Autor Tópico: E a T6s? Sera que vale apena?  (Lida 1569 vezes)

Fravin

  • Trade Count: (6)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 550
    • http://www.flickr.com/photos/fravin/
Online: 14 de Julho de 2016, 07:30:50
Esta quase o mesmo preço da 70D.

Sensor mais novo, maior resolução e mais leve. Será que vale a pena?


Humberto Yoji

  • Trade Count: (23)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.721
  • Sexo: Masculino
    • Humberto Yoji - fotógrafo
Resposta #1 Online: 14 de Julho de 2016, 09:27:47
Fravin, acredito que eu seja dos poucos daqui do fórum que tenha uma T6s. Além disso, eu já tive duas 70D. Eu troquei a 70D pela T6s porque, além de um pouco mais barata, eu queria uma câmera que pudesse levar para passeios, viagens, ou seja, pra hobby. A 70D sempre achei meio pesada pra uso informal.

Vantagens da T6s: tamanho e peso. Acredito que apenas isso. De resto, a 70D ganha em tudo, tem muito mais recursos. A diferença no sensor existe, a T6s leva ligeira vantagem no range dinâmico, mas nada que justifique abrir mão dos recursos extras da 70D por isso.

O que mais sinto falta na T6s são os RAWs menores (mRAW e sRAW) que a 70D oferece. Se quero fotografar em RAW, só 24MP mesmo, ou seja, arquivos grandes e pesados. E daí entra a minha controvérsia pessoal, tenho uma câmera que comprei principalmente pra hobby mas os arquivos que ela gera são muito pesados, rsrs. Além disso, a bateria dura muito menos e ainda não se encontra modelos genéricos muito bons.

Mas eu tenho gostado muito. Superou minhas expectativas, é uma ótima Rebel mesmo. O AF é muito bom, mesmo em live view (não tem o Dual-Pixel da 70D), a construção é bem decente, a ergonomia também.


rdmello76

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 485
  • Sexo: Masculino
    • Perfil 500px
Resposta #2 Online: 14 de Julho de 2016, 11:16:21
A T6s vai oferecer quase tudo que a 70d tem, com poucas modificações. A Rebel é mais leve e produz imagens nítidas. Até a tela horizontal com as informações ISO, velocidade do obturador e abertura ela tem, como a 70d

A 70d é mais pesada e tem um foco maior em vídeos, com o sensacional DPAF. Se você não vai usar muito vídeo, não deve ser um fator.

Se for para hobby, eu sugiro a T6s.

Vídeo ou se pretendes entrar nas máquinas semiprofissionais da Canon, para mais adiante saltar para a linha profissional, ou trabalhar com vídeo, a 70d ou até mesmo a 80d, são opções melhores.
Canon 5D MK III - Sony A7III


nykael

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 72
Resposta #3 Online: 16 de Julho de 2016, 18:22:38
A única coisa que achei ruim na linha rebel, é não ter a vidor monocromático em cima da camera.

É impressionante como algo simples, pode ajudar tanto.


Thales Souto

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (29)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 12.245
  • Sexo: Masculino
  • "Fotografia é um hobby viciante"
    • thalessouto.com
Resposta #4 Online: 16 de Julho de 2016, 18:28:29
Acho que vale a pena sim pelo sensor mais novo e ter os outros pontos que a turma já falou.

Meu sonho seria se a Canon lançasse uma SL1 FF. Bem provável que voltaria pra Canon.

Enviado de meu Lenovo A7010a48 usando Tapatalk

D610 + AF-S 50 1.8 G + AF-S 28 1.8 G + YN685 + tripé fuleiro de 35 dólares
"Polímeros, aulas, família e fotografia. Não necessariamente nessa mesma ordem...."
Meu canal no YouTube sobre fotografia: http://www.youtube.com/channel/UCCS35q7G_BRE6aVdXXEOKNg
Instagram: @souto_thales
www.flickr.com/photos/tsouto


fernandomaues

  • Trade Count: (16)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.439
  • Fernando Maués
    • Fernando Maués
Resposta #5 Online: 16 de Julho de 2016, 18:47:52
A única coisa que achei ruim na linha rebel, é não ter a vidor monocromático em cima da camera.

É impressionante como algo simples, pode ajudar tanto.

A T6s tem o LCD superior. Ela é a da direita.  :ok:



cfcsosa

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (3)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.233
  • Sexo: Masculino
Resposta #6 Online: 16 de Julho de 2016, 19:36:54
Fravin, acredito que eu seja dos poucos daqui do fórum que tenha uma T6s. Além disso, eu já tive duas 70D. Eu troquei a 70D pela T6s porque, além de um pouco mais barata, eu queria uma câmera que pudesse levar para passeios, viagens, ou seja, pra hobby. A 70D sempre achei meio pesada pra uso informal.

Vantagens da T6s: tamanho e peso. Acredito que apenas isso. De resto, a 70D ganha em tudo, tem muito mais recursos. A diferença no sensor existe, a T6s leva ligeira vantagem no range dinâmico, mas nada que justifique abrir mão dos recursos extras da 70D por isso.

O que mais sinto falta na T6s são os RAWs menores (mRAW e sRAW) que a 70D oferece. Se quero fotografar em RAW, só 24MP mesmo, ou seja, arquivos grandes e pesados. E daí entra a minha controvérsia pessoal, tenho uma câmera que comprei principalmente pra hobby mas os arquivos que ela gera são muito pesados, rsrs. Além disso, a bateria dura muito menos e ainda não se encontra modelos genéricos muito bons.

Mas eu tenho gostado muito. Superou minhas expectativas, é uma ótima Rebel mesmo. O AF é muito bom, mesmo em live view (não tem o Dual-Pixel da 70D), a construção é bem decente, a ergonomia também.

Acho que pra hobby deveria ir em JPEG.


Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
-------------------
flickr.com/photos/cfcsosa
instagram.com/cfcsosa
500px.com/cfcsosa1978


Thales Souto

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (29)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 12.245
  • Sexo: Masculino
  • "Fotografia é um hobby viciante"
    • thalessouto.com
Resposta #7 Online: 16 de Julho de 2016, 20:42:05
Acho que pra hobby deveria ir em JPEG.


Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
Isso é quase uma heresia.... hehehe

Eu não fotografo em jpeg mas nem a pau. Acho que só se eu fosse um fotojornalista e tivesse que entregar a foto ali, na hora, para upload na internet sem qualquer 5 minutos para passar pelo LR.
D610 + AF-S 50 1.8 G + AF-S 28 1.8 G + YN685 + tripé fuleiro de 35 dólares
"Polímeros, aulas, família e fotografia. Não necessariamente nessa mesma ordem...."
Meu canal no YouTube sobre fotografia: http://www.youtube.com/channel/UCCS35q7G_BRE6aVdXXEOKNg
Instagram: @souto_thales
www.flickr.com/photos/tsouto


cfcsosa

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (3)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.233
  • Sexo: Masculino
Resposta #8 Online: 16 de Julho de 2016, 20:45:12
Isso é quase uma heresia.... hehehe

Eu não fotografo em jpeg mas nem a pau. Acho que só se eu fosse um fotojornalista e tivesse que entregar a foto ali, na hora, para upload na internet sem qualquer 5 minutos para passar pelo LR.

Mas nada impede de fazer alguns ajustes em JPEG no LR. Já fiz várias vezes.

O JPEG da Canon não fica bom?

Além disso veja as Fujis... Não se fala tanto dos JPEGS?


Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
-------------------
flickr.com/photos/cfcsosa
instagram.com/cfcsosa
500px.com/cfcsosa1978


l.augusto.est

  • Trade Count: (2)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 365
  • Sexo: Masculino
    • Flickr
Resposta #9 Online: 17 de Julho de 2016, 02:29:14
"No artigo passado, eu defendi o motivo pelo qual a Canon acertou ao lançar a EOS 5DS/5DS R como uma nova linha, e não no lugar da EOS 5D Mk III. Agora, é a vez de questionarmos um dos lançamentos pré-CP+: o de uma nova EOS Rebel, mais especificamente a Rebel T6s.

A Rebel T6s é uma câmera intermediária, que sentará na escala da Canon entre a mais nova Rebel T6i (substituta da Rebel T5i) e a já veterana EOS 70D. A questão que fica aqui é: será que as linhas já não estavam bem definidas para a Canon considerar que a adição dessa câmera seria um erro? Ou então, que tipo de público ela percebeu que não conseguia atender suas necessidades escolhendo ou uma Rebel (T6i) ou uma 70D, e que precisava de mais uma opção?

Resumidamente, a Rebel T6s pode ser considerada uma T6i “boladona”: é pouco maior, aparentemente mais robusta, possui um LCD superior – que mostra informações como velocidade de disparo e abertura da lente -, um dial de comando rápido traseiro e AF Servo no live view. Ou seja, ela é uma Rebel com alma de 70D – e esse talvez seja o maior problema dessa câmera: ela é uma Rebel.

A linha Rebel da Canon sempre foi conhecida por trazer câmeras de qualidade, com facilidades para seus usuários – independente de saberem fotografar ou não. Quer pedir para uma senhora aleatória fazer uma foto sua no aeroporto? Joga na posição retrato e fala pra ela “é só enquadrar e bater”. Voilá, a foto está feita, sem o mínimo de esforço – e provavelmente a senhora para quem você pediu nunca nem mexeu em uma DSLR. Esse é o principal motivo pelo qual essa linha é relativamente bem sucedida comercialmente: ela não foi pensada apenas em pessoas que já fotografam, mas sim em pessoas que querem ter como hobby a fotografia, sem grandes pretensões.

O problema da Canon é a confusão que a marca fez ao longo dos anos com a série Rebel – confusão iniciada em 2008, com a entrada da Rebel XS, uma alternativa ainda mais simples – e barata – da Rebel XSi. Após a Rebel XS nós ainda tivemos a Rebel T3 e, atualmente, a Rebel T5, todas seguindo a mesma fórmula: uma versão simples da câmera que já era simples por si só. Em 2013, a Canon não satisfeita em já ter duas linhas de Rebel, incluiu mais uma linha: a EOS SL1, uma DSLR menor – tanto em volume quanto peso -, em uma tentativa de combater o crescente mercado de mirrorless, cuja maior vantagem  é o tamanho reduzido.

Quer recontar? Vamos lá: até o final de 2014, a Canon possuía em linha três diferentes Rebel: a T5i, considerada a top de linha; a SL1, uma versão reduzida da T5i; e a T5, uma versão mais simples da T5i. Entendeu a confusão? Você tem, basicamente, três câmeras iguais, com diferenças pequenas entre elas. Avançamos no tempo e aqui estamos: a Rebel T5i saiu de linha, sendo substituída pela Rebel T6i, e… uma outra Rebel, a T6s, sendo lançada junto, para um público relativamente mais avançado. E agora, com isso, temos quatro Rebel, com diferenças ínfimas entre elas.

Convenhamos, será que realmente existe uma fatia de mercado que não é entusiasta o suficiente pra usar uma EOS 70D, mas também não é amadora o suficiente para ser atendida por uma Rebel T6i? Será que realmente existe uma lacuna nesse meio que tem que ser preenchida, ou a Canon está especulando uma lacuna que não existe, torcendo para que ela exista ao longo dos próximos meses?

A resposta, meus amigos, só o número de vendas da Rebel T6s é que vai trazer." Fonte: http://www.papodefotografo.com.br/2015/02/canon-eos-rebel-t6s-principalmente/


"Já aviso, logo de cara: eu errei. Ano passado, ao escrever um artigo sobre o lançamento (na época) da Rebel T6s – Canon EOS Rebel T6s: onde, quando e, principalmente, por quê?  -, eu realmente considerava um tiro no pé da Canon. A câmera, ao meu ver, era uma aposta alta e que estaria completamente errada.

Pois é, meus amigos: quem estava errado era… eu.

Essa é a Canon EOS Rebel T6s que eu usei durante a Fotografar 2016. Além da EF-S 18-55mm f/3.5-5.6 IS STM, eu a usei com a EF 50mm f/1.2L USM.
Como eu trabalhei como consultor técnico no stand da Canon durante a Fotografar 2016, a Canon Brasil acabou deixando uma unidade “sample” da EOS Rebel T6s na minha mão para eu tirar algumas fotos durante o último dia. Num primeiro momento, eu acabei estranhando pois não tinha nenhuma unidade da T6s à mostra para o público – fato que me foi esclarecido com um sonoro “a Canon não pretende lançar a T6s no Brasil.” Tudo bem, uma questão de mercado (afinal, com o dólar alto e a impossibilidade de se fabricar esse modelo no Brasil, dificilmente ela chegaria por um preço competitivo), mas mesmo assim uma decisão difícil de se tomar – e que, após utilizar a câmera, considero uma pena esse modelo não ser lançado por aqui.

A câmera é, em um resumo bem simples, é divertidíssima de se usar. Ela tem um ótimo tamanho – não é compacta feito uma Rebel SL1, mas não é “grande” como uma 70D -, tem funções interessantes como WiFi e NFC e a adição do dial traseiro e LCD superior a tornam uma câmera bem interessante para quem já fotografa com uma câmera mais avançada. Em suma, ela é uma câmera que faz as vezes de segundo (ou terceiro) corpo para quem já usa as DSLR da Canon.

E eu não falo isso apenas pelo jeito que a câmera se comporta na mão – ela possui qualidade de imagem. Eu pude ver as fotos na tela do computador – o que não é comum com unidades sample – e confesso que fiquei espantado com o novo sensor de 24MP – o mesmo que está presente nas EOS M3 e Rebel T6i. As imagens tem uma ótima reprodução de tons e um desempenho em ISO alto bem melhor que as Rebel anteriores – e apesar de eu ter sido autorizado a ver as imagens, eu não fui autorizado a postá-las. Sorry, guys.

Para os aventureiros que pretendem adquirir sua primeira câmera, ela seria uma opção interessante, pois pode ser uma entrada para um layout diferente de controles, mais próximo das DSLR mais avançadas, sem se desfazer da simplicidade das câmeras mais simples – afinal, ainda estamos falando de uma Rebel.

Em suma, a Rebel T6s é uma ótima câmera, e é uma pena que a Canon não vá comercializá-la no Brasil. Entretanto, se você tiver a oportunidade de adquirir uma (seja importando uma ou durante uma viagem), ela com certeza não é uma opção a se descartar." Fonte: http://www.papodefotografo.com.br/2016/05/mea-culpa-canon-eos-rebel-t6s/
Nikon D600 | Nikon F100 | Nikkor 1.4AF-D | Nikkor AI-S 105 2.5 | https://www.flickr.com/photos/luizaugustoest/


Kokimoto

  • Trade Count: (30)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.091
    • Mototuristas
Resposta #10 Online: 17 de Julho de 2016, 08:32:07
Boa camera, vai fundo.
D600 - E-M10


nykael

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 72
Resposta #11 Online: 17 de Julho de 2016, 11:26:03
A T6s tem o LCD superior. Ela é a da direita.  :ok:



Nossa, realmente dessa não sabia.

Agora não sei mais as diferenças significativas entre a linha Rebel e a linha XXD.


Humberto Yoji

  • Trade Count: (23)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.721
  • Sexo: Masculino
    • Humberto Yoji - fotógrafo
Resposta #12 Online: 21 de Julho de 2016, 18:41:19
Acho que pra hobby deveria ir em JPEG.


Eu fotografo bastante em JPEG, ajustando o Picture Style direitinho, sai uma foto quase pronta. Fotos de família, de viagens curtas, etc, geralmente faço tudo em JPEG mesmo.


Mas de vez em quando faço fotos que gosto de trabalhar um pouco mais em cima, principalmente de paisagens ou de arquitetura. Aí o RAW leva grande vantagem.

 ;)


cfcsosa

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (3)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.233
  • Sexo: Masculino
Resposta #13 Online: 21 de Julho de 2016, 19:03:52

Eu fotografo bastante em JPEG, ajustando o Picture Style direitinho, sai uma foto quase pronta. Fotos de família, de viagens curtas, etc, geralmente faço tudo em JPEG mesmo.


Mas de vez em quando faço fotos que gosto de trabalhar um pouco mais em cima, principalmente de paisagens ou de arquitetura. Aí o RAW leva grande vantagem.

 ;)

Eu também, até porque foi o que você falou, elas já saem quase finalizadas...


Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
-------------------
flickr.com/photos/cfcsosa
instagram.com/cfcsosa
500px.com/cfcsosa1978


rdmello76

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 485
  • Sexo: Masculino
    • Perfil 500px
Resposta #14 Online: 22 de Julho de 2016, 10:28:48
Em viagens eu também fotografo em JPG, até porque os arquivos em RAW exigem muito espaço. Em ocasiões de família também, prefiro JPG. Com os ajustes corretos as fotos ficam muito boas.

Quando tiro fotos de olho no resultado final e não só no registro da ocasião, uso RAW (macro, retratos, paisagens e fotos de animais).

Canon 5D MK III - Sony A7III