Autor Tópico: Quando e como foi seu primeiro trabalho (remunerado) com Fotografia?  (Lida 1070 vezes)

Henrique dPaula

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 23
Sábado agora 16/01/2016 farei meu primeiro work com Fotografia, um chá de Bebê.
Estou muito ansioso e gostaria de saber a primeira experiencia de vocês.

- Qual equipamento você usou?
- Ambas as partes gostaram do resultado?
- Como foi?


Abraço a todos e fiquem com Deus!
Iniciando... Canon T5, 18-55 e 55-250.


Lizandro Júnior

  • Trade Count: (18)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.497
  • Sexo: Masculino
  • "Com Deus, todas as coisas são possíveis."
    • Lizandro Júnior Fotografias
Resposta #1 Online: 14 de Janeiro de 2016, 09:32:56
O primeiro, de cabeça não lembro qual foi, mas lembro bem de alguns que foram os primeiros...

Fiz um casamento simples na igreja que eu frequento, há cerca de 4 anos... Fiz um ensaio gestante também bem simples e que rendeu algumas fotos bem legais e depois fiz a cobertura fotográfica de um grande evento aqui da cidade, foi uma oportunidade muito boa que eu aproveitei.

Treine, treine muito e leia assuntos sobre fotografia. Aqui no fórum mesmo eu tenho aprendido bastante.
Nikon D750 | Nikon D700 | Flash SB900| Nikkor 24mm f/1.8G ED | Sigma 85mm f/1.4 EX DG HSM | Tokina AT-X 16-28mm f/2.8 Pro FX |  Yongnuo 622N | Yongnuo TX

www.lizandrojunior.com  | "Com Deus, todas as coisas são possíveis."


Humberto Yoji

  • Trade Count: (23)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.895
  • Sexo: Masculino
    • Humberto Yoji - fotógrafo
Resposta #2 Online: 14 de Janeiro de 2016, 09:44:01
Lembro bem da minha primeira experiência como freelancer e da minha primeira experiência minha mesmo, como fotógrafo contratado pelo casal. Ambas foram casamentos.

- No trabalho de freela eu estava com uma 40D + 17-55 + 430EX II, com uma Olympus EP-1 de reserva. No trabalho meu mesmo estava com uma 5D II + 24-105L + 580EX II, a câmera reserva era uma 7D, mas não lembro as lentes reservas...
 
- Nos dois trabalhos, todo mundo gostou do resultado, ainda bem. Em ambos fiquei muito apreensivo com a resposta dos clientes, mas tudo correu bem.

- Foi uma experiência muito boa, muito gratificante, tanto é que continuo fotografando casamentos até hoje. Lembro que nas duas ocasiões fiquei absurdamente ansioso na véspera e no dia. Estudei muito antes de encarar os serviços, passei dias lendo sobre o assunto e vendo centenas de fotos de casamentos. Fiz uma lista do que não poderia faltar e memorizei à exaustão, ahahahah. Pratiquei bastante a técnica, fiz todo tipo de teste antes da data.

Treine, treine muito e leia assuntos sobre fotografia. Aqui no fórum mesmo eu tenho aprendido bastante.
Bem isso!  :ok:


Enfim, me preparei mesmo, e acredito que isso teve impacto muito positivo no resultado. Fico feliz que tenha dado certo, porque fotografar casamentos é hoje o que mais gosto de fazer.

Boa sorte!


Roberto Dellano

  • Trade Count: (11)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.979
  • Sexo: Masculino
  • RTFM
    • Roberto Dellano Fotografia
Resposta #3 Online: 14 de Janeiro de 2016, 10:34:09
Meu primeiro casamento remunerado foi o casamento de um amigo, e que me serviu de lição, fiz para receber quando entregasse as fotos, sem contrato, até hoje não vi a cor do dinheiro, perdi o amigo e as fotos estão aqui.

Mas faz parte, foi o primeiro e único, e com ele aprendi uma das coisas mais importantes comercialmente falando, contrato e pagamento adiantado sempre.


Henrique dPaula

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 23
Resposta #4 Online: 14 de Janeiro de 2016, 10:59:26
Meu primeiro casamento remunerado foi o casamento de um amigo, e que me serviu de lição, fiz para receber quando entregasse as fotos, sem contrato, até hoje não vi a cor do dinheiro, perdi o amigo e as fotos estão aqui.

Mas faz parte, foi o primeiro e único, e com ele aprendi uma das coisas mais importantes comercialmente falando, contrato e pagamento adiantado sempre.

Poxa vida, que chato! Esse chá de Bebe é da mina irmã mais velha, não cobrei mas ela fez questão, dai falei para ela me dar uma lente 50mm e arcar com o Álbum 30x30 e fechamos  :D
Iniciando... Canon T5, 18-55 e 55-250.


Danilo_cs

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.058
    • DCS
Resposta #5 Online: 14 de Janeiro de 2016, 11:09:01
O meu foi um fotolivro, com a Sony H50

Eu gostei, embora esperasse um pouco mais, mas a parte de lá gostou...

Única coisa que me deixou triste que, tempos depois, o pessoal da família brigou aí a pessoa que me contratou ficou com tanta raiva que queimou o foto livro ;(
Meu trabalho está aqui em http://www.dcsdesenvolvimento.com.br :)


Henrique dPaula

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 23
Resposta #6 Online: 14 de Janeiro de 2016, 11:15:23
Lembro bem da minha primeira experiência como freelancer e da minha primeira experiência minha mesmo, como fotógrafo contratado pelo casal. Ambas foram casamentos.

- No trabalho de freela eu estava com uma 40D + 17-55 + 430EX II, com uma Olympus EP-1 de reserva. No trabalho meu mesmo estava com uma 5D II + 24-105L + 580EX II, a câmera reserva era uma 7D, mas não lembro as lentes reservas...
 
- Nos dois trabalhos, todo mundo gostou do resultado, ainda bem. Em ambos fiquei muito apreensivo com a resposta dos clientes, mas tudo correu bem.

- Foi uma experiência muito boa, muito gratificante, tanto é que continuo fotografando casamentos até hoje. Lembro que nas duas ocasiões fiquei absurdamente ansioso na véspera e no dia. Estudei muito antes de encarar os serviços, passei dias lendo sobre o assunto e vendo centenas de fotos de casamentos. Fiz uma lista do que não poderia faltar e memorizei à exaustão, ahahahah. Pratiquei bastante a técnica, fiz todo tipo de teste antes da data.
Bem isso!  :ok:


Enfim, me preparei mesmo, e acredito que isso teve impacto muito positivo no resultado. Fico feliz que tenha dado certo, porque fotografar casamentos é hoje o que mais gosto de fazer.

Boa sorte!

Muito bacana! Bom... eu já sei o "intermediário" da ISO, F e Obturador, Minha 50mm ainda não chegou então a maioria do tempo vou usar a 55-250, minha câmera é a T5, gostaria de um help para deixar a foto mais nítida, algumas fotos que eu bato, o cabelo da pessoal fica meio embaçado, meio que misturado com o fundo, queria mais detalhes nos fios de cabelo. sera a limitação da minha lente ou camera?
« Última modificação: 14 de Janeiro de 2016, 11:18:04 por Henrique dPaula »
Iniciando... Canon T5, 18-55 e 55-250.


Mike Castro

  • Trade Count: (4)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.913
  • Sexo: Masculino
Resposta #7 Online: 14 de Janeiro de 2016, 11:34:19
Meu primeiro trabalho remunerado, foi em um casamento em 09/2001, fui como cabo-man, hahahahaha.
O cine tava usando uma Panasonic AG 456, S-VHS, kkkkkkkkkkkk
Precisa de muuuita luz pra ficar bom, hahahahahaha...

Meu primeiro trabalho como fotógrafo foi numa formatura de ensino fundamental e médio, em 2002. (Eu já fotografava no estúdio, 3x4, etc... E nos casamentos, no jantar, fotos de convidado em estudio, etc. Era "célula", mas podia levar uma câmera pra ir treinando, sem compromisso, etc...)Eu era tipo um "faz-tudo" na loja, um cargo acima do Office boy. Era o segundo menos importante da loja, hahahahaha...

 Numa sexta-feira de 2002, tava eu lá, no Foto, todo chateado porque não fora escalado pra enfim, fotografar um evento do começo ao fim. A equipe viajaria depois do almoço. Todos funcionários da empresa. Iriam em três carros.


Nisso, chegou um funcionário, laboratorista e fotógrafo dos bons. Entrou na loja correndo, rabiscou o nome dele da escala, gritou: "Eu não vou nessa merda não. Pode colocar outro. Tô indo embora!" E foi embora.
Nisso, era umas 8:45 da manhã.
Aquele rebuliço na loja: "O Valter surtou, foi embora, e agora? Quem vai pra Ortigueira?"

Me chamaram pra salinha do chefe.

"Mike, você viu que o Valter teve um troço e foi embora. Pode ir pra Ortigueira ficar no lugar dele?"

Quase dei um beijo no velho Ueta, hahahahahahahahahaha

Catei minha magrela, voei pra minha casa, fiz uma malinha meia boca, e voltei correndo pra loja.

Fui separar o equipamento. Naquela época, o Foto tinha um grande armário, cheio de câmeras e afins. Nikon, Canon, Pentax, tinha de tudo. Só que a galera já tinha separado todo o melhor equipamento pra si, de modo que tinha sobrado umas Minoltas fuleiras, uma Nikon F-401 toda sambada, e uma Nikon F-2. Essa tinha uma 35 e uma 55mm. Opa, vai essa mesmo! Além disso, tinha flash só manual. Catei um Nissin 6000GT, uma bolsa velha, e fui.

Foi a melhor coisa da minha vida! Viajamos à tarde, chegamos na cidade, partiu hotel tomar banho, etc, tivemos colação na sexta a noite, missa/culto ecumenico sabado cedo, e jantar/baile sabado à noite.

Foi otemo, hahahahahaha

Segunda-feira cedo, me chamam na salinha de novo, "seu" Ueta, a gerente geral e a gerente da filial onde eu trabalhava.

"Mike, como você sabe, o laboratório ficou sem operador, o Marcelo não pode operar as duas máquinas. Quer trabalhar no laboratório com ele? Já preparamos sua viagem pra São Paulo, vc vai fazer curso de operador na Fuji, é uma semana, vc pode ficar em SP esse tempo?

Daquele dia em diante, nunca mais pensei em fazer outra coisa da vida...



Meu primeiro casamento remunerado foi o casamento de um amigo, e que me serviu de lição, fiz para receber quando entregasse as fotos, sem contrato, até hoje não vi a cor do dinheiro, perdi o amigo e as fotos estão aqui.

Mas faz parte, foi o primeiro e único, e com ele aprendi uma das coisas mais importantes comercialmente falando, contrato e pagamento adiantado sempre.

Caraca Dellano, que ruim!

Faz quanto tempo isso?
« Última modificação: 14 de Janeiro de 2016, 11:34:46 por Mike Castro »


marciodeluca

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 354
  • Sexo: Masculino
  • Engenheiro por formação, mas fotógrafo por opção!
    • Márcio de Luca - Photolive: fotografia com vida
Resposta #8 Online: 14 de Janeiro de 2016, 11:34:30
Em 1995 eu morava em João Pessoa, PB, e um amigo havia trazido uma Pentax K1000 pra mim - ele trabalhava num jornal e tv local e haviam três fotógrafos no jornal para cobrir todo o estado.

Havia estourado uma adutora numa cidade do interior e em outra, uma rebelião num presídio - precisavam de dois caras para cobrir esta rebelião e como dois cara já estavam no interior e eu era o único cara que este meu amigo conhecia que tinha uma câmera profissional (hoje está bem mais barato, mas naquela época...) - ele não pensou duas vezes e me levou para o presídio para cobrir com ele.

Na ocasião eu não sabia se tremia pelo local onde eu estava, ou pelo medo de fazer uma porcaria de trabalho, mas graças a Deus deu tudo certo e eu acabei trabalhando para o jornal até o final de 1996, quando voltei para São Paulo.
« Última modificação: 14 de Janeiro de 2016, 11:36:29 por marciodeluca »
Márcio de Luca - Photolive: fotografia com vida
www.marciodeluca.com.br/site
A arte de fotografar está no saber quando apertar o botão de disparo e não no quanto o apertar.


Henrique dPaula

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 23
Resposta #9 Online: 14 de Janeiro de 2016, 11:53:43
Meu primeiro trabalho remunerado, foi em um casamento em 09/2001, fui como cabo-man, hahahahaha.
O cine tava usando uma Panasonic AG 456, S-VHS, kkkkkkkkkkkk
Precisa de muuuita luz pra ficar bom, hahahahahaha...

Meu primeiro trabalho como fotógrafo foi numa formatura de ensino fundamental e médio, em 2002. (Eu já fotografava no estúdio, 3x4, etc... E nos casamentos, no jantar, fotos de convidado em estudio, etc. Era "célula", mas podia levar uma câmera pra ir treinando, sem compromisso, etc...)Eu era tipo um "faz-tudo" na loja, um cargo acima do Office boy. Era o segundo menos importante da loja, hahahahaha...

 Numa sexta-feira de 2002, tava eu lá, no Foto, todo chateado porque não fora escalado pra enfim, fotografar um evento do começo ao fim. A equipe viajaria depois do almoço. Todos funcionários da empresa. Iriam em três carros.


Nisso, chegou um funcionário, laboratorista e fotógrafo dos bons. Entrou na loja correndo, rabiscou o nome dele da escala, gritou: "Eu não vou nessa merda não. Pode colocar outro. Tô indo embora!" E foi embora.
Nisso, era umas 8:45 da manhã.
Aquele rebuliço na loja: "O Valter surtou, foi embora, e agora? Quem vai pra Ortigueira?"

Me chamaram pra salinha do chefe.

"Mike, você viu que o Valter teve um troço e foi embora. Pode ir pra Ortigueira ficar no lugar dele?"

Quase dei um beijo no velho Ueta, hahahahahahahahahaha

Catei minha magrela, voei pra minha casa, fiz uma malinha meia boca, e voltei correndo pra loja.

Fui separar o equipamento. Naquela época, o Foto tinha um grande armário, cheio de câmeras e afins. Nikon, Canon, Pentax, tinha de tudo. Só que a galera já tinha separado todo o melhor equipamento pra si, de modo que tinha sobrado umas Minoltas fuleiras, uma Nikon F-401 toda sambada, e uma Nikon F-2. Essa tinha uma 35 e uma 55mm. Opa, vai essa mesmo! Além disso, tinha flash só manual. Catei um Nissin 6000GT, uma bolsa velha, e fui.

Foi a melhor coisa da minha vida! Viajamos à tarde, chegamos na cidade, partiu hotel tomar banho, etc, tivemos colação na sexta a noite, missa/culto ecumenico sabado cedo, e jantar/baile sabado à noite.

Foi otemo, hahahahahaha

Segunda-feira cedo, me chamam na salinha de novo, "seu" Ueta, a gerente geral e a gerente da filial onde eu trabalhava.

"Mike, como você sabe, o laboratório ficou sem operador, o Marcelo não pode operar as duas máquinas. Quer trabalhar no laboratório com ele? Já preparamos sua viagem pra São Paulo, vc vai fazer curso de operador na Fuji, é uma semana, vc pode ficar em SP esse tempo?

Daquele dia em diante, nunca mais pensei em fazer outra coisa da vida...



Caraca Dellano, que ruim!

Faz quanto tempo isso?

Cara que daora! Meu sonho sempre foi trabalhar viajando, independente da área!
-Bombeiro - Pra apagar incêndio? não! pq fica rondando a cidade (Pensava eu com 8 anos).
-Policial - Matar bandido? tbm. Mas deve ser legal fica andando de carro pela cidade.
-Piloto de avião.
-Jogador de futebol e várias outras profissões que não ficam parada no escritório huahaahuau.

Muito legal sua Historia :)
Iniciando... Canon T5, 18-55 e 55-250.


guizaunzin

  • Trade Count: (1)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.317
  • Sexo: Masculino
  • http://www.saycheese.fot.br
    • Say Cheese Fotografia de Casamento
Resposta #10 Online: 14 de Janeiro de 2016, 13:19:07
O meu foi um baita golpe de sorte, digamos assim.

Logo depois do meu casamento, fiquei apaixonado por fotografia e decidi que queria fazer fotografia de casamento como um Extra. Fiz um workshop com o fotógrafo do meu casamento e comprei uma câmera usada do meu irmão, uma Canon T2i com a 18-55mm.

Fui fazendo ensaios de amigos de graça pra montar portfólio, aí um ex-professor meu do colégio me abordou e perguntou se eu tinha experiencia com casamentos. Fui sincero dizendo que não, mas que queria entrar na área e precisava de portfólio, já que quase ninguém contrataria um freela com a experiencia que eu tinha.

Ele apostou as fichas em mim e fui fazer o casamento dele. Eu teria feito de graça por ser meu primeiro trabalho, mas ele insistiu em me pagar.
Com a grana, comprei uma 50mm 1.8 e um Flash YN 565EXII e fui pras cabeças.

Claro que melhorei bastante, mas agradeço muito a esse cara pela oportunidade que ele e a esposa me deram. Inclusive gostaram tanto que já fiz o Gestante, Newborn e aniversário da filha deles, haha.
http://www.saycheese.fot.br
https://www.instagram.com/saycheesebr/

Canon 5Dc + T2i + Sigma 30mm 1.4 ART + Canon 50mm 1.8 STM + Canon 85mm 1.8


Henrique dPaula

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 23
Resposta #11 Online: 14 de Janeiro de 2016, 13:34:35
O meu foi um baita golpe de sorte, digamos assim.

Logo depois do meu casamento, fiquei apaixonado por fotografia e decidi que queria fazer fotografia de casamento como um Extra. Fiz um workshop com o fotógrafo do meu casamento e comprei uma câmera usada do meu irmão, uma Canon T2i com a 18-55mm.

Fui fazendo ensaios de amigos de graça pra montar portfólio, aí um ex-professor meu do colégio me abordou e perguntou se eu tinha experiencia com casamentos. Fui sincero dizendo que não, mas que queria entrar na área e precisava de portfólio, já que quase ninguém contrataria um freela com a experiencia que eu tinha.

Ele apostou as fichas em mim e fui fazer o casamento dele. Eu teria feito de graça por ser meu primeiro trabalho, mas ele insistiu em me pagar.
Com a grana, comprei uma 50mm 1.8 e um Flash YN 565EXII e fui pras cabeças.

Claro que melhorei bastante, mas agradeço muito a esse cara pela oportunidade que ele e a esposa me deram. Inclusive gostaram tanto que já fiz o Gestante, Newborn e aniversário da filha deles, haha.

Os Deuses da fotografia te escolheram hahahaha, vlw mano! Como ainda vou fazer meu primeiro trabalho, gosto de ver o primeiro dos outros.
Iniciando... Canon T5, 18-55 e 55-250.


Filiphe Gomes

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 61
  • Sexo: Masculino
Resposta #12 Online: 14 de Janeiro de 2016, 13:56:45
As histórias são parecidas.
A minha  não foi diferente.

Depois de certa insistência do primo da minha esposa, aceitei um aniversário de 80 anos (sozinho).
Comprei um flash 5 dias antes e fui. Não gostei do resultado
Lugar com iluminação baixa, falta de experiencia, falta de conhecimento.

Mais tinha que ter uma primeira vez.
facebook/filiphegomesfotografia
instagram:filiphegomesfotografia


Dorglao

  • Trade Count: (2)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 128
Resposta #13 Online: 14 de Janeiro de 2016, 14:01:28
Legal o Tópico.

Meu primeiro trabalho pago foi um ensaio para um garota... ja tinha fotografado pacas mas sempre free.

Mas foi o primeiro em estúdio.

E estava bem amparado de equipamento, tinha 3 flashs, fundo, rebatedor, ventilador, ar...

De Equipamento fui com minha 60D lentes 50mm, 70-200mm que usei bem pouco, 17-40mm.

O trabalho ficou bem legal.. apanhei bastante para regular a luz, e o fundo, o branco foi de boa pois levei papel... já o preto levei pano e esqueci de levar algo para prender... foi tenso...

Mas ela gostou... e por fim deu tudo certo... o mais legal é que cobrei uma boa grana rsrsrs.

Mas este nunca vou esquecer...
60D / 6D / 5D Mark I / 50mm 1.8 / 17-40mm 4.0 / 70-200mm 2.8


Roberto Dellano

  • Trade Count: (11)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.979
  • Sexo: Masculino
  • RTFM
    • Roberto Dellano Fotografia
Resposta #14 Online: 14 de Janeiro de 2016, 14:15:15
Caraca Dellano, que ruim!

Faz quanto tempo isso?

Fazem 5 anos, uma pena porque ficou bacana, apesar de ter sido o primeiro casamento remunerado e o segundo no geral (fiz um de graça antes), eu ja fotografava a algum tempo, e o casamento foi de dia e as fotos ficaram bem bacanas. Mas faz parte, foi uma ótima lição, e a perda foi pouco por que eu tinha cobrado bem barato.