Autor Tópico: Quantos ensaios um fotógrafo tempo integral faz por mês?  (Lida 4033 vezes)

vangelismm

  • Trade Count: (7)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.183
  • Sexo: Masculino
    • MedinaFotografia
Tenho uma planilha que calcula meu custo mensal, no final preciso dividir esse custo pelo número de ensaios que faço por mês.
Como tenho outro trabalho, coloquei 4 trabalhos por mês, 4 fins de semana.
Mas queria calcular meu custo como se fosse tempo integral.
Qual a média de vocês?
"A perspectiva de uma imagem é controlada pela distância entre a lente e o assunto; mudando a distancia focal da lente muda o tamanho da imagem , mas não altera a perspectiva . Muitos fotógrafos ignoram este fato, ou não têm conhecimento de sua importância." -  Ansel Adams, Examples – The Making of 40 Photographs


fyamaguti

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 63
Resposta #1 Online: 16 de Julho de 2015, 14:38:19
Alguém também está querendo sair do emprego atual...  :clap: :clap: :clap:


Também tenho interesse em saber isso...

acompanhando. :ok:
Canon SL1 // 18-55(Kit) f3.5-5.6 // 18-135 f3.5-5.6 // 40mm 2.8 STM // 50mm 1.8 // Tripé // Bolsinha


leonobox

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.474
  • Sexo: Masculino
    • Ensaios.tumblr.com
Resposta #2 Online: 16 de Julho de 2015, 14:45:54
Eu acho isso muito relativo, não acho que da pra ter uma base com o fluxo dos outros, vai muito da qualidade do trabalho de cada um, da divulgação, do atendimento, do network, e claro, dos valores tb... nada contra o preço de ninguem, cada um sabe quanto vale o seu trabalho, mas pode ter fotografo que faz 20 ensaios cobrando duzentos reais enquanto outros fazem 5 ensaios por mês cobrando mil reais  :ok:

Bom, mas respondendo, meu fluxo de trabalho não é só com ensaios, mas posso colocar uma média de 10 por mês, isso como média, mas cheguei a fazer mais de 30 em um mês...
« Última modificação: 16 de Julho de 2015, 14:49:27 por leonobox »
Ultimas datas (Outubro e Novembro) de 2017 para o WORKSHOP DE ILUMINAÇÃO EM ESTÚDIO - SÃO PAULO e RIO DE JANEIRO
https://forum.mundofotografico.com.br/index.php/topic,129490

http://www.leonardopacheco.com.br/workshop/


vangelismm

  • Trade Count: (7)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.183
  • Sexo: Masculino
    • MedinaFotografia
Resposta #3 Online: 16 de Julho de 2015, 15:12:48
Sei que é bem relativo, mas quero aquela estatística de mesa de bar mesmo.
"A perspectiva de uma imagem é controlada pela distância entre a lente e o assunto; mudando a distancia focal da lente muda o tamanho da imagem , mas não altera a perspectiva . Muitos fotógrafos ignoram este fato, ou não têm conhecimento de sua importância." -  Ansel Adams, Examples – The Making of 40 Photographs


Rafael Vega

  • Trade Count: (6)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 476
  • Sexo: Masculino
Resposta #4 Online: 16 de Julho de 2015, 16:17:14
Interessado...acompanhando.....  :assobi: :D
Canon 70d / 35mm f/2 IS / 85mm f/1.8 / 100mm f/2.8 Macro / 10-18mm / 24-105mm f/4L

Flickr:   http://www.flickr.com/photos/cmte_vega
500px: http://500px.com/rafael_vega
Face:    https://www.facebook.com/rvegaphotos


Lizandro Júnior

  • Trade Count: (18)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.494
  • Sexo: Masculino
  • "Com Deus, todas as coisas são possíveis."
    • Lizandro Júnior Fotografias
Resposta #5 Online: 16 de Julho de 2015, 17:53:46
Interessado...acompanhando.....  :assobi: :D

Essa é aquela pergunta que eu me faço e que nunca sai da minha cabeça.

Acompanhando!
Nikon D750 | Nikon D700 | Flash SB900| Nikkor 24mm f/1.8G ED | Sigma 85mm f/1.4 EX DG HSM | Tokina AT-X 16-28mm f/2.8 Pro FX |  Yongnuo 622N | Yongnuo TX

www.lizandrojunior.com  | "Com Deus, todas as coisas são possíveis."


André Luis Jacob

  • Trade Count: (3)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.309
  • Sexo: Masculino
    • Jacob Fotografia Criativa
Resposta #6 Online: 16 de Julho de 2015, 21:23:25
como disse o amigo Leo, varia muito, eu por exemplo tenho 4 ensaios diferentes.

O que fiz pra calcular meus custos foi planificar quantos trabalhos em média eu conseguiria fazer por mes. Por exemplo, ensaios completos eu conseguiria fazer no máximo 8, então ele tem um valor baseado nesse numero, ensaios curtos em externa, conseguiria fazer 15, ensaios em estudio eu consigo fazer até mais de um por dia. Casamentos? Somente 4, no maximo 8 (dois por fim de semana, mas é apertado, nao poderia ter ensaios mais, ou seja abriria mão de outra coisa), aniversarios infantis, é tranquilo 2 por fim de semana... Baseando-se nisso criei meus preços, é impossível você ter noção de quantos vai fazer, eu comecei imaginando que iria ter uns 5 por mês e mal e mal tinha um no ínicio, o bom é que ja iniciei com o valor certo (claro que houveram ajustes, mas nao foram absurdos) então eu ja consegui desde o inicio definir bem certo o meu publico, hoje eu trabalho com metas, ou seja, eu ja sei o maximo que consigo fazer de cada, ja sei o valor certo por casa, ja sei o mínimo que tenho que fazer para nao ter prejuizo no mês e sei o teto que eu conseguirei ganhar em um mês se tiver agenda cheia  :ok:
« Última modificação: 16 de Julho de 2015, 21:25:20 por André Luis Jacob »


Danilo_cs

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.020
    • DCS
Resposta #7 Online: 16 de Julho de 2015, 21:46:33
Nenhum 
Acho que é fim de carreira pra eu
:(
Meu trabalho está aqui em http://www.dcsdesenvolvimento.com.br :)


The Punisher

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 71
  • Sexo: Masculino
Resposta #8 Online: 17 de Julho de 2015, 02:49:46
Impossível estipular quantos trabalhos terá por mês e assim definir preço, leva tempo até atingir estabilidade e ter uma noção melhor, não esquente com isso, calcule seus custos e defina o preço da sua hora de trabalho, o que você considera justo e de acordo com a qualidade do seu trabalho e realidade do mercado, seria bom você saber a média de preço dos seus concorrentes e se você tiver um trabalho superior não se rebaixe ao nível deles, vejo muitos novatos fotografando muito mais que eu e com clientes medíocres que só estão interessados em preço, prefiro fazer 2 trabalhos por mês de qualidade e valor alto do que 30 porcarias por mês a preço de banana, eu abandonei esses mini ensaios e ensaios fracionados, prefiro ter tranquilidade na minha vida, ser valorizado e prestar um serviço de qualidade, personalizado.

Seja fotógrafo antes de ser comerciante. 


milton42zl

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 168
Resposta #9 Online: 17 de Julho de 2015, 09:19:07
Discordo num ponto do Punisher . Não precisa ser bom fotógrafo, mas precisa de um bom ponto comercial pra ter um bom volume de vendas. Como vc perguntou em tempo integral vou dar exemplo pessoal. Um tio meu q tinha estúdio no centro de sp na época boa fazia 60 cabeças ( foto 3x4 ) e cerca de 30 ensaios fotográficos ( entre gestante,criança,noiva e book ) ou seja no máximo 1 por dia . Fluxo absurdo de pessoas ,chutando por baixo 200 mil por dia . Caso 2 , amigo meu, excelente fotógrafo ,estúdio de grande porte, afastado do centro . Fluxo mínimo de pessoas , maioria passava de carro . Facilidade de estacionamento, mesmo assim ninguém parava. Média de 2 books por semana(eu sei porque minha esposa era sempre chamada pra maquiar e produzir as modelos)  . Dependia de eventos pra pagar o aluguel do ponto . Faliu em menos de 2 anos . Meu caso, estúdio em bairro, fluxo de pessoas quase zero , dependendo basicamente de indicação , todos ensaios são puxados por eventos . Tipo a mulher vai fazer um aniversario de 60 anos e pede uma sessão de fotos pra escolher uma pro banner . Ou e´filho ou filha de alguém  q fez evento comigo . Tbm não tem como dispensar eventos , q[é de onde vem o grosso do dimdim . Gente sem conexão com eventos feitos por mim, eu chuto no máximo 2 por mês . Detalhe : eu cobro acima da media aqui da regiaõ e não to nem aí . Se acha caro eu indico um barato amigo meu .  Caso 4 : o cara tem o melhor ponto comercial ,do lado da estação , atende desde classe A até classe E , ganha muito com foto 3x4 editada na hora e foto pra rede social   com direito a maquiagem . Focado em fotografia infantil e adolescente faz sessões rápidas de 15 minutos a meia hora e agrega fotoprodutos as vendas ,chaveirinhos,canequinhas e toda essa tranqueirada q mãe baba . Moleque inteligente ,fotografo mediano, nenhuma das 4 fotografas do estúdio são formadas em fotografia ,todas eram atendentes no inicio, mas tem carisma é bom comerciante e com certeza já passou do primeiro milhão na conta bancária faz tempo.
      Tirando essa questão de ponto comercial e tino pro negocio ,aí sim o cara tem q ser muito bom, acima da média pra se sobressair ou ter um bom marketing . Rede grande de contatos não conta, por dia me procuram muita gente por indicação de rede social ou de amigos, mas qdo passo o orçamento ,todo mundo se lembra q tem um primo ou uma amiga q tem uma câmera " profissional " . O cara pode ser seu amigo e precisar de um book ,mas se tiver um zé favela q faz pela metade do preço  ,negócios e amizade não se misturam .Teve uma época q fiz promoção de fotolivro com capa personalizada de 10 laminas ( cerca de 20 fotos ) por 500 contos . Mesmo assim fechei todos por indicação e nenhum por divulgação na net . Antes de largar o emprego tem q ter agenda fechada pra todo fim de semana ,senão é suicídio.


jefersonperrot

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 710
  • Sexo: Masculino
  • Tudo posso naquele que me fortalece - Fp 4:13
Resposta #10 Online: 17 de Julho de 2015, 09:32:43
:snack: Acompanhando...
Canon


Tupiniquim

  • Trade Count: (5)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.204
  • Sexo: Masculino
    • Flickr
T3i + Sigma 10-20; Sigma 17-50 f 2.8; Canon 55-250; 50 F 1.8
5D Mark II + 24-105; 85 F 1.8
580EX II


vangelismm

  • Trade Count: (7)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.183
  • Sexo: Masculino
    • MedinaFotografia
Resposta #12 Online: 17 de Julho de 2015, 10:39:23
Milton,
Gostei dos exemplos que você deu. No meu caso não pretendo abrir estúdio, apenas um escritório para atendimento e entrega.
Hoje cálculo meu ensaios em cima de 4 trabalhos mensais, se eu somar meu salário como custo e não aumentar a quantidade de ensaios, o valor vai mais que duplicar e não sei se eu já atingiria esse público alvo mais abonado. Não que eu seja barateiro, pois já conheço poucos fotógrafos que cobram mais do que eu aqui.
Queria um número pé no chão com base em quem tem experiência. Pensei em um número entre 8 e 12, e sim, apenas uma estimativa, não estou assumindo que vou sempre atingir essa quantidade.
"A perspectiva de uma imagem é controlada pela distância entre a lente e o assunto; mudando a distancia focal da lente muda o tamanho da imagem , mas não altera a perspectiva . Muitos fotógrafos ignoram este fato, ou não têm conhecimento de sua importância." -  Ansel Adams, Examples – The Making of 40 Photographs


Tupiniquim

  • Trade Count: (5)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.204
  • Sexo: Masculino
    • Flickr
Resposta #13 Online: 17 de Julho de 2015, 10:50:45
Alguns pontos me chamaram bastante a atenção nesses últimos comentários: nunca imaginei que a questão do ponto fosse ainda tão relevante e candente.
E, admito, sozinho eu jamais pensaria em relacionar eventos com ensaios...
T3i + Sigma 10-20; Sigma 17-50 f 2.8; Canon 55-250; 50 F 1.8
5D Mark II + 24-105; 85 F 1.8
580EX II


The Punisher

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 71
  • Sexo: Masculino
Resposta #14 Online: 17 de Julho de 2015, 17:14:04
Discordo num ponto do Punisher . Não precisa ser bom fotógrafo, mas precisa de um bom ponto comercial pra ter um bom volume de vendas. Como vc perguntou em tempo integral vou dar exemplo pessoal. Um tio meu q tinha estúdio no centro de sp na época boa fazia 60 cabeças ( foto 3x4 ) e cerca de 30 ensaios fotográficos ( entre gestante,criança,noiva e book ) ou seja no máximo 1 por dia . Fluxo absurdo de pessoas ,chutando por baixo 200 mil por dia . Caso 2 , amigo meu, excelente fotógrafo ,estúdio de grande porte, afastado do centro . Fluxo mínimo de pessoas , maioria passava de carro . Facilidade de estacionamento, mesmo assim ninguém parava. Média de 2 books por semana(eu sei porque minha esposa era sempre chamada pra maquiar e produzir as modelos)  . Dependia de eventos pra pagar o aluguel do ponto . Faliu em menos de 2 anos . Meu caso, estúdio em bairro, fluxo de pessoas quase zero , dependendo basicamente de indicação , todos ensaios são puxados por eventos . Tipo a mulher vai fazer um aniversario de 60 anos e pede uma sessão de fotos pra escolher uma pro banner . Ou e´filho ou filha de alguém  q fez evento comigo . Tbm não tem como dispensar eventos , q[é de onde vem o grosso do dimdim . Gente sem conexão com eventos feitos por mim, eu chuto no máximo 2 por mês . Detalhe : eu cobro acima da media aqui da regiaõ e não to nem aí . Se acha caro eu indico um barato amigo meu .  Caso 4 : o cara tem o melhor ponto comercial ,do lado da estação , atende desde classe A até classe E , ganha muito com foto 3x4 editada na hora e foto pra rede social   com direito a maquiagem . Focado em fotografia infantil e adolescente faz sessões rápidas de 15 minutos a meia hora e agrega fotoprodutos as vendas ,chaveirinhos,canequinhas e toda essa tranqueirada q mãe baba . Moleque inteligente ,fotografo mediano, nenhuma das 4 fotografas do estúdio são formadas em fotografia ,todas eram atendentes no inicio, mas tem carisma é bom comerciante e com certeza já passou do primeiro milhão na conta bancária faz tempo.
      Tirando essa questão de ponto comercial e tino pro negocio ,aí sim o cara tem q ser muito bom, acima da média pra se sobressair ou ter um bom marketing . Rede grande de contatos não conta, por dia me procuram muita gente por indicação de rede social ou de amigos, mas qdo passo o orçamento ,todo mundo se lembra q tem um primo ou uma amiga q tem uma câmera " profissional " . O cara pode ser seu amigo e precisar de um book ,mas se tiver um zé favela q faz pela metade do preço  ,negócios e amizade não se misturam .Teve uma época q fiz promoção de fotolivro com capa personalizada de 10 laminas ( cerca de 20 fotos ) por 500 contos . Mesmo assim fechei todos por indicação e nenhum por divulgação na net . Antes de largar o emprego tem q ter agenda fechada pra todo fim de semana ,senão é suicídio.

Concordo com você Milton, eu decidi não ser esse comerciante, e sim um bom fotógrafo, não quero enriquecer com a fotografia, não tenho estúdio nem escritório, meus clientes vem todos por indicação, já atendi muita gente importante e influente na cidade, políticos, empresas, delegado, engenheiro, advogado, médico e isso acabou me dando credibilidade, ao invés de investir em um estúdio investi em conhecimento e equipamentos, no meu caso tento oferecer um trabalho mais artístico, com maior status e valor percebido, tipo VIP e deixo os trabalhos caça níqueis para os iniciantes, esses provavelmente devem estar faturando mais que eu, mas também trabalhando 30 x mais.
Antes eu tentava vender alguns planos mais baratos, fracionados, mini ensaios e tal, mesmo com preço competitivo e qualidade superior não vendia, iam para a concorrência que oferecia 1001 brindes e frescuras, as mamães fotógrafas de newborn de facebook levaram toda minha clientela de família, me recusei a baixar os valores e desisti dessa area voltando ao preço correto, se quer quer, se não quer tem quem queira, hoje meu marketing e vendas é boca a boca e rede social.

Preferi me valorizar do que me "prostituir" kkkk.