Autor Tópico: Panasonic GX8  (Lida 2442 vezes)

marciok

  • Trade Count: (1)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.323
  • Sexo: Masculino
Online: 14 de Julho de 2015, 09:56:58
Vai ser lançada agora dia 16. Gravação 4K e, aparentemente...finalmente um novo sensor, um Sony de 20mp, pro pessoal desesperado por megapixels...

http://www.43rumors.com/ft5-panasonic-gx8-uses-a-new-20-mp-sensor-from-sony/

Esse rumor eu levo fé, pois estava esperando qual seria a primeira câmera m4/3 a usar o IMX269 da Sony. Só vejo um pequeno problema: consta que o sensor é Exmor - ou seja, não é sensor BSI (a Sony chama eles de Exmor R), muito menos um stacked sensor como os das Sony RX novas (que a Sony chama de Exmor RS).

Portanto, pode ser que as imagens em ISO alto sofram um pouco...

Ela com certeza deve ter filmagem em 4k, provavelmente travada em 30 minutos por aquecimento e/ou proteção das câmeras mais caras. Imagino que o IBIS deva ser mantido - mas dificlmente deve ser um 5-axis, acho mais provável uma evolução do IBIS que já existia na GX7, talvez agora funcionando em vídeo (isso é especulação minha).
Câmeras: Fujifilm X100s, Panasonic Lumix LX100, Olympus OM-D E-M5 Mark II, Sony HX9V
Lentes: Panasonic: 20mm f/1.7, 14mm f/2.5, 14-42 II f/3.5-5.6, 45-175mm f/4-5.6; Olympus: 45mm f/1.8, 75mm f/1.8; Canon FD: 50mm f/1.4, 35mm f/2  135mm f/2.5; Vivitar Series 1 105mm f/2.5 Macro; Tamron SP Adaptall 2: 28-80mm F/3.5-4.2 (27A),  35-80mm F/2.8-3.8 (01A); Fotasy 35mm f/1.7 C-Mount; Chinon 135mm f/2.8 Nikon; Nikon 180mm f/2.8; Rokinon 7,5mm

http://www.flickr.com/photos/kakobr/
http://500px.com/marci


efilho

  • Trade Count: (23)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.804
  • Sexo: Masculino
Resposta #1 Online: 14 de Julho de 2015, 10:02:11
Olá,

Acabei de ver que a Panasonic anunciará dia 16 o lançamento da GX8, com 4K e estabilização no corpo. Se essa estabilização for tão boa qto o IBIS em 3 eixos das E-M10, acho que a Pana será um concorrente sério para quem está pensando em comprar/fazer upgrade em suas Olympus mais antigas.

http://www.mirrorlessrumors.com/panasonic-gx8-to-be-announced-on-july-16

Aliás, um dos motivos alegados de a Olympus não colocar 4k em suas câmeras era a dificuldade de resfriamento de chip "flutuante" (o IBIS depende de o sensor estar "boiando" em um campo magnético), coisa que a Sony está fazendo na nova Alpha e agora a Panasonic também... Eu estava "fixado" na E-M5 Mk2, mas agora que posso ter estabilização no corpo para minhas lentes Olympus, acho que vou "diversificar"...  :)



marciok

  • Trade Count: (1)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.323
  • Sexo: Masculino
Resposta #2 Online: 14 de Julho de 2015, 10:04:42
Olá,

Acabei de ver que a Panasonic anunciará dia 16 o lançamento da GX8, com 4K e estabilização no corpo. Se essa estabilização for tão boa qto o IBIS em 3 eixos das E-M10, acho que a Pana será um concorrente sério para quem está pensando em comprar/fazer upgrade em suas Olympus mais antigas.

http://www.mirrorlessrumors.com/panasonic-gx8-to-be-announced-on-july-16

Aliás, um dos motivos alegados de a Olympus não colocar 4k em suas câmeras era a dificuldade de resfriamento de chip "flutuante" (o IBIS depende de o sensor estar "boiando" em um campo magnético), coisa que a Sony está fazendo na nova Alpha e agora a Panasonic também... Eu estava "fixado" na E-M5 Mk2, mas agora que posso ter estabilização no corpo para minhas lentes Olympus, acho que vou "diversificar"...  :)

Hehehe, postamos ao mesmo tempo. :)

Em termos de IBIS, acho certo ao menos uma versão melhorada do da GX7, boas chances de um 3-axis como o da E-M10 (o que pra mim seria suficiente), e dificilmente deve ser um 5-axis. Eu não espero muito do IBIS da Panasonic, a principio - apesar que o da GX7, pra fotos, é útil.
Câmeras: Fujifilm X100s, Panasonic Lumix LX100, Olympus OM-D E-M5 Mark II, Sony HX9V
Lentes: Panasonic: 20mm f/1.7, 14mm f/2.5, 14-42 II f/3.5-5.6, 45-175mm f/4-5.6; Olympus: 45mm f/1.8, 75mm f/1.8; Canon FD: 50mm f/1.4, 35mm f/2  135mm f/2.5; Vivitar Series 1 105mm f/2.5 Macro; Tamron SP Adaptall 2: 28-80mm F/3.5-4.2 (27A),  35-80mm F/2.8-3.8 (01A); Fotasy 35mm f/1.7 C-Mount; Chinon 135mm f/2.8 Nikon; Nikon 180mm f/2.8; Rokinon 7,5mm

http://www.flickr.com/photos/kakobr/
http://500px.com/marci


efilho

  • Trade Count: (23)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.804
  • Sexo: Masculino
Resposta #3 Online: 14 de Julho de 2015, 10:47:10
Hehehe, postamos ao mesmo tempo. :)

Levantando um papinho para o micro 4/3, que anda meio desanimado por aqui, coisa natural considerando que a turma do fórum é em boa parte profissional ou entusiasta de evento e essas câmeras M4/3 são ainda insuficientes pelo autofoco e pelo desfoque de fundo que não se comparam aos das "grandonas" (ou às Sony FF).

E como está o uso da E-M5 Mk2 após este bom tempo? Alguma atualização de suas impressões práticas sobre os recursos diferentes nela?

Aqui eu resumiria a "dupla" D750 e E-M10 no meu uso amador como "sempre E-M10 EXCETO se vai ter coisa se mexendo rápido ou a luz for de crepúsculo". O IBIS se mostrou muito eficaz após eu ter comprado a 75-300 (150-600 equiv.) e, para meu espanto, obtido fotos muito nítidas a 600mm qdo a veloc está na faixa dos 1/1000... Imagino que, com a Mk2, seja possível obter o mesmo a 1/500, não sei...  :ponder:

Grande abraço,

Edric


marciok

  • Trade Count: (1)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.323
  • Sexo: Masculino
Resposta #4 Online: 14 de Julho de 2015, 10:52:34
Vazaram as imagens da bichinha. Mudou um bocado, ela sim está lembrando a velha Lumix LC1.







Informações traduzidas do Google Translate do digicame.info, que é em japonês.

- Sensor is 20 mP
- shake correction new dual IS
- tilting 2.36 million dot organic EL EVF
- dust and water
- body is magnesium alloy
- 4K Photo · 4K video
- Free Angle 1.04 million dot organic EL monitor
- Wi-Fi , NFC, QR code connection
- continuous shooting 8 frames / sec in the AF tracking
- body color is black and silver

Ou seja: novo sensor, IBIS ou é dual-axis como o da GX7 (o que eu acho que é o caso) ou o "dual" é porque atua em conjunto com o OIS da lente, selada contra pó e splash (não ra chuva), LCD full tilt, EVF novo.
Câmeras: Fujifilm X100s, Panasonic Lumix LX100, Olympus OM-D E-M5 Mark II, Sony HX9V
Lentes: Panasonic: 20mm f/1.7, 14mm f/2.5, 14-42 II f/3.5-5.6, 45-175mm f/4-5.6; Olympus: 45mm f/1.8, 75mm f/1.8; Canon FD: 50mm f/1.4, 35mm f/2  135mm f/2.5; Vivitar Series 1 105mm f/2.5 Macro; Tamron SP Adaptall 2: 28-80mm F/3.5-4.2 (27A),  35-80mm F/2.8-3.8 (01A); Fotasy 35mm f/1.7 C-Mount; Chinon 135mm f/2.8 Nikon; Nikon 180mm f/2.8; Rokinon 7,5mm

http://www.flickr.com/photos/kakobr/
http://500px.com/marci


efilho

  • Trade Count: (23)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.804
  • Sexo: Masculino
Resposta #5 Online: 14 de Julho de 2015, 10:55:54
Vc já usou a GX7, esse "basculamento" do EVF não é meio inútil não?

Essa de AF Tracking só convence quem nunca usou DSLR...  ;)
« Última modificação: 14 de Julho de 2015, 10:58:50 por efilho »


marciok

  • Trade Count: (1)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.323
  • Sexo: Masculino
Resposta #6 Online: 14 de Julho de 2015, 10:59:00
Vc já usou a GX7, esse "basculamento" do EVF não é meio inútil não?

A GX7 é só tilt, pra cima e pra baixo, como o da E-M10, por exemplo.

Pra vídeo, ele é muito útil. Pra foto...também é util, mas menos prático de lidar. Tem um vantagem, pra foto - dá pra tirar foto perto do chão em modo portrait.
Câmeras: Fujifilm X100s, Panasonic Lumix LX100, Olympus OM-D E-M5 Mark II, Sony HX9V
Lentes: Panasonic: 20mm f/1.7, 14mm f/2.5, 14-42 II f/3.5-5.6, 45-175mm f/4-5.6; Olympus: 45mm f/1.8, 75mm f/1.8; Canon FD: 50mm f/1.4, 35mm f/2  135mm f/2.5; Vivitar Series 1 105mm f/2.5 Macro; Tamron SP Adaptall 2: 28-80mm F/3.5-4.2 (27A),  35-80mm F/2.8-3.8 (01A); Fotasy 35mm f/1.7 C-Mount; Chinon 135mm f/2.8 Nikon; Nikon 180mm f/2.8; Rokinon 7,5mm

http://www.flickr.com/photos/kakobr/
http://500px.com/marci


efilho

  • Trade Count: (23)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.804
  • Sexo: Masculino
Resposta #7 Online: 14 de Julho de 2015, 11:15:35
Sim, mas eu perguntei sobre o EVF e não o display LCD...  :)

O texto mostra que o IS é lente+sensor ("Dual IS (on sensor and on lens working together)"), e aí acho que a Olympus terá um concorrente danado mesmo, pois as tecnologias "na lente" e "no sensor" parecem dar resultados complementares.

Hmmmm...  :ponder:
« Última modificação: 14 de Julho de 2015, 11:43:38 por efilho »


efilho

  • Trade Count: (23)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.804
  • Sexo: Masculino
Resposta #8 Online: 14 de Julho de 2015, 11:47:17
E, finalmente, um sensor novo de 20 Mpxl....  :clap:


Thales Souto

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (29)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 11.908
  • Sexo: Masculino
  • "Fotografia é um hobby viciante"
    • http://www.instagram.com/soutonaamerica
Resposta #9 Online: 14 de Julho de 2015, 11:48:12
Vamos aguardar. Ainda acho que a maior expectativa é sobre o novo sensor.
D610 + AF-S 50 1.8 G + AF 24 2.8 D + YN685
"Polímeros, aulas, família e fotografia. Não necessariamente nessa mesma ordem...."
Meu canal no YouTube sobre fotografia: http://www.youtube.com/channel/UCCS35q7G_BRE6aVdXXEOKNg
www.flickr.com/photos/tsouto


marciok

  • Trade Count: (1)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.323
  • Sexo: Masculino
Resposta #10 Online: 14 de Julho de 2015, 12:42:55
Sim, mas eu perguntei sobre o EVF e não o display LCD...  :)

O texto mostra que o IS é lente+sensor ("Dual IS (on sensor and on lens working together)"), e aí acho que a Olympus terá um concorrente danado mesmo, pois as tecnologias "na lente" e "no sensor" parecem dar resultados complementares.

Hmmmm...  :ponder:

Ah, o EVF eu acho útil sim. Primeiro, se você quiser bater foto apontando para o céu (topos de prédio, de árvore) usando o EVF - não precisa erguer a cabeça, basta virar só o EVF e se manter olhando pra frente, é muito mais confortável e mais estável.

Outra utiidade dele é quando você precisa de mais firmeza para alguma foto específica handheld; você vira o EVF uns 45 graus pra cima e usa a câmera meio que parecido com uma TLR (como uma Rolleiflex) - segura a câmera por baixo com ambas as mãos e as mãos apoiadas no peito. É raro usar assim, mas quando você precisa, é MUITO mais estável que na altura dos olhos.

Sou meio suspeito pra falar - até hoje, a GX7 pra mim é a melhor câmera que já usei para manusear. Acho o grip dela confortabilíssimo (com uma ressalva que vou falar na GX8), o dial traseiro clicável é incrível, a chave de mudança de modo de foco é perfeita...acho qualquer controle na câmera sem precisa olhar pra ela.
Câmeras: Fujifilm X100s, Panasonic Lumix LX100, Olympus OM-D E-M5 Mark II, Sony HX9V
Lentes: Panasonic: 20mm f/1.7, 14mm f/2.5, 14-42 II f/3.5-5.6, 45-175mm f/4-5.6; Olympus: 45mm f/1.8, 75mm f/1.8; Canon FD: 50mm f/1.4, 35mm f/2  135mm f/2.5; Vivitar Series 1 105mm f/2.5 Macro; Tamron SP Adaptall 2: 28-80mm F/3.5-4.2 (27A),  35-80mm F/2.8-3.8 (01A); Fotasy 35mm f/1.7 C-Mount; Chinon 135mm f/2.8 Nikon; Nikon 180mm f/2.8; Rokinon 7,5mm

http://www.flickr.com/photos/kakobr/
http://500px.com/marci


efilho

  • Trade Count: (23)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.804
  • Sexo: Masculino
Resposta #11 Online: 14 de Julho de 2015, 12:52:38
....Acho o grip dela confortabilíssimo (com uma ressalva que vou falar na GX8)...

Como assim?  :)


marciok

  • Trade Count: (1)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.323
  • Sexo: Masculino
Resposta #12 Online: 14 de Julho de 2015, 13:16:56
Voltando à GX8, o que pude deduzir pelas fotos (e por ter sido a GX7 a máquina que mais usei até hoje):

- Frente: sempre gostei do grip da GX7, achava confortável, caía bem na mão (apesar de não ser o mais firme), mas notavelmente o da GX8 parece melhor, principalmente com lentes grandes. Ainda aparece meio de relance na foto frontal, e não dá pra ter certeza, mas parece haver mais um botão na frente, perto da lente, do lado oposto ao do botão de trava da lente; não seria absurdo, a E-M5 II tem um botão programável ali, que vem de fábrica como previsão de profundidade de campo.
- Flash na câmera: seguindo a tendência atual, morreu. Acho uma pena - o da GX7 era fraco (como são os pequenos que vem juntos com as câmeras mais novas), mas servia bem para um fill flash ocasional, e dava pra rebater ele no teto segurando com o dedo (e funcionava surpreendentemente bem).
- Deck superior: primeira coisa que me impressionou é que o EVF aumentou MUITO, ao menos em área ocupada (se comparar com a visão superior da GX7, usando o hotshoe do flash como comparação de tamanho, dá pra ver). Mode dial foi pro meio, me pareceu uma posição pior que na GX7 para quem usava muito (não é o meu caso). Abaixo dele, agora existe um dial dedicado para compensar exposição. Não gostei da solução, preferia o padrão que é usar o dial traseiro para isso (até porquê, até onde lembro, compensação de EV só existe em modos não-manuais, como A,S, etc...). Porém, libera o traseiro para outro ajuste (mudança de ISO me vêm na cabeça na hora). Chave liga-desliga em uma posição não usual, mas me pareceu boa, você aciona com o dedo indicador, que já está perto, no shutter. Botão de gravação de vídeo em boa posição (fácil de achar mas não de acionar sem querer), e até aquele Fn button abaixo dele me parece alcancável com o dedão.
- Dial traseiro: passou a ser o da G7, que ainda não usei. Não é clicável, que é de longe um dos itens de interface que eu mais gostava nas Panasonic, junto com a chave de modo de foco - mas para outras pessoas pode ser indiferente; eu gostava pois, usando lentes manuais, o padrão do clique do dial traseiro era ativar o focus assist completo (ampliação de imagem + focus peaking); nas Olympus, preciso de dois botões para isso. Tem um botão no meio do dial que talvez possa ter essa função, mas não me aprece tão prático. Já o dial em si, me parece melhor de usar.
- Dial dianteiro: aparentemente é o mesmo da GX7. Não é ruim, mas perde de longe pros da Olympus, por exemplo.
- Controles traseiros: esses me deixaram um pouco em dúvida. Primeiro, segue o maior problema ergonômico da GX7 - aquele montinho da parte interna da mão, abaixo do dedão, vive pressionando os botões Disp (principalmente), ISO e/ou WB. Pode ter sido mitigado pelo grip frontal novo, você deve mudar a pegada mais para a parte frontal da câmera e não precisa tanto de apoio traseiro, mas é um risco a observar. AF/AE Lock em um local estranho (onde era o dial traseiro), mas considerando como era clicar o dial traseiro na GX7, acho que ele parece muito mais fácil de usar do que aparenta. A chave de mudança de modo de foco e seu botão central foi MUITO mais para a esquerda, talvez demais (esse controle na GX7 é o que mais gosto em todas as m4/3 - mudo de modo de foco muito seguidamente - e na GX7 é simplesmente perfeito em tudo, posicionamento e funcionamento). Botão LVF nunca usei mesmo - minha dica vinda da LX100 é usar ele para ativar modo de foto 4k.
- LCD tilt: útil para vídeo, nem tanto para foto. Sou SEMPRE a favor de LCDs móveis em qualquer câmera, mas para foto, em geral, um LCD só com tilt para cima e para baixo é mais simples e prático de operar. Vantagens de um display full-tilt para fotos: tirar selfies (odeio), tirar fotos perto do chão em modo retrato (você consegue virar o display apontando para cima), e você pode virar o display "ao contrário" ao guardar a câmera, evitando riscar a tela. Desvantagens: ruim para tirar fotos discretamente na altura da cintura, mais trabalho para virar ele em qualquer sentido quando precisa. Ah, deve ter o modo touchpad da Panasonic - você pode abrir o display, ficar olhando pelo EVF e ir alterando o ponto de foco como se fosse um touchpad de laptop com a mão esquerda, sem ter de tirar o olho do EVF; porém, pela localização do EVF, só deve servir para quem usa o olho esquerdo para fotografar.
- Sensor: é o que vai decidir se compro ela ou não, na verdade. Na página da Sony consta que é um Exmor, ou seja, não é BSI. Então, a não ser que existam outros avanços de sensibilidade, pode ser que seja um sensor com a mesma construção dos m4/3 atuais, mas com 20mp - aí a sensibilidade em ISO alto vai sofrer. Acho que não vai ser o caso; meu chute é que tenha a mesma sensibilidade que os atuais de 16mp, mas, para mim, isso talvez não seja suficiente. 16mp para mim estava mais que bom, o que eu mais quero hoje do m4/3 é 1 ou 2 stops a mais de low light. Mas a maioria prefere mais megapixels...
- IBIS: na página em japonês dizia "dual IS". 43rumors considerou que deve ser IBIS + OIS da lente (e mais unicórnios rosa, se pudessem). Eu, infelizmente, acho que é um dual axis como na GX7. Vamos ver.
- Ah, do AF Tracking: pessoal testando a G7 tem tido resultados surpreendentes, inclusive no review desfavorável no DPReview. Não são poucos dizendo que REALMENTE está em nível DSLR. A conferir.

Em resumo, parece ser uma ótima câmera, como a (subestimada) GX7 era. Mas ainda tem o fator preço - ela tem cara de câmera BEM cara.
Câmeras: Fujifilm X100s, Panasonic Lumix LX100, Olympus OM-D E-M5 Mark II, Sony HX9V
Lentes: Panasonic: 20mm f/1.7, 14mm f/2.5, 14-42 II f/3.5-5.6, 45-175mm f/4-5.6; Olympus: 45mm f/1.8, 75mm f/1.8; Canon FD: 50mm f/1.4, 35mm f/2  135mm f/2.5; Vivitar Series 1 105mm f/2.5 Macro; Tamron SP Adaptall 2: 28-80mm F/3.5-4.2 (27A),  35-80mm F/2.8-3.8 (01A); Fotasy 35mm f/1.7 C-Mount; Chinon 135mm f/2.8 Nikon; Nikon 180mm f/2.8; Rokinon 7,5mm

http://www.flickr.com/photos/kakobr/
http://500px.com/marci


efilho

  • Trade Count: (23)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.804
  • Sexo: Masculino
Resposta #13 Online: 14 de Julho de 2015, 14:33:09
ESTA é uma análise porreta!!!!!  :clap:


marciok

  • Trade Count: (1)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.323
  • Sexo: Masculino
Resposta #14 Online: 14 de Julho de 2015, 15:18:48
A GX7 é a câmera que mais usei na vida, então por isso deu pra falar bastante com base, hehehe

Ah, um aspecto importante, especialmente pra você, efilho: muito provavelmente (na verdade, nunca devem esclarecer direito) essa câmera deve ter filtro AA, pra evitar moiré em vídeo. Porém, pode ser que a resolução mais alta compense...

Negócio é esperar os testes, pois é um novo sensor, zero de idéia em como vai ser a qualidade de imagem.
Câmeras: Fujifilm X100s, Panasonic Lumix LX100, Olympus OM-D E-M5 Mark II, Sony HX9V
Lentes: Panasonic: 20mm f/1.7, 14mm f/2.5, 14-42 II f/3.5-5.6, 45-175mm f/4-5.6; Olympus: 45mm f/1.8, 75mm f/1.8; Canon FD: 50mm f/1.4, 35mm f/2  135mm f/2.5; Vivitar Series 1 105mm f/2.5 Macro; Tamron SP Adaptall 2: 28-80mm F/3.5-4.2 (27A),  35-80mm F/2.8-3.8 (01A); Fotasy 35mm f/1.7 C-Mount; Chinon 135mm f/2.8 Nikon; Nikon 180mm f/2.8; Rokinon 7,5mm

http://www.flickr.com/photos/kakobr/
http://500px.com/marci