Autor Tópico: Wide & Close  (Lida 590 vezes)

lee.

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.809
  • Sexo: Masculino
  • fotógrafo desde 2009
    • electromacore
Online: 10 de Março de 2016, 14:23:06
Acabei de assistir um vídeo bem interessante (em inglês "Wide & Close") em que o narrador junta uma coleção de fotos super perto dos objetos/pessoas com lente grande angular (23, 24, 28, 35mm, por aí vai), que preenchem boa parte do frame.

Ele comenta sobre as dificuldades de se tirar uma foto assim (zona de conforto, distância mínima, etc) e o dinamismo que se cria nas fotos nessa linha. Dar sensação de vc estar na cena (imersão)

Retrato com wide angle é incomum por conta das distorções que desagradam a maioria dos profissionais (pra lá de questionável). Eu já acho muito interessante. É imersivo e bastante íntimo!

Tenho praticado muito essa abordagem nas ruas e por conta disso o olhar mudou completamente. Tenho inclusive dois albuns com dois estilos diferentes em um mesmo espaço (nova york). Parecem ter sido feitas por duas pessoas diferentes  :hysterical: Uns podem ter achado um retrocesso mas eu achei libertador.  :fight:

Qual a opinião de vcs sobre o assunto?

exemplos do vídeo

« Última modificação: 10 de Março de 2016, 14:33:10 por lee. »
"Not sharper photographs, not larger photographs, but better photographs — photographs that say something, that mean something, even if only to us."
________________________________________________________
Canon 5D Mark.II | Fujifilm X100 T | https://www.instagram.com/electroma.core | https://www.electromacore.com


lee.

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.809
  • Sexo: Masculino
  • fotógrafo desde 2009
    • electromacore
Resposta #1 Online: 10 de Março de 2016, 14:27:49
"Not sharper photographs, not larger photographs, but better photographs — photographs that say something, that mean something, even if only to us."
________________________________________________________
Canon 5D Mark.II | Fujifilm X100 T | https://www.instagram.com/electroma.core | https://www.electromacore.com


Elder Walker

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (8)
  • Colaborador(a)
  • *****
  • Mensagens: 3.370
  • Sexo: Masculino
    • Flickr
Resposta #2 Online: 10 de Março de 2016, 14:36:38
Bem interessante a discussão. Não vi o video, mas pelos exemplos de frames já dá pra entender do que se trata.

Particularmente, sou bastante desprovido destas definições técnicas e artísticas relacionadas à fotografia ou à filmagens, mas dias atrás mesmo estava vendo algo bem semelhante referente ao filme "O regresso" ter sido filmado todo com ultra grande angulares e achei bem curioso, sempre imaginei utilizarem ângulos mais próximos das normais.

http://forum.mundofotografico.com.br/index.php?topic=118048.0
Canon 5D + EF 17-40mm f/4 L + EF 50mm f/1.8 STM + EF 85mm f/1.8 USM + Yongnuo 565EX + YN-622C


lee.

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.809
  • Sexo: Masculino
  • fotógrafo desde 2009
    • electromacore
Resposta #3 Online: 10 de Março de 2016, 15:05:49
Emmanuel Lubezki é excepcional  :ok: A filmografia dele é bem diferente e eu simplesmente adoro

Ele usa wide angle tanto pra mostrar a grandeza das paisagens como tbm pra nos aproximar dos personagens









"Not sharper photographs, not larger photographs, but better photographs — photographs that say something, that mean something, even if only to us."
________________________________________________________
Canon 5D Mark.II | Fujifilm X100 T | https://www.instagram.com/electroma.core | https://www.electromacore.com


jefersonperrot

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 710
  • Sexo: Masculino
  • Tudo posso naquele que me fortalece - Fp 4:13
Resposta #4 Online: 10 de Março de 2016, 15:24:11
Eu gosto. Uso muito uma 28mm e já fiz alguns retratos com ela.
Tenho muita vontade de comprar uma 14mm, só me falta a grana :D
Canon


C R O I X

  • Trade Count: (0)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.008
  • Sexo: Masculino
  • Fotografo Multiformato
    • Marcio Faustino
Resposta #5 Online: 10 de Março de 2016, 16:18:45
Eu nao concordo quando diz que eh incomum usar grande angular para retratos. Uma infinidade de profissionais que fazem casamentos, eventos sociais, concertos, foto-jornalismo, exporte de aventura, fotografos de rua e ate editorial usam toda hora. Lentes como 35mm e 28mm costumam ser o padrao de fotografia de rua desde a Epoca de Bresson. Alias, tem muitos que ficam proficiando que foto de rua so eh foto de rua se feito com grande angular.

A distorcao da imagem criada pela lente transmite dinamismo pelas bosrdas esticadas, e a distorcao criada nas pessoas ou obijetos quando fotografado proximo delas eh o mesmo quando se olha objetos ou pessoas muito proximas, por isso a sensacao de mais presenca do fotografado na foto e proximidade com o visualizador da imagem.

Esse eh um exemplo de um aultra grande angular e que por isso transmite um grande dinamismo na imagem, apesar de ser uma longa exposicao com a camera estatica em um tripe:





Uma minha feita com 28mm:

« Última modificação: 10 de Março de 2016, 16:21:26 por C R O I X »


lee.

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.809
  • Sexo: Masculino
  • fotógrafo desde 2009
    • electromacore
Resposta #6 Online: 10 de Março de 2016, 17:12:18
Eu nao concordo quando diz que eh incomum usar grande angular para retratos. Uma infinidade de profissionais que fazem casamentos, eventos sociais, concertos, foto-jornalismo, exporte de aventura, fotografos de rua e ate editorial usam toda hora. Lentes como 35mm e 28mm costumam ser o padrao de fotografia de rua desde a Epoca de Bresson. Alias, tem muitos que ficam proficiando que foto de rua so eh foto de rua se feito com grande angular.

A utilização da grande angular em si não é incomum. Mas em determinados ramos da fotografia ela é dispensada pelo efeito que ela trás na imagem como se fosse algo ruim... (um problema que para mim não é problema). Quantas vezes não lemos aqui mesmo no fórum: "retrato tem que ser pelo menos 50mm" "Eu sugiro para trabalhos de retrato/studio uma 85mm" "evite 35mm pra fazer retrato pq distorce muito"

Incomum é apenas incomum. Não quer dizer raro, nem "quase nunca" e MUITO MENOS dei a entender que é um evento/moda recente (como se não fosse utilizado desde os primórdios da fotografia).

Falha minha não ter escrito de forma mais completa pra não causar desentendimento  :ok:

E tem outro ponto que vc não pegou... É Wide e Close. Ficar a menos de 30-40cm do objeto e preencher quase toda a imagem como mostram os exemplos. Estamos falando de ir além. Ser ainda mais íntimo, mais dinâmico ainda...

do meu acervo





A distorcao da imagem criada pela lente transmite dinamismo pelas bosrdas esticadas, e a distorcao criada nas pessoas ou obijetos quando fotografado proximo delas eh o mesmo quando se olha objetos ou pessoas muito proximas, por isso a sensacao de mais presenca do fotografado na foto e proximidade com o visualizador da imagem.

Exato. Traduziu bem a idéia que se passa  :ok:
« Última modificação: 10 de Março de 2016, 17:38:06 por lee. »
"Not sharper photographs, not larger photographs, but better photographs — photographs that say something, that mean something, even if only to us."
________________________________________________________
Canon 5D Mark.II | Fujifilm X100 T | https://www.instagram.com/electroma.core | https://www.electromacore.com


guizaunzin

  • Trade Count: (1)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.390
  • Sexo: Masculino
  • http://www.saycheese.fot.br
    • Say Cheese Fotografia de Casamento
Resposta #7 Online: 10 de Março de 2016, 17:30:13
Eu acho muito legal isso. Eu ainda costumo ficar um pouco de longe, usando a GA pra pegar quadros bem grandes com bastante informação, mas andei reparando em alguns fotógrafos de casamento que admiro e vi que eles usam bastante isso, principalmente nas partes mais agitadas do casamento como a balada, dá a impressão que em muitas fotos vc está dançando junto com a galera
http://www.saycheese.fot.br
https://www.instagram.com/saycheesebr/

Canon 5D Mark3 + 5Dc + Sigma 30mm 1.4 ART + Canon 50mm 1.8 STM + Canon 85mm 1.8


C R O I X

  • Trade Count: (0)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.008
  • Sexo: Masculino
  • Fotografo Multiformato
    • Marcio Faustino
Resposta #8 Online: 10 de Março de 2016, 19:56:32
A utilização da grande angular em si não é incomum. Mas em determinados ramos da fotografia ela é dispensada pelo efeito que ela trás na imagem como se fosse algo ruim... (um problema que para mim não é problema). Quantas vezes não lemos aqui mesmo no fórum: "retrato tem que ser pelo menos 50mm" "Eu sugiro para trabalhos de retrato/studio uma 85mm" "evite 35mm pra fazer retrato pq distorce muito"

Por favor, nao pense que eu estou buscando pegar no seu pe ou ser do contra. Estou apenas querendo elaborar, ou apresentar uma melhor analise, de algo que considero ter sido abordado de forma vaga (seja intencionalmente para nao ter que se aprofundar ou nao. Nao importa). :)

Dito isso, nao eh o ramo da fotografia que faz com que fotografos dispensem uma lente ou outra, mas sim a linguagem visual e mensagem que se busca para a imagem. Sendo que tradicionalmente ramos fotograficos tendem a usar certas linguagens visuais, ou mensagens visuais, com mais frequencia.

O problema sao as pessoas que generalizam e transformam tais generalizacoes em "regras". E transmitem tais "regras" como demonstracao de conhecimento para iniciantes. E iniciantes entao passam a repetir isso uns para os outros a partir de entao. Por isso tem pessoas que dizem que foto de rua de verdade eh feito com grande angular, ou so fica bom com grande angular, e tem pessoas que dizem que retratos tem que ser feito com tele lentes, ou so fica bom com tele.

O fato eh que grandes angulares ajudam a obter imagens mais dinamicas e impactantes. Por isso muitos vao dizer que foto de rua tem que ser feito com grande angular. Mas o fato eh que, nao eh pq eh foto de rua que dinamismo e impacto deva ser a linguagem a ser usada. Vc pode transmitir outra mensagem ou linguagem nas fotos de rua e por isso usar outras lentes.

Retratos tambem. Normalmente as pessoas buscam retratar corpo e rosto de forma harmonica e
boas proporcoes (ou ate mesmo buscar transmitir distancia, inacesso, idealizacao como frequentemente usado em moda conceitual e comercial). Por isso muitos vai dizer que para retratos ficarem bons tem que ser feita com tele lentes. Mas o fato eh que essas nao precisam ser a linguagem e mensagem obrigatoria para retratos. A pessoa pode querer fazer retratos transmitindo grandeza, impacto, acao, e por isso fara uso de outro tipo de lente.

Mas fotos de rua e retratos de rua sempre foram tradicionalmente feitas com grandes angulares, independente da distancia.

Estou dizendo tudo isso pqacho importante trazer tal ponto a luz para as pessoas que ainda nao ponderaram a respeito.
« Última modificação: 10 de Março de 2016, 20:04:23 por C R O I X »


lee.

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.809
  • Sexo: Masculino
  • fotógrafo desde 2009
    • electromacore
Resposta #9 Online: 10 de Março de 2016, 23:52:01
Por favor, nao pense que eu estou buscando pegar no seu pe ou ser do contra. Estou apenas querendo elaborar, ou apresentar uma melhor analise, de algo que considero ter sido abordado de forma vaga (seja intencionalmente para nao ter que se aprofundar ou nao. Nao importa). :)

Eu entendi  :ok: Tranquilo.

Citar
Dito isso, nao eh o ramo da fotografia que faz com que fotografos dispensem uma lente ou outra, mas sim a linguagem visual e mensagem que se busca para a imagem. Sendo que tradicionalmente ramos fotograficos tendem a usar certas linguagens visuais, ou mensagens visuais, com mais frequencia.

Concordo que não é o ramo. Não disse que o ramo te obriga a usar determinada lente. Eu disse que é mais comumente usado em determinados ramos, apenas. Nada além disso! Vc já pressupõe que o meu argumento está errado em sua interpretação... mas novamente isso é erro meu por não ter sido claro. Dê um voto de confiança ou na dúvida me pergunte pra elaborar melhor  :assobi: Em todo caso a culpa é minha por não ter sido claro.

Citar
O problema sao as pessoas que generalizam e transformam tais generalizacoes em "regras". E transmitem tais "regras" como demonstracao de conhecimento para iniciantes. E iniciantes entao passam a repetir isso uns para os outros a partir de entao. Por isso tem pessoas que dizem que foto de rua de verdade eh feito com grande angular, ou so fica bom com grande angular, e tem pessoas que dizem que retratos tem que ser feito com tele lentes, ou so fica bom com tele.

Concordo novamente. Cria-se um círculo vicioso. Entendo de onde vem esse problema. Minha questão não é essa na realidade. O meu ponto é que precisamos quebrar esse engessamento. Não achar a causa, apesar de interessante e enriquecer a discussão. Não estou falando pra mudar e esquecer o antigo. Mas ser livre pra experimentar diversos métodos sem criar barreiras desnecessárias.

Citar
O fato eh que grandes angulares ajudam a obter imagens mais dinamicas e impactantes. Por isso muitos vao dizer que foto de rua tem que ser feito com grande angular. Mas o fato eh que, nao eh pq eh foto de rua que dinamismo e impacto deva ser a linguagem a ser usada. Vc pode transmitir outra mensagem ou linguagem nas fotos de rua e por isso usar outras lentes.
Como eu já falei em todos as respostas que postei... Estamos dando voltas e voltas. A questão do uso da grande angular é clara. Vc mesmo já se explicou duas vezes sobre o assunto  :no:

Sim! Dependendo do que vc usar, vc vai transmitir mensagens diferentes. Não estou querendo anular um método em detrimento dos métodos alternativos. Sempre vai depender do que vc quer apresentar. O problema (meu ponto principal) é se limitar e dizer que não se deve fazer isso ou aquilo porque existe um jeito certo de se fazer. O que não é verdade.

Não estou proibindo outras abordagens pra mostrar o que deve ou não fazer. Espero que tenha entendido isso. Só estou querendo mostrar que não se deve limitar. Mostrar um lado bacana para as pessoas que tenham opinião contrária. Para pessoas como vc, que já conhece e curte, é outra história...

Citar
Retratos tambem. Normalmente as pessoas buscam retratar corpo e rosto de forma harmonica e
boas proporcoes (ou ate mesmo buscar transmitir distancia, inacesso, idealizacao como frequentemente usado em moda conceitual e comercial). Por isso muitos vai dizer que para retratos ficarem bons tem que ser feita com tele lentes. Mas o fato eh que essas nao precisam ser a linguagem e mensagem obrigatoria para retratos. A pessoa pode querer fazer retratos transmitindo grandeza, impacto, acao, e por isso fara uso de outro tipo de lente.

Obviamente. Eu entendo o uso da tele. Não entendo para que tantas explicações. Justamente por tentar ser fiel, harmonico, proporcional é que eles buscam esse meio.

"Mas o fato eh que essas nao precisam ser a linguagem e mensagem obrigatoria para retratos. A pessoa pode querer fazer retratos transmitindo grandeza, impacto, acao, e por isso fara uso de outro tipo de lente."

Esse é o meu ponto. Não entendo a treta se chegamos na mesma conclusão. É exatamente o que penso. É por isso que eu disse que não entendo tamanha explicação pra tudo como se eu não tivesse ciência de tudo isso.

Minha vontade às vezes é soltar "ah vah.. é mesmo?". Enfim...

Citar
Mas fotos de rua e retratos de rua sempre foram tradicionalmente feitas com grandes angulares, independente da distancia.

Sim... não é novidade. Novamente: O assunto é "Wide & Close". Não é simplesmente usar grande angular. Que muita gente usa grande angular em street photo todo mundo sabe. Mais velho que inventar a roda. Não vejo quase ninguém nesse fórum, por exemplo, usar esse tipo de pegada mais extrema. De pegar uma 15mm fish eye e tirar a 10cm da pessoa.

Veja a filmografia dos filmes como tree of Life, Knight of Cups e até mesmo Revenant. Como ele quase encosta nas pessoas. É esse estilo em específico que quis trazer pra cá. O fato de estarem extremamente próximas às pessoas (ou o objeto).

No final das contas queria mostrar como a grande angular é usada e não que a grande angular é usada. Tem uma diferença grande aí, não é?

Portanto existe o retrato comum em wide angle (que vc postou do ciclista, por exemplo) que é muito comum e bastante usado e tem o retrato wide angle & Close (que eu postei acima para exemplificar tbm). O assunto que trouxe pra cá é o lado ainda mais íntimo. Ainda mais dinâmico! De quase se esbarrar com o assunto.

Digamos que é um estilo mais invasivo do street photography. Bem característico nas fotografias do Daido Moriyama e Bruce Gilden. Por curiosidade acabei descobrindo eles só depois de ter experimentado esse estilo  :ok:

Citar
Estou dizendo tudo isso pq acho importante trazer tal ponto a luz para as pessoas que ainda nao ponderaram a respeito.

Sim... muita gente pode não saber disso e seu ponto é válido mesmo. Mas como foi direcionado à mim tbm (imagino) achei que vc pressupôs muito cedo que eu fosse desprovido dessas informações. Por isso eu perguntei o motivo de tamanha exposição nos argumentos  :ok:
« Última modificação: 11 de Março de 2016, 00:10:38 por lee. »
"Not sharper photographs, not larger photographs, but better photographs — photographs that say something, that mean something, even if only to us."
________________________________________________________
Canon 5D Mark.II | Fujifilm X100 T | https://www.instagram.com/electroma.core | https://www.electromacore.com


lee.

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.809
  • Sexo: Masculino
  • fotógrafo desde 2009
    • electromacore
Resposta #10 Online: 11 de Março de 2016, 10:50:44
---
« Última modificação: 11 de Março de 2016, 10:52:29 por lee. »
"Not sharper photographs, not larger photographs, but better photographs — photographs that say something, that mean something, even if only to us."
________________________________________________________
Canon 5D Mark.II | Fujifilm X100 T | https://www.instagram.com/electroma.core | https://www.electromacore.com