Autor Tópico: Filme ou Digital??  (Lida 1941 vezes)

CJR

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 272
Online: 13 de Dezembro de 2006, 17:10:17
Pra vcs, do que se trata?? Filme ou digital??

« Última modificação: 13 de Dezembro de 2006, 17:10:48 por CJR »


Ivan de Almeida

  • Trade Count: (1)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.297
  • Sexo: Masculino
  • . F o t o g r a f i a .
    • Fotografia em Palavras
Resposta #1 Online: 13 de Dezembro de 2006, 17:16:36
Digital, identificável pela padronagem do ruído.

Independentemente disso, eu não acho nada chocante esse ruído.


ki-suco

  • Trade Count: (1)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 264
  • Sexo: Masculino
Resposta #2 Online: 13 de Dezembro de 2006, 17:18:10
Essa foto aí, parece digital....é diferente daquela outra que vc postou no fotografiabr....
« Última modificação: 13 de Dezembro de 2006, 17:18:42 por ki-suco »


CJR

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 272
Resposta #3 Online: 13 de Dezembro de 2006, 17:19:46
Citar
Essa foto aí, parece digital....é diferente daquela outra que vc postou no fotografiabr....
Vieram da mesma fonte!


Paulo Machado

  • Trade Count: (6)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.015
  • Sexo: Masculino
Resposta #4 Online: 13 de Dezembro de 2006, 17:25:19
Se tirar o EXIF fica mais difícil.
Canon 30D.
 
When words become unclear, I shall focus with photographs. When images become inadequate, I shall be content with silent.  - Ansel Adams


ki-suco

  • Trade Count: (1)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 264
  • Sexo: Masculino
Resposta #5 Online: 13 de Dezembro de 2006, 17:33:26
Citar
Citar
Essa foto aí, parece digital....é diferente daquela outra que vc postou no fotografiabr....
Vieram da mesma fonte!
Digo diferente, pois a granulação é diferente, se as duas sairam da mesma fonte, então da outra ficou muuuuito parecido com a de fiiilme  :)  


CJR

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 272
Resposta #6 Online: 13 de Dezembro de 2006, 17:38:01
« Última modificação: 13 de Dezembro de 2006, 17:38:39 por CJR »


ki-suco

  • Trade Count: (1)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 264
  • Sexo: Masculino
Resposta #7 Online: 13 de Dezembro de 2006, 17:38:58
hehehe...falha minha :wallbash: ...agora que eu vi que vc postou a mesma foto lá...estava me referindo da foto do parque......  


CJR

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 272
Resposta #8 Online: 13 de Dezembro de 2006, 17:40:38
Citar
Digital, identificável pela padronagem do ruído.

Independentemente disso, eu não acho nada chocante esse ruído.
Concordo ivan, só estou tentando entender a diferença entre minhas conversões que costumam chegar bem próximas ao grão de filme pra fazer cada vez mais melhor...

Pode desprezar a da moto então.
« Última modificação: 13 de Dezembro de 2006, 17:43:09 por CJR »


CJR

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 272
Resposta #9 Online: 13 de Dezembro de 2006, 17:42:46
Citar
Se tirar o EXIF fica mais difícil.
Canon 30D.
Será??
Eheheheheheh.


fabio_yamauti

  • Trade Count: (17)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.576
  • Sexo: Masculino
  • Santo André - SP
Resposta #10 Online: 13 de Dezembro de 2006, 17:46:22
A da moto dá para perceber que é digital pelo padrão do ruído.
A do parque está muito boa. Que método de conversão PB você usa?

Abraços
Fotografia Karatê Ecoturismo Geocaching


Ivan de Almeida

  • Trade Count: (1)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.297
  • Sexo: Masculino
  • . F o t o g r a f i a .
    • Fotografia em Palavras
Resposta #11 Online: 13 de Dezembro de 2006, 18:00:17
Citar
Citar
Digital, identificável pela padronagem do ruído.

Independentemente disso, eu não acho nada chocante esse ruído.
Concordo ivan, só estou tentando entender a diferença entre minhas conversões que costumam chegar bem próximas ao grão de filme pra fazer cada vez mais melhor...

Pode desprezar a da moto então.
Eu acho que você, perdoe-me a discordância, não está no rumo mais proveitoso...

Veja, quando eu converto fotos para PB o ruído pula vigoroso muitas vezes, principalmente acima de ISO 400. Por que? Bem, poque os fabricantes fazem cãmeras sem ruído, mas também sem contraste, e o PB precisa de contraste.

É tudo maravilhoso no mundo digital desde que não tentemos sair fora do trilho estreito dos sets dos fabricantes. Se tentarmos, o ruído logo avisa.

Contudo, eu penso que o ruído digital não é um mal em si mesmo. Ele é como a grão. Pode em alguns contextos fazer parte da estética da foto. Assim eu nunca penso em simular ruído usando o grão. Eles são bem diferentes em aspecto. O ruído apresenta carta regularidade não importa em que parte da imagem você esteja. O grão apresenta um padrão relativo ao trecho, dependendo a luz e do próprio desenho do objeto. Mas são esteticamente diferentes. Ambos podem existir sem chocar, mas sendo coisas diferentes, seu aproveitamento é diferente. Em outras palavras: assim como havia uma estética do grão, há uma estética do ruído.

Então, para mim, não é questão de SIMULAR o grão, mas de desenvolver a estética do ruído, se ele acontecer, e se ele não acontecer, deixar sem. Se uma fotografia suportar a curva de contraste e balanço de canais para tornar-se um PB legítimo continuador da estética PB (continuador não significa o mesmo), tudo bem. Se for sem ruído, melhor. Se for com ruído, que o ruído seja tratado para tornar-se um elemento, mas não para simular outra coisa.

Sou daqueles que prefere botar fórmica colorida em algo do que fórmica imitando madeira. Fórmica é fórmica, madeira é madeira. É possível fazer ótimas coisas com as duas, mas não com uma imitando a outra.


CJR

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 272
Resposta #12 Online: 13 de Dezembro de 2006, 18:06:21
Citar
Citar
Citar
Digital, identificável pela padronagem do ruído.

Independentemente disso, eu não acho nada chocante esse ruído.
Concordo ivan, só estou tentando entender a diferença entre minhas conversões que costumam chegar bem próximas ao grão de filme pra fazer cada vez mais melhor...

Pode desprezar a da moto então.
Eu acho que você, perdoe-me a discordância, não está no rumo mais proveitoso...

Veja, quando eu converto fotos para PB o ruído pula vigoroso muitas vezes, principalmente acima de ISO 400. Por que? Bem, poque os fabricantes fazem cãmeras sem ruído, mas também sem contraste, e o PB precisa de contraste.

É tudo maravilhoso no mundo digital desde que não tentemos sair fora do trilho estreito dos sets dos fabricantes. Se tentarmos, o ruído logo avisa.

Contudo, eu penso que o ruído digital não é um mal em si mesmo. Ele é como a grão. Pode em alguns contextos fazer parte da estética da foto. Assim eu nunca penso em simular ruído usando o grão. Eles são bem diferentes em aspecto. O ruído apresenta carta regularidade não importa em que parte da imagem você esteja. O grão apresenta um padrão relativo ao trecho, dependendo a luz e do próprio desenho do objeto. Mas são esteticamente diferentes. Ambos podem existir sem chocar, mas sendo coisas diferentes, seu aproveitamento é diferente. Em outras palavras: assim como havia uma estética do grão, há uma estética do ruído.

Então, para mim, não é questão de SIMULAR o grão, mas de desenvolver a estética do ruído, se ele acontecer, e se ele não acontecer, deixar sem. Se uma fotografia suportar a curva de contraste e balanço de canais para tornar-se um PB legítimo continuador da estética PB (continuador não significa o mesmo), tudo bem. Se for sem ruído, melhor. Se for com ruído, que o ruído seja tratado para tornar-se um elemento, mas não para simular outra coisa.

Sou daqueles que prefere botar fórmica colorida em algo do que fórmica imitando madeira. Fórmica é fórmica, madeira é madeira. É possível fazer ótimas coisas com as duas, mas não com uma imitando a outra.
Ivan, como vc ja sabe, sou grande admirador do seu conhecimento, sua linguagem. Considero - perdoe-me a falta de cerimônia - meu professor. Já me ajudou muito a pensar diferente sobre muitos conceitos.

Quanto ao grão, concordo plenamente com vc, eu adoro, tando no filme quanto no digital, desde que faça parte da estética. Por isso eu nunca simulei ruído, apenas aproveito o que existe.

No caso destas fotos, e é esse o motivo do meu post, queria entender porque elas não têm cara evidente de filme já que foram tiradas com minha Canon A1 e filme tri-x...

Pois minhas conversões de digital pra PB ficam ou iguais ou melhores que isso!

Abraço!


Ivan de Almeida

  • Trade Count: (1)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.297
  • Sexo: Masculino
  • . F o t o g r a f i a .
    • Fotografia em Palavras
Resposta #13 Online: 13 de Dezembro de 2006, 18:11:24
Resposta simples:

Padrão do scanner.

Em que resolução você escaneou?

Eu tenho fotos feitas com trix que apresentam padrão de filme, mas forma escaneadas em 26mpx/fotograma. O sacnner também produz padrões.

Errei feio -gargalhadas.


CJR

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 272
Resposta #14 Online: 13 de Dezembro de 2006, 18:18:00
Citar
Resposta simples:

Padrão do scanner.

Em que resolução você escaneou?

Eu tenho fotos feitas com trix que apresentam padrão de filme, mas forma escaneadas em 26mpx/fotograma. O sacnner também produz padrões.

Errei feio -gargalhadas.
AH, então é isso!
Vou mandar em outro lugar pra ver a diferença!

Quase todo mundo errou, ehehehe.