Autor Tópico: Credenciamento - acesso a áreas reservadas  (Lida 1528 vezes)

Chiclete

  • Trade Count: (16)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 543
  • Sexo: Masculino
Online: 27 de Maio de 2016, 07:59:03
Caros colegas, bom dia. Há alguns meses estou fotografando shows, para registro pessoal. Sempre faço o registro a partir do local que adquiri (quando há lugar marcado), ou do melhor posicionamento possível quando estou na pista. Sempre sinto, no entanto, uma pontada de inveja dos profissionais que estão no "cercadinho" em frente ao palco, próximos dos músicos e livres de cotovelos. É possível para quem faz um trabalho pessoal, ter acesso a estas áreas? Qual deve ser a abordagem? Procurar a produção do show? Não se trata de acesso grátis ao espetáculo! Quero apenas alguns minutos naquele local nobre... Alguma dica a respeito? Forte abraço a todos!
Brasília - DF


Rick99

  • Trade Count: (4)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.827
  • Sexo: Masculino
  • Amador
Resposta #1 Online: 27 de Maio de 2016, 09:51:00
Deve procurar os idealizadores e/ ou produtores. Mas será muito difícil que profissionais que não trabalhem na imprensa (jornal, revista, sites especializados) consigam.
Já entrei em contato com a T4F só aceitam o credenciamento para o pessoal da imprensa, e mesmo assim, só podem tirar fotos em alguns momentos da apresentação. No show do Milton Nascimento em 2012, os fotógrafos só puderam tirar fotos durante duas músicas e no final.

Talvez em shows pequenos, pode conseguir com mais facilidade. 



paulo.lopes

  • Trade Count: (4)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 544
  • Sexo: Masculino
    • Redes Sociais
Resposta #2 Online: 27 de Maio de 2016, 20:36:37
Sou Fotojornalista e costumo cobrir alguns shows..

Não é fácil conseguir credenciamento p quem não trabalha em algum veículo ou agência. Algumas produtoras (como a T4F) nem credenciam profissionais de agência. Só credenciam fotógrafos de veículos (perdi de fotografar o Cold Play recentemente, por conta disso).

Outra coisa frustrante, é que normalmente só permitem fotografar as 2 ou 3 primeiras músicas.. nada mais que isso...  algumas produtoras permitem que a gente fique até o fim do show, mas sem fotografar.. outras simplesmente nos convidam e se retirar da casa.. simples assim.. rsrs

Mas mesmo com essas dificuldades, é fabuloso fotografar shows.. já fiz alguns que valeram demais..

:-)

CANON 5D III + 6D + 16-35mm L f/2.8 + 50mm f/1.4 + 70-200mm L f/2.8 + Tamrom 90mm SP DI Macro f/2.8 + Flash Godox V860c + Canon Speedlight 550 EX
www.facebook.com/plopes.fotografia


Chiclete

  • Trade Count: (16)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 543
  • Sexo: Masculino
Resposta #3 Online: 27 de Maio de 2016, 22:51:41
Pessoal, obrigado pelos esclarecimentos. Vou conversar com alguns produtores de Brasília.  O máximo que irei receber é um não... ;). Abraços.
Brasília - DF


romuloalves2015

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 89
Resposta #4 Online: 28 de Maio de 2016, 11:02:19
Olá meu amigo, sou fotógrafo de eventos, e fiz vários shows, recentemente eu fiz o show de Wesley Safadão aqui na minha cidade, e fica impossivel fazer boas fotos estando no meio da multidão, fora que a gente coloca o nosso equipamento em risco. Eu fui contratado para fazer fotos das pessoas e do palco. O que eu te aconselho e foi o que eu fiz, é ir com um crachá que identifica que você é fotógrafo, e que tenha escrito "imprensa" pois assim vai te dar uma "moralzinha". Você deve chegar cedo, fazer amizade com os seguranças pois eles abrem muitas portas para nós e depois que começar o show eles vão está mais receptivos na sua abordagem e vão te encarar como verdadeiro fotógrafo. Nesse show que eu fui, eu estava de preto (a maioria dos fotógrafos se vestem de preto, você estando com outra roupa acho que não teria tanta credibilidade), e fui com um crachá e bolsa nas costas. Eu não cheguei cedo e nem fiz amizades com seguranças algum kkk como o palco era em forma de U , eu fui para o lado direito tentando entrar por um acesso, mas alguns seguranças não liberavam a entrada dizendo que só quem podia passar por aqui era quem tinha a pulseira. Eu não desisti, você não pode desistir com um não, tem que tentar de todo jeito, afinal você não vai ficar se arriscando com a sua máquina no meio da galera não é mesmo? lembrando que chegaram até a derramarem whisky numa câmera minha. Pois bem, eu fui para o lado esquerdo e sorri para o segurança e mostrei o crachá, ele liberou numa boa a entrada, afastou aquela grade de ferro que fica ao redor do palco e pronto. Lá estava eu perto do palco. Fiquei perto do pessoal que meche na mesa de som, e quando começou o show fiquei na frente do palco, e fiz várias fotos. Caso queira ver alguma dessas fotos que eu fiz, estão no meu instagram:

@romulomelquiades

 :D


paulo.lopes

  • Trade Count: (4)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 544
  • Sexo: Masculino
    • Redes Sociais
Resposta #5 Online: 28 de Maio de 2016, 12:20:05
Romulo, só de curiosidade..

Esse crachá que vc portava e mostrou p o segurança p/ acessar o palco, era de imprensa ? Vc trabalha p/ algum veículo ?
CANON 5D III + 6D + 16-35mm L f/2.8 + 50mm f/1.4 + 70-200mm L f/2.8 + Tamrom 90mm SP DI Macro f/2.8 + Flash Godox V860c + Canon Speedlight 550 EX
www.facebook.com/plopes.fotografia


Chiclete

  • Trade Count: (16)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 543
  • Sexo: Masculino
Resposta #6 Online: 28 de Maio de 2016, 14:58:17
Paulo, me parece que não,  mas não deixa de ser uma opção.  Mandar fazer um crachá com o título fotógrafo (em destaque) e apresentá - lo nos eventos não me parece ser irregular.  Afinal, somos fotógrafos! Se perguntarem o veiculo direi Flickr! Hehehehe. Abraços.
Brasília - DF


paulo.lopes

  • Trade Count: (4)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 544
  • Sexo: Masculino
    • Redes Sociais
Resposta #7 Online: 28 de Maio de 2016, 15:00:49
Chiclete.. sua visão está correta.. mas.. forjar um crachá de "imprensa" é crime de falsidade ideológica.. vai na linha do "fotógrafo" que já deve facilitar sua vida..
CANON 5D III + 6D + 16-35mm L f/2.8 + 50mm f/1.4 + 70-200mm L f/2.8 + Tamrom 90mm SP DI Macro f/2.8 + Flash Godox V860c + Canon Speedlight 550 EX
www.facebook.com/plopes.fotografia


Chiclete

  • Trade Count: (16)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 543
  • Sexo: Masculino
Resposta #8 Online: 29 de Maio de 2016, 07:39:29
Certíssimo Paulo!  :ok: :ok: :ok: :ok:
Brasília - DF


romuloalves2015

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 89
Resposta #9 Online: 30 de Maio de 2016, 14:56:58
Eu trabalho para um blog, fiz frila pra esse blog. Em cima do crachá tinha Imprensa, no meio a minha foto e abaixo tem escrito fotógrafo. O blog para onde foi as fotos é conhecido aqui na minha cidade, então todos os fotógrafos que fazem fotos aqui na cidade nos eventos todos tem o mesmo padrão de crachá, só que no seu caso como você não foi mandado por nenhum site, blog.. sugiro que você faça o seu próprio. Se você tem site, você coloca no seu crachá o nome do seu site, caso eles perguntem de onde você é, você diz que está tirando foto para tal site. Esse site aqui por exemplo da minha cidade, os fotógrafos dele só fazem as fotos em modo automático, e dão uma de fotógrafo só para entrarem nas festas de graça. http://eventospb.com.br/

Eles não são fotógrafos, são tiradores de fotos kk e andam com um crachá no pescoço dizendo que é fotógrafo, e no crachá o nome do site. Só não entendi o porque do amigo acima dizer que é falsidade ideológica fazer um crachá com o nome imprensa. Aqui na minha cidade, quem vai para um show para fotografar e que é de um site, blog, ou são essa galera que faz entrevista que os vídeos vão para o youtube, todos são considerados imprensa. Aconselho você tirar algumas fotos da galera, aborda as pessoas no show, pede pra fazer umas fotos, e depois dá seu cartão pessoal, elas vão no seu site pegar as fotos, e quem sabe elas não se tornam clientes?

Abraço!  :D


leonobox

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.491
  • Sexo: Masculino
    • Ensaios.tumblr.com
Resposta #10 Online: 30 de Maio de 2016, 15:11:11
Olá meu amigo, sou fotógrafo de eventos, e fiz vários shows, recentemente eu fiz o show de Wesley Safadão aqui na minha cidade, e fica impossivel fazer boas fotos estando no meio da multidão, fora que a gente coloca o nosso equipamento em risco. Eu fui contratado para fazer fotos das pessoas e do palco. O que eu te aconselho e foi o que eu fiz, é ir com um crachá que identifica que você é fotógrafo, e que tenha escrito "imprensa" pois assim vai te dar uma "moralzinha". Você deve chegar cedo, fazer amizade com os seguranças pois eles abrem muitas portas para nós e depois que começar o show eles vão está mais receptivos na sua abordagem e vão te encarar como verdadeiro fotógrafo. Nesse show que eu fui, eu estava de preto (a maioria dos fotógrafos se vestem de preto, você estando com outra roupa acho que não teria tanta credibilidade), e fui com um crachá e bolsa nas costas. Eu não cheguei cedo e nem fiz amizades com seguranças algum kkk como o palco era em forma de U , eu fui para o lado direito tentando entrar por um acesso, mas alguns seguranças não liberavam a entrada dizendo que só quem podia passar por aqui era quem tinha a pulseira. Eu não desisti, você não pode desistir com um não, tem que tentar de todo jeito, afinal você não vai ficar se arriscando com a sua máquina no meio da galera não é mesmo? lembrando que chegaram até a derramarem whisky numa câmera minha. Pois bem, eu fui para o lado esquerdo e sorri para o segurança e mostrei o crachá, ele liberou numa boa a entrada, afastou aquela grade de ferro que fica ao redor do palco e pronto. Lá estava eu perto do palco. Fiquei perto do pessoal que meche na mesa de som, e quando começou o show fiquei na frente do palco, e fiz várias fotos. Caso queira ver alguma dessas fotos que eu fiz, estão no meu instagram:

@romulomelquiades

 :D

Só eu acho errado esse tipo de abordagem?
WORKSHOP DE ILUMINAÇÃO EM ESTÚDIO - 24 de Fevereiro em SÃO PAULO
https://forum.mundofotografico.com.br/index.php/topic,130786.0.html

www.leonardopacheco.com.br/workshop


paulo.lopes

  • Trade Count: (4)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 544
  • Sexo: Masculino
    • Redes Sociais
Resposta #11 Online: 30 de Maio de 2016, 15:12:02
Romulo, o título "Imprensa" é permitido para os profissionais que são jornalistas (e que trabalham em uma de suas vertentes - Fotojornalista, Repórter Cinematográfico e etc)..

Por isso, se algum dia vc se deparar com um "casca grossa" ele pode pedir sua identidade funcional (no caso FENAJ - que é como a carteira da OAB para o Advogado ou CRM para um médico) e se vc não apresentar o documento, ele poderá entender que vc cometeu o crime de falsidade ideológica por alegar (no crachá) uma coisa que vc não é.
Se vc foi contratado p/ fotografar o evento, vc tem que se identificar como Fotógrafo, mas não como imprensa..

Não sei se consegui ser claro.. mas esse é um assunto que está sendo muito discutido ultimamente no Sindicato dos Jornalistas e no Ministério do Trabalho, aqui em SP.
CANON 5D III + 6D + 16-35mm L f/2.8 + 50mm f/1.4 + 70-200mm L f/2.8 + Tamrom 90mm SP DI Macro f/2.8 + Flash Godox V860c + Canon Speedlight 550 EX
www.facebook.com/plopes.fotografia


paulo.lopes

  • Trade Count: (4)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 544
  • Sexo: Masculino
    • Redes Sociais
Resposta #12 Online: 30 de Maio de 2016, 15:18:29
Só eu acho errado esse tipo de abordagem?

Mais um aqui.. rsrs
CANON 5D III + 6D + 16-35mm L f/2.8 + 50mm f/1.4 + 70-200mm L f/2.8 + Tamrom 90mm SP DI Macro f/2.8 + Flash Godox V860c + Canon Speedlight 550 EX
www.facebook.com/plopes.fotografia


Rick99

  • Trade Count: (4)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.827
  • Sexo: Masculino
  • Amador
Resposta #13 Online: 30 de Maio de 2016, 15:25:02
Mais um aqui.. rsrs

x2

Não comentei pra evitar discussões...rs


Guto Marc

  • Trade Count: (14)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.551
    • http://www.gutomarcondes.com.br
Resposta #14 Online: 30 de Maio de 2016, 18:16:03
Romulo, o título "Imprensa" é permitido para os profissionais que são jornalistas (e que trabalham em uma de suas vertentes - Fotojornalista, Repórter Cinematográfico e etc)..

Por isso, se algum dia vc se deparar com um "casca grossa" ele pode pedir sua identidade funcional (no caso FENAJ - que é como a carteira da OAB para o Advogado ou CRM para um médico) e se vc não apresentar o documento, ele poderá entender que vc cometeu o crime de falsidade ideológica por alegar (no crachá) uma coisa que vc não é.
Se vc foi contratado p/ fotografar o evento, vc tem que se identificar como Fotógrafo, mas não como imprensa..

Não sei se consegui ser claro.. mas esse é um assunto que está sendo muito discutido ultimamente no Sindicato dos Jornalistas e no Ministério do Trabalho, aqui em SP.
Todo jornalista tem um MTB, que é o número de registro profissional. Repórter fotográfico também. Ambos "respondem" ao Sindicato dos Jornalistas de sua região e a ARFOC ( Associação dos Repórteres Fotográficos ). Tem um código de ética a seguir e responsabilidades da profissão. A carteira de jornalista é emitida pela sindicato e ARFOC, e se apresentar como imprensa/repórter fotográfico sem ser de fato, além de imoral ( não estamos querendo um Brasil melhor?) é ilegal e pode sim dar dor de cabeça. Não só algum segurança pode implicar como algum jornalista pode oferecer a denúncia ao sindicato que procederá a apuração e devidas providências com o departamento jurídico. Então, vamos agir dentro da lei de de forma correta.
A melhor forma: conversar com o pessoal da produção ANTES do show. No dia todos estão ocupados e dificilmente vão dar atenção.
Ah, e deixe o flash em casa. Flash em show, nunca...rs
** NÃO TRABALHO MAIS COM SEGURO DE EQUIPAMENTOS **

Visitem meu blog sobre fotografia : http://www.gutomarcondes.com.br/blog e conheçam mais sobre a profissão no dia a dia. Conheçam também http://www.fotografosocial.com.br e http://www.gutomarcondes.com.br
Não respondo MP com dúvida de equipamentos/fotografia. Abra um tópico pois isso é importante para o fórum !