Autor Tópico: Profissional x Não-profissional  (Lida 1216 vezes)

Lucas M. Dias

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.247
  • Sexo: Masculino
Online: 04 de Novembro de 2016, 07:35:04
Noticia muito interessante no estilo trabalho profissional x não profissional :assobi:

http://petapixel.com/2016/11/03/chicago-tribune-sun-times-covers-world-series/

Resumindo para quem não sabe ler em ingles, o Sun-Times demitiu todos os seus fotógrafos recentemente, enquanto o Tribune não.
As imagens que utilizaram no artigo são essas:



Uma outra comparação de uma capa mais antiga e absolutamente ridícula do Sun-Times



Bucephalus

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.069
  • Sexo: Masculino
Resposta #1 Online: 04 de Novembro de 2016, 07:51:21
Mas a foto do Sun Times foi feita por um fotojornalista profissional da AP Images.

O problema parece ter sido a escolha da imagem. Talvez eles tenham demitido não só os fotógrafos, mas também os editores de fotografia e deixaram pro estagiário escolher a foto da capa.


leonardo.muller

  • Trade Count: (11)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 471
  • Sexo: Masculino
    • flickr
Resposta #2 Online: 04 de Novembro de 2016, 07:52:14
Bem interessante mesmo, valeu.
D700,D5100,D90,D50,E-pm1
28mm2.8,35mm1.8, 50mm1.4, 85mm1.8
35-70 2.8D, 80-200mm 2.8, 18-70mm, 18-55mm
2xSB900, YN622TX


andreluigo

  • Solidário
  • Trade Count: (3)
  • Membro Ativo
  • *
  • Mensagens: 1.863
  • Sexo: Masculino
  • Só sei que nada sei!
    • André Gomes Fotografias
Resposta #3 Online: 04 de Novembro de 2016, 22:08:35
Mas a foto do Sun Times foi feita por um fotojornalista profissional da AP Images.

O problema parece ter sido a escolha da imagem. Talvez eles tenham demitido não só os fotógrafos, mas também os editores de fotografia e deixaram pro estagiário escolher a foto da capa.


 :hysterical: :hysterical: :hysterical: :hysterical: :hysterical:
Canon 80D || 5Dc
Tamron 17-50mm 2.8 || 85mm 1.8 USM || 50mm 1.8 STM || 55-250 STM || 10-18 STM
Godox TT685c || X1T-c (Tx+Rx) || YN600EX RT II
Tripé Digipod TR672AN || Tripés de Iluminação (2x)
Sombrinha Difusora/Rebaterora || Octabox Godox 80cm


sri_canesh

  • Trade Count: (11)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.640
  • Sexo: Masculino
Resposta #4 Online: 04 de Novembro de 2016, 23:01:14
Acho que o termo correto seria Profissional Competente vs Profissional não competente.

Afinal, muita gente não profissional (que não ganha dinheiro com fotografia) consegue fazer boas fotos também  ;)
Cássio R. Eskelsen - Blumenau/SC


xande_mike

  • Trade Count: (0)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 112
  • Sexo: Masculino
    • Alexandre Assis Fotografia
Resposta #5 Online: 05 de Novembro de 2016, 06:30:57
Nossa! Quanta diferença!  :shock:
Mas essa questão de pro x não pro é polêmica. Eu considero profissional quem vive de fotografia, se o cara é bom fotógrafo aí trata-se de outro assunto.
Canon 6D, EF 70-200 2.8 L, EF 50mm 1.4, EF 85mm 1.8 "Todo retrato é um auto retrato."
www.instagram.com/xandeassis_
www.500px.com/xandeassis
www.xandeassis.com.br
https://www.flickr.com/photos/xande_mike/


Bretas

  • Trade Count: (5)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.541
  • Sexo: Masculino
Resposta #6 Online: 05 de Novembro de 2016, 07:13:39
Nossa! Quanta diferença!  :shock:
Mas essa questão de pro x não pro é polêmica. Eu considero profissional quem vive de fotografia, se o cara é bom fotógrafo aí trata-se de outro assunto.
:ok: :ok: :ok:


lee.

  • Trade Count: (0)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.809
  • Sexo: Masculino
  • fotógrafo desde 2009
    • electromacore
Resposta #7 Online: 05 de Novembro de 2016, 08:41:08
ambos são profissionais. Só que um é pior que outro

 :ponder: :ponder: :ponder: nada a ver o título
"Not sharper photographs, not larger photographs, but better photographs — photographs that say something, that mean something, even if only to us."
________________________________________________________
Canon 5D Mark.II | Fujifilm X100 T | https://www.instagram.com/electroma.core | https://www.electromacore.com


Luciano.Queiroz

  • Trade Count: (30)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.436
  • Sexo: Masculino
    • Luciano Queiroz
Resposta #8 Online: 06 de Novembro de 2016, 19:02:50
Sou zootecnista formado mas não exerço mais.... seria eu agora um zootecnista amador?

Esse lance de profissional e amador nunca se chegará numa conclusão. Pra mim, desde que o cara se proponha enxergar o que faz com profissionalismo, independente do resultado ser de alto nível ou não, ganhar muita grana ou não, já é profissional. O resto é consequência...

Mas interessante a proposta da matéria de valorizar o bom profissional.
Luciano Queiroz
www.lucianoqueiroz.com
Facebook: @caminhotracado - https://goo.gl/pNRgQX
Instagram: @caminhotrtacado - https://goo.gl/Gou1E2
Youtube: www.youtube.com/c/caminhotracado


Mestaky

  • Trade Count: (3)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 725
  • Sexo: Masculino
Resposta #9 Online: 06 de Novembro de 2016, 20:36:53
Olha:

Nem todas as áreas do campo são concedidas a todos os veículos de comunicação/freelancers (o filé fica para aqueles que pagam mais pelo direito de cobrir o evento);
Nem todos aqueles que possuem credencial podem se deslocar por todas as áreas;
Alguns veículos como O Globo tinham vários fotógrafos, acesso às melhores áreas e credenciamento de circulação livre, até instalar slaves (câmeras com pocket wizards) na frente da linha divisória - o que significa acesso ao campo antes, no intervalo e depois do fim do jogo. 

Logo, podemos concluir, que:

1 - Cada fotógrafo cobria uma determinada área, e ele só teria as melhores imagens, as de mais impacto, que ocorressem defronte à sua posição (a comemoração de um gol, por exemplo);
2 - Não havendo a possibilidade de se deslocar, o cara não tem a chance de procurar um ponto que o favoreça, ou que melhore seu enquadramento e menos ainda de operar várias câmeras com slaves;
3 - Vários fotógrafos nos locais aumenta a chance de obter imagens e impacto, afinal, com 5 ou 6 fotógrafos cobrindo todas as áreas do campo, e seus respectivos slaves, diminui a demanda pela sorte de prever onde ocorrerão os "goals", onde o jogador (e qual) vai comemorar, etc..

Não é tão simples assim julgar o trabalho dos caras sem saber as condições a que eram submetidos e os recursos que lhes eram proporcionados.
Whatsapp / Telegram: 21 98799 7105
mestaky@gmail.com


Humberto Yoji

  • Trade Count: (23)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.749
  • Sexo: Masculino
    • Humberto Yoji - fotógrafo
Resposta #10 Online: 06 de Novembro de 2016, 20:50:00
Pessoal tá se prendendo ao título do tópico...

O lance é que o Chicago Sun Times ficou famoso uns anos atrás por ter demitido todos os fotógrafos e deixarem a função de registro fotográfico aos jornalistas, munidos de celulares. Desde então, tem sido feitas comparações entre esses dois jornais de Chicago, um que usa fotógrafos exclusivamente pra isso, com equipamento fotográfico adequado, e outro que usa jornalistas em duas funções (fazer a reportagem e tirar fotos), com celulares.

Não é uma questão de profissional x amador.


Luciano.Queiroz

  • Trade Count: (30)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 4.436
  • Sexo: Masculino
    • Luciano Queiroz
Resposta #11 Online: 06 de Novembro de 2016, 20:56:44
Pessoal tá se prendendo ao título do tópico...

O lance é que o Chicago Sun Times ficou famoso uns anos atrás por ter demitido todos os fotógrafos e deixarem a função de registro fotográfico aos jornalistas, munidos de celulares. Desde então, tem sido feitas comparações entre esses dois jornais de Chicago, um que usa fotógrafos exclusivamente pra isso, com equipamento fotográfico adequado, e outro que usa jornalistas em duas funções (fazer a reportagem e tirar fotos), com celulares.

Não é uma questão de profissional x amador.

:ok: :ok:
Luciano Queiroz
www.lucianoqueiroz.com
Facebook: @caminhotracado - https://goo.gl/pNRgQX
Instagram: @caminhotrtacado - https://goo.gl/Gou1E2
Youtube: www.youtube.com/c/caminhotracado


spositom

  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.457
Resposta #12 Online: 06 de Novembro de 2016, 21:27:22
Jornal, noticia impressa?

Parece que é um formato que tende a rarear pelo alto custo de produção

A uns trocentos anos atrás fiz umas varas de boom pra uma TV, depois eles me pediram umas peças especiais que iriam  virar a tal "motolink".. essa eu não fiz pq foi uma canseira danada receber os primeiros pagamentos. Hoje em dia  voltou o repórter abelha plus, pau de self e microfone, envia o vídeo em 4G e rapidinho ta no ar

O que o Humberto citou, foi a uns 2 anos ou mais se não me engano


Mestaky

  • Trade Count: (3)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 725
  • Sexo: Masculino
Resposta #13 Online: 06 de Novembro de 2016, 21:42:50
O lance é que o Chicago Sun Times ficou famoso uns anos atrás por ter demitido todos os fotógrafos e deixarem a função de registro fotográfico aos jornalistas, munidos de celulares.

Tá explicado!
 :ok:
Whatsapp / Telegram: 21 98799 7105
mestaky@gmail.com


Lucas M. Dias

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.247
  • Sexo: Masculino
Resposta #14 Online: 07 de Novembro de 2016, 06:35:12
Ou a galera não sabe ler inglês ou não sabe abrir um link para ler a matéria :doh:

Ou então só sabem reclamar, o que virou comum por aqui :ponder:



O Humberto explicou bem

Usei o título justamente por esse caso se tratar de um fotógrafo profissional x jornalista, ou seja, não um fotógrafo profissional de esportes!