Autor Tópico: via lactea e pós-tratamento  (Lida 2798 vezes)

S.SILVA

  • Trade Count: (5)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 175
  • Sexo: Masculino
Online: 16 de Agosto de 2015, 21:50:32
Adoro fotografias de céu noturno. Há alguns tópicos interessantes aqui no forum com dicas de como obter ótimas imagens da via láctea. Olhando fotos no flickr ou no 500px vemos lindas imagens. Ao pesquisar tutoriais de tratamento pinçamos algumas dicas de como realçar as fotos em programas como o lightroom. Embora a olho nu não seja possível captar tudo que a câmera "enxerga", algumas destas fotos parecem ter um tratamento exagerado e as fotos ficam bem distantes da realidade. Algumas parecem até mesmo simular a presença da galáxia onde ela não está, ou realçá-la exageradamente. Que acham, por exemplo, da foto a seguir, obtida no flickr? Observem o realce colorido no centro em relação aos tons azuis em volta. (cliquem sobre a foto para ver a original e o respectivo crédito)

Voie Lactée by François Kratzeisen, no Flickr
 


Sunriser

  • Trade Count: (3)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.223
  • Sexo: Masculino
  • Deus seja louvado
    • Sunriser Photography Facebook
Resposta #1 Online: 16 de Agosto de 2015, 22:00:56
Essa aí até está normal... mas tem umas em que a edição parece meio exagerada mesmo, tipo essa:

http://img.gawkerassets.com/img/19fgg0s6qsslhjpg/original.jpg

Mas mesmo assim acho bonito.  :hysterical:


vangelismm

  • Trade Count: (7)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.838
  • Sexo: Masculino
    • MedinaFotografia
Resposta #2 Online: 16 de Agosto de 2015, 22:50:17
O que é feito na pós?
"A perspectiva de uma imagem é controlada pela distância entre a lente e o assunto; mudando a distancia focal da lente muda o tamanho da imagem , mas não altera a perspectiva . Muitos fotógrafos ignoram este fato, ou não têm conhecimento de sua importância." -  Ansel Adams, Examples – The Making of 40 Photographs


S.SILVA

  • Trade Count: (5)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 175
  • Sexo: Masculino
Resposta #3 Online: 16 de Agosto de 2015, 23:41:24


André Luis Jacob

  • Trade Count: (3)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.309
  • Sexo: Masculino
    • Jacob Fotografia Criativa
Resposta #4 Online: 17 de Agosto de 2015, 19:30:24
nao acho estar exagerada, um local bem distante se consegue essa primeira foto praticamente assim da camera


Raphael Sombrio

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.909
  • O RAW é um diamante...bruto
Resposta #5 Online: 17 de Agosto de 2015, 23:11:18
nao acho estar exagerada, um local bem distante se consegue essa primeira foto praticamente assim da camera

Vou mais longe: no interior aonde vou acampar da pra ver claramente a Via Lactea a olho nu, mais evidente que as fotos aqui postadas inclusive. 


S.SILVA

  • Trade Count: (5)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 175
  • Sexo: Masculino
Resposta #6 Online: 17 de Agosto de 2015, 23:38:06
Não duvido, Raphael, principalmente se o lugar for afastado o suficiente da poluição luminosa e em noites de lua nova. Mas uma coisa é captar a galáxia em seu formato perfeito, outra coisa é o tratamento exagerado, que em alguns casos realmente deixa a foto bonita, como disse o colega Sunriser, mas um tanto artificial.


Luciano.Queiroz

  • Trade Count: (30)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.436
  • Sexo: Masculino
    • Luciano Queiroz
Resposta #7 Online: 18 de Agosto de 2015, 07:19:58
das fotos postadas aqui, pra mim, nenhuma reflete essa questão do super tratamento... tem muita gente que acha que é tratamento em excesso (não estou dizendo que é o caso) mas nunca teve a oportunidade real de ver a olho nu em área de baixa poluição luminosa como o Raphael comentou.

isso aqui sim é horrível: http://www.123inspiration.com/wp-content/uploads/2014/05/Star-Trail-Photos-over-Singapore-1.jpg

Luciano Queiroz
www.lucianoqueiroz.com
Facebook: @caminhotracado - https://goo.gl/pNRgQX
Instagram: @caminhotrtacado - https://goo.gl/Gou1E2
Youtube: www.youtube.com/c/caminhotracado


N3SSO

  • Trade Count: (2)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 142
  • Sexo: Masculino
Resposta #8 Online: 18 de Agosto de 2015, 08:01:45
Eu acho que se as imagens são realçadas, não tem nada de mais, uma vez que só se está dando maior ênfase a algo que existe, mas n pode ser visto a olho nú.

Agora quando há manipulação da imagem como troca de cores para dar maior evidência, aí sim, na minha opinião, perde-se a essência da foto.
5Dc + EF 17-40L F4 + EF 50 1.8 II + EF 70-200L F4
YN-568EX II + YN622c



Raphael Sombrio

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.909
  • O RAW é um diamante...bruto
Resposta #9 Online: 18 de Agosto de 2015, 08:36:49
Tudo é questão de o que vc está querendo fazer.

Qual o limite aceitável? Até aonde se pode ir? O que determina isso?

Vivemos em um tempo aonde as imagens perderam o limite do que pode ser feito com elas, e absolutamente todas as pessoas tem condições de construir o que quiserem, então a questão do senso utilizado é mais interno mesmo, onde vale o que vc acha aceitável ou não. 
A foto que o Luciano citou é um bom exemplo, pois ultrapassa em muito o conceito original de fotografia, porém existirão os que irão detestar e criticar, e os que irão achar incrível.

O que não pode mais ser ignorado é a realidade de que a fotografia mudou a partir do momento que transformou-se em um arquivo digital, um conjunto de informações totalmente à mercê de quem a fez, o que redireciona inclusive o modo como vc captura a cena no momento em que está fazendo a foto. O pensar fotografia ficou diferente com a era digital e isso confunde muito a gente ( eu pelo menos ), pois é assustador essa "possibilidade ilimitada" que está sendo estabelecida, quer odiemos ou adoremos.


vangelismm

  • Trade Count: (7)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.838
  • Sexo: Masculino
    • MedinaFotografia
Resposta #10 Online: 18 de Agosto de 2015, 09:02:26
Assisti um dos videos e achei tratamento normal.
Só fez realçar as cores para da forma mais definida.
"A perspectiva de uma imagem é controlada pela distância entre a lente e o assunto; mudando a distancia focal da lente muda o tamanho da imagem , mas não altera a perspectiva . Muitos fotógrafos ignoram este fato, ou não têm conhecimento de sua importância." -  Ansel Adams, Examples – The Making of 40 Photographs


C R O I X

  • Trade Count: (0)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.107
  • Sexo: Masculino
  • Fotografo Multiformato
    • Marcio Faustino
Resposta #11 Online: 19 de Agosto de 2015, 04:02:46
Tudo é questão de o que vc está querendo fazer.

Qual o limite aceitável? Até aonde se pode ir? O que determina isso?

Vivemos em um tempo aonde as imagens perderam o limite do que pode ser feito com elas, e absolutamente todas as pessoas tem condições de construir o que quiserem, então a questão do senso utilizado é mais interno mesmo, onde vale o que vc acha aceitável ou não. 
A foto que o Luciano citou é um bom exemplo, pois ultrapassa em muito o conceito original de fotografia, porém existirão os que irão detestar e criticar, e os que irão achar incrível.

O que não pode mais ser ignorado é a realidade de que a fotografia mudou a partir do momento que transformou-se em um arquivo digital, um conjunto de informações totalmente à mercê de quem a fez, o que redireciona inclusive o modo como vc captura a cena no momento em que está fazendo a foto. O pensar fotografia ficou diferente com a era digital e isso confunde muito a gente ( eu pelo menos ), pois é assustador essa "possibilidade ilimitada" que está sendo estabelecida, quer odiemos ou adoremos.

Manipulacao nas fotos ja eram feitas muito antes da era digital. Os computadores e programas digitais apenas tornaram o processo de manipulacao mais acessivel as massas, assim como a fotografia em si.

Aqui vc pode ver varias: http://www.fourandsix.com/photo-tampering-history/


Mas o mais comum era e ainda sao fotografos que fotografam analogicamente, com algumas selecoes de negativos com fotos de nuvens em um contraste bem dramatico, para adicionar em suas fotos de paisagens e criar uma cena mais impactante. Outros fazem o mesmo com imagens de foliagens, montanhas, etc.
« Última modificação: 19 de Agosto de 2015, 04:05:05 por C R O I X »
http://www.marciofaustino.com/
https://www.instagram.com/marcio_faustino_photographer/

Regras sao para reproducao, e para criadores que nao ouvem ou confiam em sua voz interna [ainda]. Uma foto sincera eh a que tem sua propria voz e ritmo.


C R O I X

  • Trade Count: (0)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.107
  • Sexo: Masculino
  • Fotografo Multiformato
    • Marcio Faustino
Resposta #12 Online: 19 de Agosto de 2015, 04:15:47
Adoro fotografias de céu noturno. Há alguns tópicos interessantes aqui no forum com dicas de como obter ótimas imagens da via láctea. Olhando fotos no flickr ou no 500px vemos lindas imagens. Ao pesquisar tutoriais de tratamento pinçamos algumas dicas de como realçar as fotos em programas como o lightroom. Embora a olho nu não seja possível captar tudo que a câmera "enxerga", algumas destas fotos parecem ter um tratamento exagerado e as fotos ficam bem distantes da realidade. Algumas parecem até mesmo simular a presença da galáxia onde ela não está, ou realçá-la exageradamente. Que acham, por exemplo, da foto a seguir, obtida no flickr? Observem o realce colorido no centro em relação aos tons azuis em volta. (cliquem sobre a foto para ver a original e o respectivo crédito)

Voie Lactée by François Kratzeisen, no Flickr

Nada muito diferente das alteracoes que demais fotografos fazem, ao usar lentes que realcam contrastes e algumas cores, ou usar filtros que bloqueiam luz UV e fazem imagens sem reflexos, com ceu e mar mais azuis, ao usar filtros laranja ou vermelho para criar mais contraste, cenas mais dramaticas e ceu escurecido em fotos em preto e branco, ao usar filmes sem Camada Anti Halation para criar glows nas altas luzes ou usar filtros para o mesmo, meios de criar peles mais macias sem aparecer poros e manchas nas fotos, flash, etc.

Fotografia sempre foi sobre manipulacao de luz, seja durante, antes ou depois da imagem ter sido capturada.
http://www.marciofaustino.com/
https://www.instagram.com/marcio_faustino_photographer/

Regras sao para reproducao, e para criadores que nao ouvem ou confiam em sua voz interna [ainda]. Uma foto sincera eh a que tem sua propria voz e ritmo.


Raphael Sombrio

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.909
  • O RAW é um diamante...bruto
Resposta #13 Online: 19 de Agosto de 2015, 09:57:17
Manipulacao nas fotos ja eram feitas muito antes da era digital. Os computadores e programas digitais apenas tornaram o processo de manipulacao mais acessivel as massas, assim como a fotografia em si.

Sim, foi o que eu disse...Junção de exposições, enxertos, realce de detalhes, tudo a muito já era feito, desde que se conseguiu de alguma forma "gravar" uma imagem projetada, mas falando da maioria comum, antes vc clicava e o resto o laboratorista que desse uma melhorada ( com excessões de alguns fotógrafos com maior conhecimento e em busca de resultados mais elaborados ), mas hoje sendo vc o manipulador, o ato de clicar sofre mudança, pois tudo pode ser pensado no ato de registrar para uma melhor pós produção. 

Como a ressalva de que manipular arquivos digitais ( imagens ) é muito mais fácil e com maiores possibilidades do que um arquivo físico, mesmo que para um expert.

Não?


silvano

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.276
  • Sexo: Masculino
Resposta #14 Online: 19 de Agosto de 2015, 10:55:33
O que fotógrafos de paisagens como o Ansel Adams fazia ou mesmo o Sebastião Salgado faz são edições muito mais pesadas do que esta.

Em Jaguaruna, a olho nú é possível ver muito mais coisas do que minha 5Dc com ISO3200, lente 1.4 enxergam em 10s de captura.
De 10s para o tempo que o olho expõe cada imagem (o olho captura 30fps ou seja, 1/30), isso dá uns 8 stops de diferença. Nesse caso teria o nosso olho um "sensor" de ISO819.200??
 :hysterical:

Mais falando sério, o que eu conseguia ver nesse dia aqui a olho nú era igual a camera, com a diferença que aí aproximou mais por estar com a 135mm.
As cores estão quase iguais.
IMG_9639_stitch by Silvano Rocha, no Flickr

Já nessa acho que eu dei uma exagerada mesmo nas cores, estão mais pros verdes e azuis, mais dava pra ver igualzinho a olho nú falando em quantidade e contraste.
Na verdade foto nenhuma se compara a olhar pessoalmente quando o ceu está limpo e sem poluicao, animal.

Via láctea em Jaguaruna-SC by Silvano Rocha, no Flickr
Silvano Rocha
Canon 5dC - Canon 40mm F2.8 e 50mm F1.4
Spotmatic SPII, Takumares 24/3.5, 35/3.5, 50/1.4, 135/2.5 e 135/3.5;
Olympus OM-1 - ZUIKOS 28/2 e 50/1.8
Zenit 12XP - Helios 44M-4 58/2 - Teleconverter Vivitar 2x M42 e Yashica A