Autor Tópico: Fazendo arte com uma compacta vagabunda  (Lida 1236 vezes)

rafaelfrota

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 254
  • Sexo: Masculino
  • "Toda a arte é absolutamente inútil" (O. Wilde)
    • http://www.rafaelfrota.com
Online: 06 de Novembro de 2006, 18:16:40
Olá pessoal...vou tentar ser o mais objetivo possível.

Atualmente venho tentando descobrir um bom método para tirar fotos sensuais de uma forma bem experimental, usando uma cybershot p-52 3.1 mp sem qualquer controle de obturador ou diafragma, iluminação com luz contínua fria para não derreter as modelos e, obviamente, ajustes basicos no photoshop.
O que mais sinto dificuldade é como chegar a um ponto certo de iluminação que permita uma foto (dentro do possível) nítida e menos granulada possível (as compactas são uma bela porcaria pra fotos com pouca iluminação).
Seria tudo mais fácil se usasse o flash, mas creio que o preenchimento frontal (flash embutido) acaba plastificando demais a modelo, dando um ar menos dramático à foto.  
Minha intenção é chegar a algo assim.

http://img158.imageshack.us/img158/8153/beltviql9.jpg
http://img230.imageshack.us/img230/9501/chair4yelllr3.jpg
http://img159.imageshack.us/img159/8171/crutches2jx3.jpg
http://img142.imageshack.us/img142/426/tre...erw5halogd1.jpg

Logico que nao vai chegar nesse nível, mas é um ponto de referência.

Então peço ajuda do pessoal que está aí na lida, que tipo de "arrumação" posso fazer pra conseguir um resultado legal com uma compacta? Alguma solução com flash que fique menos plastificado? Quantas lampadas usar e com quais potencias?
Alguma outra dica em mente?

Muito obrigado a todos...ficarei muito grato pela ajuda!
« Última modificação: 06 de Novembro de 2006, 18:33:42 por rafaelfrota »


Aloha!!!

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 112
Resposta #1 Online: 07 de Novembro de 2006, 19:05:46
Rafael, não conheço a sua camera.
Mas começaria a trabalhar e explorar a luz natural, usando rebatedores ou difusores.
Abraços
 


RFP

  • Colunista
  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • *****
  • Mensagens: 626
  • Sexo: Masculino
Resposta #2 Online: 07 de Novembro de 2006, 21:23:52
Acho que o essencial nessas fotos, como qualquer foto de estúdio, é a iluminação. Considero perfeitamente possível chegar num resultado próximo ao que você apresentou com uma compacta usando tripé, mas você vai precisar de uma iluminação adequada para criar os efeitos que deseja e possibilitar o uso de iso baixo.


Deivisson Fernandes

  • Trade Count: (6)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 407
  • Sexo: Masculino
    • http://www.flickr.com/photos/36773418@N00/
Resposta #3 Online: 09 de Novembro de 2006, 19:27:39
Rafael também concordo com a ideia do amigo Aloha!!!
tente usar luz natural com rebatedores você cosiguira um resultado mais satisfatorio gostei muito de suas fotos...

Eu também estou fazendo arte com uma compacta não vejo a hora de trocar a camera você pode ver algumas fotos que ja fiz com ela no meu Flickr  ou em galerias exemplo


http://www.mundofotografico.com.br/forum/i...showtopic=11452
 
Deivisson Fernandes Betim / Belo Horizonte-MG
Flickr



Para fazer uma obra de arte não basta ter talento, amar é admirar a fotografia e uma forma de expressar um ato ou fato que nunca acontecera da mesma forma no seu espaço de tempo...



Flavio Ribeiro

  • Trade Count: (1)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 493
  • Sexo: Masculino
    • Fotografia comercial · Publicidade · Produto · Gastronomia · Retratos · Arquitetura · Moda
Resposta #4 Online: 09 de Novembro de 2006, 21:24:05
Citar
Considero perfeitamente possível chegar num resultado próximo ao que você apresentou com uma compacta usando tripé, mas você vai precisar de uma iluminação adequada para criar os efeitos que deseja e possibilitar o uso de iso baixo.
É... talvez se usar luz contínua, porque flash já fica complicado levando em conta que a câmera não tem saída para flash externo...
FLÁVIO RIBEIRO
www.flavioribeirofotografia.com.br
https://500px.com/flavioribeirophotography
Insta @flaviovinhoribeiro
        @flavioribeirofotografia


rafaelfrota

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 254
  • Sexo: Masculino
  • "Toda a arte é absolutamente inútil" (O. Wilde)
    • http://www.rafaelfrota.com
Resposta #5 Online: 10 de Novembro de 2006, 15:36:02
A luz natural é maravilhosa. Simples, versátil, tem em qualquer lugar e ainda é de graça.  Gostaria muito de tentar fazer umas fotos com luz natural, mas eu esbarro em um problema.  Como minhas fotos são essencialmente nus e eu não tenho estudio, fica um pouco complicado para a modelo (que na verdade são amigas ou conhecidas e não cobram nada por isso) posar em algum lugar que nao seja extremamente reservado.  Mas aceito sugestões para aproveitar a luz natural.

Tive pensando em fazer um refletor de luz fria usando 6 lâmpadas fluorescentes dessas compactas, exatamente como tem na atek ( http://www.atek.com.br/paginas/produtos/lu...gital_light.htm ), mas honestamente não tenho conhecimento em saber se vou conseguir uma boa iluminação usando esse tipo de equipamento.  Será que um desse de key, um de fill e uma de fundo resolvem o problema ou ainda vai permitir uma iluminação muito fraca? Minha compacta geralmente alcança f/3.8 , 6 em condições de pouca luz...mais que isso só mesmo com 1s.
O que nao queria fazer, mas faço se for necessário, é ter que usar halogenas. São extremamente desconfortáveis e desmontam toda hora meu disjuintor (ou de onde eu fotografe).
Alguma sugestão, povo?


Francisco

  • Trade Count: (5)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.550
Resposta #6 Online: 10 de Novembro de 2006, 20:03:35
Acho que ninguém mencionou um tripé. Vai permitir que você use exposições mais longas sem muitos tremidos.

Ainda abordando a questão da luz natural, se a sua casa (ou apartamento) tem boa luminosidade, pense em adquirir cortinas brancas com alguma transparência. Dependendo da densidade da cortina, você pode conseguir uma boa luminosidade sem dar show para os vizinhos. Cortinas lisas são as mais versáteis, mas as tramadas possibilitam uns efeitos legais de sombra.

Para complementar a luz natural, compre lâmpadas fluorescentes compactas. Eu gosto das Philips. São mais caras, mas são as de melhor qualidade e coloração, na minha opinião. Uma Philips de 27W (equivale a uma incandescente de 110W) está custando entre 20 e 25 reais. Com umas 4 ou 5 dessas, acho que dá para brincar. Comece com umas 2 e veja se alcança resultados satisfatórios. Use refletores (cartolina, papel alumínio, paredes brancas, experimente combinações).

Nada mais natural do que iluminação difusa, ainda que às vezes seja necessário algum efeito mais artificial para dar dramaticidade, como sombras, silhuetas, etc.
« Última modificação: 10 de Novembro de 2006, 20:05:11 por Francisco »
Francisco Amorim
Porto Alegre - RS
2x Canon F1 Old, AE1; Pentax MX, K100D; Fuji Finepix f10; Panasonic LX3


rafaelfrota

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 254
  • Sexo: Masculino
  • "Toda a arte é absolutamente inútil" (O. Wilde)
    • http://www.rafaelfrota.com
Resposta #7 Online: 11 de Novembro de 2006, 01:02:51
Citar
Eu gosto das Philips. São mais caras, mas são as de melhor qualidade e coloração, na minha opinião. Uma Philips de 27W (equivale a uma incandescente de 110W) está custando entre 20 e 25 reais. Com umas 4 ou 5 dessas, acho que dá para brincar.


Umas das questões que mais me afligem é essa equivalência das fluorescentes pra incandescentes.
Você já está me tirando uma boa duvida quanto a isso...entao se uma fluorescente de 25w equivale a uma incandecente de 110w, isso quer dizer que se eu usar 5 lâmpadas fluorescentes dessa potência é basicamente o mesmo que usar uma incandescente de 500w com algum difusor...é isso? Se for isso, acho que pode se dar uma brincada bonita com isso, embora seja metade da potencia que uma halogena poderia proporcionar.
As lâmpadas da philips são maravilhosas e são calibradas (em sua maioria) pra 6.500k, uma boa temperatura pra ser uma fonte contínua.
O tripé já está na ativa, embora acho que seja um pouco incômodo pra tirar fotos de nus, por acabar não dando uma boa bobilidade pra certos angulos.