Autor Tópico: Sites de venda de fotografia de esportes - Dúvidas sobre esse mercado  (Lida 1506 vezes)

jefframos

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 67
  • Sexo: Masculino
    • Meu site
Olá!
Faz pouco mais de um ano que comprei minha primeira DSLR ainda pensando na fotografia como um hobby. Saí fotografando tudo que encontrava pela frente: flor, gato, cachorro, gente, paisagem, enfim... Coisa normal quando compramos a primeira câmera.

Até que num belo dia resolvi tentar tirar umas fotos em uma prova de triathlon que aconteceu aqui na minha cidade. Algumas fotos razoáveis, a maioria um desastre.
Mas fui tentando em outras ocasiões e consegui evoluir bastante, inclusive com várias críticas construtivas que recebi aqui mesmo no fórum e que me ajudaram muito no meu aprendizado. (Vide esse tópico aqui: http://forum.mundofotografico.com.br/index.php?topic=110723.0 )

Foi então que comecei a considerar a possibilidade de levar isso mais a sério e começar a fotografar profissionalmente eventos esportivos outdoor, como provas de triathlon, corridas de rua, ciclismo, mountain bike e afins.

Me dediquei inclusive a construir um portfolio somente para esse nicho da fotografia: T3fotografia.com.br  :assobi:

Agora é que vem a minha dúvida. Um dos mercados possíveis dentro da fotografia de esportes é a venda das fotos em sites como Foco Radical, Olho no Atleta, Foco Atleta, Midia Sport, etc

O que eu gostaria de saber é se algum colega aqui do fórum trabalha ou já trabalhou nesse esquema. Como é o mercado, se os atletas realmente compram as fotos. Se compensa o deslocamento, o desgaste do equipamento, já que em cada evento são feitos muitos cliques, enfim.

Eu juro que pesquisei muito antes de abrir o tópico mas não achei nada a respeito. Apenas num tópico ( http://forum.mundofotografico.com.br/index.php?topic=74152.0 ) que era sobre um assunto distinto, um rapaz comentou que trabalha para o site Foco Radical, mas não entra muito em detalhes e trata-se de uma postagem de 2012.

Então, caso alguém tenha alguma experiência nessa área e puder compartilhar... Eu ficaria muito agradecido.

Canon T3 + Sigma 17-70mm f/2.8-4
Praktica Super TL1000 + Pentacon 50mm 1.8


C. Ferrari

  • Trade Count: (11)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.768
  • Sexo: Masculino
  • Em busca de conhecimento, sempre.
    • Trabalhos
Resposta #1 Online: 29 de Dezembro de 2015, 18:02:42
Cara, vou te dar a real de uma área bem próxima que é o fotojornalismo.

O mercado já era. Hoje em dia pagam 10-15 reais por foto vendida. Não é mais possível ganhar dinheiro com isso. E duvido muito que esses sites paguem mais que isso.... esse valor deve ser o que o atleta paga por foto, logo o que vem pra ti gira em 30-40%.

O que tu pode fazer é o seguinte... ao invés de ser um fornecedor de foto para os sites, seja um fotógrafo para o evento... busca as assessorias de imprensa desses eventos para fazer as fotos oficiais. Com certeza tu vai precisar de equipe, uma estrutura robusta de entrega de fotos e não vai ser fácil pois já existem players especializados nisso.

Outra coisa é buscar as equipes que participam desses eventos e acompanhar somente eles para fotografar... é um modo mais fácil de entrar no mercado e montar um portifa melhor e quem sabe um dia pleitear uma cobertura oficial do evento.

Boa sorte.


jefframos

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 67
  • Sexo: Masculino
    • Meu site
Resposta #2 Online: 29 de Dezembro de 2015, 18:22:39
Cara, vou te dar a real de uma área bem próxima que é o fotojornalismo.

O mercado já era. Hoje em dia pagam 10-15 reais por foto vendida. Não é mais possível ganhar dinheiro com isso. E duvido muito que esses sites paguem mais que isso.... esse valor deve ser o que o atleta paga por foto, logo o que vem pra ti gira em 30-40%.

O que tu pode fazer é o seguinte... ao invés de ser um fornecedor de foto para os sites, seja um fotógrafo para o evento... busca as assessorias de imprensa desses eventos para fazer as fotos oficiais. Com certeza tu vai precisar de equipe, uma estrutura robusta de entrega de fotos e não vai ser fácil pois já existem players especializados nisso.

Outra coisa é buscar as equipes que participam desses eventos e acompanhar somente eles para fotografar... é um modo mais fácil de entrar no mercado e montar um portifa melhor e quem sabe um dia pleitear uma cobertura oficial do evento.

Boa sorte.

Carlos, obrigado pela resposta!
Dei uma olhada no seu site e curti muito as fotos, principalmente as do Snowboard. Parabéns!

Na realidade eu não conheço bem cada um dos sites que citei ali, o único que conheço e que já entrei em contato foi o foco radical, que paga ao fotógrafo uma comissão de 90% sobre as fotos vendidas.
Eu estou pensando em começar trabalhando para eles, só que mais com o intuito de conhecer mesmo e adquirir um pouco mais de experiência.

Mas também considero que o ideal é ser o cara (ou parte da equipe) que faz a cobertura oficial mesmo.
Tem um fotógrafo que normalmente cobre as provas de triathlon aqui no litoral do Paraná e que tem um trabalho excepcional, é uma inspiração para mim.
E numa prova que ele não poderia cobrir, a federação entrou em contato comigo porque já tinha visto algumas fotos do meu portfolio. Infelizmente eu não pude aceitar na ocasião, porque estava viajando na data, mas mesmo se tivesse a disponibilidade me bateu outra dúvida: quanto cobrar nesse caso, já que aí eu não venderia as fotos individualmente, e sim o serviço da cobertura do evento como um todo?

Sei que preciso fazer uma pesquisa de mercado, mas nesse nicho me parece ser um pouco mais difícil de levantar essas informações, e cada evento é muito diferente e pode requerer um volume e fluxo de trabalho também diferente.
Canon T3 + Sigma 17-70mm f/2.8-4
Praktica Super TL1000 + Pentacon 50mm 1.8


C. Ferrari

  • Trade Count: (11)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.768
  • Sexo: Masculino
  • Em busca de conhecimento, sempre.
    • Trabalhos
Resposta #3 Online: 29 de Dezembro de 2015, 22:35:27
Carlos, obrigado pela resposta!
Dei uma olhada no seu site e curti muito as fotos, principalmente as do Snowboard. Parabéns!

Na realidade eu não conheço bem cada um dos sites que citei ali, o único que conheço e que já entrei em contato foi o foco radical, que paga ao fotógrafo uma comissão de 90% sobre as fotos vendidas.
Eu estou pensando em começar trabalhando para eles, só que mais com o intuito de conhecer mesmo e adquirir um pouco mais de experiência.

Mas também considero que o ideal é ser o cara (ou parte da equipe) que faz a cobertura oficial mesmo.
Tem um fotógrafo que normalmente cobre as provas de triathlon aqui no litoral do Paraná e que tem um trabalho excepcional, é uma inspiração para mim.
E numa prova que ele não poderia cobrir, a federação entrou em contato comigo porque já tinha visto algumas fotos do meu portfolio. Infelizmente eu não pude aceitar na ocasião, porque estava viajando na data, mas mesmo se tivesse a disponibilidade me bateu outra dúvida: quanto cobrar nesse caso, já que aí eu não venderia as fotos individualmente, e sim o serviço da cobertura do evento como um todo?

Sei que preciso fazer uma pesquisa de mercado, mas nesse nicho me parece ser um pouco mais difícil de levantar essas informações, e cada evento é muito diferente e pode requerer um volume e fluxo de trabalho também diferente.

Opa, legal obrigado pelo elogio!

Sobre os 90%, é um bom valor... e como tu mesmo comentou, vale a pena se filiar pra pegar a manha do negócio e prosperar futuramente.

Sobre o quanto cobrar, isso vai depender muito dos teus custos pra viver... existem varias tabelas de excel pela internet pra calcular quanto tu deve cobrar... da uma pesquisada e adapta as tuas necessidades...

Abraço :)


Tiago C.

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 165
Resposta #4 Online: 30 de Dezembro de 2015, 14:29:50
Gostei do Foco Radical, obrigado pela dica. Entrei em contato com eles também.


jefframos

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 67
  • Sexo: Masculino
    • Meu site
Resposta #5 Online: 30 de Dezembro de 2015, 17:48:37
Carlos, mais uma vez obrigado pela resposta.

Gostei do Foco Radical, obrigado pela dica. Entrei em contato com eles também.

Meu post tem muito mais dúvida do que dica  :D
Mas que bom se te ajudou de alguma forma.

Se você for realmente tentar, não deixe de relatar a experiência.


Será que não tem nenhum colega do fórum que conhece esse modelo de trabalho?  :ponder:
Canon T3 + Sigma 17-70mm f/2.8-4
Praktica Super TL1000 + Pentacon 50mm 1.8


jrfreire

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 24
  • Sexo: Masculino
    • JRFotos - A Vida Contada em Imagens...
Resposta #6 Online: 31 de Dezembro de 2015, 14:03:11
Trabalhei um tempo para o https://www.ativo.com/ e conheço mais algumas outras empresas que se dedicam a esse tipo de atividade de cobertura esportiva (http://www.webrun.com.br/ - http://midiasport.com.br/...)

A Ativo.com está no mercado a bastante tempo, e os estados mais fortes são SP e RJ.
Praticamente em toda prova de rua(Circuito Adidas, Circuito Athenas...) eu estava na equipe. Alguns eram também do RJ e outros vinham de SP quando era um evento maior com a Maratona e Meia Maratona do RJ.

Quando comecei na Ativo.com, o esquema era um valor fixo para a cobertura, mais a comissão em cima de cada foto vendida pós evento.
Geralmente as fotos eram enviadas por Sedex 10 na segunda-feira para chegar o mais rápido possível em SP e eles fazerem a identificação para colocarem logo no site a disposição dos atletas. Quanto mais rápido era esse processo, mais rápido a chance de vender, pois a disputa é grande.
Quando era um evento grande, era entregue o cartão de memória ou um responsável da Ativo.com já fazia a copia dos arquivos no final do evento.
Todas as despesas eram pagas pela Ativo.com (Sedex, lanche, passagem e hospedagem quando era em outra cidade).
Quando teve uma mudança na direção, a cota fixa foi excluída e ficou apenas a comissão em cima das fotos, e tinha que aguardar juntar 3 meses pra recebimento desse período. Então pra mim não era tão mais atrativo.
Em alguns eventos onde era proibida e venda das fotos, a Ativo.com era contratada como empresa oficial de cobertura e era pago uma cota fixa, e as fotos eram disponibilizadas de graça para os atletas.

Não sei como está hoje em dia, pois faz alguns anos que não realizo esse tipo de serviço, mesmo gostando desse tipo de cobertura, então o ideal é você entrar em contato com cada empresa.
Pensei em criar também uma empresa pra prestação desse tipo de serviço, mas o projeto acabou não indo a frente, até porque quis me dedicar aos ensaios.

Fora as empresas oficiais de cobertura, tem alguns fotógrafos que fazem o trabalho de forma autônoma. Ficam próximos a linha de chegada, onde possam compor um fundo com uma referência do evento, e os atletas já com suas medalhas em mãos, e fazem a foto posada. Eles já tem uma impressora e o atleta já leva a recordação na hora, em vez de esperar os sites de cobertura e pagar mais o frete em alguns casos.

O ideal seria ter sua própria empresa, mas pra isso tem que pensar em toda a logística.
Espero ter ajudado de alguma forma. Qualquer coisa estou a disposição.



jefframos

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 67
  • Sexo: Masculino
    • Meu site
Resposta #7 Online: 04 de Janeiro de 2016, 15:11:16
Obrigado pelo relato, jrfreire!
Foi de grande ajuda.

O legal do ativo é que é um site não só de venda de fotos, e sim um portal com notícias, calendários, textos informativos sobre esporte, além de ter um design bem atraente. E acho que todos esses fatores contribuem para um maior tráfego no site, o que também deve ajudar na venda das fotos.
Vou pesquisar mais a fundo sobre isso.

Mais uma vez obrigado!
Canon T3 + Sigma 17-70mm f/2.8-4
Praktica Super TL1000 + Pentacon 50mm 1.8


romulogrc

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 1
Resposta #8 Online: 18 de Janeiro de 2018, 13:47:53
Alguém interessado em fotografar corridas de rua entre em www.foquei.com.br.