dependendo do ambiente, pode mudar.
:hysterical: :clap:
« Última modificação: 28 de Abril de 2015, 08:02:22 por agalons »


agalons

  • Trade Count: (10)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.868
Resposta #9 Online: 28 de Abril de 2015, 08:00:33
Felipe , obrigado !

Você abordou exatamente o ponto: Ao fotografar é preciso pensar no objetivo da foto para definir os parâmetros corretos.
sabemos que todos os monitores sao diferentes, sem ajustes tudo sera visto diferente, mesmo com a mesma exp.
o que vc ve no monitor da maquina nao e o que vera no note tft, ou no monitor ips,obviamente.


agalons

  • Trade Count: (10)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.868
Resposta #10 Online: 28 de Abril de 2015, 08:00:53
Essa duvida é meio sem pé nem cabeça... É o mesmo que pegar uma foto em papel e olhar ela no escuro e comparar com ela vista no Sol...
:ok: :clap: :clap:


felipemendes

  • Benfeitor
  • Trade Count: (7)
  • Colaborador(a)
  • ***
  • Mensagens: 2.695
  • Sexo: Masculino
  • Fotógrafo, não. Fotografador.
    • Meu Flickr
Resposta #11 Online: 28 de Abril de 2015, 08:23:42
Felipe , obrigado !

Você abordou exatamente o ponto: Ao fotografar é preciso pensar no objetivo da foto para definir os parâmetros corretos.

Como já disseram, esta dúvida foi meio sem razão de ser. O exemplo mais comum já dado por mim e por outros foi de ver a foto escura no claro e a clara no escuro.

Pense bem: a foto tem um único objetivo: ser vista.

Algumas vezes (intencionalmente ou não), deixamos parte dela sub-exposta (quando todos os canais de cor têm valor zero em uma região) ou estourada (quando um deles, ou todos, atingem o valor máximo e "cortam" a cor a partir daquele ponto). Nestes dois casos, haverá necessariamente perda de dados da captura. Supondo uma imagem corretamente iluminada e exposta, não haverá perda. Não havendo perda, tanto faz se a foto será vista no monitor, na TV ou em papel. Os dados estarão ali, e podem ser vistos de alguma maneira.

Agora suponhamos que você tenha um monitor "mais claro". Isso significa que uma foto corretamente exposta vai ser exibida cortando os detalhes mais luminosos. Culpa da foto? De maneira nenhuma. Da mesma maneira, se você tiver um monitor ajustado pra ficar mais escuro, os detalhes escuros da foto não serão vistos.

Em resumo, se vc tiver um bom monitor com uma calibração correta e uma imagem impressa com papel de boa qualidade em uma boa impressora configurada corretamente, você não veria diferença significativa entre a imagem do monitor e do papel. Então, não. Não é necessário pensar na mídia de exposição pra definir parâmetros da captura. É preciso calibrar a mídia.
Felipe


Roberto Dellano

  • Trade Count: (11)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.979
  • Sexo: Masculino
  • RTFM
    • Roberto Dellano Fotografia
Resposta #12 Online: 28 de Abril de 2015, 09:01:02
Também achei meio sem pé nem cabeça, 1/1300 para 1/1600 não chega a dar 1/3 se ponto de luz.


vangelismm

  • Trade Count: (7)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.545
  • Sexo: Masculino
    • MedinaFotografia
Resposta #13 Online: 28 de Abril de 2015, 09:22:35
Também achei meio sem pé nem cabeça, 1/1300 para 1/1600 não chega a dar 1/3 se ponto de luz.

O que achei pior foi querer analisar as fotos em monitores diferentes, um mais escuro e outro mais claro, e jogar a culpa da exposição na hora da foto.
"A perspectiva de uma imagem é controlada pela distância entre a lente e o assunto; mudando a distancia focal da lente muda o tamanho da imagem , mas não altera a perspectiva . Muitos fotógrafos ignoram este fato, ou não têm conhecimento de sua importância." -  Ansel Adams, Examples – The Making of 40 Photographs


agalons

  • Trade Count: (10)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.868
Resposta #14 Online: 28 de Abril de 2015, 09:36:52
O que achei pior foi querer analisar as fotos em monitores diferentes, um mais escuro e outro mais claro, e jogar a culpa da exposição na hora da foto.
tal vez a pessoa se confundiu com isso,
como ja aconteceu no inicio de digital com todos os que somos cria do filme.
Achavamos que todas "as telinhas" eram iguais!!, doce ilusao, :hysterical:
depois aprendimos a conhecer os diferentes tipos de telas, e sua calibraçao.
Vivendo e aprendendo,  :hysterical: :hysterical: :hysterical: