Autor Tópico: Adaptador correto para 6D e super takumar  (Lida 527 vezes)

jtitton

  • Trade Count: (3)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 164
  • Sexo: Masculino
Online: 23 de Dezembro de 2016, 14:43:12
Pessoal, tudo beleza?

Comprei uma super takumar 300mm com o objetivo de fazer astrofotografia.
Já são 2 dias procurando informações, mas não consegui estabelecer qual é o adaptador correto para a 6D.
Vi muita gente reclamando do foco no infinito, mas não consigo entender pq disso, visto que em astrofotografia o foco nunca está no infinito.
Em resumo, preciso saber se é com flange, sem flange, com ou sem chip de foco e se vou ter algum problema em focar com essa lente.
Alguém já fez um cenário parecido do meu?
Canon 6D
Astrofotografia, paisagens, coisas legais e o que der vontade.


fa.photo

  • Trade Count: (1)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 207
Resposta #1 Online: 23 de Dezembro de 2016, 16:32:40
Pessoal, tudo beleza?

Comprei uma super takumar 300mm com o objetivo de fazer astrofotografia.
Já são 2 dias procurando informações, mas não consegui estabelecer qual é o adaptador correto para a 6D.
Vi muita gente reclamando do foco no infinito, mas não consigo entender pq disso, visto que em astrofotografia o foco nunca está no infinito.
Em resumo, preciso saber se é com flange, sem flange, com ou sem chip de foco e se vou ter algum problema em focar com essa lente.
Alguém já fez um cenário parecido do meu?

Olá amigo.

Já usei Takumar M42 com as 5D e 5D MarkII, algumas pegam no espelho quando fazia foco no infinito porque o elemento traseiro da lente passava do limite do adaptador. Mas não eram todas as Takumar, a 135mm 2.8 por exemplo se não me engano não pegava.

Qualquer adaptador M42 para EOS serve ( isso se a sua Super Takumar 300mm for mount M42 ), não precisa ser com confirmação de foco, o que tem que ver é se o elemento traseiro da sua lente se projeta muito se colocada em foco no infinito, se sim provavelmente vai pegar no espelho da sua 6D.

Espero ter ajudado, quem sabe alguém possa acrescentar algo alem disso.

Grande abraço e boa sorte.


jtitton

  • Trade Count: (3)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 164
  • Sexo: Masculino
Resposta #2 Online: 24 de Dezembro de 2016, 14:10:19
Vou dar uma averiguada e posto aqui. Pior que viajei e não levei ela junto...  :no:
Canon 6D
Astrofotografia, paisagens, coisas legais e o que der vontade.


gusss

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 228
    • flickr
Resposta #3 Online: 20 de Janeiro de 2017, 19:38:15
Conseguiu chegar a uma solução? Entendo de Takumar e um No. delas.
Envie-me uma MP caso necessite de ajuda.
Fujifilm X-E + 18-55, 10-24
Takumar 50mm 1:1.4, Macro 50mm 1:4 "Tessar", 85mm 1:1.9 "Sonnar", 135mm 1:2.5, 200mm 1:4; Zuiko 50mm 1:1.4 "1.1 Million", 50mm 1:1.8 "miJ", 200mm 1:4; Canon FD 50mm 1:1.2 L, 55mm 1:1.2, 50mm 1:1.4; Yashinon Tomioka Macro 60mm 1:2.8; Hexanon 50mm 1:1.7; Nikkor 28mm 1:2, 85mm 1:1.8 D, *ED 180mm 1:2.8, *ED 300mm 1:4.5; XR Rikenon 50mm 1:1.4


jtitton

  • Trade Count: (3)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 164
  • Sexo: Masculino
Resposta #4 Online: 23 de Janeiro de 2017, 09:21:51
Mais ou menos.
Eu comprei um adaptador com flange, a princípio a lente para de girar antes de atingir o fim do adaptador.
Já fiz diversos testes e a princípio está tudo OK em fotografias diurnas.
E a noite não tenho certeza pois tive poucas noites não nubladas, outras noites o céu não estava limpo suficiente para ter certeza que o foco está correto.
Vc sabe me dizer qual adaptador vc usa na sua 300mm? O meu é um 1.45mm com flange.

Obrigado
Canon 6D
Astrofotografia, paisagens, coisas legais e o que der vontade.


pablo.ebani

  • Trade Count: (4)
  • Membro Ativo
  • ***
  • Mensagens: 1.451
  • Sexo: Masculino
Resposta #5 Online: 23 de Janeiro de 2017, 12:32:44
As Takuamares tele, não pegam no espelho, algumas 50 1.4 pegam dependendo do modelo, abaixo disso, 35, 28 pegam em câmeras full frame, em aps-c é tranquilo.
O Uso da flange ou não depende da lente, se ela tiver a chave A-M que fecha o diafragma sem pressionar o pino traseiro pode ser sem flange, agora se o diafragma fecha apenas quando aperta o pino tem que ter a flange.
« Última modificação: 23 de Janeiro de 2017, 12:34:15 por pablo.ebani »
Canon 5D - 40D
Tamron SP 45mm 1.8 | Sigma 30mm 1.4 Art
EF 50mm 1.8 STM | EF 100mm f/2 |
https://500px.com/PabloEbani
http://ebaniphoto.46graus.com


felipemendes

  • Benfeitor
  • Trade Count: (7)
  • Colaborador(a)
  • ***
  • Mensagens: 2.831
  • Sexo: Masculino
  • Fotógrafo, não. Fotografador.
    • Meu Flickr
Resposta #6 Online: 23 de Janeiro de 2017, 13:02:31
Vi muita gente reclamando do foco no infinito, mas não consigo entender pq disso, visto que em astrofotografia o foco nunca está no infinito.

Não entendi essa parte, não. Pra astrofotografia, o foco está sempre no infinito. Você pode querer fazer hiperfocal, mas estará bastante perto do infinito de qualquer forma, então sua afirmação não parece muito correta.

Sobre o uso da 300mm, já foi dito: o elemento traseiro dela é bastante projetado pra frente, então não tem risco de bater no espelho.
Felipe


jtitton

  • Trade Count: (3)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 164
  • Sexo: Masculino
Resposta #7 Online: 23 de Janeiro de 2017, 13:03:48
As Takuamares tele, não pegam no espelho, algumas 50 1.4 pegam dependendo do modelo, abaixo disso, 35, 28 pegam em câmeras full frame, em aps-c é tranquilo.
O Uso da flange ou não depende da lente, se ela tiver a chave A-M que fecha o diafragma sem pressionar o pino traseiro pode ser sem flange, agora se o diafragma fecha apenas quando aperta o pino tem que ter a flange.

Blza, obrigado.
A questão toda está mais no foco e não se a obtenção de foco no infinito. A 300 tem o botão manual, tb funciona bem na flange, não bate no espelho.
Questão é que o foco no infinito não está 100%
Canon 6D
Astrofotografia, paisagens, coisas legais e o que der vontade.


gusss

  • Trade Count: (0)
  • Freqüentador(a)
  • **
  • Mensagens: 228
    • flickr
Resposta #8 Online: 23 de Janeiro de 2017, 19:42:21
Vc sabe me dizer qual adaptador vc usa na sua 300mm? O meu é um 1.45mm com flange.
O meu adapt. é M42-X, afinal eu uso Fujifilm X-E, c várias funções de auxílio de foco manual.

O criador do tópico em nenhum momento relatou que sua Tak bateria no espelho.
Não existe Tak 135mm 1:2.8.
Fujifilm X-E + 18-55, 10-24
Takumar 50mm 1:1.4, Macro 50mm 1:4 "Tessar", 85mm 1:1.9 "Sonnar", 135mm 1:2.5, 200mm 1:4; Zuiko 50mm 1:1.4 "1.1 Million", 50mm 1:1.8 "miJ", 200mm 1:4; Canon FD 50mm 1:1.2 L, 55mm 1:1.2, 50mm 1:1.4; Yashinon Tomioka Macro 60mm 1:2.8; Hexanon 50mm 1:1.7; Nikkor 28mm 1:2, 85mm 1:1.8 D, *ED 180mm 1:2.8, *ED 300mm 1:4.5; XR Rikenon 50mm 1:1.4


jtitton

  • Trade Count: (3)
  • Conhecendo
  • *
  • Mensagens: 164
  • Sexo: Masculino
Resposta #9 Online: 23 de Janeiro de 2017, 23:48:10
Não entendi essa parte, não. Pra astrofotografia, o foco está sempre no infinito. Você pode querer fazer hiperfocal, mas estará bastante perto do infinito de qualquer forma, então sua afirmação não parece muito correta.

Sobre o uso da 300mm, já foi dito: o elemento traseiro dela é bastante projetado pra frente, então não tem risco de bater no espelho.

Em teoria sim... na prática o foco fica não fica na marcação de infinito. Nas lentes Canon o foco fica em lugares aleatórios para cada lente, as vezes próximo da marcação, as vezes não. Mas cravado em cima, nunca vi.
Lógico, em grandes angulares parece mais fácil fazer a estrela focar, pois todas estão menores no campo visual. Mas cfe for utilizando lentes tele, a coisa vai ficando mais complicada.
Já tentei diversas vezes por hiperfocal. Em fotografias usuais dá certo, porém em astrofotografia não rola.
Canon 6D
Astrofotografia, paisagens, coisas legais e o que der vontade.


felipemendes

  • Benfeitor
  • Trade Count: (7)
  • Colaborador(a)
  • ***
  • Mensagens: 2.831
  • Sexo: Masculino
  • Fotógrafo, não. Fotografador.
    • Meu Flickr
Resposta #10 Online: 24 de Janeiro de 2017, 13:02:40
Em teoria sim... na prática o foco fica não fica na marcação de infinito. Nas lentes Canon o foco fica em lugares aleatórios para cada lente, as vezes próximo da marcação, as vezes não. Mas cravado em cima, nunca vi.
Lógico, em grandes angulares parece mais fácil fazer a estrela focar, pois todas estão menores no campo visual. Mas cfe for utilizando lentes tele, a coisa vai ficando mais complicada.
Já tentei diversas vezes por hiperfocal. Em fotografias usuais dá certo, porém em astrofotografia não rola.

Uma coisa é a marcação, e outra é o foco. Pra todos os fins, esqueça a marcação. Os elementos da objetiva normalmente se aproximam do sensor quando o foco se afasta da câmera. Logo, no foco no infinito será a distância mais próxima que o elemento traseiro da lente ficará do sensor. Várias lentes têm uma folga aí, pra acomodar dilatações térmicas (lentes manuais, no caso da Super Tak) ou focus hunt (lentes de foco automático). E também por este motivo, dificilmente você conseguirá fazer uma marca perfeita (com fita, por exemplo) na lente pra foco no infinito.
Felipe