Autor Tópico: me ajudem com conselhos de como me tornar fotografa  (Lida 592 vezes)

adribr1

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 18
Online: 07 de Março de 2016, 21:40:16
oi gente amada deste mundo encantador q é a fotografia. eu quero muito ser fotografa mas ainda não criei coragem pra entrar. parece q sempre falta alguma coisa eu não sei exatamente por onde começar. preciso de uma orientação daqueles q já estão na área de como é q conseguiram entrar neste ramo. tudo q eu tenho é uma Câmera Canon ti, um tripe e o aprendizado de muitos livros, revistas e cursos da internet. eu vivo fotografando a natureza e fazendo selfies...criei uma pagina aqui no face mas não ofereci trabalhos por insegurança, talvez me falte material, ou ate uma parceria pra me orientar certinho. abri uma conta no instagram, em poucos dias ja to com uns 500 seguidores e o povo sempre elogia as fts..nao é querer se aparecer eu so queria ingressar nesta area. espero q me compreendam...depois de muito tempo juntando dinheiro eu comprei uma camera mas me assaltaram e dai agora que consegui comprar outra  queria muito começar. obrigada, podem me respondeer imbox se preferir


Thales Souto

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (29)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 12.097
  • Sexo: Masculino
  • "Fotografia é um hobby viciante"
    • thalessouto.com
Resposta #1 Online: 07 de Março de 2016, 22:05:29
Você pode aprender gastando pouco ou gastando muito.
Partindo do princípio que quer gastar muito pouco, terá que usar as fontes gratuitas de aprendizado e nada melhor que o YouTube.

Quando comecei há 4 anos atrás, o número de canais no YouTube não era tão grande. Eu assistia vídeos do fotógrafo Paulo Sacramento. Hoje tem vários canais como Zona da Fotografia, Escola Pública de Fotografia, Letra na Foto, Beginners Fotografia, meu canal, etc......

Se tiver um inglês bom, sugiro assistir canais em inglês que irá aprender fotografia e aperfeiçoar o inglês. Eu fiz assim.

Também participe muuuuuuuuuito desse fórum lendo os tópicos fixos, participando da galeria de fotos, etc... Só assim para aprender.

Após uns 6 meses a 1 ano e estiver dominando bem o equipamento mas as fotos ainda continuarem razoáveis (o que irá acontecer) pode fazer alguns Workshops e assinar o canal EduK.

Espero que as dicas valham para alguma coisa.
D610 + AF-S 50 1.8 G + YN685
"Polímeros, aulas, família e fotografia. Não necessariamente nessa mesma ordem...."
Meu canal no YouTube sobre fotografia: http://www.youtube.com/channel/UCCS35q7G_BRE6aVdXXEOKNg
Instagram: @souto_thales
www.flickr.com/photos/tsouto


Thales Souto

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (29)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 12.097
  • Sexo: Masculino
  • "Fotografia é um hobby viciante"
    • thalessouto.com
Resposta #2 Online: 07 de Março de 2016, 22:07:16
D610 + AF-S 50 1.8 G + YN685
"Polímeros, aulas, família e fotografia. Não necessariamente nessa mesma ordem...."
Meu canal no YouTube sobre fotografia: http://www.youtube.com/channel/UCCS35q7G_BRE6aVdXXEOKNg
Instagram: @souto_thales
www.flickr.com/photos/tsouto


Silvio Takahata

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.130
Resposta #3 Online: 09 de Março de 2016, 02:21:25
o primeiro passo eh o aprendizado.Se ja domina a maquina,sabe bem de fotometria,uso do flash,etc...acho que um bom Ws vai ajudar e muito.Se nw sabe muito de toda a parte teorica ainda,o ideal seria estudar passo a passo tudo sobre fotografia e assim que aprender,assimilar tudo e ficar automatico,ai sim,da pra comecar a entrar pra valer no mercado.Ao meu lado,tem pessoas que fizeram curso,mas ainda nw assimilaram nem o basico (iso+diafragma+obturador) nw leem para assimilar,ficam assistindo videos sobre equipamentos,ensaios,sonham com lentes x,tochas x,mas num treino noturno,retrato na cidade e usando flash,um deles colocou iso 8.000 kkkkk.

Enfim,acho que o estudo eh tudo!Quanto mais voce aprender e se tornar uma fotografa melhor,menos tempo na edicao voce vai ficar.E melhor que seja dessa maneira,nw o contrario!!

Boa sorte pra voce
5D MK3
Canon 24-70 2.8L II
Canon 600ex-rt
YN568ex II


C R O I X

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.917
  • Sexo: Masculino
  • Fotografo Multiformato
    • Marcio Faustino
Resposta #4 Online: 09 de Março de 2016, 07:07:35
Para ingressar no mercado como profissional independente, o melhor conselho que posso oferecer eh fazer contatos.

Ter contatos com pessoas da area que vc quer atuar e que possam te indicar. Ter contatos com potenciais clientes. Eh como quase todo mundo, se nao como todo mundo, entra no mercado e consegue seus primeiros trabalhos.

A forma mais popular sem precisar sair de casa hoje em dia eh pela internet, como vc ja esta fazendo, obtendo seguidores que comentam os seus trabalhos, que compartilham suas fotos, etc. Muito efetivo para uns mas nao para todos, mesmo que populares virtualmente.

Uma outra forma eh participando de meios da area que vc gosta e quer atuar, lugar onde pessoas se encontram e tem interesses em comum. Mas o importante eh que tenham pessoas influentes que possam te indicar ou serem seus clientes. Empresarios, jornalistas, demais pessoas que trabalham ou tem relacoes com midias visuais.

Outra forma, eh a velha pratica dos vendedores e empresas que buscam vender seus produtos que eh oferecendo amostra gratuita. Vc pode criar um pequeno livro com algumas das suas melhores fotos. Entre 5 e 10 fotos por exemplo, e mandar para empresas que costumam fazer uso de tais tipos de imagem. Vc manda como "presente" para editores chefes, por exemplo. Gostando ou nao, quando bem feito as pessoas tendem a guardar. E se seu trabalho realmente se destacar ou chamar a atencao, as pessoas vao sempre lembrar que tem o livro ali guardado, e pode um dia servir de inspiracao e consequentemente te procurarem.

O importante eh deixar claro que vc nao esta mandando o livro como portfolio para ser analisado e entregue de volta. Mas simplesmente vc deixa claro que vc gostaria de oferecer o seu livro com alguns dos seus trabalhos. Deixe claro que eh um presente e assim as pessoas dao mais atencao. Principalmente para as revistas que vc disse ter aprendido fotografar. Mande como agradecimento.

Essas sao algumas maneiras que podem te ajudar a entrar no mercado de trabalho.


marciodeluca

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 354
  • Sexo: Masculino
  • Engenheiro por formação, mas fotógrafo por opção!
    • Márcio de Luca - Photolive: fotografia com vida
Resposta #5 Online: 09 de Março de 2016, 08:29:21
Olá adribr1, muito bom você querer entrar de verdade para este encantador ramo de atividade, porém, você vai precisar ter alguns cuidados e tomar algumas atitudes.

O primeiro cuidado é decidir se quer realmente ser uma fotógrafa e caso a resposta seja sim, não fique na informalidade - dependendo da área de atuação que você vai querer seguir, é até possível pegar muitos trabalhos sem ter que fornecer NF e coisas do tipo (fotografia de aniversário, por exemplo), mas pensando no lado da credibilidade, mesmo sendo um aniversário, como você vai passar uma noção real de profissionalismo, se você está na informalidade.

Depois disso decidido, veja qual o tipo de fotografia que mais lhe agrada: se for casamentos, procure quem mexe com decoração de festa e afins, por exemplo, faça contatos e tente uma parceria para você se inserir no mercado - tente também com o seu network, que é muito poderoso, pois a indicação boca a boca, muitas vezes é um grande trunfo.

Se o ramo for produtos, use a internet e faça um grande banco de dados de empresas, contate os departamentos de marketing e ofereça seus serviços - monte um portfólio com uma boa diversidade de produtos e comece a mandar por e-mail (para o que você já iniciou um contato - arquivo anexado sem um contato prévio, é quase que certo que vá para a lixeira sem ser lido).

Veja os demais diversos ramos e descubra o que você realmente deseja fotografar e isso tem que ser bem escolhido, porque dependendo de onde você esteja, vai dizer o quão concorrido será o mercado que você está entrado - esta parte inicial é sempre bem penosa, pois você é uma novata na área e vai ter que provar que é capaz de receber o trabalho tão quanto quem já está atuando.

Se você é adepta a redes sociais, faça um bom uso delas, mas monte um perfil exclusivo para divulgar o seu trabalho, para que a coisa tenha um tom de seriedade, pois do contrário, no perfil que alguém verá o seu trabalho, também será visto as brincadeiras muito comuns em redes sociais, o que pode não agradar o futuro cliente. Se possível, faça também um site, onde você vai poder mostrar todo o seu poder de fogo, tendo inclusive como colocar o seu portfólio para download.

Passado tudo isso, vem a parte que vai doer no bolso: a compra de equipamentos. Para cada área da fotografia, pode-se dizer que há equipamentos específicos - um câmera para fotografar um evento esportivo, deverá ser muito mais veloz que uma para fotografar casamentos; uma lente para fotografar shows, terá que ser muito mais clara, do que uma lente para fotografar produtos e assim por diante.

Tenha em mente que ter apenas uma câmera não é suficiente, bem como lentes, que não vai adiantar nada (ou quase nada) você ter apenas a lente standart que veio no kit. Bateria é algo que você vai ter que ter pelo menos uma de sobra. Cartões de memória você deverá comprar no mínimo os classe 10, tendo pelo menos uma dois fora da câmera. Flash também é algo que você vai precisar e, se for fotografar produtos, vai ter que comprar ainda equipamentos de iluminação, montar algo para fundo infinito (caso não compre o que já existe pronto no mercado), comprar tecidos/telas apropriados para usar de fundo para as fotografias.

Por fim, ainda falando de equipamento, deverá ter um bom computador para que você possa editar, mesmo que minimamente, as fotografias que você fez, além claro, ter como salvá-las em mídia para entregar ao cliente.

Em suma, o volume de trabalho nesta parte inicial da sua profissionalização vai demandar um bom esforço, mas nada que o prazer não pague - posso lhe dizer com todas as letras que VALE À PENA, pois também penei um pouco, mas não me arrependo e nem arredo o pé.

Use bastante o fórum, que tem muita gente boa que sempre ajuda, há muitas dicas importantes (desde a limpeza do equipamento, até mesmo como fotografar produtos - há um tópico maravilhoso que mostra uma caneca da Adobe sendo fotografada de várias formas) e além disso, é a chance de você interagir com pessoas que estão no ramo, que estão entrado, que possuem equipamento à venda, mas que também, buscam parceiros para trabalhos.

Em suma é isso... Boa sorte e vá em frente, não desista, não se detenha e não se dê por vencida - nossas capacidade estão ai para serem usada e colocadas no limite e, se isso for feito com uma câmera na mão, será mais que maravilhoso!
Márcio de Luca - Photolive: fotografia com vida
www.marciodeluca.com.br/site
A arte de fotografar está no saber quando apertar o botão de disparo e não no quanto o apertar.


Hoogle

  • Trade Count: (4)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 970
  • Sexo: Masculino
  • Hello. It's me.
    • Alexander Hugo - Fotografia
Resposta #6 Online: 15 de Março de 2016, 00:28:33
abri uma conta no instagram, em poucos dias ja to com uns 500 seguidores e o povo sempre elogia as fts.
Isso já é um bom sinal.  :D
Passa seu insta pra darmos uma olhada. Fiquei curioso hehehe.


Intrepid

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 348
Resposta #7 Online: 19 de Março de 2016, 17:18:44
Uma dica aqui que não é relativa a equipamento:

Considere que o tipo de fotografia que vai te render algo não vai ser aquele que você gosta.

Praticamente todo mundo gosta de tirar foto de uma boa paisagem, sem se preocupar com obrigações, prazos, quantidade de fotos. Fotografar a si mesmo, animais, paisagens, pessoas bonitas é uma coisa. Fotografar por dinheiro é totalmente diferente disso.

Pra maioria das pessoas que iniciam na fotografia profissional, vai ser praticamente festas e casamentos.
Em suma: Ambientes apertados, crianças atrapalhando, gente que entra na sua frente pra tirar foto com celular, gente feia, carregar equipamento pesado (e não pode desgrudar pq podem roubar), clientes que ficam chorando preço, clientes que exigem mais do que o combinado, gente agressiva que não quer sair nas fotos e te ameaça, gordas que reclamam que estão gordas na foto, magras que reclamam que estão gordas na foto...e a lista ainda vai longe.

Essa é minha dica: o tipo de fotografia que vc realmente gosta de fazer vai te render no máximo uns trocados.


Silvio Takahata

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.130
Resposta #8 Online: 21 de Março de 2016, 12:28:02
ela abriu dois topicos perguntando praticamente a mesma coisa..acho que da pra trancar,certamente nw voltara mais!!!
5D MK3
Canon 24-70 2.8L II
Canon 600ex-rt
YN568ex II


amador47sc

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (16)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.171
  • Sexo: Masculino
  • Aperfeiçoando o olhar em busca da melhor imagem
Resposta #9 Online: 21 de Março de 2016, 20:15:43
deu  >:(

isso é palhaçada. abre o tópico e não aparece mais.