Autor Tópico: Macro testes  (Lida 314 vezes)

angelone

  • Trade Count: (18)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.172
  • Sexo: Masculino
Online: 22 de Novembro de 2016, 01:45:26
Fiz uns testes rápidos com macro, camera na mão, sem infra alguma.
30 min. de clicks e só encontrei flores minusculas (q mal se vê, 2mm +-), inseto idem. O gafanhoto foi o maior inseto que encontrei, pouco mais de 1 cm..
Click único. Cometi alguns erros que só percebi depois.. Certamente tem outros q ainda nao notei;   agradeço contribuições criticas..

1.


2.


3.


4.







« Última modificação: 22 de Novembro de 2016, 01:56:56 por angelone »
Olympus OM-D E-M5 mk II  e uns vidros..


cfcsosa

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (3)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.141
  • Sexo: Masculino
Resposta #1 Online: 22 de Novembro de 2016, 09:08:12
usou a m4/3? elas são ótimas pra isso né?
-------------------
flickr.com/photos/cfcsosa
instagram.com/cfcsosa
500px.com/cfcsosa1978


Lizandro Júnior

  • Trade Count: (18)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 2.497
  • Sexo: Masculino
  • "Com Deus, todas as coisas são possíveis."
    • Lizandro Júnior Fotografias
Resposta #2 Online: 22 de Novembro de 2016, 09:31:17
Cara, ficou muito legal. Deve ter sido difícil demais focar com elas, não? Adoro macro, sou fã demais desse tipo de fotografia.
Nikon D750 | Nikon D610 | Flash SB900| Nikkor 24mm f/1.4G ED | Sigma 85mm f/1.4 EX DG HSM | Tokina AT-X 16-28mm f/2.8 Pro FX |  Nikkor 80-200 2.8 | Yongnuo 565EX | Yongnuo 622N | Yongnuo TX

www.lizandrojunior.com  | "Com Deus, todas as coisas são possíveis."


angelone

  • Trade Count: (18)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.172
  • Sexo: Masculino
Resposta #3 Online: 22 de Novembro de 2016, 21:48:36
Cara, ficou muito legal. Deve ter sido difícil demais focar com elas, não? Adoro macro, sou fã demais desse tipo de fotografia.
Sinceramente nem esperava q ficassem aceitáveis, mas deu até para postar..  :D
Foco e area de foco em macro  é complicado, mas as mirrorless tem algumas facilidades interessantes, como  focus peaking, ampliaçao da area a ser focada e combinaçao das duas possibilidades, mas nao usei nada disso (nao tinha como mexer na configuraçao na hora). Na prática foi o esquema básico de pré-foco mantendo pressionado o botao do disparo e afastar ou aproximar do objeto  para focar. Realmente o foco é a pior parte em macro, principalmente com camera na mão, pois com qualquer  movimento milimétrico  o objeto sai de foco, considerando que a a profundidade de campo é baixissima, poucos milimetros. Para complicar tem o movimento dos animais e devido ao vento..

Para tentar minimizar o problema do foco,  a única configuração que controlei foi a abertura, que deixei em  f/16  para aumentar a profundidade de campo, apesar do risco da difração e perda de qualidade, mas era teste apenas, tudo estava valendo..  Também nao  conferi o limite do ISO, nem me lembrava que tinha fixado, experimentalmente, o ISO máximo em 6400 há alguns dias. Assim a maioria das fotos, tiradas sem flash, ficaram com ISO alto: a do grilo (4) com ISO 6400, a  flor branca (2) ISO 2000, a do inseto verde (4) ISO 1250. A única com ISO 200 e flash (do kit) foi a flor lilás (1).  Bom saber que a E-M5 II permite fotos utilizáveis em ISO alto (com luz abundante). Certamente a nitidez deve melhorar com abertura maior (entre f/5.6 e 8)  mas  o DoF vai ficar muito limitado, um problema complicado para quem nao quer utilizar empilhamento, q só dá certo com tripé e trilho de foco. Minha camera tem até uma facilidade grande, que é o focus bracketing, que tira uma sequencia escolhida de fotos com diferentes distancias do objeto, sem o tradicional trilho, apesar de nao fazer o empilhamento na camera. O recurso abre muitas possibilidades, mas exige tripé e consome muitos cliques, só vou utilizar em situaçoes bem especiais, por enquanto só click unico mesmo..   

 


usou a m4/3? elas são ótimas pra isso né?

Sim, camera e lente m4/3, meu sistema.  Certamente nao será um sensor maior (e lentes idem  :D) que me farão tirar fotos melhores, disso tenho certeza.
Todo tipo de fotografia em que  profundidade de campo ampliada é vantagem (macro, paisagens, produtos..) pode ter  ganhos com o sistema m4/3, assim como as FF tem em relaçao à tipos de foto q que se beneficiam de DoF curto.
« Última modificação: 22 de Novembro de 2016, 22:01:50 por angelone »
Olympus OM-D E-M5 mk II  e uns vidros..


cfcsosa

  • Moderador(a) Global
  • Trade Count: (3)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.141
  • Sexo: Masculino
Resposta #4 Online: 22 de Novembro de 2016, 21:53:11
Sinceramente nao esperava ficassem nem aceitáveis, mas deu até para postar..  :D
Foco e area de foco em macro  é complicado, mas as mirrorless tem algumas facilidades interessantes, como  focus peaking, ampliaçao da area a ser focada e combinaçao das duas possibilidades, mas nao usei nada disso (nao tinha como mexer na configuraçao na hora). Na prática foi o esquema básico de pré-foco mantendo pressionado o botao do disparo e afastar ou aproximar do objeto  para focar. Realmente o foco é a pior parte em macro, principalmente com camera na mão, pois com qualquer  movimento milimétrico  o objeto sai de foco, considerando que a a profundidade de campo é baixissima, poucos milimetros. Para complicar tem o movimento dos animais e devido ao vento..

Para tentar minimizar o problema do foco,  a única configuração que controlei foi a abertura, que deixei em  f/16  para aumentar a profundidade de campo, apesar do risco da difração e perda de qualidade, mas era teste apenas, tudo estava valendo..  Também nao  conferi o limite do ISO, nem me lembrava que tinha fixado, experimentalmente, o ISO máximo em 6400 há alguns dias. Assim a maioria das fotos, tiradas sem flash, ficaram com ISO alto: a do grilo (4) com ISO 6400, a  flor branca (2) ISO 2000, a do inseto verde (4) ISO 1250. A única com ISO 200 e flash (do kit) foi a flor lilás (1).  Bom saber que a E-M5 II permite fotos utilizáveis em ISO alto (com luz abundante). Certamente a nitidez deve melhorar com abertura maior (entre f/5.6 e 8)  mas  o DoF vai ficar muito limitado, um problema complicado para quem nao quer utilizar empilhamento, q só dá certo com tripé e trilho de foco. Minha camera tem até uma facilidade grande, que é o focus bracketing, que tira uma sequencia escolhida de fotos com diferentes distancias do objeto, sem o tradicional trilho, apesar de nao fazer o empilhamento na camera. O recurso abre muitas possibilidades, mas exige tripé e consome muitos cliques, só vou utilizar em situaçoes bem especiais, por enquanto só click unico mesmo..   

 


Sim, camera e lente m4/3, meu sistema.  Certamente nao será um sensor maior (e lentes idem  :D) que me farão tirar fotos melhores, disso tenho certeza.
Todo tipo de fotografia em que  profundidade de campo ampliada é vantagem (macro, paisagens, produtos..) pode ter  ganhos com o sistema m4/3, assim como as FF tem em relaçao à DoF curto.

vale se aprofundar em focus staking
-------------------
flickr.com/photos/cfcsosa
instagram.com/cfcsosa
500px.com/cfcsosa1978