Autor Tópico: Fotógrafo relata ter sido agredido enquanto trabalhava em praia de Santos  (Lida 565 vezes)

Valmirez

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 63
  • Sexo: Masculino
  • As flores de plástico não morrem
O repórter fotográfico Rivaldo Gomes, de 57 anos, foi agredido por banhistas enquanto trabalhava na praia do Boqueirão, em Santos, no último domingo (24). O profissional sofreu lesões pelo corpo, perdeu dentes e precisou de atendimento médico. A Polícia Civil investiga o caso e tenta identificar ao menos 10 pessoas que podem estar envolvidas no ato.

http://www.atribuna.com.br/noticias/noticias-detalhe/policia/fotografo-relata-ter-sido-agredido-enquanto-trabalhava-em-praia-de-santos/?cHash=2df2d36d47295dd4f3a8956151c8048a
Nikon:D90+18-105mm (sim, é a do kit)+SB-900
-------------------------------------------------------
http://www.panoramio.com/user/valmirez
https://www.flickr.com/photos/valmirez/


Barnabé

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 154
  • Sexo: Masculino
  • Eu gosto muito disto! :P
    • www.ricardobarnabe.com.br
Resposta #1 Online: 27 de Abril de 2016, 11:18:53
A que ponto as coisas estão chegando a intolerância e a falta de impunidade parece até filme. Li a matéria e de revoltar....
Nikon D750
50mm 1.8 G
SB 910, YN560-TX, II YN560 IV

www.ricardobarnabe.com.br


kleberpicui

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 856
  • Sexo: Masculino
    • Shutterstock
Resposta #2 Online: 27 de Abril de 2016, 11:41:36
10 pessoas envolvidas? E os PM omissos?

Isso é o que mais revolta. Idiotas metidos a macho-alfa, defendendo sua fêmea com o covarde aval de outros 10 é até comum. O revoltante é a polícia zombar da vítima, sequer encaminhando os envolvidos para a delegacia.
Kléber

Vender fotos na internet: http://submit.shutterstock.com/?ref=976367


Joabe Juliano

  • Trade Count: (6)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 805
  • Sexo: Masculino
  • A sua fotografia é um testemunho da sua existência
Resposta #3 Online: 27 de Abril de 2016, 12:06:34
A que ponto as coisas estão chegando a intolerância e a falta de impunidade parece até filme. Li a matéria e de revoltar....

Não seria nem somente intolerância, mas sim uma ignorância tamanha, uma ausência total de capacidade de dialogar, o cara não teve nem tempo de se explicar e mostrar as imagens. Nem um animal selvagem que nunca teve contato com humano lá nosteria uma atitude como essas. No mesmo patamar dos agressores "não pensantes" estão os policiais que atenderam a ocorrência, uma mostra total de falta de noção da sua missão como  policia, falta de despreparo, de responsabilidade e tudo mais. Além da impunidade, claro. Realmente o nível do ser humano atualmente está deplorável!  :no:
INSTA: @jotabe_melo (Joabe Melo)


tarcisioal

  • Trade Count: (1)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 401
  • Sexo: Masculino
    • Flickr
Resposta #4 Online: 27 de Abril de 2016, 13:14:28
Deprimente mesmo. Podia ser com qualquer um desse fórum.
  :no: :no: :no: :no:
Sony ILCE-6000 e NEX 3N
SELP1650 + SEL55210 + SEL35F18 + SEL50F18 + SEL16F28 + VCL-ECF1 (Fisheye) + VCL-ECU1 (Grande Angular)

flickr/tarcisioal


Hamilton Sousa

  • Trade Count: (10)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 700
  • Sexo: Masculino
  • Fotógrafo Social
Resposta #5 Online: 27 de Abril de 2016, 13:36:38
Certa ocasião estava tirando fotos de uma modelo na praia e um grupo de 5 pescadores chegavam em um barco , pelo menos 2 deles começaram a gritar "gostosa", "vagabunda" entre outras coisas, imediatamente virei a a câmera e tirei umas 3 fotos do grupo . Imediatamente pararam, mas poderia acabar como a situação acima. :no:   Lamentável.
« Última modificação: 27 de Abril de 2016, 13:37:28 por Hamilton Sousa »
7d   /   sl1 /   18-50 2.8 sigma    / 7mm fisheye  vivitar  /  85mm f1.8 / 430ex ll


Joabe Juliano

  • Trade Count: (6)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 805
  • Sexo: Masculino
  • A sua fotografia é um testemunho da sua existência
Resposta #6 Online: 27 de Abril de 2016, 13:50:23
CORREÇÃO: Não seria nem somente intolerância, mas sim uma ignorância tamanha, uma ausência total de capacidade de dialogar, o cara não teve nem tempo de se explicar e mostrar as imagens. Nem um animal selvagem que nunca teve contato com humano lá na África teria uma atitude como essas. No mesmo patamar dos agressores "não pensantes" estão os policiais que atenderam a ocorrência, uma mostra total de falta de noção da sua missão como  policia, falta total de preparo, de responsabilidade e tudo mais. Além da impunidade, claro. Realmente o nível do ser humano atualmente está deplorável!
INSTA: @jotabe_melo (Joabe Melo)


Joabe Juliano

  • Trade Count: (6)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 805
  • Sexo: Masculino
  • A sua fotografia é um testemunho da sua existência
Resposta #7 Online: 27 de Abril de 2016, 13:57:45
Certa ocasião estava tirando fotos de uma modelo na praia e um grupo de 5 pescadores chegavam em um barco , pelo menos 2 deles começaram a gritar "gostosa", "vagabunda" entre outras coisas, imediatamente virei a a câmera e tirei umas 3 fotos do grupo . Imediatamente pararam, mas poderia acabar como a situação acima. :no:   Lamentável.

Totalmente...o ser humano retrocedendo cada vez mais...
INSTA: @jotabe_melo (Joabe Melo)


Rick99

  • Trade Count: (4)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.957
  • Sexo: Masculino
  • Amador
Resposta #8 Online: 27 de Abril de 2016, 15:18:12
Não sei o motivo do espanto. Essas coisas são comuns no país.
Não é à toa que o Brasil foi considerado o 5° país mais perigoso para jornalistas em 2015.

Ano retrasado já postaram aqui no fórum, sobre um rapaz tirando fotos num parque, e alguns frequentadores acharam que era pedófilo e chegou a ser hostilizado (não lembro se foi agredido).


Roberto Dellano

  • Trade Count: (11)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.300
  • Sexo: Masculino
  • RTFM
    • Roberto Dellano Fotografia
Resposta #9 Online: 27 de Abril de 2016, 16:02:21
Não sei o motivo do espanto. Essas coisas são comuns no país.
Não é à toa que o Brasil foi considerado o 5° país mais perigoso para jornalistas em 2015.

Ano retrasado já postaram aqui no fórum, sobre um rapaz tirando fotos num parque, e alguns frequentadores acharam que era pedófilo e chegou a ser hostilizado (não lembro se foi agredido).

Não aponto minha câmera aleatoriamente para crianças nem a pau, alias pra ninguém.

Outro dia estava passando por um bairro distante aqui de Sorocaba e era por do sol e o céu estava bem bonito, como minha câmera estava no carro parei em uma rua para tentar fazer uma foto e do nada apareceu um senhor, com uma cara de desconfiado, perguntando o que eu estava fotografando. Imagina se apontar a câmera para uma mulher ou uma criança!


Diego Gin

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 365
  • Sexo: Masculino
Resposta #10 Online: 27 de Abril de 2016, 16:27:33
Eu sinto vergonha de pertencer a raça humana nessas horas.

Já aconteceu comigo e minha namorada de sair em fotos "walk around" e eu sempre reajo com muito bom humor.

Como diz o ditado, gentileza gera gentileza  ;)
« Última modificação: 27 de Abril de 2016, 16:27:57 por Diego Gin »


Gabriel Arieira

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 396
  • Sexo: Masculino
Resposta #11 Online: 27 de Abril de 2016, 17:28:23
O mundo está adoecendo. Em todos os sentidos.
Canon 6D + 24-70 mm f/2.8 L USM + 85 mm f/1.8 USM
www.arieirafotografia.com.br


Bucephalus

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.059
  • Sexo: Masculino
Resposta #12 Online: 27 de Abril de 2016, 19:35:58
O Brasil ainda não saiu da Idade Média.


adrianojsmoreira

  • Trade Count: (1)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 421
Resposta #13 Online: 27 de Abril de 2016, 21:36:29

Lamentável e revoltante! Como já disseram, poderia ser qualquer um aqui do fórum, qualquer fotógrafo, jornalista ou não.
Nunca me aconteceu, mas eu tenho muito medo de apontar a câmera pra qualquer pessoa na rua. Até aqui na vizinhança não tenho coragem. Tem muito louco no mundo.

Fico morrendo de inveja quando assisti vídeos no youtube onde o fotografo sai na rua lá em Hong Kong, EUA ou Europa, tirando fotos aleatoriamente.

Obrigado pelo post. É sempre bom lembrar que vivemos no Brasil.


Intrepid

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 348
Resposta #14 Online: 28 de Abril de 2016, 13:45:35
Falta de civilidade mesmo, em países mais evoluídos socialmente isso não ocorre. Como disse o camarada acima, em Hong Kong eu via DSLR pra todo lado, todo mundo tirando foto daquilo que quisesse sem ser importunado.

O que eu não entendo é essa super proteção que esses malucos tem com suas namoradas e filhos. Se o cara é um assassino, um pedófilo, ou seja lá o que for, ele não vai ficar na caruda ali com uma câmera enorme. Criminosos são geralmente muito mais discretos, e se for fazer algo vai fazer de longe ou muito bem escondido.

Mesmo que o cara fosse um tarado, que dano ele poderia causar tirando fotos de mulheres na praia? Nada justificaria a agressão.

Essa raiva que as pessoas tem de fotógrafos de rua é absolutamente desproporcional. Até onde eu sei, se estou em público posso tirar foto de tudo e de todos ao meu redor (exceto em casos de privacidade presumida). Se eu usar a foto indevidamente, aí já é um outro problema que se resolve judicialmente, nunca na porrada.

Agressores de fotógrafos deveriam ser condenados a pagar uma bela multa (ou cadeia se for grave) e ressarcir em dobro caso haja dano ao equipamento.