Autor Tópico: E quando o cliente estraga sua foto???  (Lida 1587 vezes)

Renato Cavalcante

  • Trade Count: (5)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 586
  • Sexo: Masculino
    • Website
Online: 28 de Maio de 2015, 17:08:25
O que fazer quando você entrega um trabalho bacana, aí a pessoa pega e aplica um "tratamento" de gosto duvidoso em cima da foto, e ainda posta te dando os créditos? E todos os seus clientes e futuros clientes vendo aquele resultado achando que foi vc que fez? :no:
Serio, achei q isso nunca ia acontecer comigo... Me deu um pouco de vergonha  :(
Canon 5DMk3 + 6D | 28mm f/2.8 | 35mm f/1.4 | 50mm f/1.4 | 85mm f/1.8 | 100mm f/2 USM | 24-105 f/4L
Site: www.renatocavalcante.com
Face: www.facebook.com/renatocavalcantefotografia
Instagram: www.instagram.com/renatocavalcantefoto
Flickr: www.flickr.com/renatocavalcante


Checheel

  • Trade Count: (11)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 807
Resposta #1 Online: 28 de Maio de 2015, 17:22:24
Processa por danos materiais  :D


RPBORGES

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 307
Resposta #2 Online: 28 de Maio de 2015, 17:29:26
O que fazer quando você entrega um trabalho bacana, aí a pessoa pega e aplica um "tratamento" de gosto duvidoso em cima da foto, e ainda posta te dando os créditos? E todos os seus clientes e futuros clientes vendo aquele resultado achando que foi vc que fez? :no:
Serio, achei q isso nunca ia acontecer comigo... Me deu um pouco de vergonha  :(

Comenta assim ... você tem que dar os créditos para quem fez o tratamento também !

Abaixo segue o link com a foto original

 :ok:
"O importante é o que importa e vice-versa"


claudio frança

  • Trade Count: (7)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 528
  • Sexo: Masculino
  • aprendiz
Resposta #3 Online: 28 de Maio de 2015, 18:38:40
em caso assim....creio que não deva dizer que está ridículo o tratamento que colocaram pois gosto é gosto, mas deve sim colocar o link com a foto original e postar um comentário dizendo antes e depois, embora quando é antes e depois, colocam a ruin primeiro e depois a melhoria, no caso vai ser ao contrário, mas tem que dar um jeito de deixar a foto original para quem quizer ver, veja :ok:


Andrei Gomes

  • Trade Count: (4)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 487
  • Sexo: Masculino
  • Canon
Resposta #4 Online: 28 de Maio de 2015, 19:00:26
Fiquei curioso pra ver um exemplo  :assobi:


Rafa_Meira

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (2)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.153
  • Sexo: Masculino
Resposta #5 Online: 28 de Maio de 2015, 21:36:24
Aprende com o ocorrido e coloca no contrato que eh proibido fazer qualquer tipo de modificacao na foto, como aplicacao de filtros, caso o cliente poste na internet.


padilhadim

  • Trade Count: (23)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 711
    • DIM Fotografia
Resposta #6 Online: 28 de Maio de 2015, 21:38:37
Fiquei curioso pra ver a cagada do cliente  :assobi:


Renato Cavalcante

  • Trade Count: (5)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 586
  • Sexo: Masculino
    • Website
Resposta #7 Online: 29 de Maio de 2015, 21:33:09
Ah, não vou postar não pq vai que a cliente vê.. pega mal :)
Mas foi um sépia beeeem forçado, "daqueles".....  :(

Comenta assim ... você tem que dar os créditos para quem fez o tratamento também !

Fiz isso  :D

Aprende com o ocorrido e coloca no contrato que eh proibido fazer qualquer tipo de modificacao na foto, como aplicacao de filtros, caso o cliente poste na internet.

Pois é, vou adicionar isso no meu contrato sim!!
Canon 5DMk3 + 6D | 28mm f/2.8 | 35mm f/1.4 | 50mm f/1.4 | 85mm f/1.8 | 100mm f/2 USM | 24-105 f/4L
Site: www.renatocavalcante.com
Face: www.facebook.com/renatocavalcantefotografia
Instagram: www.instagram.com/renatocavalcantefoto
Flickr: www.flickr.com/renatocavalcante


Gustavo Silva

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 159
Resposta #8 Online: 29 de Maio de 2015, 22:36:02
Mesmo estando em contrato, é uma situação complicada. O cliente não cumprindo, editando a foto... Vai fazer o que? Processar o cliente? Imagina o marketing negativo disso...


vangelismm

  • Trade Count: (7)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.771
  • Sexo: Masculino
    • MedinaFotografia
Resposta #9 Online: 29 de Maio de 2015, 23:00:23
Mesmo estando em contrato, é uma situação complicada. O cliente não cumprindo, editando a foto... Vai fazer o que? Processar o cliente? Imagina o marketing negativo disso...

Pois é. Eu finjo que não vi.
Além do mais qualquer cliente mais esperto sabe que o que vale são os meios oficiais do fotografo.
"A perspectiva de uma imagem é controlada pela distância entre a lente e o assunto; mudando a distancia focal da lente muda o tamanho da imagem , mas não altera a perspectiva . Muitos fotógrafos ignoram este fato, ou não têm conhecimento de sua importância." -  Ansel Adams, Examples – The Making of 40 Photographs


The Punisher

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 71
  • Sexo: Masculino
Resposta #10 Online: 30 de Maio de 2015, 11:22:24
Cara, isso é um saco, é o que mais acontece, eu só não entendo porque essas pessoas contratam um fotógrafo se é pra ficar modificando o trabalho, uma vez uma mala pegou uma foto minha com logo e aplicou aquele filtro preto e branco e colorido do Picasa, que faz um efeito tosco de cor seletiva, e publicou, ainda me marcou no face, tentei explicar a situação, inclusive tenho em contrato, ela não aceitou e a foto está até hoje lá  :aua:

Pela minhas experiência e o que já li dos outros colegas o fotógrafo comercial tem que ser um misto de psicólogo, advogado e cirurgião plástico  :D


Mr. Hyde

  • Trade Count: (4)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 16.575
  • Sexo: Masculino
    • Faceboock
Resposta #11 Online: 12 de Junho de 2015, 11:06:08
Acho que tem que ter muito cuidado com esse tipo de situação.
Não podemos permitir que um cliente faça um marketing SUPOSTAMENTE negativo. Digo supostamente pq gosto cada um tem o seu e, eventualmente, o tratamento aplicado não lhe agrada, mas pode agradar os amigos do cliente, que poderão se tornar potenciais clientes seus.

Acho que a coisa deve ser bem conversada no briefing. Colocar uma cláusula no contrato é bom, mas inócuo, já que não dá para processar um cliente por isso.
Se fosse eu, no caso da foto ser exposta com meu logo numa grande rede social, por exemplo, eu entrava no tópico e, educadamente e escolhendo bem as palavras, deixava claro que o tratamento não era o meu e que não refletia o meu tipo de pós produção. Assim, vc se descola parcialmente daquela imagem.

Só mais uma coisa... Quando um cliente vem a nós e nos encomenda um ensaio, nós estamos vendendo nosso trabalho.
VENDENDO!!!!
As imagens não nos pertencem mais. Os direitos patrimoniais sobre elas foram negociados e se houver cláusula específica sobre modificações posteriores, o adquirente (cliente) pode modificar livremente a obra (nesse caso específico, o autor (nós) precificamos nosso direito moral e vendemos o direito de modificar nossa obra, tornando inaplicável, nesse caso, o art. 24, inc. IV da Lei 9.610/1998).

http://www.planalto.gov.br/CCivil_03/leis/L9610.htm

____________________
"Deus perdoe o Mal que habita em mim" M. Nova


Danilo_cs

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.060
    • DCS
Resposta #12 Online: 13 de Junho de 2015, 23:43:42
É!

Eu acho que Mr. Hide Disse o que eu imaginava. Vendemos a foto para o cara, depois disso acho que ele pode fazer o que quiser fazer o que né?!

É mais ou menos como a foto física. Ele faz o que quer.

Pode ser que não seria legal para nós, mas pior ficaria se fossemos reclamar, ainda mais se for uma mexida que os donos da fotos acredita ser legal, né?!

Eu acho que eu ficaria na minha, mesmo que eu não gostasse. Talvez falaria em particular e olha lá :)
Meu trabalho está aqui em http://www.dcsdesenvolvimento.com.br :)


C R O I X

  • Trade Count: (0)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.055
  • Sexo: Masculino
  • Fotografo Multiformato
    • Marcio Faustino
Resposta #13 Online: 14 de Junho de 2015, 07:00:05
Isso acontece nao somehte com clientes de fotografos de familia, eventos, privados, etc, mas tambem na fotografiancomercial editorial. O fotografo entrega o trabalho e a equipe de edicao, que nao eh a do fotografo, fazem algo que nao eh do gosto ou estilomprivado do fotografo. Na fotografia comercial o fotografo nao recebe creditos mas editorial sim.


Acredito que o fotografo ou qualquer negociados ou vendedor, deva saber selecionar seu publico/cliente, ao invez de aceitar fazer negocio commqualquer um por dinheiro. Pq esses clientes que vc escolhe trabalhar serao os que te indicarao ou servirao de referencia para os mesmos tipos de clientes futuros. Da mesma forma que escritores e demais pessoas do meio criativo se negam a prestar servico para algumas publicacoes com algum perfil que nao se indentifica, ou cliente com quem nao se identificam.


Ja publicidade negativa vc sempre faz, seja alguem alterando seu trabalho ou nao. Afinal de contas sempre vai t algum publico que nao tem o gosto que vc tem pelo seu trabalho.

Por outro lado, o "mal gosto" do fulano que "estragou" sua edicao pode com frequencia ser o gosto popular de muitos.


No final das contas, a grande maioriamdo publico escolhem fotografos baseados em previas referencias de clientes. Nao importa o quanto a Playboy destruiu a sua iluminacao criando efeitos de brilho de mal gosto na pele da modelo. Por pior que a imagem tenha ficaso, vc eh o cara que fotografou para a Playboy e assim outros clientes te dao mais consideracao.

O mesmo com o fulano que "estragou seu trabalho de edicao". Por mais ridiculo que tenha ficado a alteracao que o cliente fez, os amigos mais proximos do cliente,mpeincipalmente se for um cara popular, carismatico, influente, terao vc como referencia como o fotografo que fez as fotos do grange Sergiao camarada da galera.


Se vc nao quer ser referencia dos chegados do grande Sergiao, que vao "estragar suas fotos e fazer publicidade ruim sua", limite seu publico.

Ou vc faz mais pelo dinheiro o vc faz mais pela sua expressao. O que vc priorizar mais.


The Punisher

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 71
  • Sexo: Masculino
Resposta #14 Online: 15 de Junho de 2015, 21:51:04
Discordo de que a propriedade é do cliente, ele pagou por nossa visão e estilo e deve mantê-lo inalterado, o que ele está comprando é o direito de uso dessas imagens, e não as imagens em si, essas serão sempre nossas.



Capítulo II

Dos Direitos Morais do Autor

Art. 24. São direitos morais do autor:

IV - o de assegurar a integridade da obra, opondo-se a quaisquer modificações ou à prática de atos que, de qualquer forma, possam prejudicá-la ou atingi-lo, como autor, em sua reputação ou honra;

Capítulo IV

Da Utilização da Obra Fotográfica


§ 2º É vedada a reprodução de obra fotográfica que não esteja em absoluta consonância com o original, salvo prévia autorização do autor.


Difícil é fazer um cliente cabeça dura entender isso, ainda mais aqueles que contratam por preço e não pelos motivos mencionados antes, o que deve é deixar isso bem estipulado em contrato.