Autor Tópico: Fotografia de Morcegos  (Lida 1458 vezes)

diaemus

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 247
  • Sexo: Masculino
    • Laboratório de Síntese Ecológica
Online: 26 de Outubro de 2006, 12:46:20
Talvez eu seja o único interessado nisso aqui, mas quem sabe não tem mais gente que gosta de morcegos na área? *rs*

Queria discutir com vocês técnicas para se fotografar morcegos: na natureza, no laboratório, parados, em atividade, detalhes do crânio etc.

Para começar, lá vai um link para o tutorial de fotografia do Merlin Tuttle, um dos caras que mais entende do assunto, sendo também o fundador da ong americana Bat Conservation International.
Cientista profissional, fotógrafo amador.


Alex Biologo

  • Trade Count: (4)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.803
  • Sexo: Masculino
    • Olhares Dispersos
Resposta #1 Online: 26 de Outubro de 2006, 13:59:02
Diaemus, durante um bom tempo fiz anilhamento de aves e seus bichos caiam nas minhas redes, dando um trabalho enorme pra tirar...rs.

Até gostaria de fazer umas fotos de morcegos, devem render umas cenas bem interessantes, como vc faz com a iluminação?

 
Alex Martins dos Santos - São Paulo/SP
Fuji S5100
Pentax MZ-50
Canon 10D e 300D + lente  28-135 is Canon + lente 70-300 TAmron


diaemus

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 247
  • Sexo: Masculino
    • Laboratório de Síntese Ecológica
Resposta #2 Online: 26 de Outubro de 2006, 14:48:15
Oi, Alex!

Que legal! Você chegou a fotografar esses morcegos? Eu tinha o problema inverso, pois quando abria as redes cedo demais ou as fechava tarde demais, sempre caiam umas aves. É muito ruim tirar da rede um bicho com o qual a gente não tem prática!

Cara, até meu último trabalho de campo eu usava uns equipamentos bem precários. As fotos eu fazia com uma Nikon Coolpix 4300 e a iluminação vinha da combinação entre uma lanterna de cabeça com luz LED e uma macro cool-light para compactas da Nikon, além do flash embutido, cuja intensidade eu controlava com um pedaço de plástico na frente. *rs* Dava certo - ou quase - em muitos casos, especialmente para fazer close-ups das cabeças.

Quando a parada era fotografar o morcego pousado em um galho, geralmente descansando após passar pelo exame de rotina, eu usava como "luz guia" essa mesma lanterna de cabeça ou então uma lanternona Maglite de mão mesmo. Aí eu batia com o flash embutido na força total.

Finalmente arranjei um equipamento decente e não vejo a hora de usá-lo com morcegos. Até agora só treinei com insetos, frutos e flores no meu quintal, pois estou esperando a licença do IBAMA para o novo projeto, de modo que eu possa voltar a trabalhar com os morcegos na natureza. Pelos resultados que obtive com os não-morcegos, acho que vai ficar legal. No momento estou usando uma D200 com uma objetiva Sigma 105mm Macro EX DG e um ringflash Sigma EM-140.

Minhas fotos de morcegos antigas, feitas com a Coolpix e também com uma Canon automática de filme, estão no meu site.

Um abraço!
Cientista profissional, fotógrafo amador.


Alex Biologo

  • Trade Count: (4)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.803
  • Sexo: Masculino
    • Olhares Dispersos
Resposta #3 Online: 26 de Outubro de 2006, 14:58:23
Diaemus, infelizmente nesse período eu não fotografava (nem as aves eu fotografava)

Mas e pra fazer as fotos que não são macro? dos bichos em vôo, pousados, etc? como vc faz a iluminação? o Flash deve chapar a imagem, não?

Vi suas fotos e algumas estão ótimas, onde vc fotografa?

Abraços

Alex
Alex Martins dos Santos - São Paulo/SP
Fuji S5100
Pentax MZ-50
Canon 10D e 300D + lente  28-135 is Canon + lente 70-300 TAmron


diaemus

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 247
  • Sexo: Masculino
    • Laboratório de Síntese Ecológica
Resposta #4 Online: 26 de Outubro de 2006, 15:30:18
Alex,

Obrigado por dar uma olhada lá no site!

Bom, eu fiz poucas fotos de morcegos voando, e a maioria ficou péssima, por isso nem botei no site. Meu equipamento simplesmente não dava pra isso direito. Já os morcegos pousados em galhos são mais fáceis de fotografar. Bastava pendurá-los ou encontrá-los na posição, que eu usava uma lanterna normal como luz-guia e aí batia as fotos com o flash embutido da Coolpix mesmo. Nesses casos não usava macro nem close-up, simplesmente as lentes embutidas na máxima distância fical.

O Merlin Tuttle faz as fotos de morcegos voando em um estúdio especial que ele preparou só pra isso. E ele usa morcegos treinados, que só atacam os frutos ou presas ao comando de um apito dele. O cara deixa umas três câmeras configuradas e focadas no alvo (fruto, inseto, rato, sapo etc.) e aí dispara várias fotos quando o morcego se aproxima. Em alguns casos, ele usava sensores infra-vermelhos que disparam as câmeas automaticamente quando o morcego entra no campo.

Um abraço!
Cientista profissional, fotógrafo amador.


André Sena

  • Trade Count: (23)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.673
  • Sexo: Masculino
Resposta #5 Online: 26 de Outubro de 2006, 18:59:52
Olha, tá ai uma coisa que nunca pensei em fotografar...
Interessante.

[ ]'s
André Sena


Orlando LRO

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 79
    • http://
Resposta #6 Online: 27 de Outubro de 2006, 14:04:21
Ainda bem que tem gente interessada em morcegos. Eu sempre fotografei flores. Acho mais simples e elas me enchem os olhos d'água, não que seja botânico. A minha área é completamente diferente disso, para ser mais exato a minha é Proteínas, mais específcamente hidrolases.

Mas, não perderia uma oportunidade de fazer umas fotos. Quem sabe agora fico mais animado quando comprar uma nova máquina.
orlando lro
brazlandia-df
A75
Ex (Canon AE-1, Minolta D370 e JVC MiniDV)


maui

  • Trade Count: (1)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 20
    • Flávio Varricchio
Resposta #7 Online: 29 de Outubro de 2006, 15:15:38
esse fotógrafo tem um trabalho bem legal de fotografia de morcegos,entra em contato com ele e pede algumas dicas:

http://www.juarezsilva.com.br/ens01.htm