Autor Tópico: O mercado da fotografia tá estranho?  (Lida 1913 vezes)

guizaunzin

  • Trade Count: (1)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.365
  • Sexo: Masculino
  • http://www.saycheese.fot.br
    • Say Cheese Fotografia de Casamento
Online: 16 de Setembro de 2015, 10:31:40
Fala pessoar, beleza?

Queria fazer um debate aqui e ver a opinião dos colegas sobre uma questão que vem me incomodando faz um tempinho.
De 1 ano pra cá, mais ou menos, notei que o mercado de fotografia está com algumas coisas meio estranhas acontecendo, ao meu ver.

Não tenho muito tempo nessa área, então talvez os mais experientes possam me dizer se isso já acontece a mais tempo, mas o que venho notando são os seguintes pontos:

- Os fotógrafos fodas estão parando de tirar fotos. Aparentemente só estão vivendo de cursos/workshops/congressos vendendo sonhos para os fotógrafos iniciantes que precisam de um empurrão e de um incentivo.

- O Inspiration, ao meu ver, está dando o selinho igual chuchu na cerca. Em todas as premiações vejo alguns trabalhos realmente muito bons, feitos por alguns caras que acompanho e admiro. Mas vejo também muita foto premiada que não faz jús ao premio, e vejo uma galera meio injustiçada com trabalhos excelentes e que não são premiados, talvez por não terem nome famoso :(.

- Um monte de fotógrafos bonzinhos ou intermediários estão oferecendo cursos e workshops. O cara mal ganha 1 selo do inspiration ou até um outro concurso qualquer por aí e sai espalhando pros quatro ventos que está dando esses treinamentos. Talvez se espelhando no primeiro ponto, dos fotógrafos fodas que estão vivendo disso e eles tentam pegar o embalo...

- Uma infinidade de pessoas/empresas está começando a oferecer recursos para fotógrafos. Sejam novas empresas de álbuns, um monte de gente fazendo umas coisas mais artesanais tipo Case de DVD, Pen Drive personalizado, etc. Um monte de sites oferecendo plataforma de portfólio e aprovação de álbuns (tipo o 46 Graus que uso e acho foda!), um monte de gente que de repente virou vendedor de equipamento...

Eu não me lembro de ser assim logo que comecei na área, vocês perceberam esse movimento do mercado também? É coisa da minha cabeça?

Abraços
http://www.saycheese.fot.br
https://www.instagram.com/saycheesebr/

Canon 5D Mark3 + 5Dc + T2i + Sigma 30mm 1.4 ART + Canon 50mm 1.8 STM + Canon 85mm 1.8


Jubelvs

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 324
  • Sexo: Masculino
  • Google and WeArt Photographer
    • Rafael Starobole Fotografia
Resposta #1 Online: 16 de Setembro de 2015, 10:44:57
Que tá uma onda de Canal no Youtube e venda de cursos pela internet, isso faz um tempinho. Até hoje não sei se isto dá dinheiro, todo mundo fala que não, mas sei que dá muito trabalho pra fazer de graça, semana passada o Zack passou a cobrar o VlogdoZack. Tem muita coisa boa na net, acho que é uma fase e vem só agregar valor aos bons profissionais que estão tentando vender um tempo que é precioso e muitas vezes não remunerado adequadamente. Abraços.
Rafael Starobole .'.
Canon 5DS - EF 70-200mm f/2.8L IS II USM - EF 24-70mm f/2.8L II USM - Fisheye 8-15 4L USM
Canon 70D - 18-55mm 3.5-5.6 - 50mm 1.8 II - 55-250 IS STM - Flash Canon 430EX II - Radio Flash Yongnuo 622C - Tripes Manfrotto - Mochilas Lowercase


vangelismm

  • Trade Count: (7)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.441
  • Sexo: Masculino
    • MedinaFotografia
Resposta #2 Online: 16 de Setembro de 2015, 11:09:13
Que tá uma onda de Canal no Youtube e venda de cursos pela internet, isso faz um tempinho. Até hoje não sei se isto dá dinheiro, todo mundo fala que não, mas sei que dá muito trabalho pra fazer de graça, semana passada o Zack passou a cobrar o VlogdoZack. Tem muita coisa boa na net, acho que é uma fase e vem só agregar valor aos bons profissionais que estão tentando vender um tempo que é precioso e muitas vezes não remunerado adequadamente. Abraços.

dá dinheiro sim, não se suficiente para sobreviver só do canal.
"A perspectiva de uma imagem é controlada pela distância entre a lente e o assunto; mudando a distancia focal da lente muda o tamanho da imagem , mas não altera a perspectiva . Muitos fotógrafos ignoram este fato, ou não têm conhecimento de sua importância." -  Ansel Adams, Examples – The Making of 40 Photographs


guizaunzin

  • Trade Count: (1)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.365
  • Sexo: Masculino
  • http://www.saycheese.fot.br
    • Say Cheese Fotografia de Casamento
Resposta #3 Online: 16 de Setembro de 2015, 11:18:13
Acho que falei, falei e falei e esqueci de dizer o que eu realmente queria dizer no final.  :doh:

A impressão que estou tendo é que muita gente está deixando justamente a FOTOGRAFIA de lado, se preocupando mais com essas coisas da lista que falei e fotografando menos.

Exemplo de um colega que estava à procura de freelancer pra trampar com ele, postou em algum grupo do face e literalmente recebeu centenas de propostas. Ele filtrou uns 100, e destes 100 somente 2 tinham um trabalho no mínimo DECENTE. O resto, era uma porcaria, pessoas que vc via que não evoluiam, mas dentre eles tinha vários já dando workshop, oferecendo soluções pra fotógrafos, mas esquecendo de fotografar...
« Última modificação: 16 de Setembro de 2015, 11:18:38 por guizaunzin »
http://www.saycheese.fot.br
https://www.instagram.com/saycheesebr/

Canon 5D Mark3 + 5Dc + T2i + Sigma 30mm 1.4 ART + Canon 50mm 1.8 STM + Canon 85mm 1.8


Marcos Lana

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 174
Resposta #4 Online: 16 de Setembro de 2015, 11:18:20
Bom. Quanto aos intermediários dando curso, talvez eu possa sugerir uma explicação.

Para dar cursos a pessoa precisa de um bom conhecimento teórico e boa didática. As vezes não possui o feeling ou as melhores habilidades práticas, mas conhece bem tecnicamente o conteúdo que precisa ministrar.
Nikon D90+ Sb600 (18-105mm vr + Nikkor 70-300mm) e FUJIFILM S9000
 


jefersonperrot

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 710
  • Sexo: Masculino
  • Tudo posso naquele que me fortalece - Fp 4:13
Resposta #5 Online: 16 de Setembro de 2015, 11:59:08
Eu enxergo isso da seguinte forma:

Existem pessoas que começam a fotografar por paixão à arte e pessoas que pensam que é uma forma simples, fácil e rápida de ganhar dinheiro.

Hoje não é difícil encontrar pessoas que se dizem fotógrafos (sem o mínimo de estudo e prática), oferecendo ensaios de casais e gestantes por mixaria. Vi um anuncio no Facebook recentemente onde o cara oferecia um ensaio em 2 locações, com aprox. 3 horas de duração, tratando várias fotos por R$ 50,00. Até entendo que quando se está começando é difícil, mas vejo muitas pessoas que estão a muito tempo no mercado fazendo isso.

Esse tipo de "fotografo" acaba enchendo o mercado de pessoas oportunistas. Eles simplesmente "prostituem" o mercado.

Baseado nisso, é claro que existirão alguns que tentarão ganhar com esse tipo de situação, oferecendo à estes fotógrafos cursos "inovadores" e "surpreendentes". Idéias mirabolantes que mudarão sua fotografia...

Isso é normal cara, infelizmente. Existe no mercado muita coisa boa, mas infelizmente existem muitos abutres e parasitas também.
Canon


Rick99

  • Trade Count: (4)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.955
  • Sexo: Masculino
  • Amador
Resposta #6 Online: 16 de Setembro de 2015, 12:23:51
Lei da oferta e procura: Muita gente entrando no mundo da fotografia, então os cursos e workshops estão em alta.
Ainda mais que pra adquirir um equipamento de entrada (novo ou usado) é algo relativamente acessível. É comum ler diariamente tópicos de novatos perguntando se dá pra fotografar casamentos com a câmera e lente do kit recém compradas.

Canais do Youtube fizeram com que muitos fotógrafos ficassem conhecidos, embora acho que nem metade realmente mereçam tal admiração.  :assobi:
E ganham dinheiro com isso. Ser um "youtuber" tornou-se APARENTEMENTE o caminho mais curto pra embolsar um $$$. E isso não vale apenas para a fotografia: hoje a garota que ficou famosa divulgando maquiagens no canal, participou de propagandas e ganha ingressos VIP para eventos de moda.

Sobre pen drives e produtos personalizados, é um diferencial. É o profissional vendendo seu peixe e é algo normal.



Humberto Yoji

  • Trade Count: (23)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.575
  • Sexo: Masculino
    • Humberto Yoji - fotógrafo
Resposta #7 Online: 16 de Setembro de 2015, 12:30:26
Lei da oferta e procura: Muita gente entrando no mundo da fotografia, então os cursos e workshops estão em alta.


Vejo bem por aí também. Esse foi um dos motivos que nos levou a começar os workshops de flash, tinha muita procura.


Eu gosto disso. Nunca fiz tantos cursos on line como agora, e tenho aproveitado também os cursos presenciais. Ajuda muito, fico feliz que as pessoas estejam dispostas a compartilhar o que sabem. Houve um tempo em que era raro alguém querer ensinar qualquer coisa que fosse a outros profissionais da área.


Sobre o primeiro ponto, não vejo os fotógrafos parando de fotografar não, todos os que eu acompanho continuam trabalhando e muito, além de manter workshops e cursos. Estou longe de ser um fotógrafo "foda", mas eu tenho fotografado como nunca, o que tem deixado até menos tempo disponível para os workshops.


Abraços


RenatoKW

  • Trade Count: (3)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 633
  • Sexo: Masculino
Resposta #8 Online: 16 de Setembro de 2015, 13:39:47
O ramo da fotografia está crescendo, porque é fácil de ser informal. O brasileiro está procurando formas alternativas de ganhar dinheiro, e querendo ou não, fotografia é uma delas. É lógico que nem todos tem condições de estudar, ou simplesmente ignoram essa etapa e acham que conseguem trabalhar por conta própria. Eu não estou no mercado da fotografia, mas fiz cursos presenciais básicos, intermediários e de iluminação, fora que sempre compro livros sobre o assunto. E mesmo com este pouco conhecimento que tenho, ainda não sinto firmeza de ingressar pra valer na área por dois motivos: eu sou perfeccionista (cobro muito de mim mesmo) e preciso de experiência.

Mas acho que esse ramo específico da fotografia comercial é que nem UFC, o cara pode falar muito, dizer que é bom, saber dar uma porradas, etc,mas na hora que sobe no octagon, não tem espaço pra charlatão. O cara tem que ser o cara. E uma hora todos esses "fotógrafos" se encontrarão dentro de um octagon.


viniciustb

  • Trade Count: (9)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 710
    • http://vinibrandini.com.br
Resposta #9 Online: 16 de Setembro de 2015, 14:11:37
Fala pessoar, beleza?

Queria fazer um debate aqui e ver a opinião dos colegas sobre uma questão que vem me incomodando faz um tempinho.
De 1 ano pra cá, mais ou menos, notei que o mercado de fotografia está com algumas coisas meio estranhas acontecendo, ao meu ver.

Não tenho muito tempo nessa área, então talvez os mais experientes possam me dizer se isso já acontece a mais tempo, mas o que venho notando são os seguintes pontos:

- Os fotógrafos fodas estão parando de tirar fotos. Aparentemente só estão vivendo de cursos/workshops/congressos vendendo sonhos para os fotógrafos iniciantes que precisam de um empurrão e de um incentivo.

- O Inspiration, ao meu ver, está dando o selinho igual chuchu na cerca. Em todas as premiações vejo alguns trabalhos realmente muito bons, feitos por alguns caras que acompanho e admiro. Mas vejo também muita foto premiada que não faz jús ao premio, e vejo uma galera meio injustiçada com trabalhos excelentes e que não são premiados, talvez por não terem nome famoso :(.

- Um monte de fotógrafos bonzinhos ou intermediários estão oferecendo cursos e workshops. O cara mal ganha 1 selo do inspiration ou até um outro concurso qualquer por aí e sai espalhando pros quatro ventos que está dando esses treinamentos. Talvez se espelhando no primeiro ponto, dos fotógrafos fodas que estão vivendo disso e eles tentam pegar o embalo...

- Uma infinidade de pessoas/empresas está começando a oferecer recursos para fotógrafos. Sejam novas empresas de álbuns, um monte de gente fazendo umas coisas mais artesanais tipo Case de DVD, Pen Drive personalizado, etc. Um monte de sites oferecendo plataforma de portfólio e aprovação de álbuns (tipo o 46 Graus que uso e acho foda!), um monte de gente que de repente virou vendedor de equipamento...

Eu não me lembro de ser assim logo que comecei na área, vocês perceberam esse movimento do mercado também? É coisa da minha cabeça?

Abraços

Cara, você está falando do mercado de fotografia de casamentos, certo?

Sim, está assim faz um tempo já, faz mais de ano. Tem muita gente nesse mercado! Isso gera novas oportunidades e necessidades!

Talvez os "fodas" estejam cansados de trabalhar aos sábados e/ou de concorrer com "novos talentos" que temos por aí e que cobram muito menos. Outro problema é participar das panelinhas de fornecedores (especialmente assessores). Isso demanda tempo, "trabalhar de graça/parceira" e puxar muito saco.  :shock:

Então, se tem gente pagando os workshops, é uma solução para diversificar os negócios. :)

Inspiration é uma máquina de ganhar dinheiro! Os fotógrafos pagam para fazer parte e para participar dos concursos em troca do status e possíveis indicações a noivos. E o Inspiration premia a galera, para continuarem participando e incentivar outros a participarem. Tipo, se "fulano" ganhou prêmio, eu também posso, saca? Efeito dominó! Conhece bixo mais "maria vai com as outras" do que fotógrafo de casamentos? :ponder:

Veja só quantas indicações na premiação anual deles! Indicando todo mundo, o evento deve ter uma maior adesão, participação e repercussão. Eles estão indo no caminho certo para ganhar muito $$$!  ;)

O dono do Fearless, Huy, ganha muito mais dinheiro com o Fearless do que fotografando casamentos ou mesmo dando cursos. O Inspiration é uma cópia nacional bem feitinha que mira os brasileiros, que antes estavam as pencas no Fearless (mas lá o nível é bem mais alto, além dos custos, com dolar disparado e a distância de território e lingua que quase impossibilitam a participação dos eventos presenciais deles).

E sobre os serviços que brotam a cada de dia de sites/plataformas/etc, o pessoal está diversificando os negócios. Isso é normal em todos os mercados.

No fim, sinceramente, nada disso me incomoda e acho que não deveria te incomodar não! As vezes eu até me divirto vendo todo esse movimento. Faz parte do jogo! Segue o seu caminho sem dar muita bola para tudo isso. E foca no que realmente interessa.  :ok:

abs,

Vini


jefersonperrot

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 710
  • Sexo: Masculino
  • Tudo posso naquele que me fortalece - Fp 4:13
Resposta #10 Online: 16 de Setembro de 2015, 14:13:08
Eu gosto disso. Nunca fiz tantos cursos on line como agora, e tenho aproveitado também os cursos presenciais. Ajuda muito, fico feliz que as pessoas estejam dispostas a compartilhar o que sabem. Houve um tempo em que era raro alguém querer ensinar qualquer coisa que fosse a outros profissionais da área.

Bem verdade isso, tem muita coisa boa rolando. O WS de iluminação do Humberto e do Mike, por exemplo, foi ótimo e muito proveitoso. Além de ter muito WS de cara experiente e conceituado, com ótimo conteúdo para comprar sobre demanda, o que te possibilita ver várias vezes.


Sobre o primeiro ponto, não vejo os fotógrafos parando de fotografar não, todos os que eu acompanho continuam trabalhando e muito, além de manter workshops e cursos. Estou longe de ser um fotógrafo "foda", mas eu tenho fotografado como nunca, o que tem deixado até menos tempo disponível para os workshops.


Concordo também, e vejo isso como uma grande coisa.
Para quem dá aulas (acho que de qualquer tipo) é um estímulo e tanto, pois é muito fácil o pupilo se equiparar com o mestre, se o mestre não estudar mais... Isso cria um ciclo de aprendizado que beneficia todo mundo
Canon


leonardodemacedo

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 696
  • Sexo: Masculino
  • leonardodemacedo
    • Aprenda a Usar o Lightroom
Resposta #11 Online: 16 de Setembro de 2015, 15:46:42
Bicho, meu mercado é publicidade/marketing e não foto, mas pelo que você falou é a mesma coisa...

A tecnologia vem facilitando as coisas mais e mais...

Pra quem já teve que fotografar 2.000 produtos, revelar e escanear os cromos pra depois ter um arquivo em mãos pra fazer "aqueles anúncios de ofertas de mercado" pra anteontem, uma câmera digital no AUTO é a maior maravilha do universo (claro, dependendo da qualidade que o sujeito exige).

Mas com isso, vem a molecada (nem sempre mau intencionada) que "mexe no Coreu Dró", ou "fotografa seu casamento por 10 pila e o dinheiro do busão" e faz a "mesma coisa" por 1/1.000 do preço. Acho que tem mercado pra todo mundo, se você realmente batalha seu nicho.

Tem muita gente no mundo, Meu. Muita gente, com acesso a muita tecnologia, e pouco senso estético, ou crítico por parte dos clientes. Ou você senta na beira do abismo e filosofa sobre o porquê e porque isso, ou vai pra rua batalhar seu pão nosso de cada dia  ;)


alcure

  • Trade Count: (8)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 844
  • Sexo: Masculino
  • Madafaka
    • Portfolio
Resposta #12 Online: 16 de Setembro de 2015, 23:24:21

Vejo bem por aí também. Esse foi um dos motivos que nos levou a começar os workshops de flash, tinha muita procura.


Eu gosto disso. Nunca fiz tantos cursos on line como agora, e tenho aproveitado também os cursos presenciais. Ajuda muito, fico feliz que as pessoas estejam dispostas a compartilhar o que sabem. Houve um tempo em que era raro alguém querer ensinar qualquer coisa que fosse a outros profissionais da área.


Sobre o primeiro ponto, não vejo os fotógrafos parando de fotografar não, todos os que eu acompanho continuam trabalhando e muito, além de manter workshops e cursos. Estou longe de ser um fotógrafo "foda", mas eu tenho fotografado como nunca, o que tem deixado até menos tempo disponível para os workshops.


Abraços

Eu agradeço muito aos que mantem canais para compartilhar conhecimento. Basicamente tudo que sei sobre fotografia aprendi online, seja vendo canais, seja acompanhando trabalho de fotógrafos referência que se dispõem a tirar dúvidas.

* Fuji X-T2 + XF 23mm 1.4 + XF 35mm 1.4 + XF 56mm 1.4
* Nikon D750 + Sigma 50mm 1.4 ART + Nikkor 85mm 1.4G + Nikkor 105mm 2.8 Micro VR
---------------------------------------------------
http://500px.com/Alcure e http://www.flickr.com/alcure85/


agalons

  • Trade Count: (10)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.870
Resposta #13 Online: 17 de Setembro de 2015, 07:07:24
Cara, você está falando do mercado de fotografia de casamentos, certo?

Sim, está assim faz um tempo já, faz mais de ano. Tem muita gente nesse mercado! Isso gera novas oportunidades e necessidades!

Talvez os "fodas" estejam cansados de trabalhar aos sábados e/ou de concorrer com "novos talentos" que temos por aí e que cobram muito menos. Outro problema é participar das panelinhas de fornecedores (especialmente assessores). Isso demanda tempo, "trabalhar de graça/parceira" e puxar muito saco.  :shock:

Então, se tem gente pagando os workshops, é uma solução para diversificar os negócios. :)

Inspiration é uma máquina de ganhar dinheiro! Os fotógrafos pagam para fazer parte e para participar dos concursos em troca do status e possíveis indicações a noivos. E o Inspiration premia a galera, para continuarem participando e incentivar outros a participarem. Tipo, se "fulano" ganhou prêmio, eu também posso, saca? Efeito dominó! Conhece bixo mais "maria vai com as outras" do que fotógrafo de casamentos? :ponder:

Veja só quantas indicações na premiação anual deles! Indicando todo mundo, o evento deve ter uma maior adesão, participação e repercussão. Eles estão indo no caminho certo para ganhar muito $$$!  ;)

O dono do Fearless, Huy, ganha muito mais dinheiro com o Fearless do que fotografando casamentos ou mesmo dando cursos. O Inspiration é uma cópia nacional bem feitinha que mira os brasileiros, que antes estavam as pencas no Fearless (mas lá o nível é bem mais alto, além dos custos, com dolar disparado e a distância de território e lingua que quase impossibilitam a participação dos eventos presenciais deles).

E sobre os serviços que brotam a cada de dia de sites/plataformas/etc, o pessoal está diversificando os negócios. Isso é normal em todos os mercados.

No fim, sinceramente, nada disso me incomoda e acho que não deveria te incomodar não! As vezes eu até me divirto vendo todo esse movimento. Faz parte do jogo! Segue o seu caminho sem dar muita bola para tudo isso. E foca no que realmente interessa.  :ok:

abs,

Vini

A chegada do digital, facilitou a entrada no ambiente de gente nova, corajosa.
sempre teve pilantras aventureiros a fotografia d eventos, como outras profissoes tambem tem.
a criaçao de "institucoes que premiam" em qualquer area, e muito antiga so que agora esta popularizada.
Sao ferramentas de MKT, de modo geral os profissionais que  estao fora do mercado viram consultores ou professores, tambem pode se fazer isto como complemento, para captar clientes,
"Contratei meu professor de fotografia"!!!!!
Sao as diferentes pecinhas do quebracabeças, obviamente tudo e valido!!.
Nunca tive tempo de ser socio de uma firma de concursos, para ganhar "meus premios",
meu premio e o reconhecimento dos meus clientes,indicaçao permanente, etc,etc.
vamos que vamos!!!!!!!!


guizaunzin

  • Trade Count: (1)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.365
  • Sexo: Masculino
  • http://www.saycheese.fot.br
    • Say Cheese Fotografia de Casamento
Resposta #14 Online: 17 de Setembro de 2015, 09:44:15
Poxa, muito bacana o ponto de vista dos colegas do fórum! :D

Confesso que isso tudo estava me irritando um pouco, pq ao meu ver tinha muito cliente que estava sendo deixado de lado, muito pilantra passando perna nas pessoas e isso é uma coisa que me incomoda um pouco.
E a fotografia que é bom, nada.... minha impressão é que as pessoas estão fazendo tudo relacionado à fotografia, MENOS FOTOGRAFAR.

Mas como alguns colegas disseram, bola pra frente e foco no que me interessa ;)
http://www.saycheese.fot.br
https://www.instagram.com/saycheesebr/

Canon 5D Mark3 + 5Dc + T2i + Sigma 30mm 1.4 ART + Canon 50mm 1.8 STM + Canon 85mm 1.8