Autor Tópico: Nascente vertical  (Lida 499 vezes)

Patagonico

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.979
  • Sexo: Masculino
Online: 24 de Maio de 2015, 19:25:26




Obrigado por ver.



Raphael Sombrio

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.897
  • O RAW é um diamante...bruto
Resposta #1 Online: 25 de Maio de 2015, 09:23:35
Rodrigo, lindas fotos, lindos lugares, ângulos incríveis! :clap:

Só estranhei um pouco o céu da primeira, parece um pouco escuro em relação a montanha e o primeiro plano.
Parece-me, pelo céu, que o momento é de crepúsculo, ( é isso mesmo? ) e isso meio que se perdeu.

...Não querendo desqualificar a foto, que é fantástica. :ok:


Lizandro Júnior

  • Trade Count: (18)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.497
  • Sexo: Masculino
  • "Com Deus, todas as coisas são possíveis."
    • Lizandro Júnior Fotografias
Resposta #2 Online: 25 de Maio de 2015, 09:58:18
Cara suas fotos parecem de mentira... Parecem fotos daqueles livros de fotografia  :shock:

São tão perfeitas que parecem quadros pintados.

Parabéns!
Nikon D750 | Nikon D610 | Flash SB900| Nikkor 24mm f/1.4G ED | Sigma 85mm f/1.4 EX DG HSM | Tokina AT-X 16-28mm f/2.8 Pro FX |  Nikkor 80-200 2.8 | Yongnuo 565EX | Yongnuo 622N | Yongnuo TX

www.lizandrojunior.com  | "Com Deus, todas as coisas são possíveis."


Patagonico

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.979
  • Sexo: Masculino
Resposta #3 Online: 25 de Maio de 2015, 11:47:02
Rodrigo, lindas fotos, lindos lugares, ângulos incríveis! :clap:

Só estranhei um pouco o céu da primeira, parece um pouco escuro em relação a montanha e o primeiro plano.
Parece-me, pelo céu, que o momento é de crepúsculo, ( é isso mesmo? ) e isso meio que se perdeu.

...Não querendo desqualificar a foto, que é fantástica. :ok:

Oi Raphael, foi feita pela manhã, sentido oeste, luminosidade nas minhas costas. Não sei se já fotografou neve e gelo, a refração é muito forte nessas condições e em um longa exposição é muito facil estourar as altas, no caso de presença desses elementos é ainda mais fácil de ocorrer a superexposição ( o que não ocorreu nessa foto ). O céu transitava entre nuvens escuras e as cores do amanhecer ( inclusive se viam algumas estrelas, que não apareceram no registro ). A exposição do céu estava exatamente como aparece na foto, a exposição do 1° e 2° plano estão mais expostas para realçar os elementos e detalhes dos mesmos. Gostaria de ter feito mais fotos, mas no momento havia rajadas próximas a 100 km/h, normal para a região.

Obrigado por ver e comentar.


Abraço


Patagonico

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.979
  • Sexo: Masculino
Resposta #4 Online: 25 de Maio de 2015, 11:48:50
Obrigado por ver Lizandro.

Abs


Raphael Sombrio

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.897
  • O RAW é um diamante...bruto
Resposta #5 Online: 25 de Maio de 2015, 13:06:40
Oi Raphael, foi feita pela manhã, sentido oeste, luminosidade nas minhas costas. Não sei se já fotografou neve e gelo, a refração é muito forte nessas condições e em um longa exposição é muito facil estourar as altas, no caso de presença desses elementos é ainda mais fácil de ocorrer a superexposição ( o que não ocorreu nessa foto ). O céu transitava entre nuvens escuras e as cores do amanhecer ( inclusive se viam algumas estrelas, que não apareceram no registro ). A exposição do céu estava exatamente como aparece na foto, a exposição do 1° e 2° plano estão mais expostas para realçar os elementos e detalhes dos mesmos. Gostaria de ter feito mais fotos, mas no momento havia rajadas próximas a 100 km/h, normal para a região.

Obrigado por ver e comentar.


Abraço

Legal! Nunca fotografei neve ou gelo, mas imagino a dificuldade, com esse vento então....

Tbm fotometro para cada plano especificamente tentando capturar o mais claro possível, desde que não tenha recortes na foto.

Valeu! :ok:




Juanma079

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 118
Resposta #6 Online: 25 de Maio de 2015, 13:10:51
   A primeira achei incrivel, as cores tem muita vitalidade, parabens! :clap: :clap:


RPBORGES

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 307
Resposta #7 Online: 25 de Maio de 2015, 14:53:42
Oi Raphael, foi feita pela manhã, sentido oeste, luminosidade nas minhas costas. Não sei se já fotografou neve e gelo, a refração é muito forte nessas condições e em um longa exposição é muito facil estourar as altas, no caso de presença desses elementos é ainda mais fácil de ocorrer a superexposição ( o que não ocorreu nessa foto ). O céu transitava entre nuvens escuras e as cores do amanhecer ( inclusive se viam algumas estrelas, que não apareceram no registro ). A exposição do céu estava exatamente como aparece na foto, a exposição do 1° e 2° plano estão mais expostas para realçar os elementos e detalhes dos mesmos. Gostaria de ter feito mais fotos, mas no momento havia rajadas próximas a 100 km/h, normal para a região.

Obrigado por ver e comentar.





Abraço


Como sempre uma obra de arte  :clap:
Além das imagens deu uma breve aulinha aí  :clap:
« Última modificação: 25 de Maio de 2015, 14:54:03 por RPBORGES »
"O importante é o que importa e vice-versa"


Patagonico

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.979
  • Sexo: Masculino
Resposta #8 Online: 26 de Maio de 2015, 07:48:00
Legal! Nunca fotografei neve ou gelo, mas imagino a dificuldade, com esse vento então....

Tbm fotometro para cada plano especificamente tentando capturar o mais claro possível, desde que não tenha recortes na foto.

Valeu! :ok:

Claro que não fiz com esse vento, foi entre uma calmaria e outra, mas mesmo assim foi muito difícil lidar com os filtros e etc. Sobre as adversidades de luminosidade nessas condições é interessante usar o que seria um obstaculo a seu favor, no caso da neve na montanha ao fundo ela mesmo se expõe mais que os outros elementos, então  usando filtros tentamos equilibrar a sua exposição conforme observamos realmente. A parte de observação é muito importante para execução, se não acaba-se criando uma imagem distorcida, livre para a criatividade na pós. Não que depois a foto não se torne interessante, mas pra que fotografa com o passar do tempo isso passa a ter peso e é muito fácil reconhecer em outras fotografias fatores totalmente irreais, é bonito e impactante para leigos, mas para que esta acostumado com o comportamento natural é fácil perceber a forçação de barra.

Abs



Patagonico

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.979
  • Sexo: Masculino
Resposta #9 Online: 26 de Maio de 2015, 07:51:20
Obrigado, Juanma e Rpborges.


Juliana Ribeiro

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 14
  • Sexo: Feminino
Resposta #10 Online: 26 de Maio de 2015, 07:52:36
Caramba, suas fotos são tão fantásticas que parecem de mentira! Parece que a qualquer momento vai surgir um Robbit!
 :clap:


Raphael Sombrio

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.897
  • O RAW é um diamante...bruto
Resposta #11 Online: 26 de Maio de 2015, 11:03:37
Sobre as adversidades de luminosidade nessas condições é interessante usar o que seria um obstaculo a seu favor, no caso da neve na montanha ao fundo ela mesmo se expõe mais que os outros elementos, então  usando filtros tentamos equilibrar a sua exposição conforme observamos realmente. A parte de observação é muito importante para execução, se não acaba-se criando uma imagem distorcida, livre para a criatividade na pós.

Com certeza! Esse para mim é o maior desafio, observar como estava o ambiente para depois conseguir chegar a um resultado que transmita isso.

Ainda não trabalho com filtros ( prq sou um desleixado que fica empurrando com a barriga a compra destes ) mas  faço muitas fotos, exposições diversas, foco em planos diferentes, para fazer uma fusão que dê-me um resultado satisfatório.

Legal Rodrigo, boas dicas!


sbs

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 86
  • Sexo: Feminino
Resposta #12 Online: 26 de Maio de 2015, 11:04:33
Que espetáculo, parabéns!!!!  :clap: :worship:
"Plante seu jardim e decore sua alma, ao invés de esperar que alguém lhe traga flores".


Patagonico

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.979
  • Sexo: Masculino
Resposta #13 Online: 26 de Maio de 2015, 18:20:51
Com certeza! Esse para mim é o maior desafio, observar como estava o ambiente para depois conseguir chegar a um resultado que transmita isso.

Ainda não trabalho com filtros ( prq sou um desleixado que fica empurrando com a barriga a compra destes ) mas  faço muitas fotos, exposições diversas, foco em planos diferentes, para fazer uma fusão que dê-me um resultado satisfatório.

Legal Rodrigo, boas dicas!

Há outras maneiras de se obter resultados, é uma questão de costume. O que interessa é um resultado que você julgue satisfatório.

Abs