Autor Tópico: Pentax Spotmatic  (Lida 1137 vezes)

xicoweb

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 36
Online: 04 de Novembro de 2006, 20:12:40
Amigos, gostaria que me ajudassem.
Estou fotografando com uma Pentax Spotmatic e como faço uso de algumas objetivas e um teleconversor 3X, tenho as seguintes dúvidas:
1) As objetivas possuem um botão em que posso optar por A ou M.
Qual a diferença entre as duas opções e o que a utilização de um modo ou outro influenciaria nos ajustes que faço?
2) Meu teleconversor 3X, assim como as objetivas, possui um ajuste de diafragma. O que prevalece? Este ajuste ou o que realizo na própria objetiva?
Valeu e um abraço a todos.
Carlos Sá


Francisco

  • Trade Count: (5)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.556
Resposta #1 Online: 05 de Novembro de 2006, 12:48:31
1) O modo A ajusta o diafragma automaticamente (este modo também é "chamado de prioridade ao tempo de exposição" ou "shutter priority", pois você tem liberdade para mexer no tempo do obturador, mas a abertura é ajustada pela máquina). O modo M eu não sei, mas acredito que seja totalmente manual. Que eu saibda, a Spotmatic não dá suporte a esses modos e muito menos a esse tipo de objetiva, já que as lentes "A" foram de uma geração mais nova. Inclusive o encaixe das lentes é diferente: a Spotmatic é de rosca e as lentes "A" eram para a baioneta "K". Então, presumo que você esteja usando um adaptador para usar lentes de baioneta.

2) Para saber o que funciona em termos de diafragma, ajuste o tempo de exposição para 1 segundo e escolha uma abertura menor (mais fechada) no anel da objetiva e verifique se o diafragma fecha. Se não fechar, tente ajustar no teleconversor. Assim você pode verificar se o ajuste do teleconversor influi ou não na abertura. Abra a traseira da câmera para enxergar melhor, se precisar.
Francisco Amorim
Porto Alegre - RS


Ivan de Almeida

  • Trade Count: (1)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.297
  • Sexo: Masculino
  • . F o t o g r a f i a .
    • Fotografia em Palavras
Resposta #2 Online: 05 de Novembro de 2006, 12:58:46
Não é nada disso.

O modo A nada tem de A no sentido moderno. É somente que as lentes A quando usadas em câmeras que as suportam só fecham para o diafragma escolhido na hora do disparo (ou no caso da Zenit, por exemplo, na metade do botão de disparo). As lentes M fecham o diafragma sem controle algum pela câmera. Mas nas lentes A voc~e escolhe o diafragma que vai ser fechado e apertando meio botão fotometra e escole a abertura.

Nos dois casos a fotometria é manual na Spotmatic.  


Francisco

  • Trade Count: (5)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.556
Resposta #3 Online: 05 de Novembro de 2006, 13:13:08
Eu sei, Ivan, mas vou falar pela minha Canon AE1: As lentes FD possuem um modo "A" que é prioridade à exposição. Inclusive esta foi a revolução que a Canon lançou quando vieram as lentes FD e os corpos A1 e AE1: primeira fabricante a incorporar algum modo de exposição automática. Então, girando o anel do diafragma para o modo "A", a abertura é ajustada automaticamente pela câmera que, é igual ao conceito "moderno" (nem é moderno, posi no manual da AE1 já mencionam "shutter priority") de prioridade ao obturador.

Já quanto às Pentax, tenho uma 28mm da Tokina (K mount) que possui o mesmo modo A e presumo que faça a mesma coisa (só não testei porque a Pentax MX não tem nenhum modo automático), mas provavelmente a nomenclatura adotada foi a mesma da Canon, que foi a pioneira das lentes com modo "A".
« Última modificação: 05 de Novembro de 2006, 13:15:54 por Francisco »
Francisco Amorim
Porto Alegre - RS


Ivan de Almeida

  • Trade Count: (1)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.297
  • Sexo: Masculino
  • . F o t o g r a f i a .
    • Fotografia em Palavras
Resposta #4 Online: 05 de Novembro de 2006, 13:21:50
Sim, Francisco, mas a pergunta refere-se a lentes com montagem m42 para Pentax Spotmatik, e nelas A significa somente que você escolhe o diafragma mas a câmera não o fecha para você poder compor com diafragma aberto. Para fotometrar deve fechá-lo com meio botão de disparo.

Lente de rosca com A nada tem de automática no sentido atual. É uma lente mecãnica que fecha, por um processo igualmente mecãnico (um pino e uma alavanca no corpo da câmera) o diafragma na hora do disparo, SEM LIGAÇÃO ALGUMA COM A REGULAGEM QUE A CÂMERA ADOTARÁ PARA EXPOR A FOTO. Aliás, a câmera não adota nada, você é que regula. Se colocada em modo M o diafragma fica fechado sempre na regulagem escolhida.
 


Francisco

  • Trade Count: (5)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.556
Resposta #5 Online: 05 de Novembro de 2006, 13:27:48
Ah, bom, agora está esclarecido... não sabia que as lentes m42 tinham este funcionamento, então pensei que ele estivesse usando um adaptador para baioneta...

Foi mal.
Francisco Amorim
Porto Alegre - RS


Ivan de Almeida

  • Trade Count: (1)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.297
  • Sexo: Masculino
  • . F o t o g r a f i a .
    • Fotografia em Palavras
Resposta #6 Online: 05 de Novembro de 2006, 13:42:45
Citar
Ah, bom, agora está esclarecido... não sabia que as lentes m42 tinham este funcionamento, então pensei que ele estivesse usando um adaptador para baioneta...

Foi mal.
Tudo legal. É que o termo mudou de significado com o tempo.

Hoju quando falamos A estamos falando de Prioridade de Abertura (a cãmera fotometra com base em abertura escolhida), e quando falamos Auto estamos falano de automatismo total. Mas antes "Lente Automática" nada tinha de automático -risos.

As lentes de rosca t~em basicamente três sistemas:

M - Manuais, Você escolhe o diafragma na lente e ele fica fechado. Então isso obriga a voc~e antes focar e depois fotometrar com a lente já fechada no f escolhido.

Preset - Voc~e escolhe o diafragma e há um segundo anel que rapidamente o abre todo para você focar. Votando o anel ele vai somente até a abertura escohida sem precisar olhar para a lente. É meu sistema preferido.

Auto, ou A - A lente tem um pino no fundo e uma alavanca empurra esse pino na hora do disparo, assim fechando o diafragma no escolhido. Você inicialmente escolhe o diafragma, aperta meio obturador para fechá-lo, fotometra regulando a velocidade e pode largar o botão O diafragma abre-se novamente para compor/focalizar. A cãmera está regulada. Quando apertar o botão até o fim ela vai fecha no f escolhido. Esse sistema parece prático mas conduz a um hábito muito comum de deixar a velocidade fixa e apertar meio obturador fotometrando no diafragma, isto é, regulando-o sem olhar só prestando atenção ao fotômetro.

Meu preferido para usar em cãmeras manuais é o Preset. O Preset é espetacular como coisa prática e que dá controle.

 


xicoweb

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 36
Resposta #7 Online: 05 de Novembro de 2006, 22:08:27
Ivan e Francisco, valeu mesmo pela atenção de vocês.
Minhas dúvidas foram esclarecidas.
Gostaria de saber se vocês já utilizaram teleconversor.  Ocorre mesmo uma perda considerável na qualidade da fotografia?
Estou testando o meu, mas como ainda não revelei as fotos não tenho ainda uma idéia formada sobre os prejuízos que ele possa causar.
Estou utilizando  o meu teleconversosr 3x Vivitar, na lente padrão da Spotmatic(super takumar 50mm), e em uma zoom Raynox de 90-210mm.
 
Carlos Sá