Autor Tópico: Calibrando o monitor e outros periféricos  (Lida 2774 vezes)

marsteffen

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 35
    • http://
Online: 31 de Março de 2005, 07:52:42
Pessoal, e qual a melhor maneira de calibrar o monitor?


Zeiss

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 698
    • Melhor pra Deus
Resposta #1 Online: 31 de Março de 2005, 08:57:18
B) Obrigado pelas dicas Ivan.
Para se calibrar o monitor 100% perfeito é necessário um colorímetro como este:
http://www.pcphotoreview.com/colorvisionspotlightcrx.aspx
Ivan vc calibra pelo Photosop? Ajuste de gama se não me engano, ou usa um outro soft para minimizar o problema?
Creio que como já foi dito é importante uma linha de ´comunicação ampla com o lab. que vai copiar as fotos para que vcs falem "a mesma língua" em busca de fotos perfeitas.
Quanto à discussão sobre digitalx35mm lembrei das cameras de cinema voltadas ao digital como as CineAlta da Sony. Só o que se fala na propaganda é que ela simula bem as características do filme com seu contraste e latitude característicos, o que o diferencia do vídeo digital da TV, por ex.(veja a diferença de imagem da novela das 8 com o da tela quente por ex.). Existem inclusive softs para vídeo como o Cine Look que simula grão e contraste de película em imagens de vídeo.Ou seja, o que algumas vezes batemos contra a película na verdade são características e não defeitos pois por incrível que pareça a imagem fica mais agradável aos olhos com estas "inferioridades" em relação ao digital. Nossos olhos não classificam o que é belo da mesma forma que os testes técnicos de performance. No cinema convencional filma-se em película, faz-se o telecine (que tem resultado similar ao scan em foto) para um formato digital sem compressão como o D-1 ou D-5, e atualmente os formatos HDTV, colocam-se os efeitos e depois volta tudo para a película. Os cineastas admitem o uso da captação digital onde se quer diminuir custos, usar muitos efeitos e não se busca um Oscar de melhor fotografia, pq aí a película é imbatível ainda hoje.
Por isso que aqui se comenta que em caso de cromo a superioridade da película existe em alguns casos e quando se existe grande variação de latitude na imagem, no caso dos filmes negativos.
Quem não pode ter uma top como a S3 e enfrenta fotos como de casamento com sombras e extremos de luz na imagem (terno preto X vestido branco) creio que o negativo ainda é viável e prático apesar de não se ver na hora e ter que comprar filme.
No caso dos p/bs feitos a ISO 800 e acima, principalmente com filme 120 e bem impressos, ainda estão longe de serem igualados no digital.
Bye
« Última modificação: 31 de Março de 2005, 09:39:37 por Zeiss »
João Bosco
Sony Alpha A100+18-70+F56AM
Sony NEX F3 Black+18-55
Panasonic Lumix TZ10
boscovieira@hotmail.com-Fortaleza-CE


Ivan de Almeida

  • Trade Count: (1)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.297
  • Sexo: Masculino
  • . F o t o g r a f i a .
    • Fotografia em Palavras
Resposta #2 Online: 31 de Março de 2005, 08:58:33
marsteffen:

A melhor maneira é com espectrômetro e depois acertar no olho as diferenças que achar, mas onde é que voc~e vai encontrar um espectrômetro? Custa o preço de uma câmera compacta razoável.

A alternativa viável é fazer uma foto-teste, com um set de cores bem determinada e também mandar fazer algumas fotos variadas que tenha no micro (digamos umas três, uma com verdes e azuis, uma com marrons;vemelhos, etc).

Aí você deixa uma foto teste aberta e pega a em papel para comparação a vai nos sets do monitor tentando ajustá-los, procurando chegar o mais perto possível da foto impressa atrávpes da regulagem da temperatura de cor, do brilho e do contraste.

Nem sempre isso dá certo. Para falar a verdade, é preciso de um bom monitor para isso ser suficeinte. No meu, um Sansung 753V, por mais que eu faça não dá.

Aí apela-se para a segunda parte. Há dentro dos diretórios Adobe ou Photoshop, um programa chamado Adobe Gamma. Esse programa calibra as cores do Windows. Novamente você vai pegar sua foto/fotos referência e, a partir do que conseguiu no ajuste do monitor, tentar chegar mais perto ainda.

No meu caso, essas duas etapas são necessárias e o resultado final é bastante aproximado, mas não igual.

Naturalmente depois de regular no Adobe Gamma você vai descobrir que a regulagem do monitor podia ser um pouquinho diferente, e numas tr~es ou quatro idas e vindas entre o Adobe Gamma e a regulagem do monitor, você chega perto.

É preciso observar que a cor do monitor é mais ou menos fixa (luz projetada) mas a luz da foto em papel varia conforme a iluminação ambiente. Desse modo sua calibragem só vai valer para o tipo de luz que voc~e tiver no escritório ou no ambiente do monitor. O ideal é haver uma mistura de iluminação, com preponderãncia de iluminação fluorescente tipo luz do dia mas também alguma luz incandescente acesa. O objetivo é voc~e ter uma luz que seja mais ou menos média em relação à luz ambiente do dia.

Grosso modo, comparando meu monitor calibrado com o do meu filho descalibrado, o meu é mais amarelo e "quante" e escuro, e os contrastes são menores.

Algumas cores, como o verde brilhante ou meio-brilho, são impossíveis de acertar se você não usa um Sony Trinitron. Isso é importante saber, do contrário fica-se desesperado.

Parece chato e complicado? Pos bem, é mesmo. Eu tive a sorte de poder comparar nos labs vários monitores coma foto teste, e por fim, num deles, me foi mostrado pelo dono do lab a claibração que ele considerava perfeita (de fato era), e assim tive a partir daí noção do que deveria perseguir.

Ivan


Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.744
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Resposta #3 Online: 31 de Março de 2005, 11:31:39
Ivan esta alternativa tbm tem se mostrado bastante infeiciente na maioria dos casos, rolou uma enorme discução sobre isso no BRfoto.

Uma cor na tela, outra no papel

Calibrei meu monitor!

Achei interessante os rumos que este tópico tomou e acho que vale a pena ser lido, muitos se preocupam com vários tipos de comrpas para melhorar a qualidade e se esquecem de itens básicos como estes... :)

Quanto à calibragem perfeita temos que tomar cuidado com esse tipo de afirmação, não tem como definir calibragem perfeita pois cada um de nós ve o branco de uma forma, não é porque uma coisa está agradável aos olhos que ela é perfeita, muito pelo contrário, a calibragem correta de um dispositivo é muito incômoda, principalmente no começo para quem ainda não está acostumado, pois os tons ficam bem mais quentes do que estamos habituados a ver (o ser humano tende a puxar calibragens para tons frios, principalmente as mulheres que vêem com uma carga maior de vermelho).

Vejam os posts mostrados que vcs verão que calibragem a olho é um quebra galho, na verdade um péssimo quebra galho que não garanta absolutamente nada. :(
« Última modificação: 31 de Março de 2005, 11:35:26 por Leo Terra »
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.


FernandoPaes

  • Trade Count: (17)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.522
  • Sexo: Masculino
  • Fernando Paes - Fotógrafo
    • Fernando Paes - Fotógrafo de Casamentos
Resposta #4 Online: 31 de Março de 2005, 12:13:18
Nossa Leo, realmente os topicos são muito esclarecedores.

Sobre o colorimetro, o que voce acha de vir a SP e calibrar o monitor da galera?

Abraço,
Fernando
 
Fernando Paes - Fotógrafo de Casamentos - SP
Visite meu Website: http://www.fernandopaes.com.br

Conheça nosso podcast para fotógrafos sociais!


Ivan de Almeida

  • Trade Count: (1)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.297
  • Sexo: Masculino
  • . F o t o g r a f i a .
    • Fotografia em Palavras
Resposta #5 Online: 31 de Março de 2005, 13:28:36
Leo:

É exatamente o que falei. A calibragem boa para fotografia é quente e escura, e no início estranhamos prá caramba.

A calibragem a olho é sempre algo aproximado, mas no meu caso particular mesmo não estando perfeita reduziu o erro a uma faixa bastante aceitável. Discuto até se seria possível, com este monitor que tenho, um Sansung 753V que não é feito para fotografia, conseguir a calibração muito boa, pois pelo que vi em nos labs só alguns monitores permitem isso.

Mesmo a calibração perfeita, se existisse, seria incluenciada pela luz ambiente em que trabalhamos. No meu caso, por exemplo, meu escritório é uma pequena câmera no meio do corredor do apto que criei na reforma, para não ter estantes e computador no quarto que não gosto, e para ver direito a foto tenho de fechar uma porta que dá para a sala, pois do contrário azula o ambiente e perco a referência pela penetração da luz exterior.

Mas, para meus propósitos, basta-me o prognóstico muito aproximado. Se um dia precisar de prognóstico exato, então é caso do colorímetro (180 dólares na BH o mais barato).

Em tempo: quem é um grande defensor da calibragem "a olho" é o Fespo, com quel, aliás, visitei os tais labs. É interessante porque el tem como parte da sua atividade profissional exatamente ministrar treinamento para operadores de labs digitais. Eu não acompanho exatamente a opinião dele, mas sem dúvida há certa irracionalidade no cara ter uma câmera de, por exemplo, 300 dólares e ser obrigado a comprar um colorímetro de 180 dólares.
« Última modificação: 31 de Março de 2005, 13:48:29 por Ivan de Almeida »


Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.744
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Resposta #6 Online: 31 de Março de 2005, 13:43:41
Ivan, hoje temos coloímetros de US$ 99,00 disponíveis e os colorímetros consideram a luz ambiente na calibragem, e conseguem ajustar a tonalidade de praticamente qualquer monitor, e um item que para os amantes de fotografia é fundamental, eu uso o Monaco que é um colorímetro muito bom e preciso, que ajusta inclusive os níveis de gama, contraste e brilho de forma automática, mas a Colorvision tem uns modelos muito bons tbm que ajutam os níveis de cores e permitem um ajuste visual dos contrastes e luminância, acredito que é uma ótima opçào para quem quer um monitor realmente calibrado.
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.


FernandoPaes

  • Trade Count: (17)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.522
  • Sexo: Masculino
  • Fernando Paes - Fotógrafo
    • Fernando Paes - Fotógrafo de Casamentos
Resposta #7 Online: 31 de Março de 2005, 14:50:12
Léo, uma dúvida:

De quanto em quanto tempo voce precisa recalibrar seu monitor??? Um monitor novo tem a tendencia de vir descalibrado, ou dá para confiar em um monitor novo?

Às vezes até vale o investimento...

Eu posso fazer a calibração de mais quantos monitores? (com um colorímetro? - existe limites?)

Abraço,
Fernando
« Última modificação: 31 de Março de 2005, 14:50:37 por FernandoPaes »
Fernando Paes - Fotógrafo de Casamentos - SP
Visite meu Website: http://www.fernandopaes.com.br

Conheça nosso podcast para fotógrafos sociais!


Ivan de Almeida

  • Trade Count: (1)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.297
  • Sexo: Masculino
  • . F o t o g r a f i a .
    • Fotografia em Palavras
Resposta #8 Online: 31 de Março de 2005, 15:30:37
Leo:

Onde tem esse colorímetro de 99 dólares?

Passe o link para eu dar uma olhada, por favor.


Paulo Machado

  • Trade Count: (6)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.015
  • Sexo: Masculino
Resposta #9 Online: 31 de Março de 2005, 16:31:16
500 reais na Recreio Digital.
When words become unclear, I shall focus with photographs. When images become inadequate, I shall be content with silent.  - Ansel Adams


kkmachado

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 83
    • http://www.flickr.com/photos/machado
Resposta #10 Online: 31 de Março de 2005, 16:54:23
Não sei se serve para o pessoal que usa PC.

Mas o MAC tem uma regulagem do monitor pela temperatura da cor. Dá pra deixar o tom mais quente e mais perto do saída real.

Outra opção é um utilitário ColorSync. Nele dá pra configuras os perfis de RGB, CMYK e Tons de cinza.

Geralmente impressoras e câmeras instalam esses perfis no sistema, então é só configurar. No meu caso uso perfil RGB da Canon 300D.

A configuração tem funcionado bem, as ampliações que eu faço ficam muito fiéis.

Não sei como funciona em um PC, mas acredito ter algo parecido. Creio que gastar 500 reais em um colorímetro é desnecessário para quem não faz um uso profissional do equipamento.


E outra coisa, a calibragem só vai funcionar se sempre forem ampliar no mesmo lab. Se mudar de lab a calibragem pode não corresponder.


Trabalho com diversas gráficas e por isso mesmo fica impossível calibrar o monitor. Uso apenas o bom senso e as provas digitais para conferir que o trabalho está como desejado.


Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.744
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Resposta #11 Online: 31 de Março de 2005, 17:32:33
Bom, um por vez, Fernando eu calibro uma vez por semana ou toda vez que muda a luz do ambiente, a licensa do software vale para 3 máquinas diferentes, mesmo monitores novos precisam ser calibrados, na verdade todos os dispositivos de reprodução e captação precisam ser calibrados para oferecerem fidelidade de cor.
Monitores e impressoras são os dispositivos mais fáceis de serem calibrados, enquanto Scanners e câmeras para serem corretamente calibrados dão bem mais trabalho, pois exigem muitos nuances referentes a luz em cada local, uso de um chart de cores (que é mais caro que uma boa câmera) e dai por diante, por isso é sempre importante ajustarmos as cores pelo monitor calibrado (já que o dispositivo de captura não está calibrado vc vai precisar fazer alterações) e desta forma garantir cores agradáveis (porém não serão precisas com as dos originais, no caso de câmeras como é uma visão do fotógrafo influencia pouco, pois você pode desejar um certo tom, que provavelmente será bem diferente do original, no caso de Scanners é até importante uma calibragem para que vc consiga reproduzir exatamente as cores do que vc está digitalizando, pois se tentar fazer no olho também deverá ficar fora do original mesmo com o monitor calibrado, porém o que será impresso em uma impressora calibrada será exatamente o que foi visto no monitor calibrado).

Ex:
Tenho 1 Monitor Calibrado (M1) 1 impressora calibrada (I1) e um Scanner Calibrado (S1) e 1 monitor descalibrado (M2), uma impressora descalibrada (I2) e um Scanner descalibrado (S2).

Os resultados que eu teria seriam os seguintes nas condições abaixo:

Imagens.
S1 = M1 = I1 (ou seja com todos calibrados as cores seriam fieis da captação à impressão).
S2 != M1 = I1 (ou seja o original seria diferente do mostrado no monitor e o mostrado no monitor seria fiel ao impresso).
S1 = I1 != M2 (ou seja o que foi captado seria fiel ao que foi impresso mas ambos seriam diferente ao mostrado no monitor).
S2 != M2 != I2 (ou seja, absolutamente nada se equivaleria, o que vc ve no monitor é diferente do que é impresso e do original, assim como existem diferenças do impresso para o original).

Ivan segue o link no site da B&H para o colorímetro de US$ 99,00 da Colorvision.


kkmachado, esses utilitários existem para o PC e assim como no Mac simplesmente não funcionam, calibragem a olho é engodo não funciona, não corresponde a realidade e está sugeita a muitos fatores que as deixam bem longes da realidade.
Se seu dispositivo (monitor) estiver calibrado e o dispositivo do lab que vc levar (minilab ou impressora) também estiver calibrado o resultado de cores vai obrigatóriamente bater, os instrumentos de calibragem são bem precisos e produzem tabelas extremamente precisas, as cores que saem em um minilab calibrado serão identicas (ou extremamente próximas caso o espaço tonal seja diferente) às que saem em outro minilab calibrado, independente de estarem em SP, RJ ou Londres, estando todos os dispositivos devidamente calibrados não tem como ter discrepância de cor.
O que ocorre é que muitos calibram a olho, ai acabam sofrendo grandes baques, porque a calibragem deve ser feita dentro de um padrão internacional (ISO) que infelizmente nem meu olho e nem o seu é capaz de fazer, por melhor que sejam nossas referências.
Se você está tendo problemas com suas gráficas é porque eles não calibram dispositivos e isso é um dos maiores problemas no Brasil, em vez de ficar tentando se ajustar às gráficas simplesmente calibre seu monitor e notifique que se sair fora do padrões ISO eles terão que refazer, eu costumo avisar que meu vídeo é calibrado com colorímetro e que eu não irei tolerar desvios, é obrigação das gráficas manterem seus aparelhos calibrados com padrão ISO PANTONE, é um padrão definido e aceito pela indústria e é uma defesa jurídica que vc tem, vc sempre pode exigir que uma imagem entregue seja entregue nos padrões internacionais que definem.
Só para referência, 1 Litro é 1 Litro em qualquer lugar do mundo, assim como Vermelho 255,0,0 é vermelho 255,0,0, se seu monitor está calibrado ele vai mostrar 255,0,0 como 255,0,0 se a impressora de seu lab estiver calibrada fará a mesma coisa e assim por diante, caso a impressora mostre 255,0,0 como 255,45,27 legalmente você pode exigir que o material seja reimpresso.
O que temos que fazer não é nos adequarmos a cada impressora descalibrada do mundo (o típico conformismo brasileiro) devemos exigir que os prestadores de serviços atendam os padrões internacionais (como ocorre num país desenvolvido), mesmo porque essa é a única forma de garantirmos efetivamente a qualidade de nosso trabalho.
Eu calibro meu monitor e ai do biro ou minilab que eu pegar que estiver descalibrado, faço eles refazerem quantas vezes for necessário e se isso me custar prejuízo de tempo ainda taco na justiça para receber, se eu invisto e trabalho sério tenho direito de cobrar de meus prestadores que façam o mesmo.
Veja o caso do segundo link onde o rapaz imprimia em um lab calibrado e tinha problemas (com o monitor descalibrado) e quando ele calibrou as cores simplesmente bateram e ele não teve mais problema, felizmente ess é a realidade, se todo mundo se compromete a manter padrões internacionais da indústria o trabalho de todos fica mais seguro e com maior qualidade.
Recomendo um colorímetro a simplesmente TODOS que desejam ter alguma qualidade em suas fotos impressas e que queiram ter condições de exigir alguma coisa em termos de qualidade de um Lab, pois quem não tiver um colorímetro não tem condições de exigir nenhum tipo de remake em suas fotos em um minilab calibrado. :/

 
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.


kkmachado

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 83
    • http://www.flickr.com/photos/machado
Resposta #12 Online: 31 de Março de 2005, 18:14:11
Pois é Leo, você é profissional e deve zelar pela máxima qualidade dos seus serviços. Agora eu não pagaria 500 reais no colorímetro para usar em casa.

Gráficas diferentes dão diferença sim. Usar escala PANTONE é uma coisa, agora fazer impressão em cromia(CMYK) é bem diferente.

Claro que se você pegar os impressos de cinco anos e os de hoje não tem nem comparação. As gráficas estão em um nível muito bom.

Já trabalhei com gráficas grandes de SP e se for cromia existe diferença. Pouquíssima, mas existe.



O utilitário de calibragem do MAC pode não ser definitivo, mas funciona muito bem. Tanto com fotos que amplio em minilabs como impressos quem vêm da gráfica.

Mas com certeza se fizesse uso profissional das minhas fotos faria uma calibragem. A agência que eu trabalho é de pequeno porte e não cobre os custos de calibragem de 20 MACs. Enquanto isso, a gente se vira pra fazer o melhor trabalho possível.


Zeiss

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 698
    • Melhor pra Deus
Resposta #13 Online: 31 de Março de 2005, 19:35:24
B) O tópico inicial debandou para calibragem de monitor e afins.
É possível editar os posts recortando e pondo em outro local só sobre calibrar monitor? Muita gente pode querer a informação (e todos precisam dessa) mas não sabem que está tão bem analisada dentro de outro tópico.
Bye
« Última modificação: 31 de Março de 2005, 19:36:02 por Zeiss »
João Bosco
Sony Alpha A100+18-70+F56AM
Sony NEX F3 Black+18-55
Panasonic Lumix TZ10
boscovieira@hotmail.com-Fortaleza-CE


Leo Terra

  • SysOp
  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 13.744
  • Sexo: Masculino
  • “Deus disse: 'Haja luz'. E houve luz.” (Gen 1,3)
    • http://www.leoterra.com.br
Resposta #14 Online: 31 de Março de 2005, 20:09:07
Split Feito Zeiss.
Leo Terra

CURSOS DE FOTOGRAFIA: www.teiadoconhecimento.com



ATENÇÃO: NÃO RESPONDO DÚVIDAS EM PRIVATIVO. USEM O ESPAÇO PÚBLICO PARA TAL.
PARA DÚVIDAS SOBRE O FÓRUM LEIA O FAQ.