Autor Tópico: Tenho tudo o que preciso, quero mais nada!  (Lida 1412 vezes)

Helena Bsb

  • Trade Count: (37)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.476
Online: 22 de Dezembro de 2016, 17:48:53
e aí, quem é que olha para o seu set hj e fala "tá completo, não preciso de mais"??
Nunca pensei que eu fosse chegar a esse ponto, mas no momento, considero meu set pra lá de completo. Pra não dizer que não quero nadinha nadinha, quero trocar a Olympus OM-D pela Pen F. Mas isso é beeeem mais pra frente.
Hoje, já tenho tudo o que preciso, realmente nada me falta.


guizaunzin

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 1.399
  • Sexo: Masculino
  • http://www.saycheese.fot.br
    • Say Cheese Fotografia de Casamento
Resposta #1 Online: 22 de Dezembro de 2016, 17:52:10
Vixi, parabéns!  :clap: :clap:

Eu ainda estou bem longe de completar meu set e provavelmente quando completar ele ainda estarei com a sensação de que falta algo, e aí terei o famoso GAS  :doh:
http://www.saycheese.fot.br
https://www.instagram.com/saycheesebr/

Canon 5D Mark3 + 5Dc + Sigma 30mm 1.4 ART + Canon 50mm 1.8 STM + Canon 85mm 1.8


RFP

  • Colunista
  • Trade Count: (2)
  • Membro Ativo
  • *****
  • Mensagens: 645
  • Sexo: Masculino
Resposta #2 Online: 22 de Dezembro de 2016, 18:24:51
Existem duas formas de se chegar nesse ponto: comprando tudo aquilo que você acha que precisa ou reduzindo aquilo que você acha que precisa ao que você tem.


a.wick

  • Trade Count: (1)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 467
  • Sexo: Masculino
    • Flickr
Resposta #3 Online: 22 de Dezembro de 2016, 19:36:24
Coincidentemente estava pensando à respeito nessa semana. Já tenho muito mais do que preciso e, ainda assim, não estou plenamente satisfeito.
Mas cheguei a uma conclusão: o que aparentemente seria um hobby na verdade são dois. Um hobby é o de gerar imagens, criar, experimentar, ler, aprender, etc. O outro é o colecionismo, e o tal do colecionismo não reconhece limites!!!
Agora, outro ponto interessante é que, embora interligados, os hobbies são ambíguos, me explico. Quanto mais tempo utilizo fotografando, menos penso em adquirir novas ferramentas. Já, quando não tenho tempo para fotografar, invento moda para adquirir a parafernália toda.
Fica a reflexão.
Abs
Corpos: Nikon D7100, D750, OM-1 e Yashica Electro 35 GSN
Flash: SB-700
Fixas: Nikkor 50mm f/1.8G; Nikkor 55mm f/1.2AI (meu xodó); Nikkor 85mm f/1.8G; Zuiko 50mm f/1.4; conjunto Tele & Wide Yashinon
Zooms: Nikkor 17-35mm f/2.8 ED; Sigma 10-20mm f/3.5; Sigma 18-35mm f/1.8; Nikkor 18-105mm f/3.5-5.6G e Nikkor 55-300mm f/4.5-5.6
http://www.flickr.com/photos/11297989@N03/


Bucephalus

  • Trade Count: (1)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.071
  • Sexo: Masculino
Resposta #4 Online: 22 de Dezembro de 2016, 19:55:19
Eu alcancei esse estado somente quando comecei a fotografar o que gostava, e me sentia animado com isso. Antes disso, fazendo fotos sem sentido e sem motivação só por fazer elas, eu via que a única forma de me satisfazer seria comprando mais coisas.


Rafael Lima

  • Trade Count: (28)
  • Colaborador(a)
  • ****
  • Mensagens: 3.696
  • Sexo: Masculino
  • Fotógrafo de natureza e observador de aves
Resposta #5 Online: 22 de Dezembro de 2016, 19:56:56
Hoje tenho um conjunto que há alguns anos seria impensável financeiramente, e estou muitíssimo satisfeito com ele, mas ainda não cheguei nesse ponto de não querer mais nada rsrs. Uma 1Dx com um tele mais clara cairia muito bem.
Ornitólogo e fotógrafo de natureza.
Canon 7D Mark II - EF 300mm f/4 L IS USM - TC 1.4x II
Meu WikiAves
Meu Flickr
Meu 500px


Helena Bsb

  • Trade Count: (37)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.476
Resposta #6 Online: 22 de Dezembro de 2016, 19:57:25
Eu alcancei esse estado somente quando comecei a fotografar o que gostava, e me sentia animado com isso. Antes disso, fazendo fotos sem sentido e sem motivação só por fazer elas, eu via que a única forma de me satisfazer seria comprando mais coisas.

que interessante!! Gostei do seu relato.


Nataniel

  • Trade Count: (0)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 565
  • Sexo: Masculino
Resposta #7 Online: 22 de Dezembro de 2016, 20:52:03
Eu alcancei esse estado somente quando comecei a fotografar o que gostava, e me sentia animado com isso. Antes disso, fazendo fotos sem sentido e sem motivação só por fazer elas, eu via que a única forma de me satisfazer seria comprando mais coisas.

que interessante!! Gostei do seu relato.
2
Também gostei deste:

Existem duas formas de se chegar nesse ponto: comprando tudo aquilo que você acha que precisa ou reduzindo aquilo que você acha que precisa ao que você tem.
Saudades eternas de nosso Snow. Felicidades diárias com nossa Alanis


Pope

  • SysOp
  • Trade Count: (31)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.196
  • Sexo: Masculino
    • Renato Pope
Resposta #8 Online: 22 de Dezembro de 2016, 20:58:28
Atualmente acho que tenho até coisa demais...
Lá nos classificados tem alguns anúncios meus para quem quiser me ajudar.
"If you wanted a cheap profession to get into you picked the wrong one."Zack Arias
Flickr


AFShalders

  • Trade Count: (27)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 7.380
  • Sexo: Masculino
  • "Bela câmera, mas mostre as fotos..."
    • Old Good Light
Resposta #9 Online: 22 de Dezembro de 2016, 21:40:03
Certamente tenho muito mais do que preciso. Pensei em vender boa parte e ficar só com o que eu considero essencial mas no momento está muito difícil de vender, as pessoas aqui simplesmente estão sem dinheiro sobrando.

Talvez eu compre um corpo Pentax, mas não porque precise e sim como reserva, já que são mosca branca no Brasil.

Coloquei algumas lentes a venda no ML, coisa finissima, mais barato que no ebay e só recebi propostas ridiculas, querendo pagar 1/3 de um preço já muito baixo. Aí resolvi tirar tudo de venda e esperar uma situação melhor. A outra opção é vender no ebay mesmo. Mas vender algo aqui pela metade do preço de ebay realmente não rola. Se não fosse isso já teria vendido uns 70% do meu equipamento.

Também costumo dar muita coisa que não uso mais.
Ética não é negociável.

Viciado em Fotografia desde 1980
www.oldgoodlight.blogspot.com
www.flickr.com/groorj


ronaldom1

  • Trade Count: (5)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.382
  • Sexo: Masculino
Resposta #10 Online: 23 de Dezembro de 2016, 08:49:22
Ei Helena, parabéns!
Gostei dos comentários no tópico...
No meu caso a paz veio somente quando parei e analisei a minha situação de forma bem realista, cheguei a algumas conclusões:

1- Não sou o "artista fotográfico" que imaginava ser, gosto de fotografar, as fotos me agradam, e isso me basta neste momento.

2- Analisei com clareza os temas que fotografo e o momento de vida que estou - nos últimos 5 anos - 90% de minhas fotos são retratos, em especial de crianças e registros de eventos/festas/passeios da família... totalmente condizente com quem tem 2 filhos (5 e 3 anos)... e direciona os passeios, viagens para eles...

3- Depois desta análise mais racional, ficou tudo mais fácil e as conclusões foram óbvias: para o meu estilo e momento de vida precisava de equipamento leve, fácil transporte, e distâncias focais que atendessem as demandas acima.

4- Deixei de lado aquilo que não faria nenhum sentido neste momento: acessórios exóticos, kit de iluminação, a lente super tele, etc....

O hobby ficou mais agradável, mais prazer em fotografar.
As coisas mudarão, com certeza, os pequenos irão crescer, os passeios serão outros e as demandas também... quando este momento chegar direciono meu set e equipamentos para ele, até lá estou feliz e em paz!!
Observar os detalhes da vida: o céu, o sol, as expressões e olhares... fotografar é viver intensamente !

Flickr: https://www.flickr.com/photos/31091182@N04/


Helena Bsb

  • Trade Count: (37)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 6.476
Resposta #11 Online: 23 de Dezembro de 2016, 11:07:09
Se eu for analisar, também acabo tendo um pouquinho mais do que preciso. Como gosto de retratos e fotografia de natureza (inclui-se aí paisagem), de super GA a tele, tudo acaba sendo útil. Mas pra retratos, me bastariam a 20mm 1.7 e a 25 1.4. Ainda tenho de bônus a 45mm 1.8 e a 75mm 1.8 (sistema micro 4/3). A 45 já usei bem, mas a 75, quase nunca... Se eu tivesse que me desfazer de alguma lente por falta de uso, seria ela, mas prefiro mantê-la por enquanto.


tnsantos

  • Trade Count: (15)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 851
Resposta #12 Online: 23 de Dezembro de 2016, 11:47:26
Ei Helena, parabéns!
Gostei dos comentários no tópico...
No meu caso a paz veio somente quando parei e analisei a minha situação de forma bem realista, cheguei a algumas conclusões:

1- Não sou o "artista fotográfico" que imaginava ser, gosto de fotografar, as fotos me agradam, e isso me basta neste momento.

2- Analisei com clareza os temas que fotografo e o momento de vida que estou - nos últimos 5 anos - 90% de minhas fotos são retratos, em especial de crianças e registros de eventos/festas/passeios da família... totalmente condizente com quem tem 2 filhos (5 e 3 anos)... e direciona os passeios, viagens para eles...

3- Depois desta análise mais racional, ficou tudo mais fácil e as conclusões foram óbvias: para o meu estilo e momento de vida precisava de equipamento leve, fácil transporte, e distâncias focais que atendessem as demandas acima.

4- Deixei de lado aquilo que não faria nenhum sentido neste momento: acessórios exóticos, kit de iluminação, a lente super tele, etc....

O hobby ficou mais agradável, mais prazer em fotografar.
As coisas mudarão, com certeza, os pequenos irão crescer, os passeios serão outros e as demandas também... quando este momento chegar direciono meu set e equipamentos para ele, até lá estou feliz e em paz!!

Ronaldo, você tá usando o que hoje em dia? Desistiu da samsung mesmo né? hehe

@Tópico:
Eu hoje tô satisfeito com meu equipamento. Sempre torci o nariz pra Canon por causa dos números do DxO Mark, e agora tô vendo que benchmark em laboratório é diferente de uso na prática.

Meu uso é 100% pra retrato dos meus filhos, fotos de passeios e viagens da família e eventos na escola deles. Sempre que tô em casa, uso a 18-55 com flash (e recentemente com lambency difuser), quando vou pra parques ou arquibancada da escola, uso a 50mm 1.8. Já até vendi a 55-250 porque não vejo utilidade pra meu dia a dia. E o fato de ter que carregar uma mochila com câmera + lentes + flash não me incomoda.

Estou montando dois softboxes de papelão pra usar com flash e fazer ensaios dos meus filhos em casa mesmo. Acredito que vai ficar show.

E também estou começando a me aventurar no mundo do vídeo. :D

Mas, infelizmente, eu já tive essa sensação de ter tudo o que queria várias vezes e, na maioria das vezes, me desfiz de tudo e fui testar outro sistema. kkk
« Última modificação: 23 de Dezembro de 2016, 11:48:30 por tnsantos »
Canon T5 + 18-55 STM + EF 50mm 1.8 STM + YN468II


ronaldom1

  • Trade Count: (5)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.382
  • Sexo: Masculino
Resposta #13 Online: 23 de Dezembro de 2016, 12:44:12
Ronaldo, você tá usando o que hoje em dia? Desistiu da samsung mesmo né? hehe

Hoje estou com Fuji, por uma série de questões e oportunidades que surgiram; acho que não se trata de marca ou tipo de equipamento, apenas de olhar suas demandas e priorizar o ato de fotografar... sempre que fiquei muito tempo sem sair ou fotografar...acabava me debruçando em reviews e análises de equipamentos ....

Abraços
Observar os detalhes da vida: o céu, o sol, as expressões e olhares... fotografar é viver intensamente !

Flickr: https://www.flickr.com/photos/31091182@N04/


C R O I X

  • Trade Count: (0)
  • Referência
  • *****
  • Mensagens: 5.107
  • Sexo: Masculino
  • Fotografo Multiformato
    • Marcio Faustino
Resposta #14 Online: 02 de Janeiro de 2017, 05:52:21
Sempre me me senti assim desde a minha promeira camera DSLR com a lente de kit. Fotografava 100% satisfeito com tudo que tive desde o inicio.

Fui adquirindo mais equipamentos por oportunidade, e luxo. mas nao por necessidade.

Tanto eh que nem tenho tanto equipamento.
« Última modificação: 02 de Janeiro de 2017, 05:57:25 por C R O I X »
http://www.marciofaustino.com/
https://www.instagram.com/marcio_faustino_photographer/

Regras sao para reproducao, e para criadores que nao ouvem ou confiam em sua voz interna [ainda]. Uma foto sincera eh a que tem sua propria voz e ritmo.