Autor Tópico: Entrada no aeroporto - Notal fiscal eletronica é obrigatória?  (Lida 2167 vezes)

Fábio Secioso

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 890
    • https://www.flickr.com/photos/fsecioso/
Pretendo comprar uma máquina e uma lente e viajar com elas para o exterior.

A loja que eu pretendo comprar não emite Nota Fiscal Eletrônica. Somente emite aquela tradicional nota fiscal preenchida em papel.

Alguém sabe informar se a nota fiscal eletrônica é obrigatória ou a Receita exige que seja nota fiscal eletrônica?

Agradeço qualquer resposta.
D5500
AF-P 18-55mm || AF-S 55-200mm VRII AF-S 35mm 1,8 G || Sigma 17-70C || Sigma 100-400 C

https://www.flickr.com/photos/fsecioso/
https://www.instagram.com/fabiosecioso/


Rafa_Meira

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (2)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.153
  • Sexo: Masculino
Resposta #1 Online: 16 de Junho de 2016, 22:07:55
Vc tem direito de entrar no país com uma câmera e uma lente usadas.

Quando entrei no país agora vindo de Buenos Aires, passei minha bagagem pelo raio-x da receita te tinha uma D610 + Sigma 35mm Art na mochila sem note (que eu já tinha levado daqui). O fiscal da receita pediu pra ver a câmera, viu que tinha algumas marcas de uso e liberou sem nem pedir nota nem nada.


Fravin

  • Trade Count: (6)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 550
    • http://www.flickr.com/photos/fravin/
Resposta #2 Online: 17 de Junho de 2016, 23:51:13
Na legislação diz que qualquer prova de compra é válida. Não só a nota fiscal. Pode ser o recibo cada loja, desde que traga detalhadamente o número de série do equipamento. :ok:

Se for comprar de um vendedor que nem recibo emite pede para ele uma carta relatando a venda do item. O Nakamura tá cansado de fazer isso aí pra mim.


sri_canesh

  • Trade Count: (11)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.646
  • Sexo: Masculino
Resposta #3 Online: 18 de Junho de 2016, 13:24:00
Na legislação diz que qualquer prova de compra é válida. Não só a nota fiscal. Pode ser o recibo cada loja, desde que traga detalhadamente o número de série do equipamento. :ok:

Se for comprar de um vendedor que nem recibo emite pede para ele uma carta relatando a venda do item. O Nakamura tá cansado de fazer isso aí pra mim.

Errado. A fiscalização tem como finalidade a comprovação do pagamento de imposto. Recibos e declarações não valem como comprovação de pagamento de impostos. Se assim o fosse a festa estaria feita.
Você só não teve problemas pois nenhum fiscal te parou para pedir isso.
Cássio R. Eskelsen - Blumenau/SC


Fabiosantos25

  • Trade Count: (1)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 324
  • Sexo: Masculino
    • Flickr
Resposta #4 Online: 18 de Junho de 2016, 19:56:46
Pode entrar com uma dslr e uma lente de qualquer valor contanto que esteja usando a mesma. Mesmo que seja nova se vier fora das caixas e em uso sem problema. Com uma segunda lente eles podem querer taxar. Então sempre trago a mais cara montada. Ou levo dois corpos para trazer duas lentes sem preocupação. Claro que cada câmera vem com uma pessoa diferente.

Sent from my SM-N910C using Tapatalk

« Última modificação: 18 de Junho de 2016, 20:25:48 por Fabiosantos25 »
5D IV e alguns vidros


Helena Bsb

  • Trade Count: (37)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.486
Resposta #5 Online: 22 de Junho de 2016, 09:42:08
Fotos tiradas antes da viagem (no caso de câmera saindo daqui), acho que já ajudam bastante nessa questão, será que não?


juhobold

  • Trade Count: (0)
  • Novato(a)
  • Mensagens: 1
Resposta #6 Online: 10 de Março de 2017, 22:38:03
Caso eu leve duas máquinas e e duas lentes (todas com nota fiscal) e lá eu compre outras duas lentes.
Na volta se as novas lentes vierem nas máquinas (sendo uma máquina comigo e outra com meu marido) e cada um trouxer uma lente que já tinha nota, eu corro o risco de ser taxada?


marcohov

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 101
  • Sexo: Masculino
    • Minhas andanças
Resposta #7 Online: 19 de Março de 2017, 22:22:43
Viajo bastante para o exterior e depende de quem te para. Cuidado Fabio, já sofri por estar com uma D3 e uma lente 200m f2. Não concordo que é qualquer câmera e lente. Existem Hassels digitais de $40000 dólares e os federais conhecem bem esse equipo.

A lei existe mas no meu caso o que me salvou foi que antes de viajar fiz o seguro do equipamento e tinha a nota da seguradora com o número de série.

Fotos tiradas antes da viagem podem ser questionadas. é importante ter o numero de serie.

Já voltei também com nota do ebay e os caras não aceitaram.

Voltei com equipo novo já e entrei com a nota da loja.

Como disse depende de quem te para. Não tem critério.
Caminante no hay camino hace camino al andar


jauvane

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (4)
  • Membro Ativo
  • *****
  • Mensagens: 1.987
  • Sexo: Masculino
Resposta #8 Online: 26 de Março de 2017, 19:25:11
Viajo bastante para o exterior e depende de quem te para. Cuidado Fabio, já sofri por estar com uma D3 e uma lente 200m f2. Não concordo que é qualquer câmera e lente. Existem Hassels digitais de $40000 dólares e os federais conhecem bem esse equipo.

A lei existe mas no meu caso o que me salvou foi que antes de viajar fiz o seguro do equipamento e tinha a nota da seguradora com o número de série.

Fotos tiradas antes da viagem podem ser questionadas. é importante ter o numero de serie.

Já voltei também com nota do ebay e os caras não aceitaram.

Voltei com equipo novo já e entrei com a nota da loja.

Como disse depende de quem te para. Não tem critério.

Bem antes da minha última câmera entrar no país ela já estava na minha apólice de seguro, com número de série e tudo. A apólice não prova que a câmera esteve no país, já que todo o processo é feito por email. No meu caso meu familiares  me mandaram as fotos dos itens que só um.par de meses depois vieram ao pais (no meu caso era um corpo e uma lente, logo não houve problemas, mas este caso mostra que a apólice não é prova suficiente...
JVc.


Helena Bsb

  • Trade Count: (37)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.486
Resposta #9 Online: 26 de Março de 2017, 22:40:41
Bem antes da minha última câmera entrar no país ela já estava na minha apólice de seguro, com número de série e tudo. A apólice não prova que a câmera esteve no país, já que todo o processo é feito por email. No meu caso meu familiares  me mandaram as fotos dos itens que só um.par de meses depois vieram ao pais (no meu caso era um corpo e uma lente, logo não houve problemas, mas este caso mostra que a apólice não é prova suficiente...

Qual seguradora vcs têm usado?
tô pra fazer seguro, mas tô enrolando... não quero mais protelar isso.


jauvane

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (4)
  • Membro Ativo
  • *****
  • Mensagens: 1.987
  • Sexo: Masculino
Resposta #10 Online: 26 de Março de 2017, 22:44:00
Qual seguradora vcs têm usado?
tô pra fazer seguro, mas tô enrolando... não quero mais protelar isso.

Fiz pela Kertzmann. Te mandarei por MP meu último contato lá. Pede orçamento pela AIG.
JVc.


Helena Bsb

  • Trade Count: (37)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.486
Resposta #11 Online: 27 de Março de 2017, 16:48:00
Fiz pela Kertzmann. Te mandarei por MP meu último contato lá. Pede orçamento pela AIG.

Valeuzão!


marcohov

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 101
  • Sexo: Masculino
    • Minhas andanças
Resposta #12 Online: 27 de Março de 2017, 18:39:15
Sim a apólice não prova mas ai fica da boa fé de quem está carregando a câmera. Parece que dá para declarar em cartório também a posse  de equipamentos.
Caminante no hay camino hace camino al andar


jauvane

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (4)
  • Membro Ativo
  • *****
  • Mensagens: 1.987
  • Sexo: Masculino
Resposta #13 Online: 28 de Março de 2017, 03:26:26
Sem ter de levar o equipamento no cartório também não serve de prova. Alguém poderia comprar um monte de itens, enviar a lista para o cartório e receber o documento pelos correios (ou já partir com o documento em mãos e encontrar-se com quem recebeu os items originalmente). Sendo possível "esquentar" itens deste modo. Pessoalmente gostava do formulário que a própria receita emitia nos aeroportos. Agira está tudo muito vago. A maioria das notas fiscais não indica números de série (a da própria Canon não indica)...
JVc.


marcohov

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 101
  • Sexo: Masculino
    • Minhas andanças
Resposta #14 Online: 28 de Março de 2017, 16:19:34
Sim depende de quem te para na receita. Mas tb pode existir nota fria por aqui tb. Minha questão é como eles sabem que a nota é verdadeira e como chegar isso?
Caminante no hay camino hace camino al andar