Autor Tópico: Alguém já ofereceu seu serviço em porta de cartório?  (Lida 1820 vezes)

ocram116

  • Trade Count: (1)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 54
  • Sexo: Masculino
Online: 19 de Maio de 2015, 16:54:36
Pessoal, boa tarde!
Estou ingressando na Fotografia de Eventos e já fotografei alguns casamentos aqui no meu bairro. Sempre posto fotos do meu trabalho na minha página, mas estou com dificuldade de atrair novos clientes. Reconheço que tenho divulgado muito pouco e por isso, tomei a decisão de começar a oferecer o meu serviço aqui no cartório da minha cidade.
O que vocês acham?


tarcisioal

  • Trade Count: (1)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 400
  • Sexo: Masculino
    • Flickr
Resposta #1 Online: 19 de Maio de 2015, 18:00:11
 :shock:
Só para entender: tu ta oferecendo para fotografar a cerimônia civil, que está começando dali alguns minutos, no próprio cartório? Ou tu quer conseguir o contrato da festa, que vai acontecer dali alguns dias/semanas?
Sony ILCE-6000 e NEX 3N
SELP1650 + SEL55210 + SEL35F18 + SEL50F18 + SEL16F28 + VCL-ECF1 (Fisheye) + VCL-ECU1 (Grande Angular)

flickr/tarcisioal


ocram116

  • Trade Count: (1)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 54
  • Sexo: Masculino
Resposta #2 Online: 19 de Maio de 2015, 18:13:39
:shock:
Só para entender: tu ta oferecendo para fotografar a cerimônia civil, que está começando dali alguns minutos, no próprio cartório? Ou tu quer conseguir o contrato da festa, que vai acontecer dali alguns dias/semanas?

Tarcisioal os dois. Alguns fotógrafos usam esta tática aqui na minha cidade e conseguem viver disso. O profissional que fotografou meu casamento em 2008, por exemplo, eu o conheci na porta do cartório e acabei fechando tanto o Civil quanto o Religioso com ele. Já fotografei 3 casamentos neste mesmo cartório, encontrei com ele, mas ele não me reconheceu, só me olhou feio...kkkkkkk


Marcel A.

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 346
  • Marcel
Resposta #3 Online: 19 de Maio de 2015, 18:25:58
Seria tipo o famoso advogado de porta de cadeia rsrs


claudio frança

  • Trade Count: (7)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 528
  • Sexo: Masculino
  • aprendiz
Resposta #4 Online: 19 de Maio de 2015, 18:52:46
Sempre vejo isso em cartórios, não digo que é errado, pois errado é roubar, porém eu mesmo não teria coragem, mas cada um cada um.


amador47sc

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (16)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.135
  • Sexo: Masculino
  • Aperfeiçoando o olhar em busca da melhor imagem
Resposta #5 Online: 19 de Maio de 2015, 19:55:38
Acho que poderias tentar outras abordagens mais eficientes. Por exemplo.. imprimir panfletos e distribuir nas vizinhanças ou criar uma página no facebook.


RPBORGES

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 306
Resposta #6 Online: 19 de Maio de 2015, 21:13:58
Aqui na minha cidade tem desse esquema aí também, tem um fotógrafo que tem uma
3DS e fica na porta do cartório. (é o famoso canhão pra mata mosca)  :aua:
"O importante é o que importa e vice-versa"


alcure

  • Trade Count: (8)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 843
  • Sexo: Masculino
  • Madafaka
    • Portfolio
Resposta #7 Online: 19 de Maio de 2015, 23:55:38
Sou substituto notarial do cartório de registro civil da minha cidade (e é de sede de comarca). Eu JAMAIS faria isso, nem mesmo deixo cartão com a minha funcionária para dar para clientes.

Acho isso muita filha da putagem e desvaloriza demais o serviço. Meus trabalhos são bem minguados, mas aos poucos estou ganhando notoriedade através de amigos e amigas que já serviram de cobaias para mim ou de outros que prestei serviços profissionais e tive boas recomendações.

E digo o mais, essa prática se tiver conivência do Tabelião é passível de punição administrativa ao mesmo, podendo inclusive haver perda de delegação. Em cartório não pode haver propagandas ou exploração comercial de qualquer tipo.

Os colegas que quiserem parar com essa palhaçada, recomendo procurar o ministério público da cidade e prestar reclamação formal que na mesma hora o promotor encaminha para o juiz corregedor da serventia e o mesmo manda acabar com a putaria! hahahahahaha
« Última modificação: 19 de Maio de 2015, 23:56:46 por alcure »
* Fuji X-T2 + XF 23mm 1.4 + XF 35mm 1.4 + XF 56mm 1.4
* Nikon D750 + Sigma 50mm 1.4 ART + Nikkor 85mm 1.4G + Nikkor 105mm 2.8 Micro VR
---------------------------------------------------
http://500px.com/Alcure e http://www.flickr.com/alcure85/


Angelita Alves

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 793
  • Sexo: Feminino
Resposta #8 Online: 20 de Maio de 2015, 12:12:18
Sou substituto notarial do cartório de registro civil da minha cidade (e é de sede de comarca). Eu JAMAIS faria isso, nem mesmo deixo cartão com a minha funcionária para dar para clientes.

Acho isso muita filha da putagem e desvaloriza demais o serviço. Meus trabalhos são bem minguados, mas aos poucos estou ganhando notoriedade através de amigos e amigas que já serviram de cobaias para mim ou de outros que prestei serviços profissionais e tive boas recomendações.

E digo o mais, essa prática se tiver conivência do Tabelião é passível de punição administrativa ao mesmo, podendo inclusive haver perda de delegação. Em cartório não pode haver propagandas ou exploração comercial de qualquer tipo.

Os colegas que quiserem parar com essa palhaçada, recomendo procurar o ministério público da cidade e prestar reclamação formal que na mesma hora o promotor encaminha para o juiz corregedor da serventia e o mesmo manda acabar com a putaria! hahahahahaha

Então não pode fotografar dentro do cartório?  :shock:
Pelo que sei esses fotógrafos que ficam oferecendo seus serviços ficam do lado de fora e só entram quando o cliente os chamam. Nesse caso não se enquadra em exploração comercial por parte do cartório, pois ele não ganha nada com isso. Porque então haveria de ser proibido?



alcure

  • Trade Count: (8)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 843
  • Sexo: Masculino
  • Madafaka
    • Portfolio
Resposta #9 Online: 20 de Maio de 2015, 17:16:01
Então não pode fotografar dentro do cartório?  :shock:
Pelo que sei esses fotógrafos que ficam oferecendo seus serviços ficam do lado de fora e só entram quando o cliente os chamam. Nesse caso não se enquadra em exploração comercial por parte do cartório, pois ele não ganha nada com isso. Porque então haveria de ser proibido?

Acho que entendi e me expressei mal, tendo em vista que a pergunta fora arguida de forma que deu a entender que a atividade seria na forma de parceria entre o cartório e o fotógrafo para oferta de serviços. Logico que não proibimos fotografia dentro do Cartório, afinal, é um prédio público e por solenidade, a celebração de casamento tem de ser obrigatoriamente de portas abertas para qualquer um assistir.

Não posso fazer muita coisa com pessoas que ficam na rua assediando clientes, mas se tal assédio se der nas dependências do Cartório, ou até mesmo imediações do mesmo de forma vexatória, eu tomaria sim atitudes para coibir esse profissional de praticar tal ato, pois pode acreditar, aqui na minha cidade se uma autoridade for assediada com certeza ela iria tomar alguma atitude contra o cartório. Autoridade aqui na Cidade é tenso, todos querem ser mais que todos kkkkkkkkk.

Ele pode tomar medidas de publicidade diversas sem problema algum, mas panfletagem é infração municipal (aqui tem legislação específica contra isso) e assédio direto para captação de clientes fere a ética profissional e os direitos do consumidor , bem como vai contra diretrizes por parte do Tribunal de Justiça daqui do Espírito Santo (só posso falar do Espírito Santo).

Vocês não fazem idéia da pressão que o judiciário coloca em nós para manter transparência e bem estar de serviços. Somos quase babás de clientes, já que atendemos muitos analfabetos ou pessoas de idade com pouca compreensão. Aqui no Estado o Tribunal exige até mesmo banheiro, bebedouro e quiçá cafézinho aos clientes :ponder: (tudo bem que isso eu entendo que deveria ser fornecido para dar melhor atendimento, se sobressair frente aos demais cartórios etc, mas ser imposto pelo TJ passa um pouco do ponto).

« Última modificação: 20 de Maio de 2015, 17:21:04 por alcure »
* Fuji X-T2 + XF 23mm 1.4 + XF 35mm 1.4 + XF 56mm 1.4
* Nikon D750 + Sigma 50mm 1.4 ART + Nikkor 85mm 1.4G + Nikkor 105mm 2.8 Micro VR
---------------------------------------------------
http://500px.com/Alcure e http://www.flickr.com/alcure85/


Mike Castro

  • Trade Count: (4)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.916
  • Sexo: Masculino
Resposta #10 Online: 20 de Maio de 2015, 17:25:42
Então não pode fotografar dentro do cartório?  :shock:
Pelo que sei esses fotógrafos que ficam oferecendo seus serviços ficam do lado de fora e só entram quando o cliente os chamam. Nesse caso não se enquadra em exploração comercial por parte do cartório, pois ele não ganha nada com isso. Porque então haveria de ser proibido?

Acho que ele se referia ao cartório fazer propaganda, dar preferência a determinado fotógrafo, etc...



Aqui em Maringá já teve tretas mil por causa disso, kkkkkkkkkkkkkkkkkk

Eu nunca fui "tentar a sorte" nos cartórios, só vou em civil contratado anteriormente.

Uma vez, na época do filme ainda, eu tinha acabado de fotografar meus clientes, e chegou um casal, que não tinha fotógrafo. Nisso o fotógrafo avulso lá chegou e ofereceu o serviço. Eles recusaram. Aí o noivo chegou em mim e me pediu pra fazer as fotos. Eu já tava lá mesmo, camera montada, filézinho, combinamos o preço, fiz o trampo. Pior cagada. Quase apanhei do fotógrafo rejeitado, kkkkkkkkkkkkkk

Teve um causo, eu fui fazer as fotos do casal, e tava esperando minha vez. Nisso chegou um casal, um dos fotógrafos avulsos se ofereceu e fizeram acordo. O noivo deu um passo, chegou outro fotógrafo pra "cobrir a oferta" do outro, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Deu discussão, xingamento, e aí o noivo não fechou com nenhum kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

_____________________________________________________________


Euzinho aqui, sem querer ser arrogante ou metido, não faria. Acho que vai desmerecer um pouco sua qualidade e arte. Além de ser muito provável que você fique lá à toa, se oferecendo de graça.

Muito mais negócio tentar conversar com floriculturas/decoradoras/buffets/cerimonialistas/promoters, e dar uma comissãozinha pra eles, por indicações que se tornarem contratos.

Esse lance de pegar o civil e tentar emplacar o religioso/festa, é exceção. Muito raro, a maioria dos casais já tem fotógrafo pro casamento.


alcure

  • Trade Count: (8)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 843
  • Sexo: Masculino
  • Madafaka
    • Portfolio
Resposta #11 Online: 20 de Maio de 2015, 17:40:44
Acho que ele se referia ao cartório fazer propaganda, dar preferência a determinado fotógrafo, etc...



Aqui em Maringá já teve tretas mil por causa disso, kkkkkkkkkkkkkkkkkk

Eu nunca fui "tentar a sorte" nos cartórios, só vou em civil contratado anteriormente.

Uma vez, na época do filme ainda, eu tinha acabado de fotografar meus clientes, e chegou um casal, que não tinha fotógrafo. Nisso o fotógrafo avulso lá chegou e ofereceu o serviço. Eles recusaram. Aí o noivo chegou em mim e me pediu pra fazer as fotos. Eu já tava lá mesmo, camera montada, filézinho, combinamos o preço, fiz o trampo. Pior cagada. Quase apanhei do fotógrafo rejeitado, kkkkkkkkkkkkkk

Teve um causo, eu fui fazer as fotos do casal, e tava esperando minha vez. Nisso chegou um casal, um dos fotógrafos avulsos se ofereceu e fizeram acordo. O noivo deu um passo, chegou outro fotógrafo pra "cobrir a oferta" do outro, kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Deu discussão, xingamento, e aí o noivo não fechou com nenhum kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

_____________________________________________________________


Euzinho aqui, sem querer ser arrogante ou metido, não faria. Acho que vai desmerecer um pouco sua qualidade e arte. Além de ser muito provável que você fique lá à toa, se oferecendo de graça.

Muito mais negócio tentar conversar com floriculturas/decoradoras/buffets/cerimonialistas/promoters, e dar uma comissãozinha pra eles, por indicações que se tornarem contratos.

Esse lance de pegar o civil e tentar emplacar o religioso/festa, é exceção. Muito raro, a maioria dos casais já tem fotógrafo pro casamento.

Putz cara, que situação hein? Hahahahaha, queria saber o que passa na cabeça de um ser humano ao lidar com rejeição de forma agressiva assim! Eu JAMAIS contrataria um fotógrafo que se oferecesse assim, assim como tem advogado de porta de cadeia, acho que o "fotógrafo de porta de cartório" é do mesmo nível!

 :hysterical: :hysterical: :hysterical:

* Fuji X-T2 + XF 23mm 1.4 + XF 35mm 1.4 + XF 56mm 1.4
* Nikon D750 + Sigma 50mm 1.4 ART + Nikkor 85mm 1.4G + Nikkor 105mm 2.8 Micro VR
---------------------------------------------------
http://500px.com/Alcure e http://www.flickr.com/alcure85/


Andrei Gomes

  • Trade Count: (4)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 487
  • Sexo: Masculino
  • Canon
Resposta #12 Online: 20 de Maio de 2015, 17:47:49
Depois dessa conto do Mike lembrei de um que aconteceu comigo há algumas semanas.

Estava cantando num casamento (sim, eu, uma menina e um violonista fazemos cerimonias em algumas igrejas aqui) e acabei levando minha T2i com a 24-105mm e pensei em fazer um close dos noivos e depois imprimir como um brinde por ter-nos contratado para o musical. Cara, no intervalo peguei minha cam e fui num cantinho bem discreto pra fazer uma foto, quando me deparo com todos os fotógrafos olhando de cara feia.  :shock: :shock: :shock:
Fiz uns 3 cliques, sem flash e resolvi abortar....... :assobi:
Tenso


Andrei Gomes

  • Trade Count: (4)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 487
  • Sexo: Masculino
  • Canon
Resposta #13 Online: 20 de Maio de 2015, 17:51:01
Putz cara, que situação hein? Hahahahaha, queria saber o que passa na cabeça de um ser humano ao lidar com rejeição de forma agressiva assim! Eu JAMAIS contrataria um fotógrafo que se oferecesse assim, assim como tem advogado de porta de cadeia, acho que o "fotógrafo de porta de cartório" é do mesmo nível!

 :hysterical: :hysterical: :hysterical:

É bem complicado isso. Vejo isso nos batizados. Sempre tem aquele que passa pegando seu telefone e endereço e oferecendo o serviço. O problema é que as vezes o casal já contratou o fotógrafo e eles vão dividir o mesmo espaço por uma boa foto......


RPBORGES

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 306
Resposta #14 Online: 20 de Maio de 2015, 17:58:23
Meio que mudando o assunto de pato pra ganso, aqui na minha cidade praticamente cada igreja tem um fotógrafo fixo, aí quem chega lá sem fotógrafo o cara tira foto de todos sem compromisso depois vende.
E se chegar na igreja pra pegar os batizados aí sai  :fight:
Igual cartório, a diferença é que cartório tem mais fotógrafos e eles ficam em fila, agora os batizados geralmente é 1 por Igreja mesmo.
"O importante é o que importa e vice-versa"