Autor Tópico: Sobre fotografia de rua/street photography  (Lida 2509 vezes)

Pedreira

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.615
  • Sexo: Masculino
Online: 17 de Outubro de 2016, 17:38:52
Não sei se alguém já postou aqui, mas achei esse site muito interessante pra quem busca informação sobre fotografia de rua:

http://erickimphotography.com/blog/the-ultimate-beginners-guide-for-street-photography/

Abraços!
"Para o bom tocador não existe fole ruim, mas para o dançador ruim, forró nenhum presta..." Dominguinhos


lee.

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.766
  • Sexo: Masculino
  • fotógrafo desde 2009
    • electromacore
Resposta #1 Online: 17 de Outubro de 2016, 18:09:42
já li algumas coisas do meu conterrâneo aí e é bacana mesmo alguns conteúdos

não concordo com algumas coisas (mais pro lado artístico da coisa de certos estilos) mas de resto é legal
"Not sharper photographs, not larger photographs, but better photographs — photographs that say something, that mean something, even if only to us."
________________________________________________________
Canon 5DMarkII | Fujifilm X100T | https://www.instagram.com/electroma.core | https://www.electromacore.com


Bucephalus

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.040
  • Sexo: Masculino
Resposta #2 Online: 17 de Outubro de 2016, 18:38:54
Ugh, Eric Kim... já vi muito conselho bom e ruim dele, ou opiniões pessoais que ele passa como se fossem regras.

Também é difícil de gostar do cara depois de assistir os vídeos dele fotografando na rua. Ele me parecer ser meio autista e sem idéia do que causa desconforto em outras pessoas:

https://www.youtube.com/watch?v=l3MywbYgSak

Uma coisa é tirar uma foto de frente pra outra pessoa e a pessoa perceber (eu faço isso). Outra coisa é fazer o que ele faz: estaciona em frente a uma pessoa completamente desconhecida e fica mais de 1 minuto tirando uma 50 fotos de uma pessoa, que fica olhando desconfortável sem saber o que fazer.

Mas concordo que o Eric Kim faz bons vídeos mostrando outros fotógrafos de rua. Descobri através dele o trabalho desse cara e a forma como ele fotografa na rua, que eu curto muito:

https://www.youtube.com/watch?v=GuvE841XCA4


Arnalsan

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 111
  • Sexo: Masculino
Resposta #3 Online: 17 de Outubro de 2016, 19:34:37
O site do cara é uma fonte de dados e realmente os vídeos são bons quando são outros fotógrafos participando tipo entrevista.
Muito material fraco, principalmente, pelo marketing que ele faz dele mesmo.
Eu prefiro John Free do que ele...

Acabei de pensar e um grupo de street photography seria legal: ok tirar fotos juntas, analisar grandes fotógrafos...bem insipiente, mas quem sabe pode evoluir.


Pedreira

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.615
  • Sexo: Masculino
Resposta #4 Online: 17 de Outubro de 2016, 20:39:35
Gostei das fotos dele e das dicas de composição. Uma coisa que tenho perseguido (mas quase nunca encontrado) é uma boa composição nas fotografias de rua. Tento fazer o que alguns fotógrafos recomendam que é contar uma história em uma foto. É um exercício difícil, mas compensa quando a gente consegue. Respeito todos os estilos de fotografia e, obviamente, há espaço pra todos eles no mundo artístico. Mas, particularmente, não gosto dessa maneira de retratar as ruas na qual o sujeito aponta a câmera pra onde tem gente e pronto. Sem uma ideia, sem um propósito, sem uma mensagem ou mesmo uma forma inusitada, simplesmente fotografando as pessoas em lugares públicos sem que essas estejam fazendo qualquer coisa que pareça interessante ou representativa do seu lugar ou cultura.

Confesso que não havia visto os vídeos. Tampouco sou a favor dessa maneira invasiva de fotografar as pessoas de frente, sem pedir permissão. Mas, desde que vi umas fotos do Thomas Leuthard neste estilo, tenho me questionado se não é mais "honesto" dar ciencia às pessoas que estamos retratando-las, que tirar fotos à distância, sem que percebam, que é como eu costumo fazer...

Enfim, vale a discussão e ainda acho que o site é uma boa referência pra fotógrafos de rua iniciantes e "intermediários", como é o meu caso. Tem até livro pra baixar gratuitamente!!!  :hysterical:
"Para o bom tocador não existe fole ruim, mas para o dançador ruim, forró nenhum presta..." Dominguinhos


Bucephalus

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.040
  • Sexo: Masculino
Resposta #5 Online: 18 de Outubro de 2016, 00:31:51
Eu considero as fotos dele boas -- excelentes, na verdade. Muitas vezes as imagens dele nao parecem ter um estilo pessoal proprio ou um ar de espontaneidade, me parece que ele esta constantemente usando a linguagem e estilo de varios outros fotografos de forma forcada -- Bruce Gilden, William Eggleston e Daido Moriyama sao alguns que eu vejo ele copiar deliberadamente, alem de uma simples influencia.

Mas isso eh o de menos, meu maior problema com o Eric Kim eh a forma como ele fotografa na rua, que eu considero bem sem-nocao. Mesmo sendo capaz de produzir excelentes fotos, eu acho dificil apreciar as fotos dele sabendo como elas foram produzidas e que o conjunto da obra eh um pastiche de outros fotografos mais conhecidos.


LeandroR

  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 993
    • Leandro Reichert
Resposta #6 Online: 18 de Outubro de 2016, 00:41:10
Já tinha lido um material dele há um tempo atrás. Tem boa informação e gosto das fotos que ele faz (algumas, pois as vezes sinto que falta uma consistência entre as fotos). Entretanto é a primeira vez que vejo um vídeo em ação, fiquei desconfortável de assistir o vídeo.
Indicações de livros, canais de YT, fotógrafos, artigos sobre fotografia e assuntos do cotidiano.
Postagens semanais! Acompanhe meu blog pelo link abaixo:
www.leandroreichert.com


Bucephalus

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.040
  • Sexo: Masculino
Resposta #7 Online: 18 de Outubro de 2016, 00:49:46
Um estilo que eu gosto eh o Jeff Mermelstein. Ele chega perto da pessoa e fotografa ela de frente sem nenhuma tentativa de se esconder, mas nao fica tirando 300 fotos como se a pobre pessoa fosse uma atracao turistica ou animal no zoologico:

https://www.youtube.com/watch?v=uuXcm35m50Y


cfcsosa

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (3)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.503
  • Sexo: Masculino
Resposta #8 Online: 18 de Outubro de 2016, 01:01:07
aqui no Brasil ainda não rola de fazer fotografias assim direito.

esse fim de semana fui em Santa Thereza, lugar super cultural e turístico e mesmo com um monte de gringos andando um camelô veio me dar um aviso de que seria melhor guardar a câmera antes que alguém me assaltasse.

de duas uma:

- Alguém reclamou;

- Ele quis de fato me avisar.
-------------------
flickr.com/photos/cfcsosa
instagram.com/cfcsosa
500px.com/cfcsosa1978


Pedreira

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.615
  • Sexo: Masculino
Resposta #9 Online: 18 de Outubro de 2016, 01:50:20
O estilo do Jeff Mermelstein é legal mesmo. Já o do Bruce Gilden também é um pouco constrangedor, com aquele flash estourando a poucos centímetros dos olhos das pessoas, né?  :doh: Como disse o Carlos, aqui no Brasil não seria muito bem visto, esse gesto.  :no:

Estilos de abordagem à parte, gostaria, se for possível, de retornar à minha preocupação original: a questão da composição na fotografia de rua. Tudo bem sair por aí fotografando as pessoas em lugares públicos, mas e a preocupação com os outros elementos da foto? Com uma ideia, tema ou história? Com a relação entre cores ou entre luz e sombra nas fotos em P&B?

Deixo, aqui, os exemplos de dois fotógrafos que gosto bastante. Talvez seja uma perspectiva mais "conservadora" (palavra perigosa ultimamente), com menos elementos (aprendi que se deve simplificar em fotografia), mas acho que há um cuidado maior com a composição e com a tentativa de contar uma história em uma única foto. Me acordem, caso eu esteja sonhando...  8-)

http://www.ruipalha.com/

https://www.flickr.com/photos/thomasleuthard/
« Última modificação: 18 de Outubro de 2016, 01:51:36 por Pedreira »
"Para o bom tocador não existe fole ruim, mas para o dançador ruim, forró nenhum presta..." Dominguinhos


Bucephalus

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.040
  • Sexo: Masculino
Resposta #10 Online: 18 de Outubro de 2016, 03:00:14
Eu acho o Rui Palha bem conservador -- nao que isso seja necessariamente ruim. Soh eh um estilo bem classico e conhecido; ele nao eh o meu fotografo preferido e nem representa o que eu almejo fazer, mas ele nao eh ruim. O Thomas Leuthard eu conheco pouco, mas ele tambem parece ter uma preocupacao classica em fazer uma foto esteticamente bonita mais do que qualquer coisa. Nao quero ofender o cara (mas ja ofendendo) mas as imagens dele parecem fotos de propaganda de sabao em po; ele parece ter uma fixacao em imagens piegas demais, na minha opiniao.

O estilo mais contemporaneo de fotografia de rua me parece ser focado em retratar o mundo de forma mais real e menos romantizada. Acho que esses fotografos tem uma preocupacao menos intensa com o formalismo da composicao e enquadramento e uma preocupacao maior com a pessoa ou a cena sendo fotografada -- perceba como nas fotos Rui Palha ou Thomas Leuthard voce poderia ter qualquer pessoa, o que importa pra eles parece ser mais a estetica.

A rua eh um local onde acontecem varias coisas, e as coisas, pessoas ou cenas que voce decide fotografar eh que vao contar uma historia, passar uma ideia ou representar um tema, mais do que composicao, enquadramento, regra dos tercos ou teoria da cor.

Eu descobri esse fotografo recentemente, e curto muito o trabalho dele. Me parece que ele se concentra em certas pessoas e momentos, e o enquadramento ou a plastica das imagens nem sempre eh o ponto principal:

http://www.mattstuart.com/photography/

E alguns fotografos brasileiros que eu curto:

http://vdrago.tumblr.com/
http://www.gustavominas.com/
http://marceloargolo.tumblr.com/


cfcsosa

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (3)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.503
  • Sexo: Masculino
Resposta #11 Online: 18 de Outubro de 2016, 09:17:02
pelo que vejo, caras como Rui Palha e esse outro do Flickr (não conheço nenhum dos dois) , operam mais ou menos como Jeff Wall não?
-------------------
flickr.com/photos/cfcsosa
instagram.com/cfcsosa
500px.com/cfcsosa1978


Pedreira

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.615
  • Sexo: Masculino
Resposta #12 Online: 18 de Outubro de 2016, 16:03:24
Conheci o trabalho do Matt Stuart no ano passado, quando li o livro do David Gibson, Manual de Fotografia de Rua. Livro, aliás, que gostei bastante. Ambos, o Stuart e o Gibson, fazem parte do coletivo in-public (http://in-public.com/). Gosto do estilo do Matt Stuart e de outros fotógrafos do in-public. Eles não têm essa preocupação com uma composição mais "limpa" e organizada, mas tem mesmo essa coisa de contar uma história, da situação inusitada, do senso de humor. É isso que acho que falta a alguns fotógrafos que simplesmente clicam pessoas em espaços públicos, sem nenhum aspecto que chame a atenção. Costumo dizer que, quando mostramos uma fotografia, estamos convidando as pessoas a prestar a atenção em algo interessante, quer seja pelo apelo estético, quer seja por ser algo fora do comum. E, repito, não tenho visto isso em algumas fotos ou em alguns fotógrafos.

Sobre o Jeff Wall, não o conhecia. Mas, pelo pouco que vi dele, não encontrei muita semelhança com o Palha e o Leuthard.

(acho que essa discussão já tá valendo pelas novas referências que vão surgindo aqui...  :clap:)
"Para o bom tocador não existe fole ruim, mas para o dançador ruim, forró nenhum presta..." Dominguinhos


robertostrabelli

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 159
  • Sexo: Masculino
  • Papógrafo Profissional
    • Blog
Resposta #13 Online: 18 de Outubro de 2016, 16:59:32
Eita, galera malhando o Eric Kim. :shock: Acho que fotografia de rua depende muito do lugar, cada pais, cidade, tem a abordagem mais adequada.

"A liberdade, Sancho, não é um pedaço de pão."


cfcsosa

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (3)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.503
  • Sexo: Masculino
Resposta #14 Online: 18 de Outubro de 2016, 20:02:21
Conheci o trabalho do Matt Stuart no ano passado, quando li o livro do David Gibson, Manual de Fotografia de Rua. Livro, aliás, que gostei bastante. Ambos, o Stuart e o Gibson, fazem parte do coletivo in-public (http://in-public.com/). Gosto do estilo do Matt Stuart e de outros fotógrafos do in-public. Eles não têm essa preocupação com uma composição mais "limpa" e organizada, mas tem mesmo essa coisa de contar uma história, da situação inusitada, do senso de humor. É isso que acho que falta a alguns fotógrafos que simplesmente clicam pessoas em espaços públicos, sem nenhum aspecto que chame a atenção. Costumo dizer que, quando mostramos uma fotografia, estamos convidando as pessoas a prestar a atenção em algo interessante, quer seja pelo apelo estético, quer seja por ser algo fora do comum. E, repito, não tenho visto isso em algumas fotos ou em alguns fotógrafos.

Sobre o Jeff Wall, não o conhecia. Mas, pelo pouco que vi dele, não encontrei muita semelhança com o Palha e o Leuthard.

(acho que essa discussão já tá valendo pelas novas referências que vão surgindo aqui...  :clap:)

Sim, por isso citei o Wall, ele chega a utilizar atores e uma médio formato pra simular novamente situações que ele vê ou imagina para suas fotografias.
-------------------
flickr.com/photos/cfcsosa
instagram.com/cfcsosa
500px.com/cfcsosa1978