Autor Tópico: Qual o tamanho dos pixesl no sensor sem interpolação  (Lida 697 vezes)

Luiz de Gonzaga

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 6
Online: 17 de Maio de 2015, 21:28:34
Boa noite amigos!

Estou lendo um best seller, Curso Completo...de Michael Langford, traz fundamentos essenciais para se entender a arte fotográfica.
Estou muito satisfeito, porem surgiram algumas dúvidas com o aprofundamento da matéria.
Gostaria de esclarecer sobre a qualidade de imagem gerada pelos sensor CMOS, nas cameras APS e full frame, a minha é uma canon 6D.
Sendo que temos a possibilidade de alterar o tamanho do arquivo nas configurações da máquina, falando em RAW: (RAW) 5472x3648, (M-RAW) 4104x2736, (S-RAW) 2736x1824, como outros.
Quando redimensionamos o tamanho do arquivo nas configurações da máquina, alteramos a quantidade de pixels com o método de interpolação.

Como saber a quantidade real de pixels, no sensor full frame ou APS,  é o RAW, M-RAW OU S-RAW?

Seria o maior, o menor ou o tamanho mediano, que trás os pixels sem interpolação?


Duron Maniac

  • Trade Count: (11)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 356
Resposta #1 Online: 17 de Maio de 2015, 21:38:47
A quantidade real de pixels é a do tamanho RAW, os formatos M-RAW e S-RAW foram soluções da Canon pra quem não precisa da resolução total e acabava com um RAW enorme no HD.

T+


Raphael Sombrio

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.905
  • O RAW é um diamante...bruto
Resposta #2 Online: 18 de Maio de 2015, 09:48:24
Boa noite amigos!

Estou lendo um best seller, Curso Completo...de Michael Langford, traz fundamentos essenciais para se entender a arte fotográfica.
Estou muito satisfeito, porem surgiram algumas dúvidas com o aprofundamento da matéria.
Gostaria de esclarecer sobre a qualidade de imagem gerada pelos sensor CMOS, nas cameras APS e full frame, a minha é uma canon 6D.
Sendo que temos a possibilidade de alterar o tamanho do arquivo nas configurações da máquina, falando em RAW: (RAW) 5472x3648, (M-RAW) 4104x2736, (S-RAW) 2736x1824, como outros.
Quando redimensionamos o tamanho do arquivo nas configurações da máquina, alteramos a quantidade de pixels com o método de interpolação.

Como saber a quantidade real de pixels, no sensor full frame ou APS,  é o RAW, M-RAW OU S-RAW?

Seria o maior, o menor ou o tamanho mediano, que trás os pixels sem interpolação?

Conforme dito, se vc tem um sensor FF e usa o formato RAW vc estará usando a quantidade total dos pixels da cam. Qualquer redução ou corte ( no caso usando uma opção pras lentes APS-C ) aí tem interpolação.


AlexandreS

  • Trade Count: (2)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.251
Resposta #3 Online: 18 de Maio de 2015, 10:27:20
No caso dos mRAW e sRAW da Canon não é simples interpolação dos pixels.

Para quem tiver curiosidade

http://dougkerr.net/Pumpkin/articles/sRaw.pdf


Canon 60D - Canon 450D XSi
Tamron 17-50 f/2.8 VC - EF 50mm f/1.8 - EF 28-135 USM IS - EF-S 55-250 IS
SMC Takumar 50mm f/1.4 - S-M-C Takumar 135mm f/2.5 e mais alguns vidrinhos M42
Speedlite 430EX II - YongNuo YN460


Duron Maniac

  • Trade Count: (11)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 356
Resposta #4 Online: 18 de Maio de 2015, 15:45:22
Qualquer redução ou corte ( no caso usando uma opção pras lentes APS-C ) aí tem interpolação.

Na verdade se você utilizar o modo crop que existe nas Nikon, o que ele vai fazer é pegar apenas os pixels da área coberta por uma lente DX, não há interpolação envolvida, inclusive o tamanho total em MP diminui nesse modo.

T+


Raphael Sombrio

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.905
  • O RAW é um diamante...bruto
Resposta #5 Online: 18 de Maio de 2015, 16:16:50
Na verdade se você utilizar o modo crop que existe nas Nikon, o que ele vai fazer é pegar apenas os pixels da área coberta por uma lente DX, não há interpolação envolvida, inclusive o tamanho total em MP diminui nesse modo.

T+

Ok, não é interpolação ( errei o termo ), é um corte, e portanto uma área menor de pixels.

De qualquer forma vc terá perda. :ok:


Luiz de Gonzaga

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 6
Resposta #6 Online: 19 de Maio de 2015, 20:36:21
No caso dos mRAW e sRAW da Canon não é simples interpolação dos pixels.

Para quem tiver curiosidade

http://dougkerr.net/Pumpkin/articles/sRaw.pdf

Agora entendi. O formato mRAW e sRAW é um "truque" da canon para diminuir o tamanho *mb* do arquivo sem compactar ou eliminar informações.
O arquivo fica menor, em estado bruto. Porem a imagem fica cerca de 70% de resolução do tamanho real.
Sendo que o tamanho espacial real e nativo do sensor é o RAW.

Bom, e o JPEG: (L), (M), (S1), (S2), (S3). Sabemos que é uma extenção compactada, em 9 bit etc.
O fabricante segue o mesmo princípio do RAW? O tamanha (L) é o real e os demais vam diminuindo?

Afinal em fotografia, sempre é mais fácio, tirar que por!


jauvane

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (4)
  • Membro Ativo
  • *****
  • Mensagens: 1.987
  • Sexo: Masculino
Resposta #7 Online: 19 de Maio de 2015, 21:04:13
Nos sensorEs atuais Há interpolação sempre, pois cada pixel captura apenas uma componente de cor (vermelho, azul ou. Verde), de modo exclusivo. Os outros dois componentes de cor de cada pixel são interpolados dos pixels vizinhos que medem aquelapes outros componentes de cor. Ou seja, mesmo em RAW, 2/3 da informação é interpolada. Como nossa visão possui mais células sensoras de verde que vermelhas e vermelhas que azuis, os sensores costumam priorizar verde, sguido de vermelho e finalment azul. Sensores cameras antigas usavam um prisma que dividia o feixe de luz em 3 partes, onde cada uma sensibilizava um sensor 100% azul, 100% vermelho e 109% verde, mas os modelos comerciais usam o modelo de interpolação. Mais recentemente foram desenvolvidos outros sensores que utilizam modelo distinto de captura das cores, mas os padrão da indústria hoje é o modelo onde 2/3 de tudo é interpolado.

Procurem filtro bayer para mais informação: http://en.m.wikipedia.org/wiki/Bayer_filter

Ignorando esta i terpolação intríscica do modelo de captura de cor entretanto, sem interpolação extra seria a resolução RAW padrão da cãmera...
JVc.


Raphael Sombrio

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.905
  • O RAW é um diamante...bruto
Resposta #8 Online: 20 de Maio de 2015, 10:24:58
Nos sensorEs atuais Há interpolação sempre, pois cada pixel captura apenas uma componente de cor (vermelho, azul ou. Verde), de modo exclusivo. Os outros dois componentes de cor de cada pixel são interpolados dos pixels vizinhos que medem aquelapes outros componentes de cor. Ou seja, mesmo em RAW, 2/3 da informação é interpolada. Como nossa visão possui mais células sensoras de verde que vermelhas e vermelhas que azuis, os sensores costumam priorizar verde, sguido de vermelho e finalment azul. Sensores cameras antigas usavam um prisma que dividia o feixe de luz em 3 partes, onde cada uma sensibilizava um sensor 100% azul, 100% vermelho e 109% verde, mas os modelos comerciais usam o modelo de interpolação. Mais recentemente foram desenvolvidos outros sensores que utilizam modelo distinto de captura das cores, mas os padrão da indústria hoje é o modelo onde 2/3 de tudo é interpolado.

Procurem filtro bayer para mais informação: http://en.m.wikipedia.org/wiki/Bayer_filter

Ignorando esta i terpolação intríscica do modelo de captura de cor entretanto, sem interpolação extra seria a resolução RAW padrão da cãmera...

Mas aí não tem o que fazer. É assim que é pelo padrão Bayer.
 
É como se a gente estivesse lamentando a forma como uma fotografia é captada ( acúmulo de luz ).
Mas é assim que funciona, não tem o que fazer.


felipemendes

  • Trade Count: (9)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.439
  • Sexo: Masculino
  • Fotógrafo, não. Fotografador.
    • Meu Flickr
Resposta #9 Online: 20 de Maio de 2015, 14:16:42
Nos sensorEs atuais Há interpolação sempre, pois cada pixel captura apenas uma componente de cor (vermelho, azul ou. Verde), de modo exclusivo. Os outros dois componentes de cor de cada pixel são interpolados dos pixels vizinhos que medem aquelapes outros componentes de cor. Ou seja, mesmo em RAW, 2/3 da informação é interpolada. Como nossa visão possui mais células sensoras de verde que vermelhas e vermelhas que azuis, os sensores costumam priorizar verde, sguido de vermelho e finalment azul. Sensores cameras antigas usavam um prisma que dividia o feixe de luz em 3 partes, onde cada uma sensibilizava um sensor 100% azul, 100% vermelho e 109% verde, mas os modelos comerciais usam o modelo de interpolação. Mais recentemente foram desenvolvidos outros sensores que utilizam modelo distinto de captura das cores, mas os padrão da indústria hoje é o modelo onde 2/3 de tudo é interpolado.

Procurem filtro bayer para mais informação: http://en.m.wikipedia.org/wiki/Bayer_filter

Ignorando esta i terpolação intríscica do modelo de captura de cor entretanto, sem interpolação extra seria a resolução RAW padrão da cãmera...

Os sensores X-Trans da Fuji são assim também?  :ponder: Sei que os Forevon da Sigma funcionam diferente...
« Última modificação: 20 de Maio de 2015, 14:17:04 por felipemendes »
Felipe


Luiz de Gonzaga

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 6
Resposta #10 Online: 20 de Maio de 2015, 15:16:40
Nos sensorEs atuais Há interpolação sempre, pois cada pixel captura apenas uma componente de cor (vermelho, azul ou. Verde), de modo exclusivo. Os outros dois componentes de cor de cada pixel são interpolados dos pixels vizinhos que medem aquelapes outros componentes de cor. Ou seja, mesmo em RAW, 2/3 da informação é interpolada. Como nossa visão possui mais células sensoras de verde que vermelhas e vermelhas que azuis, os sensores costumam priorizar verde, sguido de vermelho e finalment azul. Sensores cameras antigas usavam um prisma que dividia o feixe de luz em 3 partes, onde cada uma sensibilizava um sensor 100% azul, 100% vermelho e 109% verde, mas os modelos comerciais usam o modelo de interpolação. Mais recentemente foram desenvolvidos outros sensores que utilizam modelo distinto de captura das cores, mas os padrão da indústria hoje é o modelo onde 2/3 de tudo é interpolado.

Procurem filtro bayer para mais informação: http://en.m.wikipedia.org/wiki/Bayer_filter

Ignorando esta i terpolação intríscica do modelo de captura de cor entretanto, sem interpolação extra seria a resolução RAW padrão da cãmera...

Bom, estamos a procura de saber qual a melhor forma para registrar a informação, evitando ao máximo os falsetes digitais, camuflado por nomenclaturas imprecisas.

Chegamos a conclusão, que RAW é RAW, o resto, é MADE IN CHINA.


jauvane

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (4)
  • Membro Ativo
  • *****
  • Mensagens: 1.987
  • Sexo: Masculino
Resposta #11 Online: 20 de Maio de 2015, 21:34:24
Os sensores X-Trans da Fuji são assim também?  :ponder: Sei que os Forevon da Sigma funcionam diferente...

Existem modelos de sensores que funcinam diferente. O da Fuji, pelo que recordo, tem um arranjo diferente de RGB, mas cada photosite (a célula que mede a quantidade de luz que incide sobre ela) continua capturando apenas uma componente de cor. Lembro de ter lido sobr um sensor que tinha três matrizes completas de cor, uma sobre a outra e a luz atravessava todo o conjunto. Não era algo já comercial. No início da digitalização de imagens o modelo evitava interpolação (me recordo que até scanners faziam três varreduras, uma para cada componente de cor), mas o modelo com interpolação acabou sendo adotdo em um esforço para tornar o custo do equipamento comercialmente viável...

Eu teria de ler sobre outros sensores para ver se algum atual é realmente distinto dos demais. Sei que os mainstram usam o modelo bayer. Me recordo que Fujis antigas (por volta de 2000) tinham um nível maior de interpolação, já que linhas pares e impares no sensor eram deslocadas em meio pixel de diferenca uma para a outra, e a resolucao divulgada incluia iinterpolações adicionais para gerar uma matriz regular. Os sensores atuais, da Fuji são radicalmente diferentes (ainda bem...).
JVc.


jauvane

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (4)
  • Membro Ativo
  • *****
  • Mensagens: 1.987
  • Sexo: Masculino
Resposta #12 Online: 20 de Maio de 2015, 21:35:43
Existem modelos de sensores que funcinam diferente. O da Fuji, pelo que recordo, tem um arranjo diferente de RGB, mas cada photosite (a célula que mede a quantidade de luz que incide sobre ela) continua capturando apenas uma componente de cor. Lembro de ter lido sobr um sensor que tinha três matrizes completas de cor, uma sobre a outra e a luz atravessava todo o conjunto. Não era algo já comercial. No início da digitalização de imagens o modelo evitava interpolação (me recordo que até scanners faziam três varreduras, uma para cada componente de cor), mas o modelo com interpolação acabou sendo adotdo em um esforço para tornar o custo do equipamento comercialmente viável... As cameras iniciais usavam o modelo com prisma e três sensores distintos... Imagina o custo deste equipamento... Sem contar questões de precisão de alinhamento e afins...

Eu teria de ler sobre outros sensores para ver se algum atual é realmente distinto dos demais. Sei que os mainstram usam o modelo bayer. Me recordo que Fujis antigas (por volta de 2000) tinham um nível maior de interpolação, já que linhas pares e impares no sensor eram deslocadas em meio pixel de diferenca uma para a outra, e a resolucao divulgada incluia iinterpolações adicionais para gerar uma matriz regular. Os sensores atuais, da Fuji são radicalmente diferentes (ainda bem...).
JVc.